A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Universidade Federal do Vale do São Francisco Campus de Juazeiro Colegiado de Engenharia de Produção Localização das instalações de serviços (parte 1)

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Universidade Federal do Vale do São Francisco Campus de Juazeiro Colegiado de Engenharia de Produção Localização das instalações de serviços (parte 1)"— Transcrição da apresentação:

1 Universidade Federal do Vale do São Francisco Campus de Juazeiro Colegiado de Engenharia de Produção Localização das instalações de serviços (parte 1) Disciplina: Gestão de serviços Professor: Marcel de Gois Pinto

2 Conteúdo Considerações iniciais Representação geográfica Número de instalações Critérios de otimização Estimativa da demanda geográfica Técnicas para localização Instalação única / Centro de gravidade Um ponto de varejo Múltiplas localizações Outros critérios e idéias que quebram paradigmas

3 Localização das instalações É difícil pensar nas seguintes alternativas:

4 Localização das instalações É difícil pensar nas seguintes alternativas:

5 Localização das instalações É difícil pensar nas seguintes alternativas: Filme em inglês legendado Público: analfabeto de pai, mãe e parteira

6 Localização das instalações É difícil pensar nas seguintes alternativas: A localização de uma instalação de serviços influi diretamente no sucesso de suas atividades

7 Localização das instalações Uma boa localização proporciona:

8 Localização das instalações Uma boa localização proporciona: Selecionando locais que possuam boa resposta a mudanças econômicas, demográficas, culturais e competitivas. Para obter isso: Portfólio de localizações, escolha de locais com demanda quase inelástica FLEXIBILIDADE

9 Localização das instalações Uma boa localização proporciona: Criar barreiras artificiais à entrada de novos competidores a partir da localização Ser o primeiro a entrar e estabelecer-se Cria-se vínculo cultural com o local POSICIONAMENTO COMPETITIVO

10 Localização das instalações Uma boa localização proporciona: Capacidade de controlar a quantidade, a qualidade e o momento da demanda Especialmente útil em capacidades fixas Localizar-se próximo a grupos geradores de demanda GERENCIAMENTO DA DEMANDA

11 Localização das instalações Uma boa localização proporciona: Oferecer o mesmo serviço, muito padronizado, em muitas localizações e em local estritamente definido Pode ocorrer canibalização das vendas FOCALIZAÇÃO Existem diversos critérios para a seleção do local de uma instalação de serviço…

12 Localização das instalações Considerações para a seleção da localização

13 Localização das instalações Considerações para a seleção da localização Acesso Visibilidade Expansão Ambiente Governo Mão-de-obra

14 Localização das instalações Considerações para a seleção da localização Acesso Visibilidade Expansão Ambiente Governo Mão-de-obra Conveniente presença de rodovias, rampas de acesso Servido por transporte público Tráfego (volume que pode ajudar ou prejudicar) Estacionamento adequado

15 Localização das instalações Considerações para a seleção da localização Acesso Visibilidade Expansão Ambiente Governo Mão-de-obra Visto a partir da rua Sinalização da localização

16 Localização das instalações Considerações para a seleção da localização Acesso Visibilidade Expansão Ambiente Governo Mão-de-obra Espaço para expansão do negócio

17 Localização das instalações Considerações para a seleção da localização Acesso Visibilidade Expansão Ambiente Governo Mão-de-obra As imediações devem completar o serviço

18 Localização das instalações Considerações para a seleção da localização Acesso Visibilidade Expansão Ambiente Governo Mão-de-obra Restrições de zoneamento

19 Localização das instalações Considerações para a seleção da localização Acesso Visibilidade Expansão Ambiente Governo Mão-de-obra Habilidade disponível na região

20 Localização das instalações Considerações para a seleção da localização Acesso Visibilidade Expansão Ambiente Governo Mão-de-obra Tais critérios são qualitativos

21 Localização das instalações Categorias de fatores influenciadores nas decisões de localização Representação geográfica Número de instalações Critérios de otimização Variáveis dos critérios quantitativos

22 Localização das instalações Representação geográfica Localização no plano Y Destino j Yj Euclideana Origin i Metropolitana 0 Xi X j Yi X

23 Localização das instalações Representação geográficaNúmero de instalações Localizar uma única instalação é matematicamente simples Utilizar os mesmos métodos (ou adaptar) para as seguintes situações não garantem a otimização: Múltiplas instalações Capacidade variável Hierárquia de serviços

24 Localização das instalações Representação geográficaCritérios de otimização Setor públicoSetor privado Necessidades da sociedade Maximizar o benefício social Difícil consenso do indicador Distância percorrida (usual) Demanda criada pelo serviço ( ) Balancear custo de instalação, operação e de transporte Transporte pode ser do cliente ou do prestador Distância para o cliente pode ser uma barreira

25 Localização das instalações Representação geográficaCritérios de otimização Efeito dos critérios na localização Utilização (1) Distância per capita (2) Distância por visita (3) EX: médico geriátrico Cidade A Cidade B Cidade C * * * Idosos Posição central Maior população

26 Quebrando regras Antes de falar das técnicas quantitativas, vamos conhecer métodos criativos que podem ser de sucesso Aglomeração MKT de saturação Intermediários de MKT Transp. por telecom Impacto da internet

27 Quebrando regras Antes de falar das técnicas quantitativas, vamos conhecer métodos criativos que podem ser de sucesso Aglomeração MKT de saturação Intermediários de MKT Transp. por telecom Impacto da internet Ao consumidor isso trás facilidade de comparações (variedade) Pode gerar maior taxa de utilização da capacidade

