A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

0800 570 0800 / www.sebrae.com.br Políticas Públicas para o Desenvolvimento do Empreendedorismo 2º Fórum de Empreendedores Luiz Barretto, presidente do.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "0800 570 0800 / www.sebrae.com.br Políticas Públicas para o Desenvolvimento do Empreendedorismo 2º Fórum de Empreendedores Luiz Barretto, presidente do."— Transcrição da apresentação:

1 / Políticas Públicas para o Desenvolvimento do Empreendedorismo 2º Fórum de Empreendedores Luiz Barretto, presidente do Sebrae Nacional Guarujá (SP), 19 de novembro de 2011

2 / Perspectiva para os próximos anos Brasil Fundamentos econômicos estáveis Copa e Olimpíadas: Movimento de R$ 180 bilhões na economia Grandes Obras do PAC Minha Casa, Minha Vida Cenário externo Risco de crise financeira na Europa chegar ao Brasil

3 / Economia brasileira: momento favorável 217 milhões de celulares 155 milhões de viagens de avião em º maior produtor mundial de automóveis 17,4 milhões de domicílios com acesso à internet Desenvolvimento Econômico com Inclusão - a partir de milhões de brasileiros saíram da linha da pobreza 36 milhões ascenderam as classes média e alta

4 / Ambiente legal: Novo Simples Nacional Ampliação dos tetos de enquadramento Parcelamento de débitos: em até 60 meses Incentivo às exportações AtualJaneiro 2012% de aumento Empreendedor Individual R$ 36 milR$ 60 mil66% MicroempresaR$ 240 milR$ 360 mil50% Pequena empresaR$ 2,4 milhõesR$ 3,6 milhões50% Empresa exportadora R$ 3,6 milhões de vendas domésticas + R$ 3,6 milhões de exportações Faturamento anual: R$ 7,2 milhões

5 / Arrecadação do Super Simples Ganhos em todas as esferas de governo Crescimento Arrecadado em 2010 Arrecadado Jan a Set/2011 União (6 impostos) 341% R$ 26,6 bilhõesR$ 23,3 bilhões Estado (ICMS) 253% R$ 6,25 bilhõesR$ 5,24 bilhões Municípios (ISS) 375% R$ 2,57 bilhõesR$ 2,36 bilhões Julho/2007Projeção/2011Projeção/2015 1,33 milhão5,78 milhões9,65 milhões Optantes do Super Simples

6 / Países % no nº de empresas % no emprego % no PIB Itália99,468,555,6 Espanha99,063,250,6 Portugal99,365,246,3 França98,845,539,7 Reino Unido98,039,434,0 Alemanha97,241,133,5 Holanda98,350,541,0 Grécia99,575,355,6 Suécia99,045,637,8 Brasil99,152,220,0 Participação das MPE na Economia Fonte: SBA Fact Sheet European Commissiona Enterprise and Industry Ministério do Trabalho e Emprego

7 / Empreendedorismo no Brasil Melhor taxa histórica do País Percentual da população 18 a 64 anos com negócio próprio de até 42 meses Fonte: Pesquisa GEM 2010 (Sebrae-IBQP)

8 / Empreendedorismo no Brasil 1º colocado no BRIC e no G20 17,5% (*) Resultado da Índia em 2008 Fonte: Pesquisa GEM 2010 (Sebrae-IBQP)

9 / Oportunidade x Necessidade A cada 2 empreendedores por oportunidade, 1 por necessidade Fonte: Pesquisa GEM 2010 (Sebrae-IBQP)

10 / Taxa de Sobrevivência 2 primeiros anos - até dezembro/2008 Fonte: Sebrae-NA (MPE constituídas em 2006) 10

11 / Taxa de Sobrevivência Regiões e Setores – 2 primeiros anos, até dezembro/2008 NorteNordeste Sudeste Sul Centro- Oeste BRASIL Indústria 66,7%71,8% 79,6% 73,9%68,7% 75,1% Comércio69,4%72,6%77,0%72,2%69,4%74,1% Serviços60,1%62,2%75,6%70,8%66,8%71,7% Construção Civil54,8%60,8%70,9%65,4%64,1%66,2% TOTAL66,0%69,1% 76,4% 71,7%68,3%73,1% 11 Fonte: Sebrae-NA (MPE constituídas em 2006)

12 / Taxa de Sobrevivência Comparações internacionais – até dezembro/2007 Países monitorados pela OECD + Brasil Fonte: Sebrae-NA e OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico) Nota: MPE constituídas em

13 / Públicos do Sebrae – Segmentação Candidato a empreendedor Empreendedor Individual (até R$ 60 mil/ano) Microempresário (até R$ 360 mil/ano) Pequeno empresário (até R$ 3,6 milhão/ano) Produtor rural

