A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PLANEJAMENTO NO MUNDO ORGANIZACIONAL. De tempos em tempos ocorrem grandes transformações na história. Cruzamos uma ponte. Em poucas décadas a sociedade.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PLANEJAMENTO NO MUNDO ORGANIZACIONAL. De tempos em tempos ocorrem grandes transformações na história. Cruzamos uma ponte. Em poucas décadas a sociedade."— Transcrição da apresentação:

1 PLANEJAMENTO NO MUNDO ORGANIZACIONAL

2

3 De tempos em tempos ocorrem grandes transformações na história. Cruzamos uma ponte. Em poucas décadas a sociedade se reorganiza – sua visão do mundo, seus valores básicos, sua estrutura social e política, suas artes, suas instituições mais importantes. Depois de cinqüenta anos, existe um novo mundo. E as pessoas nascidas nele não conseguem imaginar o mundo em que seus avós viviam e seus pais nasceram. Estamos neste momento atravessando a ponte... Peter Drucker Mudanças

4 Quando os ventos das mudanças chegam, alguns constroem abrigos outros constroem moinhos Mudanças

5 Esta geringonça tem inconvenientes demais para ser levada a sério como meio de comunicação. Ela não tem nenhum valor para nós. Memorando Interno da Western Union sobre o telefone em Os que constroem abrigos...

6 Quem pagaria para ouvir uma mensagem enviada a ninguém em particular ? Sócios de David Sarnoff, fundador da RCA em resposta à sua consulta urgente sobre investimentos em rádio nos anos 1920.

7 Os que constroem abrigos... O conceito é interessante e bem estruturado, mas para merecer uma nota melhor que 5, a idéia deveria ser viável. Examinador de Universidade de Yale sobre tese de Fred Smith propondo um serviço confiável de malote (Smith viria a ser o fundador da Federal Express)

8 Os que constroem abrigos... Quem se interessaria em ouvir os atores ? H.M.Warner, da Warner Brothers, no auge do cinema mudo em 1927.

9 Os que constroem abrigos... Tudo o que podia ser inventado já o foi. Charles H. Duell, Diretor do Departamento de Patentes dos Estados Unidos em 1899 ao propor o fechamento da seção de registro de novas patentes.

10 Organizações Uma organização é um sistema de recursos que procura realizar algum tipo de objetivo ( ou conjunto de objetivos).

11 Análise da situação estratégica Os principais componentes a serem considerados na análise da situação estratégica são: Missão da organização até o presente; Desempenho da organização até o presente; Vantagens competitivas; Estratégias vigentes

12 Estratégia Conceito usado pelas organizações militares há muito tempo. Definir a estratégia é criar o futuro de uma organização, de maneira estruturada e com boa dose de sensibilidade e criatividade. Configuração de atividades internamente coerentes que distinguem uma companhia de suas rivais. Segundo Aristóteles, o objetivo da estratégia, a arte dos generais, era a vitória.

13 Estratégia A estratégia precisa levar a bons resultados e tem a ver com o que fazer para ser único em determinado segmento. Todos o planos de ação da empresa tem um único ponto de referência: sua estratégia para atingir o mercado em condição de vantagem sobre os concorrentes. É o meio ou o conjunto dos meios para alcançar um fim (ou objetivo), que é a vitória sobre um oponente.

14 Estratégia São caminhos que a organização escolhe. São os cursos de ação, as formas de competir ou as políticas de negócios da organização. Para realizar o objetivo de ingressar no mercado do futebol, a Nike desenvolveu novos produtos e patrocinou a seleção brasileira que disputou a Copa da França de 98.

15 Estratégia O papel do administrador que assume a responsabilidade de gestão de um negócio é avaliar até que ponto a estratégia precisa ou não ser reformulada.

16 Estratégia Ansoff, em 1965, formula a noção de estratégia envolvendo a definição de objetivos com base na análise de ameaças e oportunidades no ambiente. Na atualidade, a administração estratégica abrange os processos de planejamento, implementação, execução e avaliação da estratégia.

17 Estratégia Onde estamos? Para onde queremos ir? Por que? Qual caminho seguir?

18 A estratégia no nível de negócio Conjunto integrado e coordenado de compromissos e ações que as empresas utilizam para obter vantagem competitiva explorando as competências essenciais em mercados de produtos específicos.

