A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A Digestão tem como função desdobrar as substâncias complexas em substâncias simples: Gorduras em ácidos graxos e glicerol; proteínas em aminoácidos, etc..

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A Digestão tem como função desdobrar as substâncias complexas em substâncias simples: Gorduras em ácidos graxos e glicerol; proteínas em aminoácidos, etc.."— Transcrição da apresentação:

1 A Digestão tem como função desdobrar as substâncias complexas em substâncias simples: Gorduras em ácidos graxos e glicerol; proteínas em aminoácidos, etc..

2 Sistema digestório humano

3 Digestão Tubo digestivo formado por: Boca Faringe Esôfago Estômago Intestino delgado: ( duodeno, jejuno – íleo). Intestino grosso: (ceco, colo ascendente, transverso descendente, sigmóide, reto) Ânus.

4 Boca Cavidade Bucal: Os alimentos são triturados pelos dentes e, ao mesmo tempo, misturado à saliva, que umidifica o bolo alimentar. A saliva é secretada pelas glândulas salivares (parótidas, sub- mandibulares e sublinguais). amido em maltose A digestão é iniciada na boca, onde a ptialina transforma amido em maltose

5 Glândulas salivares: A saliva é uma solução aquosa que é misturada aos alimentos, facilita a deglutição. Contém ptialina, que facilita a hidrólise (Quebra das moléculas com ajuda da água) do amido (amido maltose).

6 Dentição:

7 Bolo alimentar: 1- O bolo alimentar é transferido com a ajuda da língua para a faringe. 2- A epiglote regula o fluxo de ar e de alimentos. 3- Ao engolirmos o alimento é direcionado para o esôfago, sendo impedido, pela epiglote, de entrar na laringe e obviamente para a traqueia. Por movimentos peristálticos o alimento é levado do esôfago até a entrada do estômago.

8 Esôfago x estômago No limite entre o esôfago e o estômago existe a cárdia (válvula) que impede o refluxo de alimentos. O estômago é um reservatório (1 a 2 Lt) onde ocorre parte da digestão. Suas paredes secretam suco gástrico que contém enzimas proteolíticas, lipases e ácido clorídrico. Quimificação. Transforma o bolo alimentar Em quimo..

9 Estômago A principal digestão ocorrida no estômago é a proteolítica, que é catalisada pela pepsina e converte proteínas em peptídeos. Proteínas pepsina peptídeos. Na passagem do estômago para o duodeno existe outra válvula (piloro), que relaxando- se, regula o fluxo do alimento semidigerido (quimo) para o intestino delgado.

10 Estômago para o duodeno. Só haverá nova liberação de alimentos do estômago para o duodeno quando houver neutralização da acidez, pelo bicabornato de sódio produzido pelo pâncreas. A maior parte da digestão dos principais nutrientes ocorre no duodeno, pela ação dos sucos entérico e pancreático, e no caso das gorduras, auxiliadas pela secreção biliar do fígado.

11 Digestão O suco entérico é produzido pelas paredes do intestino delgado, que é rico em enzimas, entre as quais está a enteroquinase. Outras enzimas são as dissacaridases, que hidrolisam dissacarídeos e originam monossacarídeos: sacarase, lactase, maltase. Há ainda peptidases, que completam a hidrólise das proteínas originando aminoácidos. A ribonuclease e a desoxirribonuclease atuam sobre o RNA e DNA, respectivamente, separando seus nucleotídeos.

