A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Metabolismo de Lipídios Prof. Rodrigo Alves do Carmo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Metabolismo de Lipídios Prof. Rodrigo Alves do Carmo."— Transcrição da apresentação:

1 Metabolismo de Lipídios Prof. Rodrigo Alves do Carmo

2 Lipídios da Dieta Indivíduo adulto ingere cerca de 60-150 g lipídios/dia. Destes mais de 90% são TGD. Restante: colesterol, ésteres de colesterol, fosfolipídios e ácidos graxos livres (AGL). Os lipídios da dieta são digeridos principalmente do intestino delgado.

3 Emulsificação dos Lipídios da Dieta Aumenta a superfície das gotas lipídicas, de modo que as enzimas digestivas possam agir efetivamente. Ocorre no duodeno, por ação dos sais biliares e dos movimentos peristálticos. solubilização do lipídio em meio aquoso = emulsificação água detergente lipídio da dieta

4 Degradação por Enzimas Pancreáticas A secreção de enzimas pancreáticas é controlada por hormônios: CCK, secretina. Lipase pancreática: principal enzima pancreática envolvida na degradação dos TGD’s. Colesterol estearase: hidrolisa os ésteres de colesterol em colesterol + AGL. Fosfolipase A 2 : remove o ácido graxo do carbono 2 dos fosfolipídios.

5 Degradação dos Triglicerídios Ação da Lipase Pancreática A lipase pancreática tem dificuldade em hidrolisar a ligação éster secundária do triacilglicerol, por isto o 2-monoacilglicerol é o principal produto.

6 Degradação dos Triacilgliceróis Ação da Isomerase A isomerização é um processo lento, por isto menos de ¼ dos triacilgliceróis é hidrolizado a glicerol e ácidos graxos livres CH 2 - OH CH CH 2 - OH O CH 3 - C - O - CH CH 2 - OH O CH 3 - C - O - 2-Monoacilglicerol1-Monoacilglicerol Lipase Pancreática Isomerase Glicerol + Ácido graxo

7 Degradação do Colesterol Ação da Colesterol- Estearase (Ativada por sais biliares)

8 Degradação dos Fosfolipídios Ação da Fosfolipase A 2 (Ativada por sais biliares e liberada como zimogênio)

9 Cs. Intestinais absorvem os ac. graxos, glicerol e MGD e formam novamente os TGD’s. Os TGD’s são ligados a apoproteínas, formando lipoproteínas, para poderem ser transportados pelo sangue. Apoproteínas Triglicerídeos e Ésteres de colesterol Colesterol Fosfolipídios

10 Lipoproteínas: classes LIPOPROTEÍNATGDPROTEÍNASCOLESTEROLDENSIDADE Quilomícrons90 %2 %4 %0,95 VLDL60 %10 % 0,95 a 1,006 IDL10-30 %25 %30 %1,006 a 1,019 LDL10 %20 %50 %1,010 a 1,063 HDL5 %30 %15 %1,063 a 1,210

11


Carregar ppt "Metabolismo de Lipídios Prof. Rodrigo Alves do Carmo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google