A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Site: 1 RESILIÊNCIA na Gestão da Saúde A ARTE DE GERENCIAR E SUPERAR DESAFIOS Eduardo Carmello.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Site: 1 RESILIÊNCIA na Gestão da Saúde A ARTE DE GERENCIAR E SUPERAR DESAFIOS Eduardo Carmello."— Transcrição da apresentação:

1 Site: 1 RESILIÊNCIA na Gestão da Saúde A ARTE DE GERENCIAR E SUPERAR DESAFIOS Eduardo Carmello

2 Site: 2 Eu não ensino e não mando. Eu não ensino e não mando. Ensinando sai cópia. Mandando sai escravo. Eu transmito minha energia. Mestre Zen Saito Estrategista Eu não ensino e não mando. Eu não ensino e não mando. Ensinando sai cópia. Mandando sai escravo. Eu transmito minha energia. Mestre Zen Saito Estrategista

3 Site: 3 Quem é o Resiliente? "Indivíduos resilientes têm sido descritos como possuindo um locus interno de controle, otimismo, significação, força de ego, auto-eficácia, confiança, perseverança, habilidade para resolver problemas e flexibilidade". (Begun, 1993 e outros).

4 Site: 4 Horácio A adversidade tem o poder de desenvolver capacidades que, em circunstâncias de prosperidade permaneceriam latentes.

5 Entheusiasmos Consultoria em Talentos Humanos Fone: 011 – / Site: 5 Estar constantemente atuando como uma empresa referência em treinamento e desenvolvimento estratégico de pessoas Tornar as pessoas e as organizações aptas a encontrarem o meio de se sentirem mais integradas, confiantes, motivadas, competentes e conscientes no seu campo de atividade ou negócio Soluções em aprendizado comportamental, capacitação de competências e aprimoramento atitudinal Capacidade de influenciar o comportamento da força de trabalho para atingir resultados operacionais, financeiros e sociais Alinha e concebe uma integração e unidade entre as competências essenciais das organizações e as competências referenciais dos colaboradores. Integra saberes, valores e competências desenvolvendo metas de aprendizagem e tarefas Integridade Excelência Respeito ao indivíduo Cooperação Aprendizagem Saúde Criatividade

6 Entheusiasmos Consultoria em Talentos Humanos Fone: 011 – / Site: 6 Campo de atuação QUALIDADE DE VIDA DESENVOLVIMENTO TALENTOS HUMANOS

7 7 Site: Neurociência Medicina Administração Psicologia Educação Arte Física Quântica Filosofia Biologia Novas Fusões Neurociência Medicina Administração Psicologia Educação Arte Física Quântica Filosofia Biologia Novas Fusões

8 88 Site: Desafios Profissionais Profissionais que têm o triplo desafio de decidir em intervalos de tempos mínimos, correndo altos riscos e com informações incompletas

9 99 Site: DESEMPENHO Qual sua escolha? Qual o valor/crença que apoia a escolha? Qual é a visão/propósito do projeto?

10 10 Site: DESEMPENHO Como vou me motivar se algo inesperado acontecer? Como manter o desempenho com o máximo de inteligência e saúde possível?

11 Site: Estratégia deste workshop Orientar as pessoas em um processo fundamentado, utilizando ferramental para poder aprimorar as decisões e ações em situações adversas

12 12 Site: Se pudesse ser vitorioso em outra profissão, o que gostaria de ser? 2 -Se tivesse que viver uma única estação (prim / ver / out / inv), qual seria? 3 –Eu estou com o pode de mandar meu chefe para: espaço, clínica de estresse, líder do ano, seminário de atualização? 4 -Se fosse tocar numa banda de música, que instrumento gostaria de tocar? 5 –Cite um dos seus desafios atuais/futuro? Se pudesse curar qualquer doença, qual seria? 7 –Pelo quê estou encantado/apaixonado ultimamente? (idéia, pessoa, filme, projeto, acontecimento) 8 – Quais minhas expectativas em relação a este workshop? 9 – O que estou querendo ou precisando resolver atualmente? (casa/trabalho/tarefa/relacionamento) 10 -Se tivesse meios de eliminar para sempre da face da Terra um tipo de preconceito, com qual deles acabaria?

