A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Instrumental metodológico. Função: Contribuir para que a semana social cumpra a tarefa de ajudar a refletir a construção de um Estado democrático. Permitir.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Instrumental metodológico. Função: Contribuir para que a semana social cumpra a tarefa de ajudar a refletir a construção de um Estado democrático. Permitir."— Transcrição da apresentação:

1 Instrumental metodológico

2 Função: Contribuir para que a semana social cumpra a tarefa de ajudar a refletir a construção de um Estado democrático. Permitir uma ampla reflexão pelas pastorais e movimentos.

3 A 5º Semana tem como proposta a reflexão sobre o papel do Estado na vida dos brasileiros em uma perspectiva critica e propositiva, pois participar implica em ter consciência das dificuldades e erros, mas também a ousadia de propor outros caminhos.

4 O instrumental sugere um caminho para que a proposta da 5ª Semana Social se efetive. Neste Seminário queremos enriquecer o referencial teórico para que, enquanto instrumento de orientação, cumpra com o seu papel junto as pastorais e movimentos.

5

6 Sobre o roteiro – pág. 10. Contempla a proposta de reflexão sobre o Estado? Calendário dá conta da proposta? Outra possibilidade compatível com o momento em que vivemos? Como agregar outros aliados e fazer o processo deslanchar nos regionais? Seria possível outro encontro para avaliar o processo? Data?

7 Sustenta a presença pública da Igreja. Sugere a participação nos debates sobre os rumos da sociedade em vista da construção do bem comum. Considera importante do diálogo com as forças sociais populares. As semanas sociais sugerem a prática participativa.

8 O desafio da semana social é potencializar o protagonismo dos diferentes autores sociais com especial atenção aos novos sujeitos que estão emergindo na sociedade como nos atesta o Documento de Aparecida. Cf. DAp. n. 74.

9 Porém este protagonismo terá sentido se transformar em vida digna e cidadã a vida daqueles que hoje ainda estão excluídos da partilha dos bens da sociedade.

10

11 Tema: Participação da sociedade no processo de democratização do Estado Brasileiro. Lema: Bem viver: caminho para um nova sociedade com novo Estado.

12 Proposta de discutir o Estado que queremos – pergunta-se: Estado para quê e para quem. Justifica-se observando a história do movimento social e as tentativas de democratizar o Estado brasileiro. Busca-se um Estado subordinado a sociedade e a serviço dos mais pobres.

13 Ainda não temos uma experiência concreta de democracia efetiva e ampla. Algumas experiências são um bom indicativo dos passos a serem dados – os debates estão acontecendo na sociedade civil - p. 8. Pergunta-se pelos meios necessários para tornar o Estado facilitador da democracia.

14 A 5ª Semana Social pretende reunir as pastorais, as organizações sociais e as Igrejas para discutir o Estado e sua relação com sociedade. Faz-se necessário debater sobre as estruturas sociais, políticas e econômicas do Estado. É um caminho de participação no seu processo de democratização.

15 Quer firmar propostas e compromissos em prol da pratica efetiva da democracia. Apresentar uma agenda de participação social e política para o país. Espalhar a boa nova que vem sendo construída pelos lutadores e lutadoras do povo brasileiro – somos gente de esperança.

16 É bom fazer a memória do que conquistamos.

17 Temos dificuldades, mas também já fizemos muita coisa significativa via ação popular. A força popular permitiu a construção de um protagonismo social e a coleta de resultados concretos da ação organizada. É importante na Semana Social fazer esta memória revigoradora – investir tempo neste processo.

18 Fazer memória - trazer presente o que foi conquista popular. Cabe a humildade de reconhecermos os limites, especialmente os metodológicos, da proposta para um novo Brasil. Mas o pólo dominante é a memória das conquistas.

19 Na teia que vai se construindo de forma partilhada e participativa, poderemos perceber que muita semente boa foi lançada. Algumas deram frutos, outras estão amadurecendo. Poderão desabrochar. Outras foram perdidas... Por quê? Só semeia que tem esperança. Saber dos frutos ajuda a alimentar a esperança. Fará bem para os nossos.

20

21

22 Partir da experiência das 4 Semanas anteriores – seria o referencial:

23 1- Mundo do trabalho – desafios e perspectivas – Brasil: alternativas e protagonistas – Resgate das Dívidas Sociais – Justiça e solidariedade na construção da sociedade Democrática – Mutirão por um novo Brasil – 2004/06

24

25 1- Contexto sócio/político/econômico da época; 2- Características do evento na sua região; 3- Situações e conquistas oriundas deste processo; 4-Símbolo que caracterizaria esta Semana Social.

26 Sugestão de efetivar dentro de um processo celebrativo na perspectiva da união fé e vida. A memória escrita também é importante – descrever como foi trabalhada.

27

28 MêsAtividade Agosto/11 Lançamento - Seminário Outubro/11 Lançamento –Materiais abril/ ª AG CNBB Jan a Dez/2012 Semana Social – Regionais Junho /2013 Semana Social Nacional

29 Temáticas de Orientação Que Estado temos? Que transformações já conseguimos fazer acontecer? Que Estado queremos – quais são os fundamentos deste novo Estado

30 Considerações: No caso da Diocese Atividade agregadora poderá ser de um dia envolvendo também a memória celebrativa; Movimentar os agentes locais - ir além das pastorais; No caso da Diocese – vale movimentar as forças do local;

31 Considerações: No caso do Regional Atividade agregadora poderá seguir o mesma proposta do caso da diocese – dependerá da articulação; Trabalhar com outras pessoas que já refletem o tema - Cada Regional fará um relatório para a etapa nacional – bem como a escolha de delegados; Eventos para abril/setembro de 2012

32

33 O momento nacional será o resultado do que aconteceu em nível diocesano e regional. Sugerem-se as mesmas orientações temáticas dos processos anteriores, mas abrindo para o âmbito nacional.

34 1- Contemplar a reflexão ocorrida nos Regionais com uma partilha e com um tempo para compreender as contribuições que chegam.

35 2- Reflexão sobre o Estado. Poderíamos construir um painel abordando as diferentes realidades do Estado: economia – política – judiciária – social.

36 3- Já direcionando para encaminhamento sugere-se outro painel delineando um modelo de Estado afeito as diferentes forças sociais com a construção de propostas de ação para os protagonistas da Semana Social. Evento proposto para setembro de 2012

37 Publicação dos resultados e debate sobre os encaminhamentos propostos na etapa nacional


Carregar ppt "Instrumental metodológico. Função: Contribuir para que a semana social cumpra a tarefa de ajudar a refletir a construção de um Estado democrático. Permitir."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google