A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

11º ENCONTRO TÉCNICO NACIONAL DOS PROGRAMAS DO LIVRO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA/SEB Manaus/2007.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "11º ENCONTRO TÉCNICO NACIONAL DOS PROGRAMAS DO LIVRO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA/SEB Manaus/2007."— Transcrição da apresentação:

1 11º ENCONTRO TÉCNICO NACIONAL DOS PROGRAMAS DO LIVRO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA/SEB Manaus/2007

2 Resolução nº 005 de 3 de abril de 2007 e Resolução nº 14 de 24 de abril de 2007: institui o Programa Nacional da Biblioteca da Escola para o Ensino Médio – PNBEM 2008, no âmbito das escolas de ensino médio que integram os sistemas públicos de educação federal, estadual, municipal e do Distrito Federal. Os acervos são compostos por obras de referência, obras literárias, obras de pesquisa e de outros materiais relativos ao currículo nas áreas de Ciências Humanas e suas Tecnologias, Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias e Linguagens, Códigos e suas Tecnologias. Programa Nacional Biblioteca da Escola para o Ensino Médio – PNBEM

3 Ciências Humanas e suas Tecnologias (História, Geografia, Filosofia e Sociologia); Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias (Química, Física, Biologia e Matemática); Para a área de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias : 40 títulos serão indicados para Literatura Brasileira e Portuguesa; 10 para Artes; 10 para Educação Física e 4 Gramáticas da Língua Portuguesa. Serão indicados 160 títulos, sendo 12 para cada uma das disciplinas das áreas de :

4 Cada escola escolherá até 40 títulos, entre as obras indicadas: -3 títulos para cada um dos 8 componentes curriculares das áreas de Ciências Humanas e suas Tecnologias, e Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias. -10 títulos de Literatura, 3 de Artes, 2 de Educação Física e 1 Gramática. Serão formados 27 acervos distintos, um para cada unidade da federação, compostos pelos títulos mais escolhidos: -6 títulos para cada um dos 8 componentes curriculares das áreas de Ciências Humana e suas Tecnologias e Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias; - 20 títulos de Literatura Brasileira e Portuguesa; - 5 de Artes - 5 de Educação Física e - 2 Gramáticas da Língua Portuguesa.

5 Programa Nacional do Livro para o Ensino Médio - PNLEM

6 Avaliação Externa de Impacto do Programa Nacional do Livro para o Ensino Médio – PNLEM Pesquisadora Responsável: Profª. Drª. Raquel Volpato Serbino

7 Desenvolver estudo de abrangência nacional referente ao uso do livro didático de Português e Matemática no âmbito do Programa Nacional do Livro para o Ensino Médio – PNLEM, com vista a identificar mudanças efetivamente ocorridas nas escolas públicas de ensino médio. Objetivo geral

8 Objetivos específicos Identificar estratégias de utilização do livro didático no processo de ensino e aprendizagem, de acordo com a opinião de gestores e professores do ensino médio: Quais as expectativas em relação ao uso do livro didático? Como o professor utiliza o livro na sua prática docente? Qual a colaboração do livro didático para o sucesso do ensino e da aprendizagem? Com que freqüência professores e alunos utilizam os livros das disciplinas Português e Matemática? O livro é reconhecido como material de apoio à aprendizagem do aluno? Os professores concebem o PNLEM como experiência de sucesso? Qual a postura dos gestores e professores em relação ao PNLEM?

9 Metodologia Envolve abordagens quantitativas e qualitativas em duas técnicas para coleta de dados de fonte primária: Formulário eletrônico Grupos focais ANÁLISEFORMULÁRIO ELETRÔNICOGRUPO FOCAL QUANTITATIVA X - QUALITATIVAXX

10 Coleta eletrônica Coleta Eletrônica de dados, por meio de instrumento de avaliação especialmente elaborado e disponibilizado on-line no portal do grupo de pesquisas IAGE. Participaram da pesquisa respondentes, sendo professores e gestores.

11 Estados pesquisados

12 Grupos Focais Os Grupos Focais foram realizados com professores, gestores e SEDUCs em estados, contemplando as cinco regiões brasileiras. * Nesses encontros, ficou registrada a avaliação de pais e de alunos.

13 RESULTADOS PRELIMINARES O número de respondentes (17.266) foi expressivo, considerando: os prazos e a abrangência nacional do estudo; o complexo e moroso processo de comunicação entre as redes estaduais; a precariedade da informatização das escolas; Quanto maior a comunicação, maior a participação de respondentes: informações referentes à pesquisa no site das SEDUCs; São Paulo utilizou a grande imprensa para informar à rede de ensino.

14 Caracterização do Respondente Professor: Forte concentração na faixa etária de 25 a 45 anos; Forte predominância do sexo feminino; Forte incidência de licenciados na respectiva área com alta incidência de especialização; Distribuição regular do tempo de exercício no magistério, variando de 5 anos para mais de 20 anos; Forte dispersão entre possibilidades de atuação nos períodos matutino, vespertino e noturno; Incidência quase total na forma de vinculo efetivo; Distribuição equilibrada dos respondentes entre professores de Português e de Matemática.

