A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

As TIC no desenvolvimento de jogos para trabalhar a Perturbação de Hiperactividade e Défice de Atenção (PHDA) Universidade Fernando Pessoa Pós Graduação.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "As TIC no desenvolvimento de jogos para trabalhar a Perturbação de Hiperactividade e Défice de Atenção (PHDA) Universidade Fernando Pessoa Pós Graduação."— Transcrição da apresentação:

1 As TIC no desenvolvimento de jogos para trabalhar a Perturbação de Hiperactividade e Défice de Atenção (PHDA) Universidade Fernando Pessoa Pós Graduação e Formação Especializada em Educação Especial no Domínio Emocional e da Personalidade. Tecnologias da Informação e Comunicação Professora Doutora Tereza Ventura 2009/2010

2 Índice 1. O que é a PHDA? 2. Quais os principais sintomas? 3. O que a causa? 4. Quais as melhores estratégias educacionais? 5. Avaliação 6. Considerações finais 7. Bibliografia

3 Contextualização No âmbito do módulo de TIC, foi sugerida a criação de jogos utilizando a ferramenta Microsoft Office Excel. Optámos por esta sugestão, uma vez que, permitia realizar um trabalho que dava resposta ao nosso principal objectivo: -Aprender a criar recursos tecnológicos para trabalhar em sala de aula, nomeadamente através da utilização do Excel. Foi com base no princípio de que um jogo ou qualquer recurso produzido só faz sentido quando inserido num determinado contexto, que decidimos criar jogos que ajudassem a dar resposta a crianças com Perturbações de Hiperactividade e Défice de Atenção (realidade com a qual contactamos no nosso trabalho quotidiano).

4 Para sabermos como actuar face a esta necessidade, pesquisámos alguma fundamentação teórica sobre PHDA, cujo resumo exporemos de seguida. Após reunirmos mais informação sobre esta problemática, em especial ao nível das melhores estratégias educacionais a adoptar, produzimos jogos em Microsoft Office Excel, Microsoft Office Power Point e JClic. Com base nos jogos que realizámos, traçámos outro objectivo principal do nosso trabalho: -Aferir, em que medida este tipo de jogos proporciona momentos de aprendizagens em crianças com dificuldades de concentração e atenção. Para isso, introduzimos os jogos em sala de aula e seleccionámos uma amostra, que se baseou em dois casos de Perturbação de Hiperactividade e Défice de Atenção (PHDA). Posteriormente poder-se-ia aprofundar este estudo, por exemplo, aumentando a amostra e assim conseguir um resultado mais rigoroso e representativo. As observações/resultados obtidos estão presentes no final desta apresentação.

5 A PHDA é uma perturbação do desenvolvimento, sendo um dos principais diagnósticos quando uma pessoa apresenta: Défice de Atenção; Hiperactividade; Impulsividade. Numa criança com PHDA, estes sintomas devem-se manifestar antes dos 7 anos, sendo o limite os 9 anos. Esta perturbação é crónica e evolui ao longo da vida, afectando significativamente o desempenho académico, familiar, emocional, social e laboral. Geralmente a esta perturbação estão associadas outras (Síndrome de Tourette - tiques, Perturbação de Oposição e Desafio, entre outras). O que é a PHDA? Quais os principais sintomas? Estratégias educacionais O que a causa? Considerações finais Avaliação do estudo

6 não presta atenção aos pormenores ou comete erros por falta de cuidado; tem dificuldade em manter a atenção em tarefas ou actividades lúdicas; parece não ouvir quando se lhe dirige a palavra; não segue as instruções e/ou não completa as actividades escolares e/ou tarefas domésticas. tem dificuldade em organizar as suas tarefas e actividades; evita, manifesta desagrado e/ou recusa realizar tarefas escolares ou domésticas que exijam esforço mental permanente; perde objectos necessários para cumprir tarefas (livros, cadernos, canetas, brinquedos…); distrai-se com estímulos irrelevantes; esquece-se das actividades diárias. Défice de atenção: A pessoa frequentemente, O que é a PHDA? Quais os principais sintomas? Estratégias educacionais O que a causa? Considerações finais Avaliação do estudo

