A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A MEDICINA DO SÉCULO XXI ALGUMAS REFLEXÕES E ESPERANÇAS PALESTRA DIRIGIDA AOS CALOUROS DA 1ª TURMA DO CURSO DE MEDICINA CESUPA 6/2/2007 Paulo Roberto Pereira.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A MEDICINA DO SÉCULO XXI ALGUMAS REFLEXÕES E ESPERANÇAS PALESTRA DIRIGIDA AOS CALOUROS DA 1ª TURMA DO CURSO DE MEDICINA CESUPA 6/2/2007 Paulo Roberto Pereira."— Transcrição da apresentação:

1 A MEDICINA DO SÉCULO XXI ALGUMAS REFLEXÕES E ESPERANÇAS PALESTRA DIRIGIDA AOS CALOUROS DA 1ª TURMA DO CURSO DE MEDICINA CESUPA 6/2/2007 Paulo Roberto Pereira Toscano

2 CONFIANÇA NAS INSTITUIÇÕES* IGREJA CATÓLICA – 71% FORÇAS ARMADAS – 69% ENGENHEIROS – 61% ADVOGADOS – 48% EMPRESÁRIOS – 37% POLÍCIA – 35% POLÍTICOS – 8% *IBOPE – revista Carta Capital (7/7/2005)

3 CONFIANÇA NAS INSTITUIÇÕES* IGREJA CATÓLICA – 71% FORÇAS ARMADAS – 69% ENGENHEIROS – 61% ADVOGADOS – 48% EMPRESÁRIOS – 37% POLÍCIA – 35% POLÍTICOS – 8% MÉDICOS – 81% *IBOPE – revista Carta Capital (7/7/2005)

4 PERFIS MÉDICOS ANOS 60 TRABALHO CENTRADO NO CONSULTÓRIO, COM DOENTES PARTICULARES VISITAS DOMICILIARES PROFISSIONAL LIBERAL, REMUNERADO DIRETAMENTE PELOS PACIENTES A MAIORIA: APENAS 1 EMPREGO RELAÇÃO M-P CENTRADA NA CONFIANÇA, RESPEITO E AMIZADE CONSELHEIRO ESPECIALIZAÇÃO (RESIDÊNCIA) 1 OU 2 ANOS

5 PERFIS MÉDICOS ANOS 2000 TRABALHO CENTRADO EM CLÍNICAS/HOSPITAIS COM PACIENTES DE PLANOS DE SAÚDE REMUNERAÇÃO REGULADA PELAS TABELAS DOS PS CADA VEZ MENOS LIBERAL E MAIS INSTITUCIONAL VÁRIOS EMPREGOS MENOS TEMPO/PACIENTE RELAÇÃO M-P COM NOVOS INGREDIENTES DESCONFIANÇA, AMPLO ACESSO À INFORMAÇÃO, DIREITOS DO PACIENTE, O TRABALHO MÉDICO COMO PRODUTO A SER COMPRADO (paciente = consumidor) PÓS-GRADUAÇÃO GERAL, ESPECIALIZADA, MESTRADO, DOUTORADO (NO MÍNIMO 4 ANOS)

6 OS CINCO PERÍODOS DA HISTÓRIA DA MEDICINA I – MÁGICO – AS DOENÇAS DEPENDEM DOS DEUSES II – HIPOCRÁTICO – SÉC. V a. C. – OBSERVAÇÃO DOS SINTOMAS, BUSCA DAS CAUSAS, ESTABELECIMENTO DE UM DIAGNÓSTICO III – SÉC. XIX – OS SEIS ANOS QUE MUDARAM O DESTINO DOS HOMENS (1859 – 1865) Darwin e a Origem das Espécies Pasteur e a ciência dos micróbios Claude Bernard e a medicina experimental Mendel e as leis da hereditariedade IV – TERAPÊUTICO – Descoberta das sulfas (1936), antibióticos, hormônios V – RACIONAL E EFICAZ – Prevenção Precocidade do diagnóstico Biologia Molecular