15 Caracterização do Respondente Gestor: Forte concentração na faixa etária de 35 a 55 anos; Forte predominância do sexo feminino; Incidência muito alta de especialização; Forte incidência na faixa acima de 15 anos de tempo de atuação no Magistério; Forte incidência de atuação nos três períodos: matutino, vespertino e noturno; Incidência quase total na forma de vinculo efetivo; Predomínio de diretores e coordenadores pedagógicos entre os respondentes; Forte concentração na faixa de até 10 anos de permanência na função atual.

16 Mais de 85% dos professores consideram o PNLEM ótimo ou bom. Entre os gestores esse índice beira os 95%. Mais de 70% dos professores acham o conteúdo dos livros ótimo ou bom, sendo que mais de 50% acham o conteúdo ótimo. Quase 80% dos professores afirmam utilizar intensamente o livro didático em sala de aula e cerca de 70% deles informam que a utilização do livro didático, pelos alunos, em suas casas, também é alta. Os gestores informam que o índice chega a quase 90% e que a utilização dos livros, pelos alunos, em suas casas passa de 80%. Cerca de 90% dos professores entendem que o livro didático é ótimo ou bom como material de apoio para aprendizagem. Para os gestores esse índice chega a quase 95%.

17 A Iniciativa do MEC/SEB/DPEM em avaliar o impacto de uma política educacional sobre a qualidade de ensino provocou entusiasmo. A discussão pela vertente pedagógica do PNLEM foi considerada bastante oportuna pelos professores e demais lideranças educacionais ligadas ao ensino médio. Salientou-se o potencial dessa avaliação no sentido de que os substanciais recursos destinados a esse Programa de fato contribuam para a melhoria da qualidade do ensino médio oferecido pelas escolas públicas. A realização da avaliação foi bem recebida, porque criou um instrumento para ouvir todos os envolvidos no Programa.

18 Aspectos positivos do PNLEM Permite que os alunos disponham do programa da disciplina com apresentação dos conteúdos de forma sistematizada e organizada. A organização seqüencial dos conteúdos ajuda o aluno a aprender e o professor a organizar o seu trabalho. Permite ao professor um melhor aproveitamento de seu tempo. Boa qualidade dos livros distribuídos e dos autores. Aumenta a auto-estima dos alunos. Contribui para que os professores estudem mais. Propicia um diálogo mais pedagógico e de qualidade entre o professor e os alunos.

19 Aspectos positivos do PNLEM Utilização criativa e diversificada: leitura, exercícios, tarefas de casa, trabalho em grupo, pesquisas, recuperação e reforço. A distribuição do livro didático de Português tem estimulado a leitura entre alguns alunos que, ao tomarem conhecimento de fragmentos dos textos no livro, sentem-se estimulados à leitura dos integrais, presentes nas bibliotecas escolares; O livro didático de Matemática oferece a oportunidade de os alunos concretizarem os conceitos por meio das imagens (especialmente em geometria), e também os exercícios têm sido de grande ajuda para os professores e alunos.

20 Foi ressaltada a demanda, por parte de professores e gestores, para que o MEC e as Secretarias de Educação Estaduais e Municipais desenvolvam ações de formação que tenham como objetivo encontrar formas mais adequadas e inovadoras de utilização do livro didático. Há preocupação em discutir formas que potencializem o livro didático como material de efetivo apoio ao processo ensino-aprendizagem. Outra preocupação é com a necessidade de se desenvolverem ações que estimulem a produção de livros didáticos mais identificados com as diversas realidades do país.

21 QUALIDADE DE ENSINO E APRENDIZAGEM No âmbito do PNLEM e da avaliação, a qualidade de ensino está relacionada à capacidade que a escola demonstra em oferecer aos alunos educação escolar que lhes assegure a apropriação do conteúdo específico e o exercício de uma cidadania protagonista. É relevante investir na otimização dos recursos e materiais didáticos diversificados, na formação de educadores e no desenvolvimento de atitudes comprometidas com o avanço da qualidade.. Assegurar o livro didático para todos constitui medida efetiva para a melhoria da qualidade do ensino nas escolas públicas do país. O direito ao livro propicia eqüidade, amplia a cidadania, estimula a auto- estima e oferece condições efetivas de melhoria ao trabalho pedagógico no interior das salas de aula.

22 Livros insuficientes para todos os alunos da classe. Percebeu-se isso como exceção e não regra. Às vezes, faltando livros para alguns, nenhum aluno da turma recebe, ou o professor não utiliza o livro didático. Os livros que chegam não são aqueles escolhidos pelos professores, nem como primeira ou segunda opção. Algumas turmas, quando atentidas pela reserva técnica, recebe somente o livro didático disponível. Houve registro de que alguns livros têm edições diferentes daquelas vendidas nas livrarias: redução de conteúdo, diferença na gramatura do papel e na qualidade gráfica. Não existe, de forma significativa, uma cultura pedagógica de utilização do livro didático. PROBLEMAS DETECTADOS

23


Carregar ppt "11º ENCONTRO TÉCNICO NACIONAL DOS PROGRAMAS DO LIVRO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA/SEB Manaus/2007."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google