A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ELISA TRINO DE MORAES FERNANADA REGINA CANTELI NATHÁLIA DO REIS DE MORAES LINHA DE CUIDADO Outubro 2009 PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE CAMPINAS.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ELISA TRINO DE MORAES FERNANADA REGINA CANTELI NATHÁLIA DO REIS DE MORAES LINHA DE CUIDADO Outubro 2009 PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE CAMPINAS."— Transcrição da apresentação:

1 ELISA TRINO DE MORAES FERNANADA REGINA CANTELI NATHÁLIA DO REIS DE MORAES LINHA DE CUIDADO Outubro 2009 PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE CAMPINAS

2 IDENTIFICAÇÃO F.D.S, feminino, parda, 87 anos, viúva, evangálica, natural de Carana-BA, residente de Campinas há 50 anos, do lar, trabalhou em lavoura na Bahia, foi passadeira e faxineira em Campinas, analfabeta.

3 Há 7 anos Há 3 anos 85 Indivíduos falecidos Natimortos Abortos Francina Eunice Elia Idalice, mora na Bahia Noemia Casa dos fundos Casa da frente

4 ANTECEDENTES PESSOAIS HAS há 35 anos Hipotireiodismo subclínico Gastrite medicamentosa Doença de chagas. Teve sífilis e realizou tto corretamente (sic) G10P8(C0)A2, Menopausa aos 45 anos Nega cirurgias. Ex-tabagista 3-4 cigarros de palha/dia por 28 anos, parou há 47 anos. Nega etilismo. Faz uso de Hctz 25mg (1-0-0), Captopril 50mg (1-1-1), Anlodipina 5mg (1-0-1), Omeprazol 20mg (1-0-0).

5 ANTECEDENTES FAMILIARES Não conheceu o pai que foi embora de casa quando tinha 5 anos. Mãe faleceu de problema no coração com 70 anos. Irmão faleceu por cirrose alcoólica. Não sabe referir patologias dos outros familiares.

6 LINHA DO TEMPO C.S. IPAUSSURAMA HPMA: Paciente vem com queixa de dispnéia aos grandes esforços (como subir escada e correr) há cerca de 1 mês, acompanhada de precordialgia com melhora ao repouso, sem fatores de piora; às vezes necessita dormir com 2 travesseiros. Em uso de Drenol EXAME FÍSICO: PA: 170 x 80 mmHg HD: - ICC classe II - HAS - Artrose coxo-femural D CD: Solicito ECG, RX tórax, Ur, Cr, Urina I, Glicemia 2 tempos Introduzo HCTZ 25mg 1 vez/dia 20 de Janeiro 1991 Dra. Alice

7 Linha do Tempo C.S. IPAUSSURAMA HPMA: Não troue resultado de exames EXAME FÍSICO: PA: 200 x 90 mmHg FC: 74 Urina I: Leucocitúria HD: - ICC classe II - HAS - Artrose coxo-femural D - Leucocitúria CD: Solicito Urina I, urocultura, protoparasitológico Fevereiro1991 Dra. Alice

8 Linha do Tempo QD: Retorno com exames Exames: sem alterações HD: Mantida CD: Mantida Fevereiro 1991 C.S. IPAUSSURAMA QD: Sem queixas. HD: Mantida CD: Mantida Março/ Maio 1991

9 Linha do Tempo QD: dor atípica em hemitórax E que incomoda mais na região das costas EXAME FÍSICO: PA: 170 x 90 mmHg FC: 82 HD: - ICC classe II para III CD: Solicito ECG e Rx tórax Outubro 1992 Dra. Suzana C.S. IPAUSSURAMA QD: Retorno com exames RX Tórax: área cardíaca aumentada, alongada com ectasia da croça da aorta; hilos proeminentes; velamento intersticial das bases pulmonares. HD: - ICC classe II para III CD: Encaminhada para Cardiologia Pucc Solicitonovo Rx Tórax Abril 1993

10 Linha do Tempo QD: Sem queixas RX Tórax: trama vascular pulmonar aumentada; velamento itersticial envolvendo os campos pulmonares com áreas de confluência em base E; elevação da cúpula frênica D; moderado aumento da área cardíaca; botão aórtico ectasiado EXAME FÍSICO: PA: 180x100 mmHg FC: 56 HD: Mantida + Bronquite Crônica Cor Pulmonale CD: Introduzo Aminofilina Maio 1993 C.S. IPAUSSURAMA Consulta com Nutrição Maio 1993 Dra. Suzana

