A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE EDUCAÇÃO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR APRESENTAÇÃO E NORMAS GERAIS DE FUNCIONAMENTO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE EDUCAÇÃO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR APRESENTAÇÃO E NORMAS GERAIS DE FUNCIONAMENTO."— Transcrição da apresentação:

1 UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE EDUCAÇÃO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR APRESENTAÇÃO E NORMAS GERAIS DE FUNCIONAMENTO DO CURSO Recife, 07 de fevereiro de 2009.

2 Corpo docente e técnico Coordenador: Prof. Dr. José Luis Simões Coordenador: Prof. Dr. José Luis Simões Vice-coordenador: Prof. Dr. Edilson Fernandes Vice-coordenador: Prof. Dr. Edilson Fernandes Professores convidados Professores convidados Prof. Dra. Tereza França Prof. Dra. Tereza França Prof. Dr. Ademir Gebara Prof. Dr. Ademir Gebara Prof. MS. Azenildo Moura Prof. MS. Azenildo Moura Prof. MS. Júlio Ricardo Prof. MS. Júlio Ricardo Profa. MS. Izabel Sena Profa. MS. Izabel Sena 02 professores palestrantes (Dr. Wanderlei /UFPR e Dr. Tony Honorato/UEL) 02 professores palestrantes (Dr. Wanderlei /UFPR e Dr. Tony Honorato/UEL) SECRETARIA: Verinalda, Isis e Fábio. SECRETARIA: Verinalda, Isis e Fábio. Webdesigner: Márcio Webdesigner: Márcio Informações complementares: consultar site do curso

3 Alunos Por favor, se apresentem. Por favor, se apresentem. Nome Nome Idade (facultativo) Idade (facultativo) Escola em que trabalha Escola em que trabalha Cidade Cidade Experiência na área Experiência na área Expectativa em relação ao curso de especialização Expectativa em relação ao curso de especialização

4 DISCIPLINAS Metodologia de Pesquisa Aplicada à Educação Física Metodologia de Pesquisa Aplicada à Educação Física Didática da Educação Física Didática da Educação Física Escola, Estado e Sociedade Escola, Estado e Sociedade História e Sociologia da Atividade Física e do Esporte História e Sociologia da Atividade Física e do Esporte Conteúdos da Educação Física Escolar: jogos, lutas, danças e ginásticas Conteúdos da Educação Física Escolar: jogos, lutas, danças e ginásticas Nutrição e Obesidade na Escola: Implicações na Saúde do Aluno Nutrição e Obesidade na Escola: Implicações na Saúde do Aluno Educação Física Escolar: da Educação Infantil ao Ensino Médio Educação Física Escolar: da Educação Infantil ao Ensino Médio Corporeidade e Ludicidade na escola Corporeidade e Ludicidade na escola

5 CARGA HORÁRIA 360h COMPOSIÇÃO: COMPOSIÇÃO: 08 DISCIPLINAS 08 DISCIPLINAS Seminários de Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) Seminários de Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) Apresentação de artigo/projeto de pesquisa no III Congresso Nacional de Educação Física, Saúde e Cultura Corporal (CNEF) normas no site: Apresentação de artigo/projeto de pesquisa no III Congresso Nacional de Educação Física, Saúde e Cultura Corporal (CNEF) normas no site: ENTREGA E APRESENTAÇÕES DO TCC ENTREGA E APRESENTAÇÕES DO TCC

