A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PESQUISA OPERACIONAL Prof. Leopoldino Vieira Neto, Dr.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PESQUISA OPERACIONAL Prof. Leopoldino Vieira Neto, Dr."— Transcrição da apresentação:

1 PESQUISA OPERACIONAL Prof. Leopoldino Vieira Neto, Dr.

2 AULA 01 CONCEITOS DE DECISÃO E O ENFOQUE GERENCIAL DA PESQUISA OPERACIONAL Livro Texto: ANDRADE, Eduardo, LEOPOLDINO. de.; Introdução à pesquisa operacional. 4 a. ed. Rio de Janeiro: LTC Editora, 2011.

3 DEFININDO AS REGRAS DO JOGO OBJETIVO GERAL: - Desenvolver fundamentação quantitativa para o processo de tomada de decisão através da Pesquisa Operacional.

4 PLANO DE ENSINO UNIDADE I – Fundamentos da Pesquisa Operacional (12) - Conceitos, Atribuições e Campo da Pesquisa Operacional. - Características de um Problema de Pesquisa Operacional. - Ferramentas do Processo Decisório. - Princípios do Processo de Modelagem. - Modelagem de problemas em Pesquisa Operacional. - Exemplos de Modelos. UNIDADE II – Programação Linear Aplicada a Sistemas Informação.(12) - Problemas de Alocação de Recursos. - Problemas de Transporte e Distribuição. - Utilização de Recursos Computacionais.

5 PLANO DE ENSINO UNIDADE III – Estudo e Análise de Problemas de Transporte.(12) - Caracterização geral dos problemas de transporte. - Exemplos de uma rede de transporte. - Problemas de transporte com transbordo. - Determinação do fluxo máximo de transporte em rede com rotas limitadas. UNIDADE IV – Problemas de Congestionamento - Teoria das Filas. - Características principais das teorias das filas. (12) - Estruturas dos sistemas: uma fila e um canal, uma fila e vários canais, um canal com população finita. - Medidas de efetividade do sistema. - A taxa de serviço para o mínimo custo total do sistema.

6 CONCEITO DE PESQUISA OPERACIONAL Estudo que envolve métodos quantitativos para auxílio à tomada de decisões (decision making), sob a denominação de Pesquisa Operacional (Operational Research, na Inglaterra; Operations Research nos EUA), Ciência da Administração (Management Science) ou Ciência da Decisão (Decision Science). Os métodos da Pesquisa Operacional visam auxiliar na seleção da melhor maneira de se operar um sistema, usualmente sob condições que exijam a utilização de recursos limitados.

7 CONCEITO DE PESQUISA OPERACIONAL As Empresas podem ser vistas como sistemas que visam obter o maior retorno possível para as suas atividades, com retorno podendo significar qualidade do serviço prestado no caso de uma empresa pública, ou lucro financeiro no caso de uma empresa privada. Planejar as atividades de uma empresa produtora de bens (eletrodomésticos, equipamentos eletrônicos, automóveis...) e de serviços (telefonia, transporte, energia...) significa determinar que decisões a empresa deve tomar, eventualmente ao longo do tempo e sob condições de incerteza, para maximizar o seu retorno.

8 CONCEITO DE PESQUISA OPERACIONAL Problemas práticos de planejamento podem exigir a utilização de sistemas de suporte a decisão, softwares destinados a apoiar o processo de tomada de decisões. Sistemas deste tipo geralmente oferecem opções de modelagem matemática e de métodos quantitativos para tomada de decisões compatíveis com os modelos adotados. Os modelos matemáticos utilizados em planejamento da produção são geralmente modelos de otimização, no sentido de que estes modelos prescrevem obter decisões ótimas, como mínimo custo ou máximo lucro de produção, por exemplo.

9 CONCEITO DE PESQUISA OPERACIONAL Dá-se o nome de Programação Matemática ao conjunto de modelos e métodos de otimização utilizados em planejamento da produção, podendo o termo programação (programming) ser entendido como sinônimo de planejamento (planning). Os modelos e métodos da programação matemática constituem um subconjunto dos modelos.

