A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Protozooses. Prevalência: Número total de casos da doença na população; Incidência: números de casos novos durante um intervalo de tempo; Epidemia: surto.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Protozooses. Prevalência: Número total de casos da doença na população; Incidência: números de casos novos durante um intervalo de tempo; Epidemia: surto."— Transcrição da apresentação:

1 Protozooses

2 Prevalência: Número total de casos da doença na população; Incidência: números de casos novos durante um intervalo de tempo; Epidemia: surto parasitário que apresenta uma súbita elevação da incidência; Endemia: prevalência estável (pequenas incidências); Profilaxia: Conjunto de medidas que visam a prevenção, erradicação ou controle de determinada doença; Hospedeiro definitivo: parasita maduro sexualmente e adulto; Hospedeiro intermediário: parasita na fase larval, pode ocorrer reprodução assexuada; Vetor: agente que veicula o parasita.

3

4 Amebíase Agente etiológico: Entamoeba Histolytica; Predominante em regiões tropicais e subdesenvolvidas; O homem é o hospedeiro principal, a entamoeba encontra-se na forma ativa (trofozoíta) no intestino grosso, ou como cisto nas fezes. Transmissão: se dá por meio de cistos eliminados nas fezes, ingeridos através de água ou alimentos contaminados. O s cistos atingem o intestino delgado onde se transformam em amebas ativas que migram para o intestino grosso; As amebas alimentam-se fagocitando glóbulos vermelhos. Atingindo vasos sangüíneos ou linfáticos, disseminam-se para quase todos os órgãos e tecidos.

5 Sintomas: lentos e progressivos (diarréia, cólica, flatulência, náuseas, vômito). Perda de peso, fadiga, dores abdominais e alterações psíquicas. Diagnóstico: exame de fezes; Profilaxia: tratamento adequado dos doentes, medidas higiênicas, melhorias nas condições econômicas e sociais da população, tratamento de esgoto.

6

7 Doença ou mal de Chagas Agente etiológico: Tripanosoma Cruzi; Transmissão: indireta, através das fezes de um percevejo (barbeiro- aloja-se em frestas ou rachaduras) na pele enquanto se alimenta de sangue; O barbeiro contamina-se com o tripanossomo alimentando-se do sangue de mamíferos (reservas naturais); O tripanossomo penetra no organismo quando o organismo se coça, ou quando esfrega a mão contaminada pelas fezes em mucosas; Com a ruptura das células parasitadas, os tripanossomos passam para a corrente sangüínea;

8 Essa fase inicial inclui sintomas como febre elevada, mal-estar, aumento dos nódulos linfáticos e das dimensões do fígado e baço e edema generalizado que desaparecem no fim de algumas semanas; Fase aguda é despercebida, diagnóstico por exame de sangue; Fase crônica (cinco a dez anos depois), o parasito destrói as fibras musculares cardíacas. O coração aumenta de volume, fica flácido, apresenta áreas de fibrose, conseqüentemente, insuficiência funcional. Diagnóstico por prova imunológica (verificar se o organismo está produzindo anticorpos contra os protozoários).

9 Medidas profiláticas: combate ao barbeiro, controle dos doentes e do sangue usado para transfusões, melhoria das condições habitacionais.

10 Malária (maleita, febre terça) Plasmodium vivax: febre do tipo terça (1º e 3º dias) benigna; Plasmodium falciparum: febre terça maligna, produz aglutinação das hemácias ocasionando entupimento vascular, complicações freqüentemente fatais; Plasmodium malarie: febre do tipo quartã (1º e 4ºdias).

11 A malária é transmitida pela picada das fêmeas de mosquitos do gênero Anopheles. Ao picar uma pessoa elas injetam saliva onde estão os esporos infectantes. Estes migram para o fígado, multiplicando-se (hipertrofia). Os esporos resultantes vão parar na corrente sanguínea onde penetram nas hemácias rompendo-as, liberando para o plasma toxinas que causam reação imunológica o que, por sua vez, provoca febre e posterior sudorese. Alguns protozoários que estavam parasitando as hemácias transformam-se em gametócitos, os quais somente se desenvolvem no tubo digestivo do mosquito produzindo esporos. Medidas profiláticas: tratamento dos doentes, combate ao anofelino

12

13 Outras Protozooses Leishmaniose cutâneo-mucosa (úlcera de Bauru): afeta a pele, mucosas da boca e do nariz; pode também destruir as cartilagens nasais. A transmissão é dada através da picada do mosquito palha. Tricomoníase: determinada pelo protozoário Trichomonas vaginalis. Na mulher afeta vagina, uretra, provocando corrimento e ardor; no homem afeta a uretra e a vesícula-seminal. Sexualmente Transmissível.

14


Carregar ppt "Protozooses. Prevalência: Número total de casos da doença na população; Incidência: números de casos novos durante um intervalo de tempo; Epidemia: surto."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google