6 Objetivos do curso Objetivo geral: Objetivo geral: Proporcionar, aos profissionais que atuam com o ensino da Educação Física, oportunidades de reflexão e experimentação quanto ao aprofundamento do aprendizado da cultura corporal, das ginásticas, dos jogos, dos esportes e da recreação durante a escolarização formal. Proporcionar, aos profissionais que atuam com o ensino da Educação Física, oportunidades de reflexão e experimentação quanto ao aprofundamento do aprendizado da cultura corporal, das ginásticas, dos jogos, dos esportes e da recreação durante a escolarização formal. Objetivos específicos: Objetivos específicos: Estimular, por parte dos profissionais, a reflexão continuada sobre aspectos epistemológicos, práticos e didáticos do aprendizado da Educação Física Escolar. Estimular, por parte dos profissionais, a reflexão continuada sobre aspectos epistemológicos, práticos e didáticos do aprendizado da Educação Física Escolar. Ampliar o domínio dos conceitos da cultura corporal pertinentes ao universo escolar. Ampliar o domínio dos conceitos da cultura corporal pertinentes ao universo escolar. Discutir inovações resultantes das pesquisas em Educação Física. Discutir inovações resultantes das pesquisas em Educação Física. Acompanhar processos de sondagem de conhecimento e de intervenção de desenvolvimento da Educação Física durante o processo de escolarização formal. Acompanhar processos de sondagem de conhecimento e de intervenção de desenvolvimento da Educação Física durante o processo de escolarização formal. Propor e analisar investigações realizadas em aulas de Educação Física, tanto no desenvolvimento das disciplinas quanto para o desenvolvimento dos Trabalhos de Conclusão de Curso. Propor e analisar investigações realizadas em aulas de Educação Física, tanto no desenvolvimento das disciplinas quanto para o desenvolvimento dos Trabalhos de Conclusão de Curso.

7 Avaliação O processo de avaliação e aprovação será formalizado pela consistência, coerência e coesão dos diferentes produtos constantes dos diversos momentos do curso: atividades das disciplinas, seminários de projetos de pesquisa e Apresentação do TCC, em uma escala de 0 a 10 (zero a dez). Para fins de aprovação, os alunos deverão obter, no mínimo, média 7,0, tanto nas disciplinas quanto no Trabalho de Conclusão de Curso. O processo de avaliação e aprovação será formalizado pela consistência, coerência e coesão dos diferentes produtos constantes dos diversos momentos do curso: atividades das disciplinas, seminários de projetos de pesquisa e Apresentação do TCC, em uma escala de 0 a 10 (zero a dez). Para fins de aprovação, os alunos deverão obter, no mínimo, média 7,0, tanto nas disciplinas quanto no Trabalho de Conclusão de Curso. Efetivamente, haverá avaliação pelos/as alunos/as através de instrumento que indique o que foi mais significativo do curso para ele/a; contribuições do curso – aspectos positivos e negativos para sua atuação docente; o que precisa ser feito para a melhoria da formação continuada dos/as professores/as; as condições gerais do curso nos aspectos físicos e materiais. Efetivamente, haverá avaliação pelos/as alunos/as através de instrumento que indique o que foi mais significativo do curso para ele/a; contribuições do curso – aspectos positivos e negativos para sua atuação docente; o que precisa ser feito para a melhoria da formação continuada dos/as professores/as; as condições gerais do curso nos aspectos físicos e materiais. Serão solicitados aos alunos trabalhos em grupo e individuais, provas teóricas e práticas, de acordo com a metodologia empregada pelos professores. Serão solicitados aos alunos trabalhos em grupo e individuais, provas teóricas e práticas, de acordo com a metodologia empregada pelos professores. A participação no III CNEF será considerada como atividade científica vinculada ao processo de elaboração do TCC. A participação no III CNEF será considerada como atividade científica vinculada ao processo de elaboração do TCC.

