A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PEDRO AJUDA + VICTOR PALMINHA ESCOLA,2,3, D. FRANCISCO MANUEL DE MELO AMADORA - LISBOA 7º + 8º + 9º ANO MARCIANOS + SUN FLASH 5 + 2.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PEDRO AJUDA + VICTOR PALMINHA ESCOLA,2,3, D. FRANCISCO MANUEL DE MELO AMADORA - LISBOA 7º + 8º + 9º ANO MARCIANOS + SUN FLASH 5 + 2."— Transcrição da apresentação:

1 PEDRO AJUDA + VICTOR PALMINHA ESCOLA,2,3, D. FRANCISCO MANUEL DE MELO AMADORA - LISBOA 7º + 8º + 9º ANO MARCIANOS + SUN FLASH 5 + 2

2 Escolha de alguns materiais reciclados a utilizar no chassis/carroce- ria, na transmissão e respectiva colocação.

3 FINALMENTE OCHASSI! ESTUDO DO ESPAÇO DE CARGA! A NOVA CARROÇARIA E CHASSI, CONSTRUIDA COM A ESTRUTURA DAS TENDAS E DE PAPAGAIOS. O chassis, tipo roll cage, feito de varas de carbono e fibra de vidro, deu uma rigidez e uma leveza muito grandes a este protótipo. Respeitaram-se os espaços de carga exigidos pelo regulamento do concurso. As rodas estão suportadas por rolamentos de agulhas (transformadas) de leitura de discos rígidos

4 Desmontando uma torre dum computador. Precisamos deste Braço para apoio das rodas da frente. Rapidamente descobriram a técnica mais adequada. Encontrámos rolamentos e muitas outras peças!

5 Temos de escolher dentes iguais e diâmetros diferentes

6 OS ALUNOS FICARAM A CONHECER A ESTRUTURA E INTERLIGAÇÃO DOS COMPONENTES DOS EQUIPAMENTOS ELÉCTRICOS E ELECTRÓNICOS Rodas p/ carros e decoração. 2- Rolamentos ( p/ reduzir o atrito). 3- Rolamento de agulha p/ suporte da roda. 4- Motores eléctricos. 5- Fios condutores da electricidade 12345

7 Até já tinha-mos construído umas caixas redutoras, mas para este carro não serviam!

8 Foi muito difícil acertar a opção energética, com a obrigatoriedade de inclusão da célula de 2V a 500mA, pois estas alem de não serem muito boas de arrumar, estão esgotadas no mercado.

9 Tinha-mos já optado por células de 5V a 140mA que ligámos em paralelo de duas e depois em serie de sete, mais uma composta de duas de 2v a 5oomA e uma de 5V a 140mA de forma a obter um conjunto o mais semelhante possivel aos outros

10 Sabemos que para se ligar uma pilha de células elas terão de ser equilibradas, e pelas experiências que fizemos mesmo com mais células por vezes a corrente era mais fraca. Mesmo assim conseguimos uma fonte de energia com 10V e 1,3A, 13W, o que para o peso do nosso carro nos parece um bom resultado.

11 Na nossa escola temos 320 alunos inscritos no clube de Ciência e Tecnologias ( 5º,6º,7º,8º e 9ºanos), dos quais, 40 foram os mais assíduos, devido ao seu horário ser compatível com o do Clube, enquanto os restantes só esporadicamente tiveram possibilidade de participar nas actividades, pelo que foi necessária a formação de grupos de 4 alunos, os quais desenvolviam o projecto em casa e nas disciplinas de Formação Cívica (2º Ciclo), Área de Projecto, Educação Visual e Educação Tecnológica. Todos os alunos do clube tiveram de estudar um tema relacionado com a problemática do «Aquecimento Global» e das energias renováveis, temas esses que facilitaram a escolha dos alunos para representar a escola na corrida na pista Frei Gil.

12 Foi entregue aos alunos candidatos a representar a escola no RALI SOLAR,os sítios do Centro Ciência Viva, da spes, do LNEG, da Fundação EDP e Museu da Electricidade, Instituto EDP e fotocopiou-se do GUIA DA ENERGIA a matéria mais adequada ao nível escolar dos alunos. Foi feito um levantamento em todas as turmas (24) dos alunos com as capacidades mais adequadas a trabalhar/desenvolver os temas abordados no guia. Os alunos que apresentarem os trabalhos dentro do prazo estabelecido (9 de Maio)vão numa visita ao MUSEU DA ELECTRICIDADE no dia 14 de Maio.