19 Processo de mobilização através do qual a organização estabelece sua identidade organizacional, analisa seu ambiente externo e interno, atual e futuro e elabora quais serão suas ações estratégicas orientadas para o mercado. Formulação Estratégica

20

21 Dimensões do processo de formulação estratégica Formação da estratégia Deliberada Prescritiva Emergente Descritiva Pensamento estratégico Lógico Intuitivo Criativo Envolve a forma de pensar do executivo Mudança estratégica Reativa Proativa

22

23 Estratégia difícil de imitar

24 Executivos brasileiros

25 Estratégia verde

26 Planejamento Processo, considerando os aspectos abordados pelas cinco dimensões anteriormente apresentadas, desenvolvido para o alcance de uma situação futura desejada, de um modo mais eficiente, eficaz e efetivo, com a melhor concentração de esforços e recursos pela empresa.

27 Porque planejar? Para prover direção e propósito Para melhor aproveitamento de oportunidades Para permitir crescimento ordenado Para melhor entender e definir prioridades Para alinhar as decisões Para maior comprometimento de todos Para possibilitar empowerment e trabalho em equipe Para otimizar alocação e uso dos recursos Para aumentar a velocidade da implementação/ execução Para melhor integração e coordenação interdepartamental Para melhor controlar/ redirecionar o negócio

28 Quais as condições para se planejar? Consciência da sua necessidade Decisão pela sua utilização Envolvimento efetivo da Diretoria Clima propício Metodologia adequada de Planejamento Estratégico Estrutura para o processo Informações relevantes (internas e externas) Participação organizada

29 Mudanças do tipo de planejamento TRADICIONALESTRATÉGICO CentralizadorParticipativo Passado e presentePassado – Presente- Futuro Atitude reativaAtitude proativa AmeaçasOportunidades Prepara o FuturoConstrói o Futuro Espera AcontecerFaz Acontecer IntramurosSistêmico RígidoFlexível EstáticoDinâmico EficienteEficaz e Eficiente QuantitativoQuantitativo e Qualitativo PLANEJAMENTO

30 Planejamento estratégico Estabelecimento de um conjunto de providências a serem tomadas pelo executivo para a situação em que o futuro tende a ser diferente do passado; entretanto, a empresa tem condições e meios de agir sobre as variáveis e fatores, de modo que possa exercer alguma influência. O fato de o planejamento ser um processo de estabelecimento de um estado futuro desejado e um delineamento dos meios efetivos de torná-lo realidade justifica que ele anteceda à decisão e à ação.

31 Planejamento estratégico Ele é, ainda um processo contínuo, um exercício mental que é executado pela empresa independentemente de vontade específica de seus executivos. Também pressupõe a necessidade de um processo decisório que ocorrerá antes, durante e depois de sua elaboração e implementação na empresa. Toda atividade de planejamento nas empresas, por sua natureza, deverá resultar de decisões presentes, tomadas a a partir do exame do impacto das mesmas no futuro, o que lhe proporciona uma dimensão temporal de alo significado.

32 Planejamento estratégico Estabelecimento de um conjunto de providências a serem tomadas pelo executivo para a situação em que o futuro tende a ser diferente do passado; entretanto, a empresa tem condições e meios de agir sobre as variáveis e fatores, de modo que possa exercer alguma influência. Ele é, ainda um processo contínuo, um exercício mental que é executado pela empresa independentemente de vontade específica de seus executivos. Também pressupõe a necessidade de um processo decisório que ocorrerá antes, durante e depois de sua elaboração e implementação na empresa.

33 Planejamento estratégico O planejamento não diz respeito a decisões futuras, mas às implicações futuras de decisões presentes (Drucker). Os efeitos e consequências deverão ocorrer em futuros períodos de tempo. O planejamento não é um ato isolado. É um processo de ações inter-relacionadas e interdependente que visam o alcance de objetivos previamente estabelecidos. O processo de planejamento é muito mais importante que seu resultado final. O resultado final é o plano. Ele deve ser desenvolvido pela empresa e não para a empresa.