10 HISTÓRICO DA PESQUISA OPERACIONAL O termo Pesquisa Operacional foi utilizado pela primeira vez na Grã-Bretanha em Objetivo: Designar o estudo sistemático de problemas estratégicos e táticos decorrentes de operações militares. Numa atuação clássica, um grupo de especialistas (matemáticos, físicos, engenheiros...) foi designado para avaliar e re-posicionar adequadamente os radares do sistema de defesa aérea da Grã-Bretanha antes e durante a Segunda Guerra Mundial. Aplicações militares incluíram o planejamento de operações de comboios, bombardeios e de guerra anti-submarina.

11 HISTÓRICO DA PESQUISA OPERACIONAL Após a Segunda Guerra Mundial, muitos dos especialistas que estiveram envolvidos no planejamento de operações militares deram continuidade a suas pesquisas, agora visando também operações não militares. Provavelmente o desenvolvimento metodológico mais importante do período pós-guerra foi o Método Simplex, por George Dantzig, em 1947, para a resolução de problemas de Programação Linear, isto e, de problemas de planejamento nos quais são utilizados modelos de otimização lineares.

12 HISTÓRICO DA PESQUISA OPERACIONAL O surgimento de computadores digitais na década de 1950 tornou possível desenvolver e utilizar novas metodologias para resolver uma grande variedade de problemas práticos. A medida que a capacidade computacional disponível foi crescendo, tornou-se possível resolver problemas cada vez mais complexos. Essa tendência se verifica até os dias de hoje.

13 PESQUISA OPERACIONAL melhor utilização de recursos limitados programação otimizada Conjunto de técnicas e métodos aplicados por equipes multidisciplinares para se determinar a melhor utilização de recursos limitados e para programação otimizada das operações de uma empresa. ( Decision Science)

14 CARACTERÍSTICAS IMPORTANTES: ENFOQUE SISTÊMICO: Uma abordagem aberta para se reconhecerem os vários aspectos que um problema gerencial implica. EXPERIMENTAÇÃO: Uma decisão pode ser testada e avaliada antes de ser efetivamente implementada.

15 CONCEITO DE DECISÃO: DECISÃO É UM CURSO DE AÇÃO ESCOLHIDO POR UMA PESSOA COMO O MEIO MAIS EFETIVO À SUA DISPOSIÇÃO PARA ALCANÇAR OS OBJETIVOS PRETENDIDOS.

16 CARACTERÍSTICAS DO PROCESSO DE TOMADA DE DECISÃO 4 O PROCESSO DE TOMADA DE DECISÃO É SEQÜENCIAL 4 É UM PROCESSO COMPLEXO 4 IMPLICA VALORES SUBJETIVOS 4 É DESENVOLVIDO EM AMBIENTE INSTITUCIONAL COM REGRAS MAIS OU MENOS DEFINIDAS 4 O PROCESSO DE TOMADA DE DECISÃO É SEQÜENCIAL 4 É UM PROCESSO COMPLEXO 4 IMPLICA VALORES SUBJETIVOS 4 É DESENVOLVIDO EM AMBIENTE INSTITUCIONAL COM REGRAS MAIS OU MENOS DEFINIDAS SINTOMAS IDENTIFICAÇÃO DO PROBLEMA PROCESSO DE TOMADA DE DECISÃO

17 PROCESSO SEQÜENCIAL Conseqüência de fatos anteriores que criaram as bases para se chegar àquela decisão. PROCESSO COMPLEXO Depende: u do tamanho do grupo de decisão; u dos sistemas de informação disponíveis; u das decisões que devem ser tomadas; u do estilo de liderança; u do nível da decisão dentro da empresa.

18 PROCESSO QUE IMPLICA VALORES SUBJETIVOS u Parte do processo é identificável e clara; u Parte inclui experiência pessoal e traços de personalidade do gestor. PROCESSO EM AMBIENTE INSTITUCIONAL u A estrutura organizacional influencia o processo. u Fatores importantes: Inter-relação entre pessoas e grupos; Fluxo de informações; Sistema hierárquico; Características do negócio e da organização.

