A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O VALOR DO TRABALHO EM EQUIPE O VALOR E A IMPORTÂNCIA DA DISCIPLINA O COMPROMISSO E A RESPONSABILIDADE.

Cópias: 1
O VALOR DO TRABALHO EM EQUIPE O VALOR E A IMPORTÂNCIA DA DISCIPLINA O COMPROMISSO E A RESPONSABILIDADE.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O VALOR DO TRABALHO EM EQUIPE O VALOR E A IMPORTÂNCIA DA DISCIPLINA O COMPROMISSO E A RESPONSABILIDADE."— Transcrição da apresentação:

1 O VALOR DO TRABALHO EM EQUIPE O VALOR E A IMPORTÂNCIA DA DISCIPLINA O COMPROMISSO E A RESPONSABILIDADE

2 A disciplina é uma virtude desde que seja natural e espontânea, fruto de resolução pessoal, derivada da razão e do sentimento. Fora desta condição degenera, deixando de corresponder à finalidade moral que dela é lícito esperar-se. VINÍCIUS Trabalho de João Gonçalves Filho A Importância da Disciplina

3 Se os nossos irmãos conseguissem de fato estabelecer sobre si mesmos os desejáveis golpes de disciplina, muito ganhariam em força contra a influenciação dos infelizes que os seguem; lamentavelmente, no entanto, são raros os que mantêm a necessária resolução, no terreno da aplicação viva da luz que recebem. A maioria, rompido o nosso círculo magnético, organizado no curso de cada reunião, esquece as bênçãos recebidas e volta-se, novamente, para as mesmas condições deploráveis de horas antes, subjugada pelos vampiros renitentes e cruéis. André Luiz A Importância da Disciplina

4 Capitulo XII – Livro Estudando a Mediunidade de Martins Peralva, faz uma analise do Livro – Nos Domínios da Mediunidade de André Luiz. Pág Pontualidade A Importância da Disciplina

5 O Valor do Trabalho em Equipe

6 GRUPO É um conjunto de pessoas praticando atividades comuns, com objetivos idênticos, porém individualizados.

7 EQUIPE É um conjunto de pessoas que oferecem suas competências e conjugam seus esforços para fazerem coisas que são da responsabilidade de todos, visando obter resultados comum através da interatividade.

8 TRABALHO EM EQUIPE O trabalho em equipe é um processo baseado em princípios e valores que estão claramente definidos e entendidos. O verdadeiro trabalho em equipe é um processo contínuo interativo de um grupo de pessoas aprendendo, crescendo e trabalhando interdependentemente para alcançar metas e objetivos específicos no suporte a uma missão comum.

9 FATORES QUE INFLUENCIAM UM GRUPO A TORNAR-SE OU NÃO UMA EQUIPE FATORES QUE INFLUENCIAM UM GRUPO A TORNAR-SE OU NÃO UMA EQUIPE Imagem Externa Fatores/Cultura Do Centro Estilos Gerenciais Administração Valores Interesse Formação Caráter Aptidões Experiências Atitudes Percepções Comportamentos Idade História Tamanho Objetivos Sinergia Percepções Mútuas INDIVÍDUO AMBIENTE GRUPO

10 ORIENTAÇÕES QUE AJUDAM A CONSTRUIR UMA EQUIPE ORIENTAÇÕES QUE AJUDAM A CONSTRUIR UMA EQUIPE Prepare-se estudando, lendo, trocando informações. Utilize uma agenda e saiba dar prioridade, em nível de importância e urgência, as suas atividades diárias. Concentre-se no que é essencial e faça o que é mais Importante. Reúna sistematicamente sua equipe. Repasse todas as informações importantes. Edifique seus colaboradores, dando reconhecimento positivo de forma sincera.

