A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A HIDROGRAFIA BRASILEIRA PROF.º CÉLIO COLÉGIO ELISA ANDREOLI.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A HIDROGRAFIA BRASILEIRA PROF.º CÉLIO COLÉGIO ELISA ANDREOLI."— Transcrição da apresentação:

1 A HIDROGRAFIA BRASILEIRA PROF.º CÉLIO COLÉGIO ELISA ANDREOLI

2 A hidrografia é o ramo da geografia física que estuda as águas do planeta, abrangendo portanto rios, mares, oceanos, lagos, geleiras, água do subsolo e da atmosfera. A hidrografia é o ramo da geografia física que estuda as águas do planeta, abrangendo portanto rios, mares, oceanos, lagos, geleiras, água do subsolo e da atmosfera. A grande parte da reserva hídrica mundial (mais de 97%) concentra-se em oceanos e mares, com um volume de km³. O hemisfério sul apresenta a maior parte da sua superfície encoberto pelas águas, cerca de 81%, e apenas 19% são ocupados pelas terras emersas. Daí o nome ao hemisfério sul de hemisfério das águas, e o hemisfério norte é chamado de hemisfério das terras, visto que 39% de sua superfície é encoberto pelas terras emersas.

3 Principais características da hidrografia brasileira *Grande incidência de rios torrenciais com uma grande abundancia de água e perenes, isso em decorrência do clima predominantemente úmido que prevalece no país, salvo os rios do sertão nordestino que possuem rios sazonais (temporários). * Preponderância de foz (onde termina o curso de um rio) dos rios do tipo estuário (a foz se abre largamente sem acumulação de sedimentos). * As variações fluviais das bacias hidrográficas são de domínio principal do tipo pluvial, no entanto, ocorre o desenvolvimento de regimes nivais (rios formados ou influenciados por águas derivadas de geleiras), no caso da bacia Amazônica e do Paraguai. * Reduzido número de lagos. * Predominância de rios com tipo de drenagem exorréica (rios que deságuam no mar). * Os rios escoam suas águas sobre planaltos e depressões que resulta em um grande potencial hidráulico. *Os rios brasileiros são tributários do Atlântico.

4 A importância dos rios Alimentação ( pesca ); Produção de energia; Navegação e transporte; Irrigação; Lazer, turismo e esportes; Implantação de limites políticos Abastecimento de água doce.

5 As principais bacias hidrográficas do Brasil Bacia do Amapá Bacia do Nordeste Bacia do Leste Bacia do Sudeste/Sul Bacia Platina Bacia do Rio Amazonas Bacia do Rio São Francisco Bacia do Rio Tocantins- Araguaia

6 Principais características das bacias hidrográficas brasileiras A bacia Amazônica Este rio, com uma extensão de aproximadamente km, ou superior conforme recentes descobertas, possui o título de mais extenso no planeta. Sua área de drenagem total, superior a 5,8 milhões de km 2, dos quais 3,9 milhões no Brasil, representa a maior bacia hidrográfica mundial. O volume de água do rio Amazonas é extremamente elevado, descarregando no Oceano Atlântico aproximadamente 20% do total que chega aos oceanos em todo o planeta. O rio Amazonas se apresenta como um rio de planície, possuindo baixa declividade sendo muito utilizado para a navegação. No Brasil recebe também a denominação de Solimões. Entre as principais hidrelétricas se destaca a de Balbina.

7 As grandes obras na bacia Amazônica Construção no rio Xingu (PA) da hidrelétrica de Belo Monte. A construção no rio Madeira (RO) das hidrelétricas de Santo Antônio e Jiral. A contaminação de alguns rios com mercúrio devido a mineração.