7 Impulsividade: Hiperactividade Brinca ou mexe excessivamente os dedos, mãos ou pés e/ou move-se na cadeira; Levanta-se da cadeira, na sala de aula ou em situações que se espera que esteja sentado; Corre e/ou trepa excessivamente em situações desapropriadas; Tem dificuldade em participar ou desfrutar de actividades de descanso e ócio; Actua como se estivesse impulsionado por um motor; Fala excessivamente; Começa a responder ou a falar antes que a pergunta tenha terminado; Tem dificuldade em esperar pela sua vez em jogos ou conversas; Interrompe ou intromete-se nas actividades dos outros. O que é a PHDA? Quais os principais sintomas? Estratégias educacionais O que a causa? Considerações finais Avaliação do estudo

8 É uma perturbação neurobiológica transmitida, em grande medida geneticamente. Há uma alta probabilidade de uma pessoa com PHDA também ter filhos com PHDA. No entanto, há que ter em atenção que aos factores genéticos também se podem associar factores ambientais. A teoria mais aceite é de que, num cérebro de uma pessoa com PHDA, a zona responsável pela atenção e capacidade de antecipar consequências e organizar tarefas (lobos pré-frontais) não funciona bem, porque há uma relativa diminuição de Dopamina (substância que as células desta zona do cérebro utilizam para comunicar). O que é a PHDA? Quais os principais sintomas? Estratégias educacionais O que a causa? Considerações finais Avaliação do estudo

9 Ambiente tranquilo com turma reduzida; Apoio educativo individualizado ou eventual apoio da educação especial; Evitar fontes de distracção; Estabelecer regras de funcionamento na sala de aula, regularmente recordadas; Estabelecer planos diários de actividades adaptados às características atencionais e comportamentais das crianças; Associar tarefas que impliquem alguma actividade motora; Sempre que possível utilizar estímulos visuais, tendo em atenção que não devem ser usadas cores demasiado fortes; O que é a PHDA? Quais os principais sintomas? Estratégias educacionais O que a causa? Considerações finais Avaliação do estudo

10 As instruções devem ser curtas e frequentemente recordadas; Apoio na organização do pensamento; Evitar confrontação ou crítica frequente; Reforço positivo; Incentivo à participação; Evitar situações em que a criança terá dificuldade em controlar-se; Trabalhos de casa com plano organizado e, sempre que possível, com apoio dos pais. Utilizar meios dinâmicos para apresentar as tarefas. A investigação tem demonstrado que (…) implicar a novidade nos materiais e métodos utilizados, melhora a capacidade de resposta da criança com PHDA (Rodrigues, 2005, p. 12) O que é a PHDA? Quais os principais sintomas? Estratégias educacionais O que a causa? Considerações finais Avaliação do estudo

11 Os casos estudados surgiram em turmas diferentes. Numa das turmas comparámos a reacção ao jogo entre uma criança com PHDA e uma criança sem PHDA. (ver grelha 1) Noutra turma, comparámos o comportamento de uma criança com PHDA, na sala de aula, sem a utilização dos jogos com o seu comportamento na utilização destes. (ver grelha 2) O que é a PHDA? Quais os principais sintomas? Estratégias educacionais O que a causa? Considerações finais Avaliação do estudo

12 Grelha 1 Aluno com PHDAAluno sem PHDA Jogos no Excel Rimas Mais dificuldade, mas à medida que se inteirava do jogo, ficava com mais facilidade. Muito entusiasmado Muito entusiasmado. Alguns erros a escrever. Multiplicações Com dificuldadeCom facilidade Pateta Falhou uma questãoAcertou em todas Sólidos Geométricos Alguma dificuldadeCom facilidade Jogos no JClic Imagens Frutos Tempo – 67s Tentativas – 17 Tempo – 41s Tentativas – 15 Imagens dos Animais Tempo – 49s Tentativas – 20 Tempo – 40s Tentativas - 12 Operações Verde e AmareloAmareloVerde e AmareloAmarelo Tempo – 88s Tentativas – 6 Tempo – 82 Tentativas - 12 Tempo – 29 Tentativas - 12 Tempo – 44 Tentativas - 9 Rimas Azul Azul e Amarelo Azul Azul e Amarelo Tempo 61s Tentativas - 12 Tempo – 26s Tentativas 6 Tempo – 31s Tentativas - 9 Tempo – 27s Tentativas - 6 PowerPoint PatetaConseguiu fazer o jogo completo Jogo das Figuras GeométricasConseguiu resolver com facilidade

