A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Versão 1 Emissão outubro de 2012. A inovação não é um fato novo, pois sempre esteve presente na humanidade e nas organizações. O que nos leva a esta mudança.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Versão 1 Emissão outubro de 2012. A inovação não é um fato novo, pois sempre esteve presente na humanidade e nas organizações. O que nos leva a esta mudança."— Transcrição da apresentação:

1 Versão 1 Emissão outubro de 2012

2 A inovação não é um fato novo, pois sempre esteve presente na humanidade e nas organizações. O que nos leva a esta mudança é o quanto nos dias de hoje a inovação tem sido fundamental para que as organizações se destaquem num mercado cada vez mais globalizado, extremamente relacionado, com decisões em tempo real e com elevada consciência da sociedade sob os aspectos sociais e ambientais associados aos produtos e serviços disponibilizados, além dos econômicos.

3 Em 2010, o PGQP criou um Comitê da Inovação que, após estudos, análises e visitas, resultou, em março de 2011, no Sistema de Avaliação da Gestão e Resultados da Inovação – SAGRI. Este instrumento possibilitou o lançamento do Prêmio Inovação PGQP, que em 2012 teve sua segunda edição.

4 Preocupado com a disseminação da implantação de práticas de inovação nas organizações, o PGQP, através deste grupo de trabalho, desenvolveu uma versão simplificada do SAGRI, que permite um diagnóstico, através de uma rápida e simples autoavaliação, despertando as empresas e instituições para este novo conceito, ou fornecendo a elas um direcionador para realizar melhorias na gestão da inovação.

5 Equipe responsável pela elaboração deste trabalho Eduardo Guaragna (coordenador) Alexandre Garcia Günther Staub Hiparcio Stoeffel Irene Szyszka Marcos Travassos Sérgio Schaumloeffel Victor Seger Luiz Pierry (Secretaria Executiva) Natacha Cordeiro (Secretaria Executiva) Emanuela Tressoldi Schneider (Secretaria Executiva) SAGRI Simples

6 Este sistema foi concebido para uso na avaliação das organizações sobre a gestão e os resultados obtidos com a inovação. É recomendável que a avaliação seja feita por uma equipe multidisciplinar onde esteja presente o nível executivo. A autoavaliação inicia com uma reflexão do principal executivo com seus executivos: O que é inovação para a sua organização? Como a inovação tem acontecido? Como você avalia o que é uma inovação bem sucedida? E uma inovação que não foi bem sucedida? Que importância você atribui à inovação para o sucesso de seu negócio? SAGRI Simples

7 Em seguida, são apresentados 12 requisitos, distribuídos em seis dimensões: –Método –Liderança –Ambiente –Estratégia –Pessoas –Resultados Estes requisitos apresentam opções de respostas que são crescentes em nível de maturidade, ou seja, a organização irá selecionar a opção que, no momento, melhor reflete a sua realidade.

8 Avaliação da maturidade Cada uma das seis dimensões é avaliada por 2 requisitos que evoluem em maturidade, segundo seis níveis: 0% - Não há - O requisito não está presente; 20% - Iniciando - O requisito esta em início de uso, mesmo que de forma incompleta e não sistematizada; 40% - Evoluindo - O requisito esta em uso de forma inicial na organização em algumas áreas (pelo menos em mais de uma), com lacunas no seu atendimento; 60% - Progredindo - O requisito está em uso em muitas áreas (em mais de 25% das áreas), apresentando ainda lacunas no seu atendimento; 80% - Alcançando - O requisito está em uso em grande parte da organização (em mais de 50% das áreas) e apresenta pequenas lacunas no seu atendimento; 100% Consolidando - O requisito está plenamente implementado na organização com atendimento a todos os seus atributos, incluindo a realização de melhorias (aprendizado) decorrente de sua utilização.