8 TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) refere-se a uma pesquisa acerca da temática do curso tomando como foco empírico um dos aspectos da prática do docente/aluno. A pesquisa será julgada por uma banca a qual será composta pelo orientador, um professor do Centro de Educação e por um convidado especialista. O trabalho deverá ser desenvolvido individualmente e seguir critérios que salvaguardem a produção de uma pesquisa acadêmica em nível de pós-graduação lato sensu. Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) refere-se a uma pesquisa acerca da temática do curso tomando como foco empírico um dos aspectos da prática do docente/aluno. A pesquisa será julgada por uma banca a qual será composta pelo orientador, um professor do Centro de Educação e por um convidado especialista. O trabalho deverá ser desenvolvido individualmente e seguir critérios que salvaguardem a produção de uma pesquisa acadêmica em nível de pós-graduação lato sensu. A nota mínima para aprovação no Trabalho de Conclusão de Curso será 7,0 (sete). Serão avaliados os itens: objetivos da pesquisa relacionados a projetos de intervenção na área de Educação Física Escolar, rigor metodológico na elaboração do trabalho final, clareza na argumentação teórica e coerência textual. A nota mínima para aprovação no Trabalho de Conclusão de Curso será 7,0 (sete). Serão avaliados os itens: objetivos da pesquisa relacionados a projetos de intervenção na área de Educação Física Escolar, rigor metodológico na elaboração do trabalho final, clareza na argumentação teórica e coerência textual. O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) dos alunos da Especialização deverá versar sobre uma temática prática do ensino e aprendizagem da Educação Física Escolar e, preferencialmente, envolverá sondagens dos conhecimentos dos alunos e intervenções mediadas pelos participantes do curso, de modo a observar possíveis avanços de compreensões da cultura corporal dos estudantes no processo de escolarização. O formato escolhido para a apresentação da TCC é o de monografia, de modo a também estimular nos participantes do curso a prática investigativa em sala de aula e a socialização de pesquisas realizadas. O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) dos alunos da Especialização deverá versar sobre uma temática prática do ensino e aprendizagem da Educação Física Escolar e, preferencialmente, envolverá sondagens dos conhecimentos dos alunos e intervenções mediadas pelos participantes do curso, de modo a observar possíveis avanços de compreensões da cultura corporal dos estudantes no processo de escolarização. O formato escolhido para a apresentação da TCC é o de monografia, de modo a também estimular nos participantes do curso a prática investigativa em sala de aula e a socialização de pesquisas realizadas.

9 FREQUÊNCIA E APROVAÇÃO Freqüência mínima de 75% da carga horária da disciplina. Freqüência mínima de 75% da carga horária da disciplina. Nota final por disciplina não inferior a 7,0. Nota final por disciplina não inferior a 7,0. Apresentação de artigo ou projeto/pôster no III CNEF. Apresentação de artigo ou projeto/pôster no III CNEF. Realização de uma pesquisa e apresentação de seus resultados escritos em forma de artigo científico e apresentação oral para uma banca composta por professores e aberta ao público em geral. Realização de uma pesquisa e apresentação de seus resultados escritos em forma de artigo científico e apresentação oral para uma banca composta por professores e aberta ao público em geral.

10 DOCUMENTOS E DECLARAÇÕES SOLICITAÇÃO À SECRETARIA DO CURSO. PRAZO (05 DIAS) SOLICITAÇÃO À SECRETARIA DO CURSO. PRAZO (05 DIAS) DIPLOMAÇÃO: APÓS CONCLUSÃO DO CURSO SERÁ ENCAMINHADO PROCESSO À PROPESQ PARA EMISSÃO DO CERTIFICADO. DIPLOMAÇÃO: APÓS CONCLUSÃO DO CURSO SERÁ ENCAMINHADO PROCESSO À PROPESQ PARA EMISSÃO DO CERTIFICADO.

11 DIDÁTICA DA ED. FÍSICA Ementa Discussão/reflexão sobre os recursos didáticos e as práticas de ensino na Educação Física Escolar. Discussão/reflexão sobre os recursos didáticos e as práticas de ensino na Educação Física Escolar. Bibliografia de referência: Bibliografia de referência: FREIRE, João Batista. Educação de Corpo Inteiro. Scipione, São Paulo, FREIRE, João Batista. Educação de Corpo Inteiro. Scipione, São Paulo, LIBÂNEO, José Carlos. Didática. Cortez, São Paulo, LIBÂNEO, José Carlos. Didática. Cortez, São Paulo, PILETTI, Claudino. Didática geral. Editora Ática. PILETTI, Claudino. Didática geral. Editora Ática. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Parâmetros Curriculares Nacionais – Educação Física. DP&A, Rio de Janeiro, MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Parâmetros Curriculares Nacionais – Educação Física. DP&A, Rio de Janeiro, NEIRA, Marcos Garcia. Desenvolvendo Competências em Educação Física. Guarulhos: Phorte, NEIRA, Marcos Garcia. Desenvolvendo Competências em Educação Física. Guarulhos: Phorte, ________. Educação Física para o Ensino Médio. Guarulhos: Phorte, 2003 ________. Educação Física para o Ensino Médio. Guarulhos: Phorte, 2003