8 Bacia do Tocantins Araguaia A bacia do rio Tocantins - Araguaia com uma área superior a km 2, se constitui na maior bacia hidrográfica inteiramente situada em território brasileiro. Seu principal rio formador é o Tocantins,. O rio Araguaia nasce na serra das Araras, no estado de Mato Grosso, possui cerca de km, e desemboca no rio Tocantins na localidade de São João do Araguaia, logo antes de Marabá. No extremo nordeste do estado de Mato Grosso, o rio dividi-se em dois braços, rio Araguaia, pela margem esquerda, e rio Javaés, pela margem direita, por aproximadamente 320 km, formando assim a ilha de Bananal, a maior ilha fluvial do mundo.

9 Bacia do São Francisco A bacia do rio São Francisco, nasce em Minas Gerais, na serra da Canastra, e atravessa os estados da Bahia, Pernambuco, Alagoas e Sergipe. O rio São Francisco possui uma área de drenagem superior a km 2 e uma extensão de km. De grande importância política, econômica e social, principalmente para a região nordeste do país, é navegável por cerca de km, desde Pirapora, em Minas Gerais, até a cidade de Juazeiro na Bahia. Principais hidrelétricas Paulo Afonso, de Sobradinho, Três Marias e Itaparica.

10 Bacia Platina A bacia Platina, ou do rio da Prata, é constituída pelas sub-bacias dos rios Paraná, Paraguai e Uruguai, drenando áreas do Brasil, Bolívia, Paraguai, Argentina e Uruguai. O rio Paraná possui cerca de km de extensão, sendo o segundo em comprimento da América do Sul. Representa trecho da fronteira entre Brasil e Paraguai, onde foi implantado o aproveitamento hidrelétrico binacional de Itaipu, com MW, 2ª maior usina hidrelétrica em operação do mundo. O rio Paraguai, por sua vez, possui um comprimento total de km, ao longo dos territórios brasileiro e paraguaio. Percorre áreas do Pantanal mato-grossense sendo bastante utilizado para a navegação Bacia do Uruguai - É formada pelo rio Uruguai e por seus afluentes, desaguando no estuário do rio da Prata, já fora do território brasileiro. O rio Uruguai é formado pelos rios Canoas e Pelotas e serve de divisa entre os Estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul. A região hidrográfica do Uruguai apresenta um grande potencial hidrelétrico, possuindo uma das maiores relações energia/km² do mundo. Entre as principais hidrelétricas se destacam Itá e Machadinho.

11 PRINCIPAIS HIDRELÉTRICAS BRASILEIRAS 1) Itaipú (Rio Paraná) MW (*); 2) Tucuruí (Rio Tocantins) MW; 3) Ilha Solteira (Rio Paraná) MW; 4) Xingó (Rio São Francisco) MW; 5) Paulo Afonso IV (São Francisco) MW; 6) Itumbiara (Rio Paranaíba) MW; 7) São Simão (Rio Paranaíba) MW; 8) Foz do Areia (Rio Iguaçu) MW; 9) Jupiá (Rio Paraná) MW; 10) Itaparica (Rio São Francisco) MW; (*) Itaipú é considerada usina binacional (Brasil/Paraguai). Assim, inteiramente nacional, a maior é a de Tucuruí, no Pará.

12 PRINCIPAIS HIDRELÉTRICAS BRASILEIRAS 11) Itá (Rio Uruguai) MW; 12) Marimbondo (Rio Grande) MW; 13) Porto Primavera (Rio Paraná) MW; 14) Salto Santiago (Rio Iguaçu) MW; 15) Água Vermelha (Rio Grande) MW; 16) Corumbá (Rio Corumbá) MW; 17) Segredo (Rio Iguaçu) MW; 18) Salto Caxias (Rio Iguaçu) MW; 19) Furnas (Rio Grande) MW; 20) Emborcação (Rio Paranaíba) MW; 21) Salto Osório (Rio Iguaçu) MW; 22) Estreito (Rio Grande) MW; 23) Sobradinho (Rio São Francisco) MW.