34 Planejamento Estratégico Processo intelectual, que consiste em estruturar e esclarecer a visão dos caminhos que a organização deve seguir e os objetivos que deve alcançar. Um dos principais objetivos do planejamento estratégico é propor e desenvolver ações para reforçar as vantagens competitivas e a estratégia adotada há muito tempo.

35 O que é x que não é! O QUE É: Planejamento de: Recursos Destino Escolha do caminho Método Análise Ambiental Ações Resultados O QUE NÃO É: Calendário de atividades Lista de ações Lista de desejos Cronograma IMPROVISAÇÃO

36 IMPORTÂNCIA DO P.E. Preparar-se para o inevitável; Aproveitar as oportunidades; Prover uma visão de Futuro; Definir uma direção ( Foco); Defender-se contra os riscos, controlando o controlável. Enfim, tornar-se COMPETITIVO!

37 Metodologia de formulação estratégica

38 Processo de Planejamento Estratégico Visão Panorâmica Análise do ambiente externo Análise da situação estratégica Análise de ambiente interno Definição de objetivos e estratégias Estratégias funcionais e operacionais Execução e avaliação Maximiano, Antonio César Amaru.

39 Planejamento Estratégico como processo para organizar ideias a respeito do futuro. Missão, vocação, valores da organização. Desempenho da organização. Ameaças e oportunidades do ambiente externo. Pontos fortes e pontos fracos dos sistemas internos. Processos mentais, competências e interesses dos planejadores Processo de Planejamento Estratégico

40 Definição de objetivos estratégicos Os objetivos são os resultados concretos que a organização pretende realizar. Eles focalizam: Clientes e mercados; Produtos e serviços; Vantagens competitivas; Participação no mercado; Indicador de desempenho;

41 Abordagens do Planejamento Estratégico Planejamento tradicional Racional, quantitativa e programática projetada para o futuro. Há um mundo externo que pode ser analisado. Planejamento não tradicional Dinâmica, intuitiva, incremental, interativa e adaptativa. Há um mundo exterior complexo. Os eventos são imprevisíveis

42 Evolução do pensamento estratégico Descrição Escola de pensamento Planejamento financeiro Planejamento a longo prazo Planejamento estratégico Administração estratégica Gestão estratégica Características principais Orçamento anualProjeção de tendências Pensamento estratégico Análise da estrutura da indústria Pensamento sistêmico Controle financeiroAnálise de lacunas Análise de mudanças no ambiente Contexto econômico competitivo Integração entre planejamento e controle APOCurva de experiência Análise de recursos internos e competências Estratégias genéricas Coordenação de todos os recursos para o objetivo Estudo de cenáriosAlocação de recursosCadeia de valor Organização estratégica Foco na formulação Foco na análise e implementação Direção estratégica Pesquisa e informações com base analítica Foco nos objetivos financeiros Sistemas de valores Cumprir o orçamentoProjetar o futuroDefinir a estratégia Determinar a atratividade da indústria Buscar sintonia com os ambientes interno e externo ProblemasPromover a miopia Não prever descontinuidades Falta de foco na implementação Não desenvolver a abordagem sistêmica Falta de alinhamento com a filosofia organizacional

43 Tipos de planejamento Estratégico Processo gerencial que possibilita aos dirigentes estabelecer o rumo a ser seguido, visando otimizar sua relação com o ambiente. Tático Processo de desenvolvimento dos programas e projetos. Operacional Detalhamento, no nível operacional, das ações e atividades necessárias para atingir os objetivos e metas fixados pelos níveis hierarquicamente superiores.