13 Site: GERENCIANDO PRESSÕES ENFRENTANDO ADVERSIDADES SUPERANDO DESAFIOS 1.Breve cenário da relação pressão X recursosBreve cenário da relação pressão X recursos 2.Definição, fatores de promoçãoDefiniçãofatores de promoção 3.Características da pessoa resilienteCaracterísticas da pessoa resiliente 4.Objetivos e Estratégias de aplicaçãoObjetivosEstratégias de aplicação 5.Análise de desenvolvimentoAnálise de desenvolvimento

14 DefiniçõesDefinições Cenário Gestão E. Pessoas Objetivos S. Competências Modelo de Competências Projeto Passarela Treinamento com foco em Desempenho InvestimentosCenário Gestão E. PessoasObjetivos S. CompetênciasModelo de CompetênciasProjeto PassarelaTreinamento com foco em DesempenhoInvestimentos Entheusiasmos Consultoria em Talentos Humanos Fone: 011 – / Site: 14

15 DefiniçõesDefinições Cenário Gestão E. Pessoas Objetivos S. Competências Modelo de Competências Projeto Passarela Treinamento com foco em Desempenho InvestimentosCenário Gestão E. PessoasObjetivos S. CompetênciasModelo de CompetênciasProjeto PassarelaTreinamento com foco em DesempenhoInvestimentos Entheusiasmos Consultoria em Talentos Humanos Fone: 011 – / Site: 15 administração de ontem Foco técnico Convenciona- lismo poder > feitos controle rigidez Individua- lismo

16 DefiniçõesDefinições Cenário Gestão E. Pessoas Objetivos S. Competências Modelo de Competências Projeto Passarela Treinamento com foco em Desempenho InvestimentosCenário Gestão E. PessoasObjetivos S. CompetênciasModelo de CompetênciasProjeto PassarelaTreinamento com foco em DesempenhoInvestimentos Entheusiasmos Consultoria em Talentos Humanos Fone: 011 – / Site: 16

17 DefiniçõesDefinições Cenário Gestão E. Pessoas Objetivos S. Competências Modelo de Competências Projeto Passarela Treinamento com foco em Desempenho InvestimentosCenário Gestão E. PessoasObjetivos S. CompetênciasModelo de CompetênciasProjeto PassarelaTreinamento com foco em DesempenhoInvestimentos Entheusiasmos Consultoria em Talentos Humanos Fone: 011 – / Site: 17 administração de hoje Foco compor tamental espontaneidade feitos > poder confiança flexibilidade coletividade

18 18 A luz que define o novo O emergente sistema de criação de riquezas baseado no conhecimento. Hoje pensamos mais em termos neurobiológicos do que em termos mecânicos. Conhecimento que se manifesta na ação - Capacidade para realizar e entregar o serviço ou produto

19 19 Site: Brian Tracy O Futuro não pertence aos que são apenas bem intencionados. O Futuro pertence aos competentes. Pertence a aqueles que são muito, muito bons naquilo que fazem.

20 20 Alguém já disse que nós não somos competentes; nós estamos competentes... E isto muda numa fração de segundo, num simples movimento corporal.

21 21 Site: Lembre-se: Não existem grandes prêmios para resultados médios.

22 DefiniçõesDefinições Cenário Gestão E. Pessoas Objetivos S. Competências Modelo de Competências Projeto Passarela Treinamento com foco em Desempenho InvestimentosCenário Gestão E. PessoasObjetivos S. CompetênciasModelo de CompetênciasProjeto PassarelaTreinamento com foco em DesempenhoInvestimentos Entheusiasmos Consultoria em Talentos Humanos Fone: 011 – / Site: 22 Cada vez mais as instituições precisam de trabalhadores e gerentes que possam responder de forma rápida e eficiente às mudanças a serem enfrentadas. VISÃO DE SOLUÇÃO MENTE RESOLUTIVA