13 Os maiores rios do mundo Nome e localExtensão (km)Foz Amazonas, Brasil6.868Oceano Atlântico Nilo, Egito6.671Mar Mediterrâneo Xi-Jiang, China5.800Mar da China Mississippi-Missouri, EUA5.620Golfo do México Obi, Federação Russa5.410Golfo de Obi

14 A questão da água

15 A importância da água Apesar de ser um recurso natural abundante em nosso planeta, a água potável é um recurso escasso e mal distribuído pelo planeta. 97% da água existente encontra-se nos oceanos, portanto, salgada. 2% encontra-se nos pólos, portanto congelada. 1% encontra-se nos rios e na atmosfera. Os especialistas afirmam que as próximas guerras serão travadas pela posse deste precioso líquido. Ex: Síria X Israel (colinas de Golã)

16 As principais hidrelétricas do mundo Segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) estas são as dez maiores usinas hidrelétricas do mundo, em capacidade de produção de eletricidade. 1º Três Gargantas (China): megawatts (MW) 2º Itaipu (Brasil/Paraguai): MW 3º Belo Monte (Brasil): MW [Em construção] 4º Guri (Venezuela): MW 5º Tucuruí I e II (Brasil): 8.370MW 6º Grand Coulee (EUA): MW 7º Sayano-Shushenskaya (Russia): MW 8º Krasnoyarsk (Russia): MW 9º Churchill Falls (Canadá): MW 10ºLa Grande 2 (Canadá): MW

17 Os Oceanos e mares O estudo específico dos oceanos e mares é denominado de oceanografia. Oceanos correspondem a gigantescos volumes de água salgada que se encontram dispersas sobre grande parte da superfície terrestre. No planeta são identificados cinco oceanos, apesar de todos possuírem ligações uns com os outros, são classificados como: oceano Pacífico, Atlântico, Índico, Glacial Antártico e Glacial Ártico.

18 Importância dos oceanos Os oceanos e mares exercem uma grande relevância para a biosfera. Do ponto de vista ambiental contribui na composição e equilíbrio climático, uma vez que os oceanos abrigam seres (fitoplanctons) que são responsáveis pela produção de grande parte do oxigênio do planeta e também por reter calor em períodos maiores que os continentes, denominado de maritimidade. Do ponto de vista humano (social), os oceanos e mares exerceram e ainda exercem grande importância no que se refere às estratégias militares e comerciais, a exportação, a pesca, o turismo e muitos outros. Desse modo, países que não dispõe de um litoral permanecem dependentes de outras nações para escoar sua produção destinada à exportação e receber as importações, isso faz parte da realidade de países como Afeganistão, Áustria, Suíça, Paraguai e Bolívia.

19 Principais características dos oceanos Oceano Pacífico: tem uma área de aproximadamente 165 milhões de km². É o mais extenso de todos os oceanos. Está situado entre as terras australianas, americanas e asiáticas, possui as maiores profundidades conhecidas. Oceano Atlântico: possui uma área aproximada em 82 milhões de km². É o mais navegável, principalmente na parte entre a Europa e América do Norte. Está localizado entre a África, América e Europa. Oceano Índico: sua área mede aproximadamente 73 milhões de km², é menor dos três. Fica localizado entre a Ásia, Antártica, Oceania e África.

20 Os mares Inseridos nesses oceanos estão os mares, essa expressão significa regiões ou partes dos oceanos que se encontram nas proximidades dos continentes, em alguns casos eles se estabelecem no interior dos mesmos. Os mares são classificados em: Mares fechados: são aqueles que se encontram nos interiores dos continentes, desse modo, não apresentam uma ligação de maneira direta com os oceanos, como, por exemplo, o mar de Aral, Morto e o mar Cáspio. Mares abertos: estão diretamente ligados aos oceanos que se encontram nas proximidades. Exemplo o Golfo do México. Já no caso dos mares interiores existem restritas passagens que possibilitam uma conexão com os oceanos, a ligação ocorre por meio dos estreitos. Exemplo de mar interior é o Mediterrâneo que se interliga com o Atlântico através do canal de Gibraltar.

