A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA Caline Oliveira. Definida como PAS > 140mmHg e PAD > 90mmHg durante um período sustentado São definidos três estágio PAS.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA Caline Oliveira. Definida como PAS > 140mmHg e PAD > 90mmHg durante um período sustentado São definidos três estágio PAS."— Transcrição da apresentação:

1 HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA Caline Oliveira

2 Definida como PAS > 140mmHg e PAD > 90mmHg durante um período sustentado São definidos três estágio PAS PAD Estagio – – 99 Estagio – Estagio 3 > 180 > 110

3 Doença silenciosa Hipertensão primária ou secundária Pode ser vista como três entidades: um sinal, um fator de visco e uma doença

4 Fatores de risco História familiar Idade Raça Sal Obesidade Diabetes Abuso de álcool Vida sedentária Cigarro

5 CONSEQUÊNCIAS Infarto do miocárdio Insuficiência cardíaca Insuficiência renal Acidentes vasculares cerebrais Comprometimento visual

6 FISIOPATOLOGIA Hipertensão essencial Multifatorial Para que ocorra deve haver uma alteração em um dos fatores na equação de pressão: Resistência periférica ou débito cardíaco

7 Hipertensão pode ser resultado de: Atividade elevada do SNS Reabsorção renal de sódio, cloreto e H2O Atividade elevada do sistema renina- angiotensina-aldosterona Vasodilatação das arteríolas ligadas à disfunção endotelial Resistência a ação da insulina + hipertrigliceridemia e obesidade

8 Considerações gerontológicas Alterações que contribuem para a elevação da PA Acúmulo da placa de ateroma Fragmentação das elastinas arteriais Vasodilatação comprometida Depósitos aumentados de colágeno

9 Complicações Na maioria das vezes assintomática Alterações da retina como hemorragias, exsudado, estreitamento arteriolar, manchas algodoadas, papiledema Hipertrofia ventricular ICC Alterações renais AVC ou ataque isquêmico

10 Diagnóstico Exame da retina Ex. laboratoriais (análise da urina, Na, K, creatinina, glicemia, colesterol total e frações) ECG ECO Clearence de creatinina Microalbuminúria Proteinúria de 24h

11 Tratamento Tratamento farmacológico As três classes de anti-hipertensivos escolhidos, de eficácia terapêutica comprovada, segura e mais usados na rede de Atenção Básica estão os: Diuréticos (Hidroclorotiazida – HCTZ); Betabloqueadores (Propranolol – PP); Inibidores da Enzima conversora de angiotensina – IECA (Captopril).

12 Tratamento Tratamento não-farmacológico Perda de peso; Incentivo a atividade física; Alimentação saudável; Redução da ingesta de sódio; Diminuição ou abolição do álcool e tabaco;

13 Diagnósticos e cuidados de enfermagem Risco para débito cardíaco relacionado a resistência vascular aumentada, vasoconstrição, isquemia do miocárdio, hipertrofia ventricular; Cuidado de Enfermagem: Monitorar a PA, observar a presença e a qualidade dos pulsos periféricos, auscultar sons cardíacos e respiratórios, observar edema presente monitorar respostas aos medicamentos.

14 Dor e cefaléia relacionado a pressão vascular cerebral aumentada evidenciado pelo relato de dor latejante na região suboccipital, relato de rigidez de pescoço, visão turva, tontura e vômito. Cuidados: Determinar as característica da dor, encorajar a manter o repouso, orientar medidas não-farmacológicos como compressa fria, massagem nas costas e pescoço e atividade de lazer.

15 Nutrição Alterada mais do eu as necessidades corporais relacionadas a ingestão excessiva em relação a necessidade metabólica, estilo de vida sedentário bem como relato e observação de padrões alimentares disfuncionais. Cuidados: Avaliar a compreensão do paciente quanto a relação direta entre hipertensão e obesidade, discutir sobre a diminuição da ingestão calórica de gorduras, sal e açúcar, Incentivar a motivação do paciente para perder o peso, ajudar e instruir o paciente nas seleções indicadas em frutas, vegetais folhosos e encaminhar ao nutricionista em casos indicados.

16 HIPERDIA Programa elaborado pelo Ministério da Saúde em (2001), com o objetivo de reestruturar o atendimento aos portadores da Hipertensão e Diabetes, proporcionando um atendimento resolutivo e de qualidade na rede pública de serviços de saúde.

17 O Programa monitora os pacientes cadastrados no plano Nacional e gera informações, aquisições, disposição e distribuição de medicamentos de forma regular e sistemática a todos os pacientes cadastrados.

18 O Sistema é integrado ao Cartão Nacional de Saúde, transferindo e recebendo os dados do Sistema CadSUS – Cadastros de Domicílios e Usuários do SUS, garantindo a identificação única do usuário do SUS, através do CNS.


Carregar ppt "HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA Caline Oliveira. Definida como PAS > 140mmHg e PAD > 90mmHg durante um período sustentado São definidos três estágio PAS."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google