13 GRAÇAS AO TRABALHO DE TODOS OS ALUNOS DO CLUBE DE CIÊNCIA E TECNOLOGIAS, FOI POSSÍVEL ENCONTRAR AS PEÇAS MAIS ADEQUADAS PARA CONSTRUIR O PROTÓTIPO. COMO SE PODE VERIFICAR UTILIZOU-SE RESTOS DE MATERIAIS E COMPONENTES DOS EQUIPAMENTOS, APRENDENDO OS ALUNOS A AVALIAR AS CARACTERÍSTICAS DESTES MATERIAIS. PARA AUMENTAR A CULTURA TÉCNICA DOS ALUNOS,PROCUROU-SE DESENVOL-VER UMA ESTRUTURA COM MECANISMOS,O QUE PERMITE AOS ALUNOS APERCEBEREM-SE DA IMPORTÂNCIA DA INTERLIGAÇÃO DOS VÁRIOS COMPONENTES. COM ESTA SOLUÇÃO CHAMÁMOS A ATENÇÃO PARA O AUMENTO DA MASSA DO CARRO,PELO QUE, SERIA NECESSÁRIO UMA DESMULTIPLICAÇÃO MAIS CUIDADA.

14 A produção do nosso carro será possivel se se reciclarem os materiais devidos, normalizando os mesmos. Algumas peças a exemplo das caixa redutoras que já fabricamos para outras escolas, poderão ser feitas em serie. Os nossos projectos têm sido divugados pelas escolas da nossa zona e não só., colaboramos com o Centro de Ciência Viva e outras instituições. Damos apoio técnico e logístico a nuitas escolas do país que nos contactam quer por mail quer pessoalmente.

15 Foram feitas aprendizagens ao nivel da utilização de ferramentas, conceitos básicos de electricidade, aplicação da matemática e desenho técnico, assim como aplicação da física como ciência à práctica, por emplo ocáclo de alavancas, momentos de força, desmultiplicação/multiplicação – (trabalho) Associando este projecto eo nosso clube de Ciência e Tecnologia, estamos participantes nas Eco Escolas e noutros eventos relacionados com a perservação do Planeta, contribuindo assim para um enriquecimento curricular da comunidade escolar.

16 FINALMENTE TODOS OS ALUNOS DO CLUBE VÃO APRECIAR O NOVO CARRO SOLAR, O Sun Flash! VOU MELHORAR AS NOTAS PARA SER PILOTO DESTE CARRÃO NO AMADORAEDUCA OS PILOTOS PARA O RALISOLAR SÃO O JOSÉ DO 9ºC E OS OUTROS DEPENDE DA AVALIAÇÃO DO TRABALHO DESENVOLVIDO AO LONGO DO ANO NO CLUBE DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA!

17 O novo Sun Flash para o 1º RALI SOLAR, organizado pelo Centro Ciência Viva, em parceria com a SPES- Sociedade Portuguesa de Energia Solar E FUNDAÇÃO EDP.

18 DIVULGAÇÃO O protótipo vai ser apresentado em primeiro lugar no nosso agrupamento de escolas, depois será apresentado a outras escolas e entidades públicas e privadas, como tem sido habitual (temos recebido convites) e está documentado nas seguintes imagens: ESC. SECUNDÁRIA LOPES GRAÇA- PAREDE Esc.do 2º e 3º ciclo d. Dinis ESCOLAS DO GRUOPO GPS

19 DIVULGAÇÃO Dra. ROSÁLIA VARGAS Eng, DAVID LOUREIRO ALUNA LINA FROLOVA NA NOSSA ESCOLA

20 OS PROTÓTIPOS CONTINUAM A SER SOLICITADOS EM ESCOLAS E OUTRAS ENTIDADES PÚBLICAS E PRIVADAS.RECEBEMOS TAMBEM VISITAS DE ALUNOS AO CLUBE DE C&T.

21 OUTRAS APRESENTAÇÕES IST CAMPUS TAGUSPARK IST, APRENDEMOS-CARRO A HIDROGÉNIO APRESENTÁMOS A ALUNOS E PROF. MINISTRO EDuc. REINO UNIDO-INDIE TAGUSPARK NATAL NA EUROPA-C. INF.EUROPEIA

22 FIM DA APRESENTAÇÃO Auditório da C. M. AMADORA – alunos da esc.Francisco M.Melo e da esc. Roque Gameiro.


Carregar ppt "PEDRO AJUDA + VICTOR PALMINHA ESCOLA,2,3, D. FRANCISCO MANUEL DE MELO AMADORA - LISBOA 7º + 8º + 9º ANO MARCIANOS + SUN FLASH 5 + 2."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google