A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Aula 2. Três Segredos: Velocidade; Simplicidade e Autoconfiança A burocracia é aterrorizada pela velocidade e odeia a simplicidade.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Aula 2. Três Segredos: Velocidade; Simplicidade e Autoconfiança A burocracia é aterrorizada pela velocidade e odeia a simplicidade."— Transcrição da apresentação:

1 Aula 2

2 Três Segredos: Velocidade; Simplicidade e Autoconfiança A burocracia é aterrorizada pela velocidade e odeia a simplicidade

3 Problemas 1.7 Determine a tensão tangencial média sobre o fundo de uma galeria de águas pluviais de 1,0m de diâmetro, escoando um certa vazão em regime permanente e uniforme, a meia seção, isto é, com uma altura de dágua igual a 0,5m, com declividade de fundo igual a I 0 = 0,001m/m. Observe que, pela definição de raio hidráulico, a linha dágua em contato com a atmosfera não faz parte do perímetro molhado e que, se o escoamento é permanente e uniforme, a perda de carga unitária J(m/m) é igual à declividade do fundo I 0 (m/m) 1,0

4 Escoamento permanente e uniforme a velocidade é a mesma em qualquer ponto, a qualquer instante declividade do fundo é igual a perda de carga unitária (I 0 = J). Eq. 1.25:

5 Problemas 1.8 Em um ensaio de laboratório, uma tubulação de aço galvanizado com 50mm de diâmetro possui duas tomadas de pressão situadas a 15m de distância uma da outra e tendo uma diferença de cotas geométricas de 1,0m. Quando a água escoa no sentido ascendente, tendo uma velocidade média de 2,1m/s, um manômetro diferencial ligado às duas tomadas de pressão e contendo mercúrio acusa uma diferença manométrica de 0,15m. Calcule o fator de atrito da tubulação e a velocidade de atrito. Dados: densidade do mercúrio 13,6.

6 1,0 h Hg =0,15 1 2 Bernoulli/Energia entre 1 e 2 L=15m Manômetro

7 Usando a Fórmula Universal (ou de Darcy-Weisbach)

8 Problemas 1.14 A Figura a seguir mostra um sistema de bombeamento de água do reservatório R 1 para o reservatório R 2, através de uma tubulação de diâmetro igual a 0,40m pela qual escoa um vazão de 150 l/s com uma perda de carga unitária J=0,0055m/m. As distâncias R 1 B 1 e B 1 R 2 medem, respectivamente, 18,5m e 1800m. A bomba B 1 tem potência igual a 50cv e rendimento de 80%. Com os dados da figura, determine: a)A que distância de B 1 deverá ser instalada B 2 para que a carga de pressão na entrada de B 2 seja igual a 2mH 2 O? b)Qual potência da bomba B 2, se o rendimento é de 80%, e a carga de pressão logo após a bomba? Despreze, nos dois itens, a carga cinética na tubulação!!.

9 Datum Z1Z1 Z2Z2 Linha Pezométrica Linha Energia(Carga) Linhas de Energia e Linha Piezométrica em escoamento permanente

10 B1B1 B2B2 -2,0m 15,0m 22,0m R1R1 R2R2 0,0m

11 a) Bernoulli entre R 1 e B 2 (a montante de B 2 ):

12 b) Bernoulli entre B2 (a montante de B2) e R2:

13 Adutora do Feijão - BA - 1993 DN 700 - 70.000m de tubos K7 Tabuleiros de Russas - DNOCS - CE - 1997/1998 DN 300 a 600 - 42.888m de tubos K7 Adutora do Baixo Acaraú - DNOCS - CE - 1999 DN 400 a 900 - 45.868 de tubos K7 Adutora do Oeste - DNOCS - PE - 1992/1997 DN 75 a 700 - 439.776m de tubos K7 e K9 Adutora de Jucazinho - PE - 1999 DN 75 a 500 - 188.239m de tubos K7 e K9 Paranasan - SANEPAR - PR - 2000 DN 250 a 1200 - 52.200m de tubos K7 Despoluição da Baía de Guanabara - CEDAE - RJ - 1994 DN 400/500/600/800/1000 - 42.000m de tubos K9 http://www.saint-gobain-canalizacao.com.br/

14 Adutora Jardim Seridó - SERHID - RN - 1998 DN 75 e 200 - 40.566m de tubos K9 Adutora Médio Oeste - SERHID - RN - 1998/1999 DN 75 a 300 - 158.740 m de tubos K7 e K9 Adutora Mossoró - SERHID - RN - 1998/1999 DN 200 a 600 - 111.275m de tubos K7 e K9 Adutora Serra de Santana - - SERHID - RN - 1998/1999 DN 75 a 350 - 224.422m de tubos K7 e K9 Adutora Trairi II - SERHID - RN - 1998/1999 DN 100 a 300 - 233.793m de tubos K7 e K9 Adutora Caicó e Jd. Piranhas - RN - 1999 DN 350 - 32.928m de tubos K7 Adutora do São Francisco (1a etapa) - SE - 1998 DN 200/250/1000/2000 - 13.695m de tubos K7 e K9 http://www.saint-gobain-canalizacao.com.br/

15 Adutora do São Francisco (2a etapa) - SE - 1999/2000 DN 50/150/1200 - 18.003m de tubos K7 e K9 Adutora Água Tratada - SABESP - Taubaté - SP - 1998 DN 500 - 14.500m de tubos K7 Adutora de Água Bruta - SEMAE de Piracicaba - SP - 1998 DN 700 - 5.400m de tubos K7 Adutora Paraíba - ETA II - SABESP - Taubaté - SP - 1998/1999 DN 1000 - 8.400m de tubos K7 Adutora Água Bruta - SABESP - Hortolândia - SP - 1998/1999/2000 DN 900 e 1200 - 19.500m de tubos K7 Adutora Hortolândia - SABESP - SP - 1998/1999/2000 DN 350/400/500 - 32.600m de tubos K7 http://www.saint-gobain-canalizacao.com.br/

16 SEJA SIMPLES, CONSISTENTE E DIVULGUE SUA MENSAGEM!!!!


Carregar ppt "Aula 2. Três Segredos: Velocidade; Simplicidade e Autoconfiança A burocracia é aterrorizada pela velocidade e odeia a simplicidade."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google