9 Nível de maturidade No final da autoavaliação, um resumo das respostas é apresentado, demonstrando o percentual de maturidade de cada dimensão, podendo ser interpretado da seguinte forma: Faixa de Pontuação Nível Descrição 0-20% 1 INICIANDO A ORGANIZAÇÃO ESTA NO INICIO OU NÃO POSSUI ABORDAGEM PARA DESENVOLVER E GERENCIAR A INOVAÇÃO. AS SEIS DIMENSÕES ESTÃO INCIPIENTES. 21%-40% 2 EVOLUINDO A ORGANIZAÇÃO ENCONTRA-SE IMPLEMENTANDO PRATICAS EM ALGUMAS ÁREAS, HAVENDO LACUNAS DE ABRANGÊNCIA E DE ATENDIMENTO A REQUISITOS. AS SEIS DIMENSÕES MOSTRAM O INICIO DE UMA ESTRUTURAÇÃO PARA A INOVAÇÃO. 41%-60% 3 PROGREDINDO A ORGANIZAÇÃO APRESENTA PRATICAS ESTRUTURADAS EM MUITAS ÁREAS, HAVENDO LACUNAS DE ABRANGÊNCIA E DE ATENDIMENTO AOS REQUISITOS. AS SEIS DIMENSÕES MOSTRAM QUE A INOVAÇÃO JÁ APRESENTA SUA IDENTIDADE NA ORGANIZAÇÃO.

10 Faixa de Pontuação Nível Descrição 61%-80% 4 ALCANÇANDO A ORGANIZAÇÃO TEM GRANDE PARTE DE SUAS ÁREAS UTILIZANDO OS REQUISTOS DE FORMA CONSISTENTE, COM ALGUMAS LACUNAS. AS SEIS DIMENSÕES MOSTRAM A EXISTÊNCIA DE UM SISTEMA ESTRUTURADO, JÁ COLHENDO RESULTADOS 81%-100% 5 CONSOLIDANDO A ORGANIZAÇÃO TEM IMPLEMENTADO OS REQUISITOS EM QUASE TODAS AS ÁREAS, PODENDO HAVER LACUNAS PONTUAIS, SEM MAIORES COMPROMETIMENTO. AS SEIS DIMENSÕES MOSTRAM QUE A INOVAÇÃO FAZ PARTE DA CULTURA E DO NEGÓCIO DA ORGANIZAÇÃO, DE FORMA SÓLIDA. Nível de maturidade

11 SAGRI Simples Um gráfico radar é apresentado em seguida, demonstrando o desempenho da organização, comparada à média das empresas do mesmo segmento que também responderam ao questionário. Com base nos resultados apresentados, o próximo passo é elaborar um plano de ação focando as principais oportunidades de melhoria identificadas. A seguir, uma breve explicação sobre os conceitos que embasam cada um dos requisitos a serem avaliados.

12 Dimensão Método Trata da definição e implementação de métodos e processos que estimulem a geração de ideias, facilitem a seleção das ideias, viabilizem as suas Implementações e avaliem os resultados alcançados, proporcionando aprendizados nos métodos e processos.

13 Busca organizar um conjunto de atividades destinadas a operar a inovação, seja focada em produto, processo, modelo de negócio ou outra forma relevante às estratégias da organização. Não é possível e nem próprio prescrever o método mais adequado a todas as organizações, contudo devemos ter em mente o seu importante papel, que é permitir criar e conduzir as iniciativas e projetos de inovação a partir de uma referência técnica, processual e apoiada por ferramentas de incentivo ao desenvolvimento da inovação. Dimensão Método Considerações

14 A dimensão Método contempla as fases de coleta, seleção, análise de ideias e implementação de iniciativas e projetos de inovação, além do efetivo gerenciamento de sua evolução e dos resultados advindos. A eficácia de sua aplicação é proporcional à ação pessoal daqueles que compõem as equipes de inovação, do uso adequado de ferramentas e do pragmatismo no uso da metodologia adotada, coerente às estratégias desejadas para o negócio. Dimensão Método Aplicação

15 – Programas de geração de ideias para iniciativas e projetos de inovação; – Prática da Co-Criação e suas ações/projetos decorrentes; – Uso de metodologia de Inovação aberta – open innovation; – Metodologia de Concepção de novos conceitos/projetos – Design Thinking; – Gestão de projetos estratégicos de inovação, quer sejam de cunho tecnologico ou não; – Uso de metodologia de Gestão de Projetos aplicada à inovação. – Etc. Dimensão Método Exemplos

16 Dimensão Estratégia Trata da inserção da inovação como parte integrante do negócio e da estratégia da organização, segundo um contexto, demandando um esforço deliberado e sistemático para alcançar os resultados desejados.