11 LINHA DO TEMPO Julho 1993 HPMA: Precordialgia atípica, dor cervical à E e MSE. Dispnéia aos moderados esforços. Nega edema, palpitação. EXAME FÍSICO: PA: 200x110, Ritmo cardíaco irregular com 6 Extra-sístoles/min. Pulsaçãao cervical `D (carótida?) HD: - D. Chagas- Cardiopatia isquemica - Arritmia cardíaca- Cervicobraquialgia à E - HAS CD: - ECG- Hctz 25mg/dia - RX-tórax - Metildopa 750 mg/dia - Rx coluna cervical em 3 posições- Solicito sorologia para Chagas Dr. Divino Nicodemos CARDIOLOGIA PUCC

12 LINHA DO TEMPO Setembro 1993 C.S. IPAUSSURAMA QD: dispnéia aos pequenos e médios esforços. CD: - Mantenho medicação; Outubro 1993 CARDIO PUCC QD: Retorno com exames ECG: Sem alterações Sorologia para Chagas negativa CT: 210 LDH: 160 HDL: 50 TGL: 100 CD: Mantida as medicações

13 LINHA DO TEMPO Novembro 1993 Fevereiro/Março 1994 C.S. IPAUSSURAMA QD: Rotina. CD: - Mantenho medicação; C.S. IPAUSSURAMA QD: Rotina. CD: - Mantenho medicação; Dra. Suzana

14 LINHA DO TEMPO Agosto 1994 Agosto 1995 C.S. IPAUSSURAMA QD: dor no peito com irradiação para MSE Exame Físico: PA: 190 x 100 Cardio: 2 bulhas arrítmicas às custas de extrassístoles frequentes CD: Solicito ECG C.S. IPAUSSURAMA QD: Rotina. HD: Mantida CD: Mantida

15 LINHA DO TEMPO Fevereiro 1995 Paciente deu entrada no PSA com queixa de tontura batedeira há 12h. 22/02/95 ECG: ES bigeminadas frequentes Exame Físico: PA: 120x80 FC: 58 HD: Arritmia cardíaca ES V ou SV HAS Distúrbio hidroeletrolítico Conduta: Internação para avaliar necessidade de colocação de Marcapasso. Solicito Na, K, Ur, Cr, Exames sem alterações Alta 23/02/95 = Paciente recebe alta com Ecocardiograma, holter, teste ergométrico já agendado ambulatorialmente. Mantida Hctz 25mg/dia. INTERNAÇÃO NO PSA PUCC PELA CARDIO Dr. Sérgio

16 LINHA DO TEMPO Março 1995 Paciente não realizou teste ergométrico pois apresentou ES ventriculares bigeminadas. QD: sem queixas Conduta: - Introduzido Amiodarona 200mg/dia - Mantenho Hctz - Aguardo resultado holter e Ecocardiograma QD: Retorno com exames Holter: Ritmo sinusal, ESV bigeminadas monomórficas com alteração difusa da repolarização. Eco: AE: 45mm FE: 73 Camaras E com leve aumento volumétrico ++ Valva aórtica espessada com pqna regurgitação Insuficiencia mitral leve Conduta: Mantida CARDIO PUCC Dr. Sérgio Abril 1995 CARDIO PUCC

17 LINHA DO TEMPO Junho/Julho/Setembro/Outubro 1996 C.S. IPAUSSURAMA QD: Rotina. HD: : - D. Chagas - Arritmia cardíaca - HAS - ICC Classe II/III CD: Mantida + Exames rotina

18 LINHA DO TEMPO Junho 1997 CLÍNICA MÉDICA PUCC HPMA: Falta de ar há 1m aos pqnos esforços, associada a dor em peso em região mama E com irradiação para as costas.. Refere tb dispnéia paroxística noturna. Nega edema. EXAME FÍSICO: PA: 160x9; 140x90 FC: 56 bmp, abaulamento região cervical à D pulsátil, sem sopro. ECG: Ritmo sinusal, ESV, bradicardia HD: - D. Chagas- Abaulamento em carótida Kinking - Arritmia cardíaca Aneurisma - HAS (Cardio + ?) CD: - Solicito USG doppler carótida - Mantenho apenas Hctz e introduzo Nifedipina Karim I1e Dra. Carmem