23 Na nova economia do conhecimento, é o domínio das estratégias de comportamento no trabalho agregado ao domínio da mais recente e complexa tecnologia que determina o valor para a empresa. Robert Kelley

24 Entheusiasmos Consultoria Apenas 5% das mudanças programadas nas Organizações foram implementadas. 87% dos fracassos profissionais são por falta de habilidade em relacionar-se e trabalhar em conjunto (FORTUNE)

25 25 Site: Não O melhor é não falares! Não explicares coisa alguma! Tudo agora está suspenso. Nada aguenta mais nada. E sabe Deus o que desencadeia as catástrofes, o que é que derruba um castelo de cartas. Não se sabe. Uma vez desaba uma avalanche e não morre um mosca, outra vez senta uma mosca e desaba uma cidade!

26 Site: Saiba o que normalmente acontece com 80% da população frente à uma adversidade. A eficácia de nossas competências diminuem ou praticamente desaparecem quando passamos por situações que são interpretadas como imprevisíveis, adversas, turbulentas ou ameaçadoras.

27 Site: Os outros 20% da população conseguem manter-se competentes em ambientes de pressão e utilizam de suas características afetivas, comportamentais e cognitivas para enfrentar e ter sucesso diante da situação exigente.

28 Site: – MUITO BEM 2 – MODERADAMENTE 1 – UM POUCO 0 – DE MODO ALGUM 1.Consigo recuperar-me depois de um desapontamento, ou frustração 2.Relaxo quando surge uma tensão 3.Sou paciente e consigo ver o lado cômico das situações 4.Posso facilmente afastar distrações quando preciso concentrar-me 5.Consigo identificar meus sentimentos e emoções em ambientes imprevisíveis ou emergenciais 6.Quando tenho um problema, sei e tenho a quem recorrer e o faço o mais breve possível 7.Visualizo o futuro para poder reconhecer meu caminho e saber por onde e como vou andar 0 a 10 – Rapáz, faça alguma côisa a 13 – Xii, não sei não a 16 – êta cabra bom da péste a 21 – Víiche, que o mininú é arretado de bom

29 Site: Executivos que com sucesso implementam mudanças, independente de sua localização, demonstram muito das mesmas emoções básicas, comportamentos e abordagens

30 Site: RESILIÊNCIA a capacidade de um indivíduo em possuir uma conduta sã num ambiente insano, ou seja, a capacidade do indivíduo sobrepor-se e construir-se positivamente frente as adversidades FÍSICA CIÊNCIAS HUMANAS a capacidade de um material voltar ao seu estado normal depois de ter sofrido uma pressão

31 Site: A capacidade de responder de forma mais consistente aos desafios e dificuldades; de reagir com flexibilidade e capacidade de recuperação diante de desafios e circunstâncias desfavoráveis; ter uma atitude otimista, positiva e perseverante e mantendo um equilíbrio dinâmico durante e após os embates José Tavares

32 Site: Como lidar com adversidades? 1.Conhecimento de padrões de comportamento resiliente e fatores de promoção da resiliência 2.Noções conceituais de mecanismos de coping 3.Disposição para aprender e aplicar métodos

33 Site: Padrões de comportamento resiliente Auto-confiantes: acreditam em si e naquilo de que são capazes de fazer Gostam e aceitam mudanças, encaram as situações de estresse como desafios Baixa ansiedade, alta extroversão e aberto à experiência Auto-conceito e auto-estima positiva Emocionalmente inteligente Criativos, capacidade de reação

34 Site: MODELO DO DESAFIO 2.VÍNCULOS AFETIVOS 3.SENTIDO DE PROPÓSITO E FUTURO

35 Site: Modelo do desafio: a capacidade de reconhecimento da verdadeira dimensão do problema; o reconhecimento das possibilidades de enfrentamento; o estabelecimento de metas para sua resolução.

36 Site: Vínculos Afetivos: A aceitação incondicional do indivíduo enquanto pessoa, principalmente pela família colegas de trabalho, assim como a presença de redes sociais de apoio permitem o desenvolvimento de condutas resilientes.