12 AFINAL, O QUE É...? O que é didática? O que é didática? Para que serve a didática? Para que serve a didática? Quando o professor tem didática? Quando o professor tem didática? Existe professor sem didática? Existe professor sem didática? Quais os elementos centrais da didática? Quais os elementos centrais da didática? A Ed. Física exige uma didática específica? Por quê? A Ed. Física exige uma didática específica? Por quê? Quais os recursos didáticos mais utilizados na Ed. Física Escolar? Qual sua opinião sobre esses recursos/estratégias didáticas? Quais os recursos didáticos mais utilizados na Ed. Física Escolar? Qual sua opinião sobre esses recursos/estratégias didáticas?

13 TRABALHO 1 REALIZAR PESQUISA SOBRE AS QUESTÕES ANTERIORMENTE APRESENTADAS E ELABORAR UM TEXTO CRÍTICO COM AS SEGUINTES CARACTERISTICAS: REALIZAR PESQUISA SOBRE AS QUESTÕES ANTERIORMENTE APRESENTADAS E ELABORAR UM TEXTO CRÍTICO COM AS SEGUINTES CARACTERISTICAS: Mínimo 10 pags. Mínimo 10 pags. Digitado em PC, espaço 1,5 times new roman Digitado em PC, espaço 1,5 times new roman Capa + sumário + introdução, desenvolvimento (pesquisa) e conclusões + bibliografia Capa + sumário + introdução, desenvolvimento (pesquisa) e conclusões + bibliografia Prazo de entrega: 11/04/2009 Prazo de entrega: 11/04/2009 Obs.: pesquisa pode ser apresentada na forma de artigo ou pôster no III CNEF Obs.: pesquisa pode ser apresentada na forma de artigo ou pôster no III CNEF

14 A didática do professor de Ed. Física A teoria do professor democrático A teoria do professor democrático A teoria do professor conservador A teoria do professor conservador A teoria do professor Capitão Nascimento A teoria do professor Capitão Nascimento A teoria do professor Revolucionário A teoria do professor Revolucionário A teoria do professor cansado A teoria do professor cansado A teoria do professor amigão A teoria do professor amigão A didática do PROFESSOR PESQUISADOR A didática do PROFESSOR PESQUISADOR A didática do PROFESSOR COM COMPROMISSO SOCIAL A didática do PROFESSOR COM COMPROMISSO SOCIAL

15 DISCUSSÃO: Qual o objeto de estudo da EDUCAÇÃO FÍSICA ?

16 Qual objeto de estudo da Educação Física Escolar? Problemas: Problemas: Não há consenso sobre objeto de estudo. Não há consenso sobre objeto de estudo. Escassez de pesquisas aprofundadas na área. Escassez de pesquisas aprofundadas na área. Programas de pós-graduação são poucos. Programas de pós-graduação são poucos. a política educacional e a cultura nacional vê a Ed. Física como disciplina de menor valor na formação dos alunos. a política educacional e a cultura nacional vê a Ed. Física como disciplina de menor valor na formação dos alunos.

17 Preparação Física? Desenvolver fisicamente e socialmente nossas crianças, assim se faz uma nação melhor! Desenvolver fisicamente e socialmente nossas crianças, assim se faz uma nação melhor!

18 Iniciação esportiva? Nossa escola Nossa escola se prepara se prepara para jogos para jogos estudantis... estudantis...

19 Recreação? O lúdico deve ser o aspecto mais valorizado no desenvolvimento infantil. O lúdico deve ser o aspecto mais valorizado no desenvolvimento infantil.