19 LINHA DO TEMPO Junho 1997 Junho/Julho/Setembro/Novembro/ Dezembro 1997 Março/Maio/Setembro/Outubro/Dezembro 1998 C.S. IPAUSSURAMA QD: dispnéia à noite Exame Físico: PA: 140 x 90 FC: 44 bpm Cardio: 2 bulhas arrítmicas às custas de extrassístoles frequentes HD: Bradiarritmia a esclarecer CD: Encaminho ao PSA da Pucc C.S. IPAUSSURAMA QD: Rotina. HD: - D. Chagas - Arritmia cardíaca - HAS - ICC Classe II/III CD: Mantida + Exames rotina

20 LINHA DO TEMPO Janeiro/Fevereiro 2001 Março/Julho/Setembro 1999 Fevereiro/Dezembro 2000 C.S. IPAUSSURAMA Consulta com Fisioterapia C.S. IPAUSSURAMA QD: Rotina. HD: - D. Chagas - Arritmia cardíaca - HAS - ICC Classe II/III CD: Mantida + Exames rotina

21 LINHA DO TEMPO Fevereiro/Abril 2002 Fevereiro 2003 Consulta com Nutrição 2003 Grupo de adulto, grupo de postura, consulta com fisioterapia C.S. IPAUSSURAMA QD: Rotina. HD: - D. Chagas - Arritmia cardíaca - HAS - ICC Classe II/III CD: Mantida + Exames rotina

22 LINHA DO TEMPO Abril 2003 QD: Diminuição da acuidade visual HD: Catarata bilateral Conduta: Indico cirurgia.Entretanto, paciente se recusa a realizá-la. OFTALMO PUCC Setembro/Outubro 2004 C.S. IPAUSSURAMA QD: Rotina. HD: Mantida CD: Mantida

23 LINHA DO TEMPO Setembro/Outubro 2004 Março 2005 Exames: CT: 225 LDL: 175 HDL: 50 TGL: 110 HD: Mantida + Dislipidemia C.S. IPAUSSURAMA QD: Rotina. HD: - D. Chagas - Arritmia cardíaca - HAS - ICC Classe II/III CD: Mantida + Exames rotina

24 LINHA DO TEMPO Maio 2005 CARDIO PUCC Maio/Junho 2005 CARDIO PUCC QD: sem queixas Conduta: - Introduzido Atenolol 50mg/dia - Mantenho Hctz e amiodarona QD: sem queixas Consultas de rotina Conduta: Mantida Dr. Sérgio Dr. Magaldi

25 LINHA DO TEMPO Setembro 2005 Maio 2006 Abril/Outubro 2007 Novembro 2007 C.S. IPAUSSURAMA QD: Resultado de exames THS: 7,65 CD: Encaminhamento à Cardiologia do Ipaussurama C.S. IPAUSSURAMA QD: Rotina. HD: : - D. Chagas - Arritmia cardíaca - HAS - ICC Classe II/III - Dislipidemia CD: Solicito exames rotina Julho 2008 C.S. IPAUSSURAMA QD: Rotina. HD: : - D. Chagas - Arritmia cardíaca - HAS - ICC Classe II/III - Dislipidemia - Hipotireoidismo Subclínico CD: Altero as medicações para Captopril 25mg 8/8h, PPNL 40mg 12/12h, Hctz 25mg/dia.

26 LINHA DO TEMPO Setembro/Novembro 2008 Janeiro/Fevereiro 2009 VISITA DOMICILIAR HD: : - D. Chagas - Arritmia cardíaca - HAS - ICC Classe II/III - Dislipidemia - Hipotireoidismo Subclínico CD: Mantida Dra. Maria Alice e Dr. Fábio

27 LINHA DO TEMPO Maio 2009 Paciente sabidamente hipertensa há 40 anos, com descontrole pressórico nas últimas semanas (apesar do uso das medicações: Captopril 150mg/dia; PPNL 80mg/dia; ctz 25mg/dia), iniciou quadro de dispnéia há 3 dias, sendo que há 2 dias iniciou quadro de precordialgia de moderada intensidade com irradiação epigástrica, acompanhado de cefaléia, dor em MMII e inapetência. Deu entrada no PSA com PA: 220x120. Foi internada para controle pressórico, introduzido Tridil e solicitado curva de marcadores cardíacos, com resultado negativo. Durante a internação a paciente evoluiu para ITU, sendo introduzida Norfloxacina 400mg 12/12h. Evoluiu com controle dos níveis pressóricos e critérios de alta. HD: - Urgência Hipertensiva - HAS Cardio + - ITU - Dç Nó sinusal = Aterosclerose ou Cardiopatia isquêmica INTERNAÇÃO PELA C.M. PUCC 09 a 15/05/09