44 Tipos de planejamento Nível EstratégicoMissão, Visão e Objetivos Nível TáticoAtividades, projetos e funções Nível OperacionalExecução das atividades e projetos

45 Tipos de planejamento TIPONÍVEL PLANEJAMENTO ESTRATÉGICOEstratégico Planejamento mercadológi co Planejamento financeiro Planejamento de produção Planejamento de recursos humanos Planejamento organizacion al Tático Plano de preços e produtos Plano de despesasPlano de capacidade de produção Plano de recrutamento e seleção Plano diretor de sistemas Operacional Plano de promoçãoPlano de investimento Plano de controle da qualidade Plano de treinamento Plano de estrutura organizacion al Plano de vendasPlano de comprasPlano de estoquesPlano de cargos e salários Plano de rotinas administrativ as Plano de distribuição Plano de fluxo de caixa Plano de utilização de mão-de- obra Plano de promoções Plano de informações gerenciais Plano de pesquisas de mercado Plano orçamentárioPlano de expedição de produtos Plano de capacitação interna Plano de comunicaçõe s

46 Cascata de Objetivos

47 Planejamento Estratégico Missão Visão O desempenho da organização, que é mensurável pelos resultados As forças e fraquezas Análise do ambiente interno. As ameaças e oportunidades Análise do ambiente externo. Análise do Modelo Porter Forças que afetam a lucratividade. Matriz BCG Análise do portfólio de produtos da organização. As competências dos planejadores – seu conhecimento de técnicas, suas atitudes em relação ao futuro, seu interesse em planejar.

48 Planejamento Estratégico como processo sistemático Sequência de análise e decisões Análise da situação estratégica presente da organização. (Onde estamos? Como chegamos aqui?) Avaliação das diretrizes superiores. (Que orientações de níveis hierárquicos superiores, se for o caso, devemos levar em conta?) Análise do ambiente externo. (Quais são as ameaças e oportunidades do ambiente?) Análise do ambiente interno. (Quais são os pontos fortes e fracos dos sistemas internos da organização?) Definição do plano estratégico, compreendendo os objetivos e a seleção das estratégias da organização. (Para onde devemos ir? O que devemos fazer para chegar até lá?)

49 Planejamento Estratégico como processo sistemático Complexo – As etapas podem ser cumpridas em qualquer ordem, ou simultaneamente, dependendo da situação e das pessoas. Dinâmico – A cada momento a situação é diferente do momento anterior.

50

51 Estrutura básica do Planejamento Estratégico Definição de Core Business atual Análise de ambiente externo Cenários Modelo Porter Ameaças e oportunidades (SWOT) Análise do ambiente interno Pontos fortes e fracos (SWOT) Análise de Portfólio (BCG) Avaliação do Caos Competência e capacidades atuais

52 Componentes da análise do ambiente externo Escaneamento Identificar os primeiros sinais de mudanças e tendências Monitoramento Detectar o significado por meio da observação constante das mudanças e tendências Previsão Fazer projeções de resultados antecipados com base nas mudanças e tendências monitoradas. Avaliação Determinar o momento e a importância das mudanças e tendências ambientais para as estratégias das empresas e a sua administração.

53 Missão e Visão Finalidades-chave Informar aos stakeholders o que a empresa é, o que pretende realizar e a quem pretende atender. Missão Razão de ser da empresa. Especifica o negócio no qual a empresa vai competir e os clientes aos quais a empresa pretende atender. Visão Retrato do que a empresa pretende ser e, em termos amplos, do que pretende realizar. Refletem os valores e as aspirações de uma empresa visando captar o coração e a mente de cada funcionário.

54 Stakeholders Pessoas ou grupos que podem afetar e são afetados pelos resultados estratégicos obtidos e que tem reivindicações aplicáveis no tocante ao desempenho da empresa.

55 Missão e Visão

56

57

58

59 Definição de Core Business atual Qual o nosso negócio? Depois de toda a análise do ambiente externo e interno à empresa, refaremos a pergunta da seguinte forma: Qual será o nosso negócio? Ou Qual deveria ser o nosso negócio?

60 Aliança de sucesso

61 Aspectos a saber O próprio processo de planejamento deve ser planejado; O processo é interativo. Sua ação se exerce mutuamente, entre duas ou mais partes do todo; O processo é iterativo. Repete-se ao longo do tempo.

62 Referências bibliográficas e fontes: Site Site Estratégia competitiva, Porter; Introdução a administração, Maximiano; Gestão estratégica de mudanças corporativas, Aguilera e Lazarini; Safari de estratégia, Mintzberg;


Carregar ppt "PLANEJAMENTO NO MUNDO ORGANIZACIONAL. De tempos em tempos ocorrem grandes transformações na história. Cruzamos uma ponte. Em poucas décadas a sociedade."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google