A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

JORNADA DA SOLIDARIEDADE - BETINHO Imagine o que pode realizar a força de um multiplicada por milhões.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "JORNADA DA SOLIDARIEDADE - BETINHO Imagine o que pode realizar a força de um multiplicada por milhões."— Transcrição da apresentação:

1 JORNADA DA SOLIDARIEDADE - BETINHO Imagine o que pode realizar a força de um multiplicada por milhões

2 A Jornada da Solidariedade é um processo de mobilização social voltado para o fortalecimento do combate à fome e à miséria como um compromisso de todos

3 OBJETIVOS A JORNADA DA SOLIDARIEDADE - BETINHO

4 JORNADA DA SOLIDARIEDADE - BETINHO I.Fortalecer a mobilização social das organizações e das pessoas, como compromisso fundamental no combate à fome e à miséria; II.Integrar as atividades do COEP em cada estado/município, dando uma identidade ao planejamento anual da Rede; III.Estimular e valorizar a participação de um maior número de empregados das organizações para o trabalho voluntário na área social; IV.Estimular um maior compromisso das gerências/direções das associadas com ações realizadas pelos empregados das organizações; V.Divulgar e mobilizar pelos ODM

5 A JORNADA JORNADA DA SOLIDARIEDADE - BETINHO

6 A Jornada será realizada em cinco etapas, distribuídas no período de junho de 2007 a maio de Serão formadas equipes com 03 a 10 pessoas, sendo que ao menos 3 participantes deverão ser empregados da ativa de uma mesma organização, atuando em um mesmo local.

7 JORNADA DA SOLIDARIEDADE - BETINHO CATEGORIAS As equipes poderão participar em duas categorias: Nível Local – equipes de diferentes organizações, atuando em um mesmo local. Mínimo de 05 equipes, envolvendo pelo menos 03 organizações. Organização – equipes formadas em associadas ao COEP Nacional, que institucionalizarem a participação na Jornada. Mínimo de 03 equipes. Uma equipe poderá participar da Jornada em apenas uma das categorias ou simultaneamente nas duas categorias, quando for o caso.

8 JORNADA DA SOLIDARIEDADE - BETINHO EQUIPES

9 JORNADA DA SOLIDARIEDADE - BETINHO Podem participar das equipes de uma organização atuando em um mesmo local : Empregados da ativa (no mínimo 03) Aposentados Fornecedores Prestadores de serviço da organização Empregados de outras organizações Voluntários que atuam no COEP Sem limite de quantidade de equipes por organização, atuando em um mesmo local.

10 JORNADA DA SOLIDARIEDADE - BETINHO As equipes deverão ser formadas por empregados de organizações associadas ou não ao COEP local (nacional, estadual, municipal), desde que atendam às características previstas pelo Estatuto do COEP: empresas públicas e privadas, Secretarias de Governo Estadual e Municipal, fundações, entidades de ensino e pesquisa e associações de classe. Em cada local poderão participar equipes de até 05 ONGs (uma equipe por ONG)

11 JORNADA DA SOLIDARIEDADE - BETINHO COMUNIDADES Todas as equipes deverão trabalhar com uma comunidade. Nível Local: A comunidade será escolhida pela Comissão Executiva do COEP Local – estadual/municipal. Organização: A comunidade será escolhida pelas próprias equipes

12 JORNADA DA SOLIDARIEDADE - BETINHO COMITÊ GESTOR

13 JORNADA DA SOLIDARIEDADE - BETINHO Para realização da Jornada, em cada local ou em cada organização deverá ser constituído um Comitê Gestor. Nível Local: O Comitê Gestor será formado por 03 a 07 pessoas indicadas pela Comissão Executiva do COEP estadual/municipal. Organização: Cada organização que aderir institucionalmente à Jornada terá um Comitê Gestor formado pelo Representante Técnico Nacional e por mais (no mínimo) 02 empregados da própria organização. Haverá um Comitê Gestor Nacional formado pelo presidente do COEP, pelo Secretário Executivo Nacional, pelo Secretário Executivo Adjunto Nacional e mais 03 membros do Conselho de Administração do COEP

14 JORNADA DA SOLIDARIEDADE - BETINHO Funções do Comitê Gestor Efetuar avaliações das tarefas realizadas pelas equipes Dirimir dúvidas e eventuais questões não incluídas no Regulamento Os membros dos Comitês Gestores não poderão fazer parte das equipes.

15 JORNADA DA SOLIDARIEDADE - BETINHO RECONHECIMENTO

16 JORNADA DA SOLIDARIEDADE - BETINHO Todas as equipes inscritas e ativas na Jornada terão sua participação reconhecida. A cada etapa da Jornada haverá um reconhecimento de destaque para: Uma equipe de cada COEP local – estadual ou municipal Uma equipe de cada organização Os resultados de cada etapa serão divulgados em videoconferência realizada pela Secretaria Executiva do COEP Nacional, na COEP Tevê, em dia e horário previamente informados, até 20 dias após o término da referida etapa. Os resultados de todas as equipes deverão ser de domínio de todos.