11 continuação Crie com sua equipe uma forma de reforço. Valorize todos e todas as etapas de um trabalho. Crie um sistema de rodízio de tarefas. Desperte a motivação da sua equipe. Crie espaço para que as pessoas possam se expressar. Pratique a delegação. Aprenda a dar feedback de forma adequada. ORIENTAÇÕES QUE AJUDAM A CONSTRUIR UMA EQUIPE ORIENTAÇÕES QUE AJUDAM A CONSTRUIR UMA EQUIPE

12 O QUE É ESPERADO DE CADA MEMBRO DA EQUIPE O QUE É ESPERADO DE CADA MEMBRO DA EQUIPE Compreender realisticamente o papel e a responsabilidade de cada um. Somente julgar baseando-se em fatos. Colaborar com os outros membros da equipe. Priorizar o objetivo da equipe acima dos pessoais. Fazer o esforço necessário para a realização do grupo. Compartilhar informações abertamente. Demonstrar padrões altos de excelência. Apoiar decisões do grupo. Responder construtivamente ao feedback dos outros. Ter um senso de autocrítica.

13 O QUE UMA EQUIPE ESPERA DE SEU LÍDER O QUE UMA EQUIPE ESPERA DE SEU LÍDER Mostrar comprometimento pessoal perante o objetivo da equipe. Ser justo e imparcial com os membros da equipe. Estar disponível para enfrentar e resolver assuntos associados com o desempenho de alguns membros. Estar aberto a novas idéias dos membros da equipe. Não enfraquecer esforços da equipe com prioridades Excessivas. Não comprometer o objetivo da equipe com política.

14 Manter o objetivo, metas, e abordagens relevantes e significativas. Formar comprometimento e confiança. Fortalecer o grupo e o nível das habilidades. Administrar relacionamentos, incluindo remoção de obstáculos. Criar oportunidades para o grupo. Fazer um trabalho real que agregue valor. O QUE UMA EQUIPE ESPERA DE SEU LÍDER O QUE UMA EQUIPE ESPERA DE SEU LÍDER

15 FORMAS DE DAR FEEDBACK FORMA REAÇÕES PROVÁVEIS RESULTADOS Verdade com ódio Mentira com amor Mentira com ódio Verdade com amor. Agressividade. Descrédito. Aprovação. Desconfiança. Agressividade. Fuga. Aceitação. Surpresa. Revide. Raiva. Conflito. Estagnação. Permanência. Reforço do comportamento. Mágoa. Inimizade. Mudança. Crescimento

16 A excelência da equipe Para se conseguir a excelência no trabalho, é preciso considerar as quatro dimensões da experiência humana: A dimensão intelectual, que almeja a Verdade A dimensão estética, que almeja a Beleza A dimensão moral, que almeja a Bondade A dimensão espiritual, que almeja a Unidade

17 O Compromisso e a Responsabilidade Social

18 A Modernidade GIDDENS Anthony, As conseqüências da modernidade, p. 65

19 Um admirável mundo novo! Explosão tecnológica Comunicação instantânea Globalização Competitividade Oportunidades Automação da sociedade Progresso Mercadoria Produção & Consumo Fé na indústria e na tecnologia

20 Crises Econômicas Materialismo Poluição Corrupção Fome Crises Políticas Um admirável mundo novo?! Violência Crises Incertezas Desencantamento Tecnopólio

21 Um olhar sobre a modernidade... O perigo de nossa civilização. Pertencemos a uma época cuja civilização corre o perigo de ser destruída pelos meios da civilização. Nietzsche NIETZSCHE, Friedrich. Humano, demasiado humano: um livro para espíritos livres. São Paulo: Companhia das Letras, p. 272.

22 Um olhar sobre a modernidade...

23

24 Reflexão Crítica!

25 A tecnologia transformou-se no modus vivendi das sociedades modernas. Se nada parece impossível aos olhos da tecnologia, crescem os sentimentos de impotência diante dos impasses, da instabilidade e da precariedade das conquistas tecnológicas. A Tecnologia

26 A expansão tecnológica está colocando da humanidade como um todo em perigo e a civilização científico- tecnológica está diante da urgência em estabelecer limites – éticos – a essa expansão tecnológica. Efeitos inesperados da tecnologia

27 O PODER DO HOMEM EM 1 SÉCULO (Menos de 1 segundo no calendário cósmico) HOMO SAPIENS OU HOMO FABER? Efeitos Inesperados da Tecnologia

