A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Caso da Semana Karina B. Calil. Quadro Clínico: P.M.C., 89 anos TCE Alteração do nível de consciência Tontura.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Caso da Semana Karina B. Calil. Quadro Clínico: P.M.C., 89 anos TCE Alteração do nível de consciência Tontura."— Transcrição da apresentação:

1 Caso da Semana Karina B. Calil

2 Quadro Clínico: P.M.C., 89 anos TCE Alteração do nível de consciência Tontura

3

4

5

6 Acentuado espessamento ósseo da calota craniana associado a lesões líticas e blásticas esparsas

7 DIAGNÓSTICO???

8 DOENÇA DE PAGET

9 Doença de Paget óssea é uma doença comum que afeta 3% a 4% da população acima de 40 anos, caracterizada por exuberante espessamento ósseo. Geralmente é um achado incidental e pode ser sintomática ou assintomática. Locais mais acometidos são calota craniana, coluna, pelve e porção proximal dos ossos longos. Apresenta um amplo espectro de padrões radiológicos relacionados à fase da doença. A radiografia é suficiente para o diagnóstico na maioria dos casos e geralmente revela alterações patognomônicas: - na fase lítica: áreas bem definidas de lesões osteolíticas; - na fase mista: espessamento trabecular e cortical característicos e espessamento ósseo; - na fase blástica: áreas de esclerose. Estas manifestações representam o grau total de remodelamento ósseo e refletem a extensão subjacente da atividade osteoclástica contra osteoblástica vistas histologicamente.

10 DOENÇA DE PAGET É importante reconhecer a doença de Paget não complicada na TC ou RM devido à frequência com que esses exames são realizados, de modo a não causar confusão diagnóstica. O espessamento ósseo (trabecular e cortical) da Doença de Paget também é visto na TC e RM. As complicações da doença de Paget incluem os efeitos de enfraquecimento ósseo (deformidade e fratura), artrite, sintomas neurológicos e transformação ou envolvimento neoplásico. TC e RM são úteis na diferenciação das complicações da doença de Paget. A transformação sarcomatosa (complicação mais temida) ocorre em cerca de 1% dos pacientes, com substituição de massa, destruição cortical e massa associada de tecidos moles vista na TC ou RM. Reconhecimento do espectro radiológico das manifestações da doença de Paget permite o diagnóstico prospectivo e diferenciação de complicações associadas, ajudando a orientar o tratamento e melhorar a gestão do paciente.


Carregar ppt "Caso da Semana Karina B. Calil. Quadro Clínico: P.M.C., 89 anos TCE Alteração do nível de consciência Tontura."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google