20 Esporte de alto nível? O Brasil precisa de mais e melhores atletas!

21 Lazer? A recuperação do stress gerado pelo trabalho/estudo é fundamental para aliviar tensões sociais

22 CULTURA REGIONAL?

23 PROMOÇÃO DA SAÚDE ? 1º PROBLEMA: O QUE É SAÚDE? 1º PROBLEMA: O QUE É SAÚDE? 2º: É possível ser completamente saudável? 2º: É possível ser completamente saudável? 3º: atividade física por si só não promove saúde. 3º: atividade física por si só não promove saúde.

24 Anatomia, fisiologia, cinesiologia?

25 DANÇA ? Licenciatura em dança: reserva de mercado?

26 Aula no CAP Experiência Prática:Grupos de 04 pessoas: Experiência Prática:Grupos de 04 pessoas: Na quadra do CAP, cada grupo deverá desenvolver 02 atividades práticas com bolas, tendo como referência o método didático do professor Tradicional/Conservador. Na quadra do CAP, cada grupo deverá desenvolver 02 atividades práticas com bolas, tendo como referência o método didático do professor Tradicional/Conservador.

27 História da Didática da Ed. Física O discurso da Ed. Física começa no século XIX. De acordo com Michael Foucault, a Ed. Física começa no século XIX. O discurso da Ed. Física começa no século XIX. De acordo com Michael Foucault, a Ed. Física começa no século XIX. A idéia de corpo nos séculos XIX e XX torna-se mais difundida. A idéia de corpo nos séculos XIX e XX torna-se mais difundida. No século XIX iniciou-se interiorização nas pessoas de autocontrole em relação a impulsão natural ao sexo. No século XIX iniciou-se interiorização nas pessoas de autocontrole em relação a impulsão natural ao sexo. A Ed. Física tornara-se elemento capaz de auxiliar a canalização dessas pulsões. A Ed. Física tornara-se elemento capaz de auxiliar a canalização dessas pulsões. A atividade física tem caráter espontâneo A atividade física tem caráter espontâneo

28 A Ed. Física no século XIX Em 1810 aparece a idéia de ser necessário a implantação de ginástica no colégio militar. Em 1810 aparece a idéia de ser necessário a implantação de ginástica no colégio militar. A atitude do médico durante o periodo imperial começa a introduzir a Ed. Física. A atitude do médico durante o periodo imperial começa a introduzir a Ed. Física. Em 1860 a Ed. Física começa a fazer parte dos catálogos de tese dos médicos no RJ. Em 1860 a Ed. Física começa a fazer parte dos catálogos de tese dos médicos no RJ. Rui Barbosa defendeu a Ed. Física na escola, no horário do recreio e também após as aulas. Rui Barbosa defendeu a Ed. Física na escola, no horário do recreio e também após as aulas.

29 A primeira corrente da Ed. Física A introdução da Ed. Física no Brasil se dá via quartel, então, a didática da Ed. Física militarista ocorre quando a Ed. Física sai do quartel. A introdução da Ed. Física no Brasil se dá via quartel, então, a didática da Ed. Física militarista ocorre quando a Ed. Física sai do quartel. A Ed. Física militarista não é necessariamente a que ocorre no quartel, mas se inspira nas atividades do quartel. A Ed. Física militarista não é necessariamente a que ocorre no quartel, mas se inspira nas atividades do quartel. A Ed. Física junto com outras práticas, como a assistência médico hospitalar dentro das escolas vai exercer papel HIGIENISTA. A Ed. Física junto com outras práticas, como a assistência médico hospitalar dentro das escolas vai exercer papel HIGIENISTA.