13 Aluno com PHDA Com utilização dos jogos Aluno com PHDA Sem a utilização de jogos Reacção perante a proposta de trabalho Aceitou prontamente a realização dos jogos e demonstrou muita interesse. Recusou a realização de fichas. Necessidade de o professor chamar a atenção para a realização das actividades O aluno esteve concentrado na actividade e o professor não o teve de chamar à atenção. O aluno é que chamava o professor, para o ajudar quando tinha alguma dúvida. O professor tinha de chamar frequentemente o aluno à atenção, pois distraia-se muito facilmente. Comportamento geral O aluno ficou sempre sentado, não perturbando os colegas. Mais calmo e empenhado do que o habitual. Obs.: Os jogos despertaram tanto a atenção, que os colegas ao seu lado também queriam experimentar. O aluno levantava-se constantemente e estava sempre a falar com os colegas. Grelha 2

14 De facto, com os jogos em formato digital, os níveis de concentração e atenção foram muito mais elevados do que na realização de outras actividades. Mas esta questão também incide no factor motivação. Os jogos, pelo seu carácter lúdico e interactivo, tornam-se muito mais atractivos. O que é a PHDA? Quais os principais sintomas? Estratégias educacionais O que a causa? Considerações finais Avaliação do estudo

15 Para trabalhar com crianças com PHDA, o professor deve ter consciência que esta é uma dificuldade ou problema que deve ser explorado e muito trabalhado. Este trabalho envolve aluno, professores e encarregados de educação. É importante todos os elementos terem consciência que devem ser responsáveis para enfrentar este problema. O jogo revela ser um forte incentivo à aprendizagem. No entanto, para promover aprendizagens significativas, tem que estar contextualizado, para a sua utilização ter sentido quer para o professor, quer para o aluno. O que é a PHDA? Quais os principais sintomas? Estratégias educacionais O que a causa? Considerações finais Avaliação do estudo

16 O que é a PHDA? Quais os principais sintomas? Estratégias educacionais O que a causa? Considerações finais Avaliação do estudo Avaliação global da utilização dos jogos O aluno fica sempre a saber quando erra ou acerta. Quando acerta, apresenta uma mensagem que consiste num reforço positivo. Quando erra, dá sempre a hipótese de o aluno voltar a tentar até conseguir, ficando a saber qual a resposta correcta. Nos jogos é mais fácil utilizar imagens e outros recursos, como efeitos sonoros, que despertam a atenção. Constitui um recurso mais ecológico.

17 As ferramentas que utilizámos apresentam vantagens e desvantagens: O Excel permite criar inúmeros jogos, acrescendo a vantagem de as fórmulas, utilizadas na criação de um jogo, poderem ser adaptadas a novos jogos. Porém, de início pode ser um pouco confuso para o professor. O JClic é um programa simples de utilizar, que permite a criação de diferentes tipos de jogos. Para além disso, cria um relatório do trabalho da criança, não sendo obrigatório o professor observar directamente para analisar os resultados. Esta questão é importante e muito oportuna quando se trabalha com turmas numerosas. O PowerPoint possibilita a realização de jogos apelativos, porém, torna-se menos positivo, quando queremos produzir jogos com um nível de complexidade gradual, não sendo possível trabalhar com diversas variáveis. O que é a PHDA? Quais os principais sintomas? Estratégias educacionais O que a causa? Considerações finais Avaliação do estudo