28 LINHA DO TEMPO Exames: - CK; CKMB; Tropo: sem alterações - Urina I: Leucocitúria, hematúria, nitrito neg, bacterias moderadas. - HMG: sem alterações - Urocultura: Enterococcus faecalis. Sensível à penicilina, clindamicina, eritromicina, Norfloxacina vancomicina. Medicamentos: - Norfloxacina 400mg 12/12h - Captopril 50mg 8/8h - Alnodipina 5mg 12/12h - AAS 100mg/dia - Hctz 25mg/dia Orientações e Alta: Retorno no ambulatório de CM com resultado de urina I. Manter as medicações em casa.

29 LINHA DO TEMPO Maio 2009 Visita Domiciliar Paciente recebeu alta há 1 semana. Dra. Maria Alice

30 LINHA DO TEMPO Junho 2009 C.M. PUCC QD: Pcte retorna sem queixa Urina I : normal EXAME FÍSICO: PA 140x90, RCI às custas de ES. HD: HAS Cardio + Dç nó sinusal Cardiopatia isquemica Aterosclerose CD: Solicito Ecocardiograma, Cintilografia miocárdica com stress farmacológico.

31 LINHA DO TEMPO Setembro 2009 VISITA DOMICILIAR QD: Sem queixas ECG: ritmo sinusal BAV de 1º grau perda de potencial septal alt. Difusas de repolarização ventricular Stress farmacológico com Dipiridamol: sem sinais de isquemia Cintilografia de perfusão miocárdica: sem evidências de isquemia CD: RX coluna cervical e lombar avaliação da Fisio devido à escoliose Dr. Fábio Setembro 2009 VISITA DOMICILIAR QD: Rotina Exame Físico: PA 130x90 FC: 62 bpm CD: Hemograma, Na, K, Ur, Cr, Colesterol total e frações, triglicérides,TSH, T4l,Glicemia de Jejum, Urina I, Urocultura Elisa, Fernanda, Nathalia Dra. Maria Alice

32 FLUXOGRAMA ENTRADA - 20/01/91 C.S. Jd. Ipaussurama QD: Paciente com dispnéia aos grandes esforços há 1 mês + precordialgia com melhora ao repouso. Em uso de Drenol ECG, RX tórax, Ur, Cr, Urina I, Glicemia 2 tempos. Introduzido HCTZ 25mg 1 vez/dia Paciente encaminhado p/ Cardiologia da PUCC Acompanha- mento na UBS ?/04/93 HPMA: Precordialgia atípica, dor cervical à E e MSE. Dispnéia aos moderados esforços. ECG, Rx de tórax, Rx de coluna cervical, Sorologia para Chagas, Retorno.... Julho de 93 Cardiologia PUCC

33 22/02/95 PSA PUCC Paciente com queixa de tontura batedeira há 12h Internação Solicitado Na, K, Ur, Cr, Alta. Agendado Ecocardiograma, holter e teste ergométrico via ambulatorial. Mantida Hctz 25mg/dia. 23/02/95 Volta ao acompanhamento que já fazia no Ambulatório de Cardiologia da PUCC PARALELAMENTE...

34 ENTREVISTA Paciente Como avalia o Centro de Saúde? Acho muito bom, estou satisfeito. Cuidador Quem cuida? Filhos: Elias, 43 anos, filho adotivo, moram na mesma casa. Eunice, 48 anos, mora na casa da frente.

35 ENTREVISTA Médico Como a pessoa foi vista? Profissionais envolvidos no cuidado Centro de saúde Hospital/ambulatório especialidades/emergência

36 OBRIGADA


Carregar ppt "ELISA TRINO DE MORAES FERNANADA REGINA CANTELI NATHÁLIA DO REIS DE MORAES LINHA DE CUIDADO Outubro 2009 PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE CAMPINAS."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google