A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

INSUFICIENCIA CORONARIANA. DEFINIÇÃO Desequilíbrio entre a oferta e o consumo de oxigênio pelo miocárdio, levando à graus variáveis de isquemia e podendo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "INSUFICIENCIA CORONARIANA. DEFINIÇÃO Desequilíbrio entre a oferta e o consumo de oxigênio pelo miocárdio, levando à graus variáveis de isquemia e podendo."— Transcrição da apresentação:

1 INSUFICIENCIA CORONARIANA

2 DEFINIÇÃO Desequilíbrio entre a oferta e o consumo de oxigênio pelo miocárdio, levando à graus variáveis de isquemia e podendo resultar, dependendo da duração e intensidade, em necrose celular Desequilíbrio entre a oferta e o consumo de oxigênio pelo miocárdio, levando à graus variáveis de isquemia e podendo resultar, dependendo da duração e intensidade, em necrose celular

3 ETIOPATOGENIA Na grande maioria dos casos a Insuf. Coronariana é causada pela ATEROSCLEROSE Na grande maioria dos casos a Insuf. Coronariana é causada pela ATEROSCLEROSE Maior retenção de gordura (LDL) no espaço subendotelial e maior adesão leucocitária na superfície endotelial. Maior retenção de gordura (LDL) no espaço subendotelial e maior adesão leucocitária na superfície endotelial. (aterogênese – teoria de Ross) (aterogênese – teoria de Ross)

4 ETIOPATOGENIA Fatores de risco: dislipidemia, tabagismo, hipertensão arterial, diabetes melito, obesidade, sedentarismo, história familiar, estresse Fatores de risco: dislipidemia, tabagismo, hipertensão arterial, diabetes melito, obesidade, sedentarismo, história familiar, estresse

5 FISIOPATOLOGIA Coração: órgão essencialmente aeróbico Coração: órgão essencialmente aeróbico MVO2 MVO2 Hipóxia tissular: metabolismo anaeróbico (insuficiente) Hipóxia tissular: metabolismo anaeróbico (insuficiente)

6 QUADRO CLÍNICO Apresentações clínicas variadas Apresentações clínicas variadas ANGINA PECTORIS (dor, aperto, queimação, sufocação ou peso) ANGINA PECTORIS (dor, aperto, queimação, sufocação ou peso) Sudorese Sudorese Palidez Palidez Náuseas Náuseas Tontura Tontura Dispnéia Dispnéia

7 ANGINA Angina estável Angina estável Angina instável Angina instável Isquemia silenciosa Isquemia silenciosa Angina de Prinzmetal Angina de Prinzmetal Tem duração geralmente inferior à 10 minutos. Tem duração geralmente inferior à 10 minutos. È aliviada pelo repouso ou pelo uso de vasodilatadores sublinguais È aliviada pelo repouso ou pelo uso de vasodilatadores sublinguais

8 Exames Complementares ECG: *traçados normais não excluem o diagnóstico de ICo ECG: *traçados normais não excluem o diagnóstico de ICo Sinais de isquemia: depressão e/ou inversão de onda T, infra- desnivelamento de segmento ST) Sinais de isquemia: depressão e/ou inversão de onda T, infra- desnivelamento de segmento ST) Teste ergométrico Teste ergométrico Ecocardiograma Ecocardiograma

9 TRATAMENTO Controle dos fatores de risco Controle dos fatores de risco Medicamentos: nitratos, beta- bloqueadores, bloqueadores dos canais de cálcio, antiadesivos plaquetários Medicamentos: nitratos, beta- bloqueadores, bloqueadores dos canais de cálcio, antiadesivos plaquetários Abordagem invasiva: cateterismo e/ou revascularização miocárdica Abordagem invasiva: cateterismo e/ou revascularização miocárdica

10 INFARTO AGUDO DO MIOCÁRDIO É a situação extrema da ICo, quando a isquemia miocárdica se acompanha de necrose celular. É a situação extrema da ICo, quando a isquemia miocárdica se acompanha de necrose celular.

11 QUADRO CLÍNICO Queixas semelhantes àquelas das crises de angina, porém os sintomas são mais intensos e prolongados. Queixas semelhantes àquelas das crises de angina, porém os sintomas são mais intensos e prolongados. Choque cardiogênico (grau de comprometimento) Choque cardiogênico (grau de comprometimento) Insuficiência mitral aguda (mm.papilares) Insuficiência mitral aguda (mm.papilares) Arritmias Arritmias Morte súbita Morte súbita

12 Exame Físico Ansiedade Ansiedade Palidez Palidez Sudorese Sudorese Taquidispnéia (EAP) Taquidispnéia (EAP) Arritmias Arritmias Alterações na ausculta cardíaca Alterações na ausculta cardíaca Alterações na ausculta pulmonar (EAP) Alterações na ausculta pulmonar (EAP)

13 Exames complementares ECG: sinais de isquemia (onda T) sinais de lesão (supra- desnivelamento segmento ST) e necrose (onda Q patológica) ECG: sinais de isquemia (onda T) sinais de lesão (supra- desnivelamento segmento ST) e necrose (onda Q patológica) Enzimas: CK, CKMB, troponina Enzimas: CK, CKMB, troponina

14 TRATAMENTO Trombolíticos (primeiras horas) Trombolíticos (primeiras horas) UTI UTI Intervenção cirúrgica (complicações) Intervenção cirúrgica (complicações)


Carregar ppt "INSUFICIENCIA CORONARIANA. DEFINIÇÃO Desequilíbrio entre a oferta e o consumo de oxigênio pelo miocárdio, levando à graus variáveis de isquemia e podendo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google