30 Ainda nos primórdios da Ed. Física Fernando de Azevedo foi o precursor da idéia de fazer uma Ed. Física fundamentada. Fernando de Azevedo foi o precursor da idéia de fazer uma Ed. Física fundamentada. Para Fernando Azevedo, base da Ed. Física moderna é a psicologia e fisiologia. Para Fernando Azevedo, base da Ed. Física moderna é a psicologia e fisiologia. No período da Ditadura Militar ( ) a Ed. Física se tornou um espaço para formar o cidadão-soldado e o cidadão com força de trabalho. No período da Ditadura Militar ( ) a Ed. Física se tornou um espaço para formar o cidadão-soldado e o cidadão com força de trabalho. A Ed. Física colocou em prática princípios da E.M.C. A Ed. Física colocou em prática princípios da E.M.C.

31 Aula no CAP Experiência Prática:Grupos de 04 pessoas: Experiência Prática:Grupos de 04 pessoas: Na quadra do CAP, cada grupo deverá desenvolver 02 atividades práticas com bolas/bastões/arcos, tendo como referência o método didático do professor democrático - progressista. Na quadra do CAP, cada grupo deverá desenvolver 02 atividades práticas com bolas/bastões/arcos, tendo como referência o método didático do professor democrático - progressista.

32 Didática: A arte da distribuição dos alunos? É importante a distribuição de indivíduos no espaço para ter um maior controle sobre os mesmos. É importante a distribuição de indivíduos no espaço para ter um maior controle sobre os mesmos. Qualquer estratégia que utilizamos vai acabar caindo numa maneira de controle. Qualquer estratégia que utilizamos vai acabar caindo numa maneira de controle. CONTROLE DOS ALUNOS, DA TURMA, CHAVE DO PROCESSO DE ENSINO??? (discussão) CONTROLE DOS ALUNOS, DA TURMA, CHAVE DO PROCESSO DE ENSINO??? (discussão)

33 O sistema...o que é e quem é o sistema? o sistema (de ensino?) educa para que o aluno entenda que o importante é sua utilização social e não a realização social. o sistema (de ensino?) educa para que o aluno entenda que o importante é sua utilização social e não a realização social. CONCORDAM? (DISCUSSÃO) CONCORDAM? (DISCUSSÃO)

34 Aprender pra quê? Toda vez que aparece série de dificuldades para a pessoa aprender, estabelece-se um processo pedagógico. Toda vez que aparece série de dificuldades para a pessoa aprender, estabelece-se um processo pedagógico. Há uma corrida para que a pessoa aprenda o mais rapidamente possível. Vivemos na sociedade do conhecimento: homo sapiens sapiens... Há uma corrida para que a pessoa aprenda o mais rapidamente possível. Vivemos na sociedade do conhecimento: homo sapiens sapiens...

35 Apreensão de gestos/movimentos na Ed. Física Para um sujeito aprender alguma coisa é necessário exercitar parte por parte do movimento e repeti-lo por várias vezes (esse é o principal método de ensino empregado no campo da Ed. Física!) Para um sujeito aprender alguma coisa é necessário exercitar parte por parte do movimento e repeti-lo por várias vezes (esse é o principal método de ensino empregado no campo da Ed. Física!) Podemos dizer que a Ed. Física é interiorização de movimentos esportivos, rítmicos etc.? DISCUSSÃO Podemos dizer que a Ed. Física é interiorização de movimentos esportivos, rítmicos etc.? DISCUSSÃO

36

37 Trabalho 2 Realizar uma pesquisa e produzir um texto crítico sobre os recursos didáticos e as metodologias de ensino mais empregadas na Educação Física Escolar. Realizar uma pesquisa e produzir um texto crítico sobre os recursos didáticos e as metodologias de ensino mais empregadas na Educação Física Escolar. 1ª fonte de pesquisa: alunos do curso de especialização em Ed. Física escolar da UFPE 1ª fonte de pesquisa: alunos do curso de especialização em Ed. Física escolar da UFPE Prazo de entrega: 06/06/2009 Prazo de entrega: 06/06/2009 Obs.: pesquisa pode ser apresentada na forma de artigo ou pôster no III CNEF Obs.: pesquisa pode ser apresentada na forma de artigo ou pôster no III CNEF


Carregar ppt "UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE EDUCAÇÃO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR APRESENTAÇÃO E NORMAS GERAIS DE FUNCIONAMENTO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google