12 Secreções digestivas SecreçãopHProduçãoAtuaçãoEnzimaAção SalivaNeutroGlândulas Salivares BocaPtialinaAmido Suco gástricoÁcidoEstômago PepsinaProteínas BileBásico bicabornato FígadoIntestino delgado Apenas sais biliaresEmulsificante de óleos Suco pancreático Básico Bicabornato PâncreasIntestino delgado Tripsina Amilase pancreática Lipase Ribonuclease Desoxirribonuclease Proteínas Amido Triacilglicerideos RNA DNA Suco entéricoNeutroIntestino delgado Enteroquinase Maltase Sacarase Lactase Peptidases Trisinogênio Maltose Sacarose Lactose Peptídeos

13 Intestino Delgado É um tubo musculoso que possui entre 7 e 8m de comprimento por 3cm de diâmetro. Está dividido em três partes: Duodeno - os primeiros 30 cm Jejuno (cerca de 5m) Íleo (1,5 m) O intestino delgado retém 90% da água e absorve os nutrientes da digestão.

14 Absorção de nutrientes No intestino delgado os nutrientes são absorvidos durante o percurso (aminoácidos, glicose, ácidos graxos, nucleotídeos, dentre outros). As vilosidades do intestino facilita a absorção dos nutrientes pela parede intestinal. Suas células possuem as microvilosidades que aumentam a área de absorção.

15 Intestino grosso Mede aproximadamente 1,5m x 6cm de diâmetro, absorve água e vitaminas. É formado por partes: CECO – Onde se localiza o apêndice cecal. CÓLO ASCENDENTE COLO TRANSVERSO - CÓLON COLO DESCENDENTE Rico em bactérias que promovem a produção de vitaminas (K e algumas do complexo B).

16 Reto e Canal anal O reto e o canal anal, que abre no ânus, constituem a porção final do sistema digestório. Dois anéis musculares, os esfíncteres anais, relaxam-se para permitir a eliminação das fezes na evacuação. O uso inadequado de antibióticos pode comprometer e até eliminar a flora intestinal.

17 Controle da digestão A secreção da saliva pode ser estimulada pelo alimento, odor, visão ou pelo simples pensar. O nervo vago envia estímulos ao estômago, que antecipa a chegada de alimento e inicia a liberação de suco gástrico. Quando o alimento chega ao estômago ele começa a secretar a gastrina. Ele atua sobre as glândulas da mucosa gástrica. Esse hormônio estimula a produção de suco gástrico. 30% da produção é estimulada pelo SN os outros 70% dependem do estímulo da gastrina. No duodeno células da mucosa liberam a secretina, cuja quantidade é maior quando o pH do conteúdo gástrico é muito ácido. Ela estimula a produção do suco pancreático.

18 Controle da digestão Células da mucosa duodenal, produzem colecistocinina, estimuladas pela presença de ácidos graxos e aminoácidos do quimo. Quando ela alcança o pâncreas este produz enzimas digestivas. A colecistocinina provoca a contração da vesícula biliar, lançando a bile no duodeno. O duodeno secreta a enterogastrona, que inibe os movimentos de esvaziamento do estômago e a produção de suco gástrico, permanecendo os alimentos mais gordurosos por muito mais tempo.

19 Controle da atividade digestiva.

20 Problemas: Ulcera duodeno

21 Referências MERCADANTE, CLARINDA, Biologia, UNO Sistema de Ensino, 2009, Brasil. Biologia 2º Período, UNIFICADO Sistema de Ensino, Brasil, MARTO, Abmabis, Biologia Moderna, Editora Moderna, Brasil. Extensino e Terceirão, Editora Positivo, Curitiba, IMAGENS: Ético: Editora Saraiva, Editora Planeta e sites diversos que não divulgaram a fonte. ETICO Sistema de Ensino Apostila, A vida dos animais, PITÁGORAS, Sistema de ensino, 2ª Série, Livro 4, Organização: Marlos Oliveira – – Site: Material desenvolvido para estudos dos alunos do ensino médio do CEJA Filostro M Carneiro Não pode ser comercializado em hipótese alguma. O material poderá ser copiado desde que a fonte seja –


Carregar ppt "A Digestão tem como função desdobrar as substâncias complexas em substâncias simples: Gorduras em ácidos graxos e glicerol; proteínas em aminoácidos, etc.."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google