28 Quebrando regras Antes de falar das técnicas quantitativas, vamos conhecer métodos criativos que podem ser de sucesso Aglomeração MKT de saturação Intermediários de MKT Transp. por telecom Impacto da internet Agrupar pontos de venda da mesma empresa em áreas urbanas ou de grande circulação Semeia a idéia de compra Pode haver canibalização das vendas

29 Quebrando regras Antes de falar das técnicas quantitativas, vamos conhecer métodos criativos que podem ser de sucesso Aglomeração MKT de saturação Intermediários de MKT Transp. por telecom Impacto da internet Utilização de um canal de distribuição Bancos que vendem cartões de várias bandeiras (VISA, Master…) Concesionárias que vendem financiamentos de bancos comerciais O problema da localização é minimizado

30 Quebrando regras Antes de falar das técnicas quantitativas, vamos conhecer métodos criativos que podem ser de sucesso Aglomeração MKT de saturação Intermediários de MKT Transp. por telecom Impacto da internet Saúde: telemetria do paciente Bancos: home banking E-commerce Teletrabalho

31 Quebrando regras Antes de falar das técnicas quantitativas, vamos conhecer métodos criativos que podem ser de sucesso Aglomeração MKT de saturação Intermediários de MKT Transp. por telecom Impacto da internet O local da empresa não importa tanto Seu local é um site na internet (e- commerce puro) – Amazon.com Alternativa da localização para varejistas reais – Americanas.com

32 Estimativa da demanda geográfica As técnicas quantitativas de localização partem da determinação da demanda geográfica Requer a escolha de uma área a ser dividida e um método para prever a demanda por cada uma das divisões Para isto, os censos são boas fontes de dados Vejamos as etapas:

33 Estimativa da demanda geográfica Definição da população-alvo Características que definem a população que se deseja atingir Exemplo: Família com um filho com menos de 5 anos e um dos pais empregados (serviço de saúde) Escolha de uma unidade de área Suficientemente grande: tamanho de amostra adequado Pequeno o suficiente: por conta da capacidade computacional Deve ser o menor possível, seguindo os critérios anteriores Exemplo: conjunto de quadras

34 Estimativa da demanda geográfica Estimativa da demanda Uso de estatísticas para prever a distribuição do público-alvo nos diversos conjuntos de quadras EX: Utilização de regressões Mapeamento da demanda geográfica Assinalar a demanda em um mapa mostrando as conveniências que localização EX: Podem ser adotadas tonalidades diferentes da mesma cor

35 Técnicas para localização Localização ao longo de uma linha Aluguel de de praia ao longo da ilha do Rodeadouro Objetivo: Minimizar a distância percorrida pelos clientes (média) Dado necessário: densidade de farofeiros ao longo da praia Análise matemática: w i – peso de cada localização i s – localização da loja x i – local de cada ponto i partindo da origem n – números de ponto de demanda

36 Técnicas para localização Localização ao longo de uma linha Derivando e igualando a 0, temos: Isto indica que o ponto de melhor localização, segundo os critérios adotados, é a mediana da demanda

37 Técnicas para localização Instalação única no plano Métrica metropolitana Pode ser resolvida a partir de métodos gráficos w i – peso de cada localização i s – localização da loja x i, y i – local de cada ponto i partindo da origem n – números de ponto de demanda

38 Técnicas para localização Instalação única no plano Métrica euclidiana Derivando em parciais, temos: w i – peso de cada localização i s – localização da loja x i, y i – local de cada ponto i partindo da origem n – números de ponto de demanda

39 Técnicas para localização Instalação única no plano Um par de equações que identifica a localização ótima Como dos dois lados da equação existem x e y, o cálculo é interativo, necessitando de uma solução inicial Pode ser utilizado o método do centro de gravidade para a solução inicial

40 Técnicas para localização Instalação única no plano Centro de gravidade Este método não garante a localização ótima (matematicamente) Pode ser utilizado para a solução inicial de um método interativo

41 Técnicas para localização Instalação de um ponto de vendas para varejo Objetivo: maximizar o lucro Método: Avaliar diversas possibilidades distintas Análise de Huff: utiliza o princípio da atração gravitacional A ij = atração da loja j por consumidores da área i S j = tamanho da loja (capacidade) T ij = tempo de viagem de i para j λ = parâmetro que reflete o efeito do tempo de deslocamento

42 Técnicas para localização Instalação de um ponto de vendas para varejo Considerando n diferentes lojas (concorrentes), a probabilidade da loja em questão ser escolhida é dada por: Probabilidade de um consumidor da área i visitar uma loja j, dadas n lojas

43 Técnicas para localização Instalação de um ponto de vendas para varejo O terceiro passo é realizar o cálculo do ganho esperado por consumidor em um ano para os produtos da classe k em uma dada loja j P ij = probabilidade dos consumidores i irem `a loja j C i = número de consumidores em i B ik = consumo médio annual de produtos k por consumidores da área i m = número de áreas estatísticas

44 Técnicas para localização Instalação de um ponto de vendas para varejo Por fim, calcula-se uma estimativa da fatia de mercado abocanhada pelas vendas em j de produtos k Um procedimento exaustivo é realizado para comparar diversas localidades, com diferentes capacidades possíveis, de modo que, ao final, ter-se-á um lista com muitas possibilidades

45 Na próxima aula… Exemplos de aplicação de cada uma destas técnicas quantitativas de localização Método de localização de um serviço com múltiplas instalações

46 Universidade Federal do Vale do São Francisco Campus de Juazeiro Colegiado de Engenharia de Produção Localização das instalações de serviços (parte 1) Disciplina: Gestão de serviços Professor: Marcel de Gois Pinto


Carregar ppt "Universidade Federal do Vale do São Francisco Campus de Juazeiro Colegiado de Engenharia de Produção Localização das instalações de serviços (parte 1)"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google