19 CLASSIFICAÇÃO DAS DECISÕES: CRITÉRIOS: NÍVEL ESTRATÉGICO: Quanto mais importantes e mais abrangentes forem os resultados da decisão para a empresa, mais ESTRATÉGICA ela será. GRAU DE ESTRUTURAÇÃO: Quanto mais fáceis o acompanhamento e a repetição por outras pessoas, com os mesmos resultados, mais bem ESTRUTURADA será a decisão.

20 CLASSIFICAÇÃO DAS DECISÕES GRAU DE ESTRUTURAÇÃO NÍVEL ESTRATÉGICO ADMINISTRA- ÇÃO DE ESTOQUES PROGRAMAÇÃO DA PRODUÇÃO LOCALIZAÇÃO DE UMA NOVA FÁBRICA FINANCIAMEN- TO DE CAPITAL DE GIRO ESCOLHA DE CAPA DE REVISTA PROGRAMAÇÃO ORÇAMENTÁ-RIA DIVERSIFICA- ÇÃO DA LINHA DE PRODUTOS CONTRATAÇÃO DE UM DIRETOR PROGRAMA DE PESQUISA E DE- SENVOLVIMENTO ALTO MÉDIO BAIXO OPERACIONALGERENCIALCORPORATIVO

21 QUALIDADE DA DECISÃO: DECISÃO DE QUALIDADE: quando, de maneira eficaz e efetiva, garante o alcance dos objetivos preestabelecidos, para os quais foram alocados meios e recursos. CARACTERÍSTICAS QUE PERMITEM AVALIAÇÃO: u Satisfação dos interesses envolvidos; u Adaptação dos meios necessários ao alcance dos objetivos; u Consistência do curso de ação.

22 OBSTÁCULOS A UMA DECISÃO DE QUALIDADE: 1. ESCOLHA DO PROBLEMA CERTO A RESOLVER: uOs problemas manifestam-se por meio de SINTOMAS; uDevem-se identificar as CAUSAS REAIS. 2. CONHECIMENTO INSUFICIENTE: u Informações incompletas ou parciais; u Pouca informação pode ser tão prejudicial quanto informação em excesso.

23 DOIS ENFOQUES DA PESQUISA OPERACIONAL ENFOQUE CLÁSSICO: Busca da solução ótima. ENFOQUE GERENCIAL: Uso de modelos para identificação do problema certo e avaliação da decisão.

24 ENFOQUE CLÁSSICO DA PESQUISA OPERACIONAL IDENTIFICAÇÃO DO PROBLEMA INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS MODELAGEM E SOLUÇÃO RESULTADO ÓTIMO ACEITAR OU RECUSAR EXPERIÊNCIA E INTUIÇÃO

25 ENFOQUE ATUAL DA PESQUISA OPERACIONAL IDENTIFICAÇÃO DO PROBLEMA INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS MODELAGEM E SOLUÇÃO RESULTADO ÓTIMO EXPERIÊNCIA E INTUIÇÃO ACEITAR OU RECUSAR Informações são relevantes? Problema certo? Novas percepções

26 NATUREZA DA PESQUISA OPERACIONAL PASSO FUNDAMENTAL: CONSTRUÇÃO DE UM MODELO DO PROBLEMA SISTEMA COMPLEXO REAL EXISTENTE SISTEMA REDUZIDO ÀS PRINCIPAIS VARIÁVEIS SIMPLIFICAÇÃO PARA ANÁLISE: MODELO SIMPLIFICAÇÃO PARA ANÁLISE: MODELO

27 FASES DE UM ESTUDO DE PESQUISA OPERACIONAL DEFINIÇÃO DO PROBLEMA CONSTRUÇÃO DO MODELO SOLUÇÃO DO MODELO VALIDAÇÃO DO MODELO IMPLEMENTAÇÃO DOS RESULTADOS AVALIAÇÃO EXPERIÊNCIA E INTUIÇÃO

28 QUESTÕES DO ESTUDO DE CASO: PORQUE A QUALIDADE DAS DECISÕES É TÃO IMPORTANTE PARA AS EMPRESAS ATUAIS? O QUE VOCÊ(S) SUGERE(M) PARA MELHORAR A QUALIDADE DAS DECISÕES NAS EMPRESAS?


Carregar ppt "PESQUISA OPERACIONAL Prof. Leopoldino Vieira Neto, Dr."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google