28 MITCHAM, Carl. Thinking trough technology: the path between engineering and philosophy. Chicago: The University of Chicago Press, p HEEMANN, Ademar. Tecnologia e ética. Curitiba, CEFET/PR, abr Aula ministrada no programa de Pós-Graduação em Tecnologia do PPGTE. Efeitos Inesperados da Tecnologia

29 Consumo privado passou de US$ 4,8 tri para US$ 20 tri de 1960 a Dos 6,3 bilhões de seres humanos, só 1,7 fazem parte da sociedade de consumo. O consumismo está esgotando os recursos naturais do planeta e os países mais desenvolvidos (EUA, Japão, Europa Ocidental, Canadá e Austrália) representam 15% da população mundial e consomem 61% do alumínio, 59% do cobre e 49% do aço. Se fosse possível elevar ao nível médio norte americano a qualidade de vida da população atual da Terra, seriam necessários os recursos naturais de mais dois planetas iguais a ela.. Fonte: Relatório Worldwatch. Folha de São Paulo, São Paulo, 10 jan p.A-8. O Consumismo Desenfreado

30 Esgotamento das reservas de matéria-prima UM SALDO SEM REPOSIÇÃO O Consumismo Desenfreado

31 Tendências e Conseqüências LEIS, Héctor Ricardo. A modernidade insustentável. Petrópolis, RJ; Vozes; Santa Catarina: UFSC, p.25. TENDÊNCIAS SOCIOECONÔMICASCONSEQÜÊNCIAS AMBIENTAIS Aumento da população Urbanização e Industrialização Mudanças no aproveitamento e uso da terra e seus recursos. Globalização da economia, a tecnologia e as comunicações. Pobreza Escassez de recursos naturais Mudanças climáticas globais Desflorestamento Desertificação Perda de biodiversidade Perda de diversidade cultural Contaminação e/ou degradação de ar, água potável, terras e mares.

32 SUPERPOPULAÇÃO NO PLANETA População atual: 6 bilhões. A previsão é que estabilize em torno de 9 bilhões depois de Os cientistas calculam que o planeta suporta uma população de 2 bilhões que possam viver com qualidade de vida razoável. Tendências e Conseqüências

33 O Dilema Ético! As conseqüências da tecnologia e da ciência, numa sociedade mundializada, têm alcance universal. A totalidade do planeta já estaria submetida aos processos tecnológicos. Necessidade de responsabilidade e, até mesmo, de um renascimento ético. Nenhuma moral em particular está em condições de responder ao problema da mundialização da economia e da técnica. Karl-Otto Apel

34 Ética éthos - costume ou hábito. êthos - morada, estância, residência, abrigo permanente. Caráter, índole natural, temperamento, conjunto de disposições físicas e psíquicas de uma pessoa. Características individuais que determinam quais as virtudes e quais os vícios uma pessoa é capaz de praticar. Éthos e êthos, articulam-se intrinsecamente: os hábitos e costumes (éthos) visam a tornar a moradia (êthos) um local habitável, bom e produtor de felicidade. Viver bem está relacionado com certos valores imprescindíveis e princípios que fundamentem as ações humanas.

35 É preciso um profundo reexame das principais premissas e valores de nossa cultura. Mas como fazê-lo num universo no qual já não se pode mais apelar às teleologias, aos poderes organizadores de um Deus universal ou da natureza vista como arquétipo de perfeição? (Capra). Só é possível um renascimento ético se a sociedade moderna abandonar os resquícios das éticas pensadas para a convivência de pequenos grupos e se situar numa perspectiva de um universalismo (Manfredo de Oliveira). Ética & Modernidade – Desafios.

36 Hans JONAS Um novo imperativo ético para a civilização tecnológica, que é agir de tal maneira que os efeitos de tua ação não sejam destruidores da futura possibilidade de vida humana. Importância das conseqüências de longo prazo das ações humanas. Uma nova natureza no agir, nova ética de responsabilidade a longo prazo, nova humildade.


Carregar ppt "O VALOR DO TRABALHO EM EQUIPE O VALOR E A IMPORTÂNCIA DA DISCIPLINA O COMPROMISSO E A RESPONSABILIDADE."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google