A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

C ARREIRA, L IDERANÇA E T RABALHO EM E QUIPE Quem Mexeu No Meu Queijo? Spencer Johnson Élson Rattes George Bomfim Paulo Cruz.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "C ARREIRA, L IDERANÇA E T RABALHO EM E QUIPE Quem Mexeu No Meu Queijo? Spencer Johnson Élson Rattes George Bomfim Paulo Cruz."— Transcrição da apresentação:

1 C ARREIRA, L IDERANÇA E T RABALHO EM E QUIPE Quem Mexeu No Meu Queijo? Spencer Johnson Élson Rattes George Bomfim Paulo Cruz

2 O L IVRO Prefácio O Encontro A História Conclusão

3 A H ISTÓRIA O Cenário O Labirinto O Objetivo O Queijo Os Personagens Os Ratos (Sniff & Scurry) Os Homens (Hem & Haw)

4 O Reencontro O Aprendizado

5 A MBIENTE DE C RESCIMENTO É no ambiente corporativo onde ocorre o desenvolvimento e crescimento profissional, onde buscamos a realização de objetivos e como nas demais áreas da vida humana ocorrer mudanças rápidas e de forma abruptas que a vida traz.

6 M UDANÇAS O mundo corporativo está em constante mudança e está preparado para enfrenta-las é questão de sobrevivência profissional. A primeira reação com relação a mudanças é a rejeição, porém estas são oportunidades de reavaliar objetivos e novos caminhos a serem seguidos não de comodismo.

7 ROTINA Caminhar conhecendo o caminho é fácil e gera conforto, sair da zona de conforto gera insegurança. Saborear o novo gera receio. O medo paralisa e acomoda. Perceber o sentimento e a necessidade de buscar novos caminhos novos queijos, que podemos nos realizar.

8 NÃO DESISTIR DE BUSCAR NOVOS DESAFIOS Procurar entender e vencer os obstáculos do novo caminho. Não aguardar seus objetivos retornarem. Lamentações e comodismo não nos fazem crescer mesmo quando não alcançamos nossos objetivos a inércia não produz crescimento. Insistir no alcance dos objetivos ter atitude positiva.

9 A INÉRCIA PARALISA Visualizar mudança como oportunidades de crescimento, não valorizar as perdas para perceber os ganhos com os novos objetivos. Encarar mudanças com positivismo. Não desanimar com os que desistem e ou não aceitam as mudanças.

10 SÍNDROME DE G ABRIELA Não cultivar a síndrome de Gabriela Eu nasci assim, eu morri assim No universo coorporativo não há tolerância com os que não se permitem mudar, reinventar. Perceber a necessidade de buscar novos horizontes. É imprescindível a adaptação as mudanças de forma rápida e inteligente que significa sobrevivência coorporativa.

11 CONCLUSÃO O livro retrata a vida, suas mudanças e os objetivos que muitos buscam e como as pessoas normalmente se portam diante das mudanças traiçoeiras e nada premeditada que a vida traz. Seja no emprego, na família e em relacionamentos pessoais, precisamos saber encarar os desafios para que possamos buscar de forma incessante os objetivos, os quais desejamos atingir. O ser humano tem que está preparado para as mudanças inesperadas e indesejadas, pois não acomodar-se diante das situações


Carregar ppt "C ARREIRA, L IDERANÇA E T RABALHO EM E QUIPE Quem Mexeu No Meu Queijo? Spencer Johnson Élson Rattes George Bomfim Paulo Cruz."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google