37 Site: Dr. FREDERIC FLACH Aqueles que melhor se compõem emocionalmente depois da tragédia são os que habitualmente partilham suas experiências de forma verbal uns com outros e com terapeutas compreensivos

38 Site: A importância das emoções Todos percebemos a extrema importância das emoções dentro das empresas, pois a maior parte dos conflitos interpessoais resulta de tensões emocionais (raiva, ciúme, frustração, insegurança, desmotivação, etc) e a maioria dos encontros pessoais são resultados de algum tipo de comunhão emocional (empatia, respeito, afeição, harmonia eficiência e satisfação).

39 39 Site: A DIFICULDADE DE SE ADAPTAR A ESSAS PEQUENAS PRESSÕES...

40 40 Site: Quando a fadiga e a tensão aumentam, muitos ficam de mau humor e perdem o ânimo e a flexibilidade Um atraso de um minuto parece uma hora Um comentário descuidado fere como repreensão Um silêncio é interpretado como uma ação de ignorar

41 Site: Nenhum de nós pode fazer as coisas mais importantes sozinho. A parceria, a colaboração e a aliança são as chaves para enfrentar desafios Tom Morris

42 42 Se nós buscamos organizações com maior capacidade de adaptação e evolução, isto acontecerá devido às capacidades das pessoas de refletir, pensar e agir conjuntamente. Peter Senge Esteja cooperativo

43 43 Gestão de Pessoas Entende-se por modelo de gestão de pessoas a maneira pela qual uma empresa se organiza para gerenciar e orientar o comportamento humano no trabalho. André Luiz Fischer

44 Entheusiasmos Consultoria Escopo de Competências Paul C. Green Conjunto peculiar de know-how técnico Crenças, cultura, visão e normas. Participação humana na melhoria de desempenho. Como se faz o trabalho Suportam competências essenciais. Fornece uma maneira lógica para Organização manter e ampliar competências e habilidades. Inteligência, atributos e personalidade. Incluem ht, estilo de comunicação, liderança, equipe

45 45 DesempenhoDesempenho Dedicação, disposição, confiança INCENTIVO Solicitar opiniões Expressar e demonstrar empatia Confiança e respeito ORIENTAÇÃO Informar Expectativas específicas Explicar Instruir

46 46 Como transformar estratégias em ações práticas? A melhor maneira de se transformar competências em palavras é através de linguagem comportamental que descreve as coisas que você pode ver ou ouvir que estão sendo feitas. Green

47 CONSTRUÇÃO CONJUNTA A C B Informa claramente a tarefa Executa a tarefa de olhos fechados e com a mão não dominante Orienta verbalmente Sem ajuda manual A – executor B – orientador C - informante

48 CONSTRUÇÃO CONJUNTA Orientou a tarefa a partir de que referência? Observou grau de tensão do executor? Orientador optou pela conquista da tarefa + bem-estar do executor + qualidade do trabalho feito em relação a solicitação? Utilizou comunicação clara e objetiva? Criou clima favorável (incentivo, reconhecimento das pequenas vitórias) ou desfavorável (pouco incentivo, demonstrando desânimo, quebra de fluência)?

49 Site: Seu núcleo de atuação é o Comportamento Humano Alinhar este comportamento às estratégias da organização Lidar com um ambiente de permanente transformação Capacidade para gerar, por meio das pessoas, vantagem competitiva para a Organização Gestão de Pessoas Foco constante

50 50 Site: É o Estado de Espírito, a Energia Emocional e o Foco no Propósito que nos leva aos resultados desejados

51 SINALIZANDO O CAMINHO PARA O SEU DESENVOLVIMENTO R. República do Iraque, 1745 Casa 05 Campo Belo - São Paulo - SP - CEP: FONE/FAX: Entheusiasmos Consultoria


Carregar ppt "Site: 1 RESILIÊNCIA na Gestão da Saúde A ARTE DE GERENCIAR E SUPERAR DESAFIOS Eduardo Carmello."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google