7 AS TRÊS REVOLUÇÕES I – A REVOLUÇÃO DA FISIOLOGIA Claude Bernard e a tripla aliança: observação/ experiência / raciocínio Meio interno – nas doenças agudas a morte não é anatômica, mas química (desordem das moléculas - tempestades moleculares perda da constância) II – REVOLUÇÃO DAS IMAGENS Roentgen e a 1ª radiografia (1895) Radioscopia Radiografia em cortes (tomografia) Tomografia computadorizada Ressonância magnética nuclear Ultrassonografia III – PATOLOGIA MOLECULAR

8 A FORMAÇÃO DO MÉDICO BONS CONHECIMENTOS ESSENCIAIS Grande base de Clínica Médica Ênfase na Fisiologia, Fisiopatologia, Anatomia Patológica, Propedêutica e Farmacologia CONHECIMENTOS PARALELOS Línguas materna e estrangeiras Química e Física Matemática Informática NÃO PERDER A VISÃO DO HOMEM NO ENFERMO QUE TRATA (minha opção representa algo realmente útil para o paciente?) O RESPEITO À VIDA CONSTITUI A BASE DE TODA A ATIVIDADE MÉDICA Prof. Luiz V. Decourt (USP)

9 O MÉDICO DO SÉCULO XXI: TENDÊNCIAS (I) AUMENTO DO Nº DE IDOSOS (31 milhões em 2020) Manejo correto de situações crônicas Solução de problemas agudos Objetivo primordial manter as funções Conhecer mais a biologia do idoso Maior treinamento na assistência a pacientes com d cr TRABALHO MAIS INSTITUCIONALIZADO Prática individual grupal Competição, aumento do nº de médicos, escassez de verbas, reivindicação por melhor atendimento MAIOR PREOCUPAÇÃO COM O DIAGNÓSTICO PRECOCE E PREVENÇÃO DE COMPLICAÇÕES PRIORIDADE MANTER AS PESSOAS TRABALHANDO ESTUDANTES MAIOR EXPOSIÇÃO À MEDICINA PREVENTIVA E À SAÚDE OCUPACIONAL

10 O MÉDICO DO SÉCULO XXI: TENDÊNCIAS (II) FUNÇÕES PRIMORDIAIS detecção das fases iniciais do alcoolismo, HA, obesidade, DM, DPOC e outras doenças crônicas SABER USAR SISTEMAS DE INFORMAÇÃO estimar riscos em situações incomuns, manejar complexas interações de drogas CRESCENTE Nº DE PROBLEMAS ÉTICOS Domínio da reprodução, da hereditariedade e do sistema nervoso Moratória: interromper durante certo tempo as pesquisas que comportem riscos (vantagens X perigos) Laboratórios insuficientemente equipados Pesquisadores insuficientemente preparados Objetivos financeiramente vantajosos Venda do corpo humano (de seus órgãos e células) Morte cerebral X estados vegetativos crônicos Embriões e fetos

11 O FANTASMA DO ERRO MÉDICO IMPRUDÊNCIA agir sem a cautela necessária NEGLIGÊNCIA omissão IMPERÍCIA carência de aptidão SEGURO CONTRA ERRO MÉDICO: encarece a Medicina e deteriora a relação M-P (AMMG, 2006) O melhor caminho é investir na formação profissional, na atualização científica e no bom relacionamento M-P ASSOCIAÇÃO PARAENSE CONTRA ERROS MÉDICOS DENÚNCIAS AO CRM EM 2006: 207 CONSENTIMENTO INFORMADO documento pelo qual os médicos previnem clientes dos riscos que correrão (ineficácia do tratamento, dores, deformidades, invalidez e morte)

12 ALGUMAS LUTAS DOS MÉDICOS BRASILEIROS ATO MÉDICO: projeto de lei (25/02), em 5 artigos, que assegura ao médico a competência profissional para diagnosticar as doenças e prescrever o tratamento CLASSIFICAÇÃO BRASILEIRA HIERARQUIZADA DE PROCEDIMENTOS MÉDICOS (CBHPM): padrão mínimo e ético de remuneração para a classe médica ATUALIZAÇÃO PROFISSIONAL: médicos com título de especialista emitido a partir de 2006 terão de obter o certificado de atualização após 5 anos (sistema de créditos) PRINCIPAIS ENTIDADES MÉDICAS: ASSOCIAÇÃO MÉDICA BRASILEIRA (AMB), CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA (CFM), SMCP, CRM-PA, SINDICATO DOS MÉDICOS

