A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Resíduos de Medicamentos em Produtos de Origem Animal Marcelo Weiss Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Rurais Departamento de Medicina.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Resíduos de Medicamentos em Produtos de Origem Animal Marcelo Weiss Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Rurais Departamento de Medicina."— Transcrição da apresentação:

1 Resíduos de Medicamentos em Produtos de Origem Animal Marcelo Weiss Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Rurais Departamento de Medicina Veterinária Preventiva Saúde Pública

2

3 Introdução Preocupação com os resíduos nos produtos de origem animal Europa BSE Dioxinas – carne de frangos de corte

4 Introdução Quais os benefícios esperados Melhora no ganho de peso Diminuição da morbidade/mortalidade Diminuir as conversão alimentar

5 Introdução Quais as conseqüências Alergias Teratogênicas Carcinogênicas Resistência em microorganismos

6 Introdução Qual a importância do controle dos resíduos Saúde pública Defesa do consumidor Contribuir para produção de alimentos inócuos e saudáveis Garantia de certificação sanitária Motivos econômicos

7 Período de Carência Varia conforme: Princípio ativo Via de aplicação Tecido analisado Rim Fígado Músculo Gordura

8 Período de Carência Concentração de tetraciclinas (ug/g) em tecidos de frangos após dose oral de 100mg/Kg/dia por 4 dias PeríodoMúsculoFígadoRinsGordura 10,230,300,43- 30,150,180,21- 50,0310,050, Conc. máx. sangúinea 14,01 ug/ml= 1h após administração Anadon et al, 1999

9 Terminologias Deve-se saber NOEL – maior dose que não produz efeitos tóxicos IDA – ingestão diária aceitável LMR – limite máximo de resíduos Período de carência IDA= NOEL/100 LMR= IDA/10

10 IDA Princípio AtivoIDA - µg/kg p.c Abamectina/ Ivermectina Benzilpenicilina Ceftiofur Estreptomicina Gentamicina Oxitetraciclina Tianfenicol 0 - 6

11 LMR Oxitetraciclina - 0,1ppm (carne bovina) Ampicilina - 0,01ppm (carne bovina) Bacitracina - 0,03ppm (carne e leite) Eritromicina - 0,025ppm (ovos)

12 Órgãos Reguladores Ministério da Agricultura Ministério da Saúde Agência Nacional de Vigilância Sanitária - Anvisa Ministério do Meio Ambiente Referências internacionais Codex Alimentarius – FAO/OMS

13 Programas Governamentais Plano Nacional de Controle de Resíduos em Produtos de Origem Animal - PNCR Criado em 1986 Carne, mel, leite e pescados

14 PNCR Objetivos conhecer o potencial de exposição da população aos resíduos nocivos à saúde do consumidor; impedir o abate para consumo de animais oriundos de criatórios onde se tenha constatado violação dos LMRs ou uso de drogas veterinárias proibidas no território nacional.

15 PNCR Alvos Organoclorados Antibióticos Metais pesados Promotores de crescimento Tireostáticos Sulfonaminas Outras drogas – antiparasitários

16 PNCR Organoclorados (lavoura e pecuária) Aldrin DDT Lipofílicos Antibióticos Problemas auditivos – estreptomicina Anemia aplásica – cloranfenicol Desenvolvimento de resistência

17 PNCR Metais Pesados (solo e indústria) Mercúrio - pescados Chumbo Arsenicais orgânicos – avicultura (ração) e suinocultura (enterites bacterianas) Promotores de crescimento Tanto drogas anabólicas endógenas como exógenas tem uso restrito Uso restrito em técnicas de reprodução

18 PNCR Tireostáticos Inibidores da função tireoideana Promotores de crescimento Severo estado de hipotireoidismo Sulfonaminas Bacteriostáticos Reações alérgicas em pessoas sensíveis

19 PNCR Outras drogas Ivermectina Abamectina Doramectina Nitrofurazona Portaria 448/98 – proibiu o uso de Cloranfenicol, Furazolidona e Nitrofurazona para animais produtores de alimentos

20 Programas Governamentais Programa de Análise de Resíduos de Medicamentos Veterinários em Alimentos de Origem Animal (PAMVet) Criado em 2003 Análise de 2 antiparasitários e 16 antimicrobianos

21 PAMVet Critério para avaliação Deixam resíduos Resíduos com potencial de risco Utilizados na Medicina Veterinária Com alto potencial ao consumidor Disponibilidade de metodologia analítica

22 Pontos Vulneráveis Falta de LMR para alguns princípios ativos Abamectina, ivermectina e doramectina No leite Fiscalização dos produtos Certificação dos laboratórios

23 IDA e LMR

24

25 Importância do Controle no Leite Produto muito consumido Ingerido principalmente por crianças e idosos Sensíveis a possíveis reações adversa

26 Resíduos no Leite 2004/ ,5% 14,6%

27 Antibióticos como promotores de crescimento Grupos ativistas - banimento dos antibiótico na produção de aves Companhia americanas Tyson Foods, Perdue Farms, e Foster Farms que produzem 1/3 das aves consumidas nos EUA voluntariamente deixaram de usar quase em sua totalidade os antibióticos na ração de aves. McDonald's, Wendy's, Kentucky Fried Chicken, e Popeye's - decidiram não comprar mais frango tratado com antibiótico

28 Períodos de Carência de Alguns Medicamentos Produto Período de Carência LeiteCarne BovinaCarne Aves IvermectinaNão indicado30 dias- Levamisol36-48 horas7 dias antes do abate - Amitraz24 horas14 dias antes do abate - Benzilpenicilina + Estreptomicina horas30 dias- EnrofloxacinaNão indicado (3 dias) 28 dias antes do abate (14) 7 dias antes do abate MonensinaNENão deixa5 dias antes do abate Sulfato de Colistina -3 dias antes do abate

29 Solução Sugerida Utilização de Probióticos – microrganismos vivos Prebióticos Antiparasitário – Eprinomectina Antibiótico - Ceftiofur

30 Obrigado pela Atenção


Carregar ppt "Resíduos de Medicamentos em Produtos de Origem Animal Marcelo Weiss Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Rurais Departamento de Medicina."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google