17 Dimensão Estratégia Segundo TIDD, BESSANT, PAVITT, (1997), o processo de inovação é um processo chave no negócio da empresa, associado com a evolução do negócio, renovando o que a empresa oferece e como ela cria e entrega aquela oferta. Inovação, portanto, é uma atividade essencial ligada à sobrevivência e ao crescimento. A inovação tem sua estratégia coerente com a estratégia de negócio da organização e sua evolução. A inovação sustentável é uma necessidade no mundo atual. -Sustentável sob o ponto de vista de ser produzida de forma contínua, permanente, ou seja, não esporádica; -Sustentável sob o ponto de vista econômico, social, ambiental, cultural, ético, ou seja, atender as necessidades da geração atual sem comprometer a capacidade das gerações futuras no atendimento de suas necessidades. Considerações

18 Dimensão Estratégia Aplicação Uma organização cuja principal estratégia é excelência em custos terá na inovação uma ênfase em processos e tecnologias relacionados a este objetivo; Àquela que foca ser líder em produto, terá na inovação uma ênfase em tecnologia, design e desenvolvimento de produtos novos, de ponta, por exemplo; Se voltada a desenvolver serviços customizados aos clientes, terá na inovação uma aliada no desenvolvimento de soluções junto com os clientes, construindo com eles a sua diferenciação e intimidade; Por fim, as organizações que desejarem criar espaços novos, sem competir no ambiente de negócio existente, terão sua estratégia focada na inovação de valor, por exemplo.

19 Dimensão Estratégia – A estratégia de inovação da Walmart está em desenvolver sistemas de logística e de fluxos de transações que minimizem estoques, sejam just in time e elevem o giro de vendas, mesmo com margens menores; – A Apple, por sua vez, é inovadora em produtos digitais amigáveis ao manuseio pelo consumidor comum; – O Circo de Soleil busca espaços novos, sem competir com circos, teatros ou outras formas de entretenimento. – A estratégia de inovação da Coca Cola não esta no produto em si, mas na sua relação com as pessoas (afetuosidade, alegria, celebração, valorização da pessoa, etc.). Exemplos

20 Trata da atuação dos líderes em posicionar a inovação na estratégia da organização, prover os recursos e criar as condições necessárias ao seu desenvolvimento e continuidade, favorecendo o estabelecimento da cultura de inovação. Dimensão Liderança

21 O sucesso da inovação depende do envolvimento pessoal da direção na definição das estratégias, metas, na viabilização dos recursos e no acompanhamento sistemático das iniciativas e projetos de inovação. Da promoção e apoio da direção e demais líderes na criação de ambientes de estímulo à criatividade, ao empreendedorismo, em assumir riscos e responsabilidades, estando estas práticas inseridas na cultura da organização; Do engajamento intelectual, emocional e pessoal da direção na promoção e implementação da Inovação como fator determinante da competitividade dos negócios; Dimensão Liderança Considerações Da criação de sistemas de reconhecimento às pessoas e equipes promotoras da inovação.

22 A dimensão Liderança se evidencia pelo envolvimento direto das lideranças em prol da inovação, quer seja na busca dos recursos necessários à inovação, no acompanhamento das iniciativas e projetos e seus resultados, na criação de ambientes propícios a que as pessoas compartilhem ideias, experiências e desenvolvam ações e projetos, assim como o estimulo a tentar o novo, sem medo de errar e de punições e que aprendam com os erros. Dimensão Liderança Aplicação

23 –Definição da estratégia para inovação e sua contribuição ao negócio; –Inserção da inovação na pauta dos temas relevantes; –Analise critica dos principais projetos relacionados à inovação; –Valorização de ideias sugeridas pelos colaboradores e equipes; –Criação de sistemas de reconhecimento e recompensa às pessoas e equipes; –Fórum de lideres para deliberar sobre a inovação; –Criação de ambientes para experimentação de ideias e busca de soluções –Etc. Dimensão Liderança Exemplos

24 Dimensão Ambiente Trata da criação de um ambiente favorável à percepção de mudanças e oportunidades, geração de novas ideias, à criatividade, à experimentação, ao estabelecimento de relações e redes colaborativas internas e externas entre pessoas, organizações e o ecossistema, de forma a produzir inovações.