13 RELAÇÃO MÉDICO-PACIENTE: POR QUE É TÃO IMPORTANTE? INDUZ MUDANÇAS NO ESTILO DE VIDA MELHORA A ADERÊNCIA AO TRATAMENTO RACIONALIZA A INDICAÇÃO DE EXAMES COMPLEMENTARES MINORA, ATRAVÉS DE APROPRIADO PREPARO PSICOLÓGICO, REAÇÕES ADVERSAS AOS PROCEDIMENTOS DIAGNÓSTICOS E TERAPÊUTICOS FACILITA O ENTENDIMENTO DA NATUREZA FUNCIONAL DE CERTOS SINTOMAS, DESESTIMULANDO COMPORTAMENTOS HIPOCONDRÍACOS REDUZ A OCORRÊNCIA DE IATROGENIAS

14 USO ADEQUADO DE EXAMES COMPLEMENTARES FORMULAR OU CONFIRMAR O DIAGNÓSTICO AVALIAR A EXTENSÃO DA DOENÇA PLANEJAR OU ACOMPANHAR O TRATAMENTO FAZER O PROGNÓSTICO TRANQUILIZAR O PACIENTE E/OU O MÉDICO RESPONDER A QUESITOS DE LAUDOS PERICIAIS PROVER O MÉDICO DE PROVAS SEGURAS DIANTE DE UMA EVENTUAL AÇÃO JUDICIAL (ACUSAÇÃO DE ERRO MÉDICO)

15 ABUSO DE EXAMES COMPLEMENTARES PERVERSAS CONDIÇÕES DE TRABALHO (ATENDER MAIS PESSOAS EM MENOS TEMPO) BAIXA REMUNERAÇÃO DAS CONSULTAS PRESSÃO EXERCIDA PELOS USUÁRIOS DOS CONVÊNIOS (sucessivos exames mais atrativos do que uma boa consulta) PRESSÃO DO MARKETING DA INDÚSTRIA DE EQUIPAMENTOS BUSCA DE STATUS PROFISSIONAL PELO MÉDICO O MITO DA MODERNIDADE CRISE DO ENSINO MÉDICO INSEGURANÇA DECORRENTE DO DESPREPARO COMPENSADA PELA PRÁTICA DE UMA MEDICINA INTENSAMENTE EQUIPAMENTO-DEPENDENTE

16 O MÉTODO DE RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS* SEMELHANTE A UMA INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA ETAPAS: reconhecimento e delimitação do problema formulação de hipóteses seleção de uma hipótese testagem da hipótese (experimental ou dedutivamente) conclusão ou solução O ALUNO NÃO DEVE INICIAR SUA RESOLUÇÃO SEM COMPREENDER EM QUE CONSISTE O PROBLEMA *Riva Roitman – Revista Brasileira de Educação Médica. Vol. III Nº

17 NÃO ESQUEÇAM QUE... A MAIOR PARTE DOS PROBLEMAS APRESENTADOS PELOS PACIENTES É BENIGNA O MÉDICO FORMADO POR UMA ESCOLA DE BOM PADRÃO ESTARÁ APTO A RESOLVER 90% DOS PROBLEMAS DE SAÚDE É POSSIVEL ATENDER BEM, EM POUCO TEMPO E DE MANEIRA ECONÔMICA NEM SEMPRE É POSSÍVEL FAZER UM DIAGNÓSTICO PRECISO O PODER DA MEDICINA E DOS MÉDICOS É FINITO O MAIS NOVO NÃO É NECESSARIAMENTE O MELHOR CERTOS TRATAMENTOS PODEM CAUSAR DANOS IRREPARÁVEIS DOENÇAS AUTOLIMITADAS, COM TENDÊNCIA À REMISSÃO ESPONTÂNEA


Carregar ppt "A MEDICINA DO SÉCULO XXI ALGUMAS REFLEXÕES E ESPERANÇAS PALESTRA DIRIGIDA AOS CALOUROS DA 1ª TURMA DO CURSO DE MEDICINA CESUPA 6/2/2007 Paulo Roberto Pereira."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google