A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A Matemática na História Árabe Nomes:Emmanuel,Anderson,Anthony, Matheus & Éricles.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A Matemática na História Árabe Nomes:Emmanuel,Anderson,Anthony, Matheus & Éricles."— Transcrição da apresentação:

1 A Matemática na História Árabe Nomes:Emmanuel,Anderson,Anthony, Matheus & Éricles.

2 O que é matemática? Do grego mathematiké, pelo latim mathematica. Ciência que estuda, por meio do raciocínio dedutivo, as propriedades dos entes abstratos (números, figuras geométricas, funções, espaços, etc.), bem como as relações que se estabelecem entre eles.

3 O Império Muçulmano/Árabe e a matemática ! Enquanto os hindus, que habitavam o Vale do Rio Indo e tinham contatos com muitos outros povos, iam pouco a pouco juntando os fios e preparando a trama do nosso sistema de numeração; Grandes acontecimentos tiveram inicio na Península Arábica. Esta era uma região desértica habitada principalmente por tribos nômades que se deslocavam em grandes caravanas entre os poucos centros de comércio existentes. Nesse ambiente viveu Maomé, o criador da religião Islâmica (Ou religião muçulmana) no inicio do século VII da Era Cristã.

4 Maomé não foi apenas líder religioso, mas também grande chefe guerreiro que submeteu ao seu governo toda a Península Arábica. Seus sucessores empreenderam muitas guerras de conquista, ampliando a área de influência do Islamismo e estabelecendo um grande Império que, um século depois da morte de Maomé, atingia, a Leste, a região do Rio Indo e, a Oeste, o norte da África e a Península Ibérica.

5 Os árabes tiveram um papel importantíssimo no campo da cultura e da ciência, especialmente na Matemática. A grande extensão do Império Islâmico permitiu aos estudiosos árabes entrar em contato com as mais variadas culturas. Seus sábios estudaram e traduziram as obras dos filósofos e matemáticos gregos, preservadas na célebre Biblioteca de Alexandria, no Egito. Não fossem as traduções para o árabe, essas obras teriam sido perdidas para sempre com a destruição daquela Biblioteca, no final do século VII.

6 No extremo Oriental do seu Império, os árabes entraram em contato com a cultura hindu e interessaram-se especialmente pela astronomia, a aritmética e a álgebra, muito desenvolvidas naquela civilização. Estudaram sobretudo o sistema numérico hindu, reconhecendo sua simplicidade e praticidade. Esses conhecimentos já eram dominados pelos hindus há vários séculos, mas não haviam se difundido entre os povos do Ocidente.

7 Os árabes, que haviam penetrado na Europa e dominavam a Península Ibérica, foram os introdutores da ciência oriental na Europa Medieval. Entre os séculos VIII e XIII, por iniciativa dos árabes, foram criadas muitas Universidades e Bibliotecas, desde Bagdá, no Oriente Médio, até Granada e Córdoba, na atual Espanha. Nesses centros, as obras dos hindus foram traduzidas para o árabe e difundidas entre os estudiosos.

8 Álgebra Do árabe al-jabr, redução, restauração. Ramo da matemática que generaliza e aplica as operações aritméticas e suas propriedades para o tratamento de grandezas variáveis ou abstratas, e que utiliza letras para representar tais grandezas (a aritmética trata dos números muito bem definidos, positivos ou negativos). Por exemplo, como em aritmética se pode dizer que = 7 e = 7, então em álgebra se pode dizer, genericamente, que a + b = b + a.

9 Álgebra, sua História Por volta do ano 400 d.C., uma idéia audaciosa de um estudioso de Alexandria começou a mudar toda a História da Matemática. Esse estudioso era Diofante de Alexandria, que viveu de 325 a 409 d.C. e seus estudos se basearam no uso de símbolos para facilitar a escrita e os cálculos matemáticos. Os símbolos criados por Diofante fizeram com que as expressões, até então escritas totalmente com palavras, pudessem ser representadas com abreviações.

10 Só no ano de 650 aproximadamente, com a ascensão do Império Árabe, é que houve uma retomada dos estudos matemáticos. De 786 a 809 no reinado do Califa Harun al- Raschid (o mesmo das Mil e Uma noites) os muçulmanos conquistaram vários territórios, fazendo surgir grandes cidades, centros de comércio e de artesanato. Todas essas atividades comerciais, as viagens marítimas e através do deserto, provocaram um grande desenvolvimento dos conhecimentos matemáticos. Em 809, com a morte de al-Raschid, seu filho al-Mamum assumiu o trono e governou até 833. al-Mamum criou em Bagdá um centro de ensino e contratou os mais brilhantes sábios muçulmanos da época.