25 A inovação requer a existência de um ambiente organizacional que instigue as pessoas a não se acomodarem com a situação existente, mesmo que os resultados estejam a contento. Ao atender esses quesitos, a organização estará criando e mantendo um ambiente propicio para a geração de ideias com potencial de inovação, onde todas as pessoas, desde funcionários, terceiros, clientes, fornecedores, comunidade e sociedade em geral se sentem estimuladas a sugerir novas ideias, a experimentar conceitos e formas novas sem receios ou medos, criando assim as condições necessárias para se gerar um ambiente propício para que a inovação aconteça na organização. Dimensão Ambiente Considerações

26 Existem várias formas de estímulo a um ambiente que gere inovações; Formas que buscam o compartilhamento de ideias, conhecimentos, experiências, quer dentro ou fora da organização; Formas que orientam a busca de ideias e sugestões com vista a um objetivo ou tema especifico de interesse da organização; Também a criação e implementação de sistemas de incentivo e reconhecimento a ideias e inovações, pelas pessoas e equipes, fortalece o ambiente saudável a este objetivo; Dimensão Ambiente Aplicação

27 – Liberdade para as pessoas testarem suas ideias, em projeto-piloto; – Liberdade para as pessoas terem um tempo livre para pensarem em coisas novas, sem a pressão da rotina do dia a dia; – Definir equipes para buscar soluções não convencionais para um problema especifico; – Criação de um Bancos de Ideias, onde as pessoas possam colocar as suas e sugerirem melhorias sobre as ali colocadas; – Desenvolvimento de redes colaborativas (via web, intranet, etc.) para compartilhamento de conhecimentos, insights, sugestões de melhorias, novos produtos, etc.; – Realização de Fóruns de Inovação, com apreciação de novas ideias e projetos. Dimensão Ambiente Exemplos

28 São as pessoas que produzem as inovações. A liberdade para expressar dúvidas, a aprendizagem encorajada a experimentação, tomada de riscos, a atitude e o espaço para empreender, o reconhecimento pelos esforços e resultados estimulam o desenvolvimento da inovação. Dimensão Pessoas

29 Considerações As pessoas precisam estar preparadas para a inovação: Apenas desejar inovar não é suficiente. Elas devem ser educadas nos conceitos, no entendimento da inovação e sua importância à sua organização. Devem ser treinadas para uso de ferramentas, metodologias que são apropriadas ao desenvolvimento da inovação na sua organização, segundo as características de seu negócio, estratégias e escolhas. Da mesma forma que é importante a educação e o treinamento, a existência de sistemas de reconhecimento e recompensa, promotores da inovação, deve fazer parte do modelo de gestão de pessoas na organização. Estes sistemas devem incluir formas de reconhecimentos e recompensas para as pessoas que demonstram conhecimento, habilidades e atitudes para o desenvolvimento da inovação, bem como para o alcance dos resultados pela inovação, tanto individual como coletivamente.

30 A educação para a inovação pode ser desenvolvida mediante uma ação estruturada da organização, visando a implementação de mudança e de projetos/processos que implementem a inovação em alinhamento às estratégias. - Cursos, seminários, eventos podem ser elaborados, mas é importante que o foco da aplicação na organização esteja bem definido, com um propósito; O treinamento, da mesma forma, ensina ferramentas, práticas e métodos para gerar, desenvolver ideias e criar inovações. - Como qualquer tecnologia de gestão, a inovação requer treinamento e dedicação para seu crescimento consistente. Dimensão Pessoas Aplicação

31 -Treinamento no SAGRI; -Educação de Líderes para a Inovação; -Definição de competência para Inovação (Conhecimento, Habilidade e Atitude) -Realização de treinamento como parte da implementação do Projeto de Inovação na organização; Dimensão Pessoas Exemplos