18 Publicação do nosso trabalho num Blog Uma vez que, consideramos ser importante partilhar este trabalho com outras pessoas e tendo em conta que um blog constitui um instrumento de partilha gratuita, fácil e em grande escala, decidimos criar um blog para publicar este trabalho. Este blog constitui assim, mais uma forma de utilizar as tecnologias no âmbito da educação, pois permite a muitos profissionais, que até podem estar do outro lado do mundo, aceder aos recursos criados, podendo mesmo, incentivar estas pessoas a criar materiais semelhantes a estes. Para complementar estas vantagens, está ainda o facto de num blog ser possível comentar e trocar opiniões, que podem ajudar a modificar positivamente práticas de ensino. A realização deste blog constituiu um desafio para nós, uma vez que, nunca tínhamos criado nenhum. O modo de introduzir no blog os jogos em html (realizados no JClic) e ainda os restantes (em Excel e PowerPoint) também foi um desafio difícil que, após muito esforço, conseguimos ultrapassar. O que é a PHDA? Quais os principais sintomas? Estratégias educacionais O que a causa? Considerações finais Avaliação do estudo

19 Ao concluir o módulo de TIC, com facilidade reforçamos a ideia de que um professor nunca se deve acomodar. Deve estar em constante actualização e procurar transformar o produto das suas aprendizagens em aprendizagens significativas para as crianças. O facto de termos realizado este trabalho em grupo, permitiu- nos efectuar mais aprendizagens, através da partilha de conhecimentos e ideias. Isto releva mais uma vez para a importância do trabalho em grupo e da reflexão entre professores. Com este trabalho aprendemos a explorar diferentes ferramentas que em muito podem auxiliar a nossa acção. Através do jogo, conseguimos captar a atenção de crianças com PHDA. Só por conseguir que a criança mostre interesse e se empenhe em concluir o jogo, já é positivo. Depois depende do professor permitir que o conteúdo do jogo o torne num momento de aprendizagem para o aluno. O que é a PHDA? Quais os principais sintomas? Estratégias educacionais O que a causa? Considerações finais Avaliação do estudo

20 Após análise dos trabalhos dos colegas pudemos verificar quão positivo se tornou a diversidade de trabalhos apresentados: _ Utilização de jogos em PPT e Excel para trabalhar com crianças com Trissomia 21; _ Exploração do Excel como folha de cálculo para auxiliar nos momentos de avaliação. Mas, como o grupo da Sílvia mencionou, nunca esquecer que o professor não se pode cingir aos números que a mesma apresenta. Deve também ele ser um analista de todo o percurso do aluno no decorrer das aulas. _ Produção de um blog para expor determinado assunto e interagir com outras pessoas. Esta questão é pertinente, pois através destas interacções resultam diferentes opiniões, diferentes respostas que tornam mais rica a docência. Até pelo simples facto de se conhecerem casos pouco frequentes e que deixam os professores mais inquietos face ao trabalho que devem desenvolver. O que é a PHDA? Quais os principais sintomas? Estratégias educacionais O que a causa? Considerações finais Avaliação do estudo

21 Bibliografia Para fundamentarmos teoricamente o nosso trabalho pesquisámos em: Antunes, N. (2009). Mal-entendidos. Lisboa, Verso da Kapa Araujo, M. e Silva, S. (2003). Comportamentos indicativos do transtorno de déficit de atenção e hiperactividade em crianças: alerta para pais e professores. [Em linha]. Disponível em [Consultado em 25/09/2009] Desordem por Défice de Atenção. [Em linha]. Disponível em [Consultado em 25/09/2009].http://ddah.planetaclix.pt Rodrigues, A. (2005). Hiperactividade e Défice de Atenção – Compreender e Intervir na Escola e na Família. [Em linha]. Disponível em [Consultado em 04/10/2009]http://www.scribd.com/doc/ /HiperactividadeCADIN Scandar, R. (2007). Inquietos, distraídos, diferentes? – Orientações e conselhos para pais, educadores e professores de crianças com défice de atenção e hiperactividade. Editorial EDIBA SRL.

22 Obrigada pela atenção! Elaborado por: Ana Maria de Sousa Almeida Diana Alexandra Morais Carreira Joana Sofia Luís Penas Universidade Fernando Pessoa Pós Graduação e Formação Especializada em Educação Especial no Domínio Emocional e da Personalidade.


Carregar ppt "As TIC no desenvolvimento de jogos para trabalhar a Perturbação de Hiperactividade e Défice de Atenção (PHDA) Universidade Fernando Pessoa Pós Graduação."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google