21 Os maiores oceanos e mares NomeÁrea (km²) Profundidade máxima (m) Oceano Pacífico Oceano Atlântico Mar Glacial Ártico Mar do Caribe Mar Mediterrâneo

22 CARACTERÍSTICAS DOS OCEANOS Salinidade O cloreto de sódio é o responsável pelo sabor salgado das águas do mar. Não só ele, mais outros sais minerais, também foram transportados pelos rios até os oceanos, modificando a composição química das águas do mar. Todos os sais minerais encontrados nos continentes também são encontrados dissolvidos no mar. Dependendo da temperatura, das chuvas e dos rios tributário a salinidade pode variar. Em regiões onde a temperatura é alta, existem poucos rios e baixo índice de chuvas, a salinidade é maior. A salinidade máxima é a do mar Morto, que é de 25%. Densidade A densidade das águas via depender dos sais minerais dissolvidos nela. Sendo que a água do mar é mais densa que a água doce. Se representarmos a densidade da água doce por 1, a do mar será de 1,3.

23 CARACTERÍSTICAS DOS OCEANOS Temperatura As correntes marítimas, profundidade e latitude fazem variar a temperatura das águas do mar. Na superfície, a temperatura é igual a da atmosfera em contato. Abaixo de – 2 °C, a superfície oceânica passa a solidificar-se, isto é o que ocorre nos mares glaciais. Os cristais de gelo flutuam porque apresentam menor densidade. Banquisa é nome que se dá a camada de gelo que cobre a superfície do mar. Cor Dependendo da quantidade e origem de sedimentos a coloração da água pode mudar. Quando está próximo às costas, apresentam cores esverdeadas, devido a sedimentos de vegetais e detritos de animais; são azul-escuras quando estão livres de sedimentos, em alto mar; nas proximidades da foz de grandes rios são avermelhadas ou amarelo-barrentas, devido aos sedimentos que chegam a foz.

24 MOVIMENTOS DAS ÁGUAS OCEÂNICAS Ondas Marés Correntes marítimas

25 As ondas São movimentos que ocorrem na parte de cima das águas oceânicas. As principais causas são ação do vento, que agita as águas, ou nos abalos sísmicos que ocorrem no fundo do mar. Há três tipos de ondas: - Ondas oscilatórias: são encontradas em alto mar, existe apenas por ação do vento, um movimento circulatório das moléculas de água. - Ondas transladativas: ocorre quando o vento desloca a massa líquida em direção ao litoral. fazendo com quem a massa de água se direcione para frente, formando as rebentações. - Ondas tsunami: são originados por maremotos, e capazes de criar ondas que se propagam em grande velocidade, são de grande violência. Esse tipo de onda é comum no oceano Pacífico.

26 As marés A maré é uma conseqüência da atração do sol e da lua sobre a Terra. A lua tem mais influencia na maré que o sol, visto que sua distancia é cerca de 400 vezes menor que a distancia Terra-Sol. O tempo entre a maré baixa e a maré alta é de 6h12, ou seja, em um dia podemos observar duas altas e duas marés baixas.

27 As correntes marítimas As correntes marinhas podem ser quentes ou frias, são massas de água que circulam nos oceanos. Possuem uma grande influencia no clima. Por exemplo: a corrente quente do Golfo, impede o congelamento do mar do Norte e ameniza os rigores do clima de inverno no noroeste da Europa.

28 As águas continentais As águas continentais corresponde aos lençóis subterrâneos, geleiras, gêiseres, rios.

29 Tipos de águas continentais Lençol subterrâneo Também é chamado de lençol freático. É formado pela infiltração das águas da superfície nas rochas permeáveis. Geleiras As geleiras mais extensas cobrem quase totalmente a Groelândia e Antártida. Gêiseres São fontes que lançam águas com alta grande pressão e alta temperatura.


Carregar ppt "A HIDROGRAFIA BRASILEIRA PROF.º CÉLIO COLÉGIO ELISA ANDREOLI."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google