A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Mapeamento das potencialidades/necessidades: informações técnico-científicas sobre os públicos Mapeamento da demanda:visão dos envolvidos, permite visualizar.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Mapeamento das potencialidades/necessidades: informações técnico-científicas sobre os públicos Mapeamento da demanda:visão dos envolvidos, permite visualizar."— Transcrição da apresentação:

1 Mapeamento das potencialidades/necessidades: informações técnico-científicas sobre os públicos Mapeamento da demanda:visão dos envolvidos, permite visualizar seus interesses, percepções e práticas em relação a questão trabalhada Fase 2: Diagnóstico dos Públicos

2 Análise Técnica: nível da potencialidade/necessidade Mapeamento demográfico: Mapeamento demográfico: quantidade, sexo, idade, raça Mapeamento socioeconômico Mapeamento socioeconômico: indicadores de saúde, educação, qualidade de vida, lazer, esporte, infra-estrutura, segurança, nível de renda, de consumo e de emprego Mapeamento sociocultural Mapeamento sociocultural: identidade cultural, hábitos, costumes, tradições, aspectos religiosos Mapeamento sociopolítico Mapeamento sociopolítico: nível de mobilização social, associativismo e cooperativismo, relações entre esfera pública e privada, implicação do Estado Mapeamento socioambiental: Mapeamento socioambiental: relação com a natureza, formas de apropriação, uso e gestão dos recursos naturais Tipos de Pesquisa: bibliográfica, levantamento de dados secundários, trabalho de campo com informantes-chave

3 Análise da Demanda: nível das expectativas Interesses dos públicosInteresses dos públicos Percepções e práticas em relação a questão trabalhada (valores e crenças)Percepções e práticas em relação a questão trabalhada (valores e crenças) Aspectos facilitadores e dificultadores da mudança de comportamento e da transformação socialAspectos facilitadores e dificultadores da mudança de comportamento e da transformação social Tipos de pesquisa: grupos focais, entrevistas, pesquisa de opinião, pesquisa ação, observações

4 Fase 3: Posicionamento A marca é o elemento visível que transmite a personalidade da organização.

5 Fase 4: Definição do Mix de MKT Relação Oferta/Demanda Muita ou pouca intemediação? De que modo o usuário co-participa? Produtos/serviços sociais Idéias – crenças, atitudes e valores Práticas – ações e comportamentos Tecnologias sociais – objetos tangíveis (metodologias e materiais educativos, instituições, produtos etc.) Relação custo/benefício Custo alto ou baixo? Benefício individual ou para a sociedade? Comunicação

6 Estruturando o plano de comunicação

7 Para que comunicar? A identificação do problema que gera a necessidade de comunicar é fundamental para definir com clareza o objetivo da comunicação Informar os públicos sobre a organização e suas atividades Projetar a imagem da organização Buscar a captação de recursos e atrair parcerias Provocar mudanças de comportamento no público-alvo, ou nos públicos adotantes dos projetos ou ainda na comunidade em geral Divulgar os resultados de processo ou de impacto da organização Influenciar nas políticas públicas

8 Para quem comunicar? Quais os públicos com os quais queremos nos comunicar? Quais as características e interesses desses públicos? O que esperamos de cada um deles e como podemos entrar em contato?

9 O que comunicar ? O que é fundamental para nossa organização comunicar? Quais as principais bandeiras a serem levantadas no âmbito da causa? Quais as informações mais relevantes a serem divulgadas? O que é mais importante e adequado ser comunicado a cada público?

10 Como comunicar? Mídias impressas

11 Como comunicar? Mídias eletrônicas

12 Quem comunica? Quem são os responsáveis para fazer com que as ações de comunicação aconteçam no âmbito da nossa organização?

13 A relação com a Ser reativo ou pró-ativo? Os tabus e as resistências Visibilidade x Transparência A mídia como uma aliada das organizações da sociedade civil MÍDIA

14 Relacionamento com a mídia DICAS Possuir um banco de dados organizado com imagens, relatórios, projetos, bibliografia e estudos Organizar uma relação com coordenadas dos veículos, das editoriais e dos jornalistas que costumam tratar das questões trabalhadas pela organização Utilizar apoio de entidades de suporte (ANDI, ABONG, GIFE, RITS, ETHOS) Mais interessante do que estar na mídia é definir pautas de discussão sobre a questão trabalhada pela organização


Carregar ppt "Mapeamento das potencialidades/necessidades: informações técnico-científicas sobre os públicos Mapeamento da demanda:visão dos envolvidos, permite visualizar."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google