32 Dimensão Pessoas -Reconhecimento de ideias, sugestões segundo um critério de pontuação e avaliação previamente definido e divulgado; -Inserção na prática de remuneração variável de resultados advindos da inovação. -Reconhecimento financeiro ou não pela promoção de um ambiente propício a inovação -Comemoração pelo lançamento de inovações no mercado. A inserção de sistemas de reconhecimento e de recompensa deve ser coerente com a cultura existente na empresa, não havendo uma forma única. Os sistemas devem reforçar a intenção estratégica para com a inovação. Assim como a organização reconhece um bom trabalho e o desempenho das pessoas e equipes em outras atividades, deve reconhecer esforços das pessoas, equipes e também os resultados alcançados decorrentes da inovação. Exemplos

33 Dimensão Resultados A inovação tem compromisso com resultados sustentáveis que se traduzem em valor para as partes interessadas e sociedade.

34 Dimensão Resultados Inovação é mais que ter ideias apenas. Inovação é mais que tecnologia, é mais que registro de patente; Uma inovação só é considerada inovação de fato se produz resultados. Quem são os juizes disso? As partes interessadas nesses resultados, a sociedade. Elas são o árbitro da inovação. São elas que atribuem valor ou não a uma potencial inovação. A amplitude destes resultados é tão abrangente, quanto o conceito de inovação. Considerações

35 Dimensão Resultados Uma inovação é a implementação de um produto (bem ou serviço) novo ou significativamente melhorado, ou um processo, ou um novo método de marketing, ou um novo método organizacional nas práticas de negócios, na organização do local de trabalho ou nas relações externas. (Manual de Oslo) Tão importante quanto os resultados é a qualidade dos resultados. A qualidade de uma inovação está na sua capacidade de atender às exigências da sustentabilidade, de modo mais equilibrado possível, avaliando os aspectos econômicos, sociais e ambientais decorrentes. Trata-se de uma inovação inteligente. Inovações que estimulam o consumo (aspectos econômicos) mas não têm compromisso com o social (pessoas, ética, dignidade com o trabalhador) ou com o uso e manuseio dos recursos naturais, com certeza, não são duradouras, ou não se sustentam. Considerações

36 Dimensão Resultados Como medir resultados? Resultados são frutos de ações, de esforços. Assim, é recomendável também medir ações e esforços no sentido da busca de resultados, ou seja, indicadores de percurso e não apenas de resultado final são importantes. Aplicação

37 Dimensão Resultados - Número de ideias por pessoas; - Número de ideias implementadas; - Número de projetos de inovação aprovados; - Percentual de pessoas que participa dando sugestões, ideias, etc.; -Número de produtos novos lançados nos últimos X anos; - Faturamento obtido com novos produtos Exemplos

38 Dimensão Resultados Exemplos - Pontuação com escores de avaliação tipo 1, 5, 10 para avaliar inovações quanto ao seu impacto nos eixos econômico, social e ambiental; Como medir a sustentabilidade? Posso medir se as minhas candidatas a inovação tem potencial de serem sustentáveis, submentedo-as a uma avaliação nas 3 dimensões (ambiental, economica, social).

39 Dimensão Resultados - Como medir o resultado da inovação para o negócio? Criando mecanismos que me permitam avaliar o impacto em cada PI. -Nível de aceitação de um produto ou serviço pela sociedade, mediante pesquisas. -Lançamento de novos produtos e a sua aceitação pela sociedade (mídia, comentários positivos, etc.) Exemplos

40 Faça já sua autoavaliação, é on-line, gratuita e muito rápida! O PGQP está sempre atento às questões da competitividade, qualidade, inovação e sustentabilidade, e contamos com sua contribuição para transformar nosso estado e o país em um lugar com mais qualidade de vida para todos. Conheça também o Prêmio Inovação PGQP, prêmio pioneiro de inovação dentre os Programas Estaduais de Qualidade e o SAGRI. Para maiores informações, favor entrar em contato pelo (51) ou entre em nosso portal: É um prazer recebê-lo neste processo.www.portalqualidade.com/pgqp


Carregar ppt "Versão 1 Emissão outubro de 2012. A inovação não é um fato novo, pois sempre esteve presente na humanidade e nas organizações. O que nos leva a esta mudança."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google