11 Entre eles, estava Mohamed Ibn Musa al- Khowarizmi, grande matemático que escreveu um livro chamado al-jabr, que significa restauração e refere-se a mudança de termos de um lado para outro de uma equação. Provavelmente o termo álgebra se originou do título deste livro. Al-Khowarizmi, deu sua contribuição, mas como muitos matemáticos de diversas épocas, não conseguiu expressar as equações totalmente em símbolos. Isso só aconteceu 700 anos depois, por François Viète ( ) conhecido como Pai da Álgebra.

12 al-Khowarizmi virou Algarismo Os dez símbolos do nosso sistema de numeração são chamados dígitos ou algarismos. A palavra dígito vem da palavra latina digitus, que significa dedo. É curiosa a origem da palavra algarismo. No século IX, viveu um matemático e astrônomo árabe, que se tornou famoso. Chamava-se Mohamed Ibm Musa al- Khowarizmi. Ele escreveu vários livros. Num deles, intitulado Sobre a arte hindu de calcular, ele explica minuciosamente o sistema de numeração hindu.

13 Na Europa, este livro foi traduzido para o Latim e passou a ser muito consultado por aqueles que queriam aprender a nova numeração. Apesar de al-Khowarizmi, honestamente, explicar que a origem daquelas idéias era hindu, a nova numeração tornou-se conhecida como a de al- Khowarizmi. Com o tempo, o nome do matemático árabe foi modificado para algorismi que, na língua portuguesa, acabou virando algarismo.

14 Bait al-Hikma, ou Casa da Sabedoria Sob o reinado de ar-Raschid foi criada uma importante biblioteca, contendo diversos manuscritos provenientes do Império Bizantino. Mas foi seu filho al-Mamum, que fundou uma espécie de Academia, Bait al-Hikma, a Casa da Sabedoria cuja a principal função era a tradução pelos sábios dos textos gregos e indianos. A Casa da Sabedoria, para além da Biblioteca, possuía um observatório astronômico, muito bem equipado. A Casa da Sabedoria durou cerca de 200 anos.

15 Na Casa da Sabedoria foram desenvolvidos: Al-Kindi ( ) : sistema de numeração, geometria e ótica; Al-Kindi ( ) : sistema de numeração, geometria e ótica; Irmãos Banu Musa ( ): geometria, astronomia e mecânica; Irmãos Banu Musa ( ): geometria, astronomia e mecânica; Ibn Ishaq ( ): tradutor, tornou trabalhos gregos disponíveis a matemáticos islâmicos. Ibn Ishaq ( ): tradutor, tornou trabalhos gregos disponíveis a matemáticos islâmicos.

16 Você Sabia?? A álgebra era uma teoria unificadora que permitia com que números racionais, números irracionais, magnitudes geométricas, etc serem tratados como objetos algébricos. Isso permitiu à matemática um caminho novo de desenvolvimento muito mais amplo do que aquele que existia até então, e forneceu um veículo para o seu desenvolvimento futuro.

17 Um outro aspecto importante da introdução das idéias algébricas era que ela permitia que a matemática fosse aplicada a si mesma de uma maneira nunca ocorrida anteriormente; Os sucessores de al-Khowzarizmi empreenderam uma aplicação sistemática da aritmética à álgebra, da álgebra à aritmética, de ambas à trigonometria, da álgebra à teoria eucliana de números, da álgebra à geometria e da geometria à álgebra.

18 Referências Enciclopédia Larrousse Cultural volumes 02 e 20; Enciclopédia Larrousse Cultural volumes 02 e 20; Panorama da Cultura Árabe: Módulo I: Contribuição dos árabes ao Conhecimento, do Instituto da Cultura Árabe; Panorama da Cultura Árabe: Módulo I: Contribuição dos árabes ao Conhecimento, do Instituto da Cultura Árabe; O sistema de numeração decimal tem história, do site O sistema de numeração decimal tem história, do site Álgebra, do site da-matematica Álgebra, do site da-matematica da-matematica da-matematica História da Matemática Àrabe, do site História da Matemática Àrabe, do site


Carregar ppt "A Matemática na História Árabe Nomes:Emmanuel,Anderson,Anthony, Matheus & Éricles."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google