17 JORNADA DA SOLIDARIEDADE - BETINHO ETAPAS

18 JORNADA DA SOLIDARIEDADE - BETINHO Primeira Etapa: 01 de junho a 30 de junho Meta 7: Qualidade de Vida e Respeito ao Meio Ambiente Seminário na Comunidade – 05 de junho Segunda Etapa: 01 de julho a 31 de agosto Meta 8: Todo Mundo Trabalhando pelo Desenvolvimento Dia Nacional de Mobilização pela Vida – 09 de agosto Mobilização pela Cidadania na Comunidade Terceira Etapa: 01 de setembro a 31 de outubro Meta 1: Acabar com a Fome e a Miséria Meta 2: Educação Básica de Qualidade para Todos Dia Mundial da Alimentação Festival de Música - 09 de outubro – COEP Municipal -16 de outubro – COEP Estadual

19 JORNADA DA SOLIDARIEDADE - BETINHO Quarta Etapa: 01 de novembro a 28 de fevereiro de 2008 Meta 4: Reduzir a Mortalidade Infantil Meta 5: Melhorar a Saúde das Gestantes Meta 6: Combater a AIDS, a Malária e outras Doenças Natal pela Vida Feira da Solidariedade – 10 a 16 de dezembro Quinta Etapa: 01 de março a 30 de maio de 2008 Meta 3: Igualdade entre Sexos e Valorização da Mulher Dia da Comunidade 2008

20 JORNADA DA SOLIDARIEDADE - BETINHO ATIVIDADES

21 JORNADA DA SOLIDARIEDADE - BETINHO Em cada etapa serão promovidas: Atividade relacionada à agenda do COEP (Atividade Coletiva) Atividade voltada para a Comunidade (relacionada aos ODM) Atividade voltada para a mobilização das Organizações (relacionada aos ODM) Atividade voltada para o projeto O COEP e a Escola Atividades voltadas para a mobilização das pessoas (relacionadas aos ODM)

22 JORNADA DA SOLIDARIEDADE - BETINHO EXEMPLO ETAPA 1

23 JORNADA DA SOLIDARIEDADE - BETINHO Início: 01/06/2007 A) Atividades relativas à Agenda COEP – Seminário na Comunidade Data: 05 de Junho Promoção de Encontro com a presença das equipes participantes da jornada, comunidade, autoridades, dirigentes das organizações. Atividade das Equipes Participação da equipe no seminário e na sua organização B) Atividades nas Comunidades – relativas à meta 7 Implementação de iniciativa para o atendimento da meta 7 na comunidade C) Atividades na Organização – relativas à meta 7 Implementação de iniciativa para mobilizar a organização em torno da meta 7. OBS.: As equipes de uma mesma organização e o mesmo local participarão em conjunto

24 JORNADA DA SOLIDARIEDADE - BETINHO D) Atividades junto às escolas Mobilizar uma escola para participação na jornada: Festival de Música e outras atividades E) Mobilização das Pessoas Criação de slogan para mobilização das pessoas para atuarem em prol da meta 7

25 JORNADA DA SOLIDARIEDADE - BETINHO RECURSOS INTERNET

26 JORNADA DA SOLIDARIEDADE - BETINHO Será desenvolvido um site específico para a Jornada com áreas para Cadastramento dos participantes e equipes Cadastramento dos Comitês Gestores Cadastramento das comunidades e escolas atendidas Entrega das tarefas Avaliação das tarefas Consulta das tarefas e avaliação Serão desenvolvidos na internet instrumentos de apoio às equipes. Os resultados das tarefas das equipes serão incluídos na internet pelas próprias equipes.

27 JORNADA DA SOLIDARIEDADE - BETINHO Avaliação dos trabalhos das equipes será feita pelos Comitês Gestores, fundamentada em : Relatos incluídos na internet pelas equipes Participação nas atividades coletivas Análise dos trabalhos realizados nas organizações, nas comunidades e nas escolas.

28 JORNADA DA SOLIDARIEDADE - BETINHO BENEFÍCIOS

29 JORNADA DA SOLIDARIEDADE - BETINHO Para as ORGANIZAÇÕES, a participação na Jornada da Solidariedade fortalece sua atuação na área social, constituindo uma oportunidade para: Ampliar sua atuação na área social Estimular e valorizar a participação de um maior número de empregados em trabalho voluntário Estimular um maior compromisso das gerências/direções com as ações realizadas pelos empregados das organizações Criar acervos coletivos (vídeos, fatos, idéias, práticas, etc.) a ser compartilhados por todos Participar de troca de experiências na área social entre organizações de todo o país Divulgar as ações dos diferentes participantes, dando visibilidade à atuação da organização na área social Fortalecer o envolvimento das organizações e das pessoas em iniciativas voltadas para os jovens

30 JORNADA DA SOLIDARIEDADE - BETINHO Realizar um trabalho em parceria, onde a soma dos esforços amplia o impacto dos resultados Aprimorar a capacitação dos empregados para atuarem na área social, contribuindo para a melhoria das práticas sociais da organização Participar de um trabalho coletivo voltado para os Oito Objetivos de Desenvolvimento do Milênio Para as PESSOAS, a participação na Jornada da Solidariedade constitui uma oportunidade para: Participação em iniciativas na área social Acesso a rede de pessoas engajadas em trabalho voltado para a promoção do desenvolvimento humano e social Valorização pela organização do trabalho voluntário dos empregados, facilitando sua atuação na área social Integração com outras pessoas da própria organização e de outras organizações, criando a cultura do compromisso social como uma relação de cooperação

31 JORNADA DA SOLIDARIEDADE - BETINHO Confirmação da importância do protagonismo dos empregados na transformação da cultura das organizações Capacitação para atuar na área social Para as COMUNIDADES, a participação na Jornada da Solidariedade constitui uma oportunidade para: Fortalecer a organização comunitária Estabelecer parcerias ampliando o compromisso da sociedade civil com o desenvolvimento das comunidades de baixa renda Favorecer o diálogo com poderes públicos, ampliando o acesso às políticas públicas dos três níveis do governo Participar de uma ação voltada para a melhoria das condições de vida da comunidade Criar um Centro Comunitário Integrar-se a uma rede de organizações e pessoas que querem transformar a realidade das comunidades de baixa renda


Carregar ppt "JORNADA DA SOLIDARIEDADE - BETINHO Imagine o que pode realizar a força de um multiplicada por milhões."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google