A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Formação Continuada DRE - AraguaínaDRE - Araguaína.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Formação Continuada DRE - AraguaínaDRE - Araguaína."— Transcrição da apresentação:

1 Formação Continuada DRE - AraguaínaDRE - Araguaína

2 Objetivo da Formação Refletir sobre os aspectos que estão relacionados aos desafios educacionais - acesso, permanência e qualidade do ensino;Refletir sobre os aspectos que estão relacionados aos desafios educacionais - acesso, permanência e qualidade do ensino; Identificar e analisar os principais desafios do coordenador pedagógico no envolvimento dos professores em relação ao acompanhamento das horas atividades - planejamento;Identificar e analisar os principais desafios do coordenador pedagógico no envolvimento dos professores em relação ao acompanhamento das horas atividades - planejamento; Perceber os aspectos que podem facilitar ou dificultar a atuação do coordenador na construção, no acompanhamento e na intervenção no processo de ensino-aprendizagem.Perceber os aspectos que podem facilitar ou dificultar a atuação do coordenador na construção, no acompanhamento e na intervenção no processo de ensino-aprendizagem.

3 DESAFIOS EDUCACIONAIS AcessoAcesso PermanênciaPermanência QualidadeQualidade

4 O acesso a escola pública hoje no Brasil é uma realidade eminente. Mais de 90% das crianças e jovens que tem idade para se matricular na educação básica estão em pleno exercício de suas atividades.O acesso a escola pública hoje no Brasil é uma realidade eminente. Mais de 90% das crianças e jovens que tem idade para se matricular na educação básica estão em pleno exercício de suas atividades.

5 Permanência – No Tocantins o número de evadidos na Rede Estadual não chega há 8% por cento do alunado.Permanência – No Tocantins o número de evadidos na Rede Estadual não chega há 8% por cento do alunado.

6

7

8

9 Qualidade do Ensino Domínio de conhecimento – Não se pode ensinar bem se não se sabe bem o que se que ensinar;Domínio de conhecimento – Não se pode ensinar bem se não se sabe bem o que se que ensinar; Organização do processo de ensino-aprendizagem Possuir conhecimento não é suficiente para se ensinar bem.Organização do processo de ensino-aprendizagem Possuir conhecimento não é suficiente para se ensinar bem. Compromisso – Imprimir a energia necessária para que as metas educacionais sejam alcançadas.Compromisso – Imprimir a energia necessária para que as metas educacionais sejam alcançadas.

10 Desafios da Coordenação Pedagógica Atuar como coordenador pedagógico;Atuar como coordenador pedagógico; Vencer a resistência dos professores em relação a sua participação no processo educacional;Vencer a resistência dos professores em relação a sua participação no processo educacional; Buscar estratégias de como contribuir na organização, coordenação e sistematização do planejamento de aula;Buscar estratégias de como contribuir na organização, coordenação e sistematização do planejamento de aula; Organizar a própria rotina de trabalho de maneira que os seus objetivos também sejam alcançados;Organizar a própria rotina de trabalho de maneira que os seus objetivos também sejam alcançados; Envolver os docentes nas práticas de Planejamento;Envolver os docentes nas práticas de Planejamento; Contribuir junto ao professor na re-significação da prática de planejamento;Contribuir junto ao professor na re-significação da prática de planejamento; Destacar que o planejamento é uma obração e uma conquista do professor.Destacar que o planejamento é uma obração e uma conquista do professor.

11 Por que é tão difícil envolver os docentes nas práticas de planejamento? EU JÁ TENHO MEU PLANEJAMENTO NA CABEÇA. É UMA BUROCRACIA DESNECESSARIA AS HORAS ATIVIDADES SÃO INSUFICIENTES NÃO PERCEBO COMO FACILITADOR DA RELAÇÃO ENSINO APRENDIZAGEM.

12 CONDICIONANTES CULTURAIS VISÃO MÁGICA SENSO COMUM CONSCIÊNCIA INGÊNUA NO FINAL TUDO VAI DÁ CERTO.

13 É PRECISO RE-SIGNIFICAR A PRÁTICA DO PLANEJAMENTO Nosso desafio é resgatá- lo como possível e necessário. Como imprescindível ao acompanhamento da aprendizagem dos alunos. Elemento indispensável a organização da aula.

14 Planejamento uma conquista profissional - LDB Art.13- Aos docentes incumbir-se-ão.Art.13- Aos docentes incumbir-se-ão. II – Elaborar e cumprir o plano de trabalho, segundo a proposta pedagógica do estabelecimento de ensino;II – Elaborar e cumprir o plano de trabalho, segundo a proposta pedagógica do estabelecimento de ensino; V – Ministrar os dias letivos e horas aulas estabelecidos, além de participar integralmente dos períodos dedicados ao planejamento, á avaliação e ao desenvolvimento profissional.V – Ministrar os dias letivos e horas aulas estabelecidos, além de participar integralmente dos períodos dedicados ao planejamento, á avaliação e ao desenvolvimento profissional.

15 Organização da Aula

16 Facilitador do processo ensino aprendizagem

17 Planejamento de Aula

18 PLANO DE AULA PLANO EDUCACIONAL PLANO ESCOLAR P.P.P PLANO DE ENSINO

19 Dimensões do Planejamento Planejamento Educacional

20 Planejamento Escolar P.P.P

21

22 Planejamento de aula É processo de previsão das necessidades e racionalização do emprego dos meios materiais e dos recursos humanos. É processo que se preocupa com para onde ir e como chegar lá. É processo de análise crítica da realidade concreta. É processo contínuo e sistematizado de projetar e decidir ações em relação ao futuro. É um processo que organização, clareza e precisão de tudo que se precisa alcançar na relação ensino e aprendizagem.

23 FUNÇÕES e OBJETIVOS Explicitar princípios, diretrizes e procedimentos do trabalho docente; Explicitar princípios, diretrizes e procedimentos do trabalho docente; Expressar os vínculos entre os pressupostos norteadores e as ações efetivas em sala de aula; Expressar os vínculos entre os pressupostos norteadores e as ações efetivas em sala de aula; Assegurar a racionalização do trabalho docente; Assegurar a racionalização do trabalho docente; Prever objetivos, conteúdos e métodos; Prever objetivos, conteúdos e métodos; Assegurar a unidade e coerência do trabalho docente e aprendizagem dos alunos; Assegurar a unidade e coerência do trabalho docente e aprendizagem dos alunos; Atualizar o conteúdo do plano; Atualizar o conteúdo do plano; Facilitar a preparação das aulas; Facilitar a preparação das aulas;

24 ETAPAS DO PLANEJAMENTO a) Diagnóstico: é a investigação através de levantamento de dados para que se possa ter a compreensão de uma determinada situação e, a partir do diagnóstico, efetuar o planejamento.a) Diagnóstico: é a investigação através de levantamento de dados para que se possa ter a compreensão de uma determinada situação e, a partir do diagnóstico, efetuar o planejamento. b) Implementação e acompanhamento: as ações são planejadas, implementadas e acompanhadas.b) Implementação e acompanhamento: as ações são planejadas, implementadas e acompanhadas. c) Avaliação: é um processo contínuo que sinaliza os pontos positivos e negativos da ação.c) Avaliação: é um processo contínuo que sinaliza os pontos positivos e negativos da ação.

25 TIPOS DE PLANEJAMENTO Tradicional ou clássico.Tradicional ou clássico. Tema da Aula;Tema da Aula; Objetivo GeralObjetivo Geral Objetivo EspecíficoObjetivo Específico ConteúdosConteúdos RecursosRecursos MetodologiaMetodologia AvaliaçãoAvaliação Moderno ou Atual Eixo Norteador Competência Habilidade Conteúdos Recursos Metodologia Avaliação

26 Organização para o planejamento Coletivo Diagnóstico das necessidades;Diagnóstico das necessidades; Escolhas dos temas para discussão;Escolhas dos temas para discussão; Elaboração dos Instrumentos necessários para cada reunião;Elaboração dos Instrumentos necessários para cada reunião; Organização da metodologia de trabalho;Organização da metodologia de trabalho; Elaboração da pauta.Elaboração da pauta. Distribuir tarefas para as próximas reuniões.Distribuir tarefas para as próximas reuniões.


Carregar ppt "Formação Continuada DRE - AraguaínaDRE - Araguaína."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google