14 / Inovação, gestão, acesso a mercados Sebrae Mais Sebraetec ALI (Agentes Locais de Inovação) Sebrae 2014 Inclusão produtiva Territórios da Cidadania Negócio a Negócio Programas nacionais do Sebrae

15 / Desafio da Inclusão Produtiva Empreendedor Individual - 1,8 milhão de formalizados em cerca de 2 anos; - Norte, Nordeste e Centro-Oeste: proporção maior de EIs do que MPE - 57% já tinham negócio na informalidade, faltava instrumento legal - Pesa mais vontade de ser formal (60%) do que benefício do INSS (37%) Brasil sem Miséria mil beneficiários já são Empreendedores Individuais; - Busca ativa em 120 Territórios da Cidadania (1.851 municípios) - Sebrae investirá R$ 180 milhões até 2013

16 / Ações nas comunidades pacificadas do RJ Parceria com a Prefeitura, associações de moradores e UPP Sensibilização de lideranças locais; Palestras sobre EI; divulgação do projeto Empresa Bacana durante uma semana; cadastramento dos interessados na formalização; Realização do Empresa Bacana (mutirão de formalizações) e inscrição na consultoria Me formalizei. E agora? (dicas de como gerir os negócios e inovar em seus processos); Formalizados tornam-se clientes do Programa Negócio a Negócio.

17 / Resultados do Empresa Bacana desde 2010 Fonte: SEBRAE/RJ 8 mil empreendedores atendidos 1,8 mil formalizados Comunidades Cidade de Deus Borel Cantagalo/Pavão-Pavãozinho Providência Complexo do Alemão Santa Marta Andaraí Salgueiro Tabajaras/Morro dos Cabritos Morro dos Macacos Babilônia/Chapéu Mangueira Próximo passo: retorno à Rocinha

18 / Inovação nas pequenas empresas R$ 780 milhões - Investimento do Sebrae em inovação até mil empresas atendidas em Meta para projetos de inovação já cumprida pelo Sebrae ALI – Agentes Locais de Inovação agentes hoje em 22 Estados - Diagnóstico inicial da empresa Sebraetec - Conjunto de soluções para pequena empresa - 80% a 90% de subsídio do Sebrae

19 / Competitividade e acesso a mercados Programa Sebrae oportunidades de negócios em 9 setores - Foco no desenvolvimento das MPE - Investimento de R$ 80 milhões Sebrae - 7 mil participantes nos 12 Encontros de Negócios - 3 mil empresas já sendo atendidas pelo programa - Encadeamento produtivo (ABDIB, Petrobras, Vale, Gerdau) Oportunidade Requisito Plano de ação

20 / Valor mínimo projetos R$ 97,5 milhões Âncoras participantes 232 Grandes e Médias Empresas 28 Unidades da Petrobras Recursos Financeiros R$ 78 milhões (50% Petrobras e 50% Sebrae) Rodadas de Negócios 81 rodadas R$ 2,8 bilhões Empresas atendidas MPE 16 Redes Petro em 13 UF Resultados finalísticos Aumento 25% no volume de vendas Aumento 13% no nº de postos de trabalho Resultados Intermediários Aumento 25% no nº de empresas do projeto cadastradas na Petrobras Aumento 29% na quantidade de empresas cadastradas na ONIP Parceria Petrobras-Sebrae

21 / Objetivo Aumentar o volume de vendas das MPE para a cadeia produtiva da mineração Metas Expectativa de Compras de MPE: R$ 1,3 bi até 2013 Desenvolver e qualificar MPE Recursos SEBRAER$ 3,6 milhões SEBRAE UFR$ 3,6 milhões VALER$ 3,6 milhões MPER$ 3,6 milhões TotalR$ 14,4 milhões Prazo de Execução 2011 a 2013 Parceria Vale-Sebrae

22 / Objetivo Aumentar o faturamento das MPE Reduzir o grau de dependência das MPE Reduzir os atrasos na entrega Reduzir as não-conformidades da entrega Metas Desenvolver 320 MPE 9 projetos em 8 estados (CE, PE, BA, MG, RJ, SP, PR e RS) Prazo de Execução 2011 a 2013 Parceria Gerdau-Sebrae

23 / Sebrae – Metas mobilizadoras 2011 Todas 100% cumpridas!

24 / Sebrae – Plano Plurianual Formalização de empreendedores, apoio ao seu desenvolvimento, promovendo a inclusão produtiva. Competitividade e sustentabilidade dos negócios, produtos, serviços e canais de atendimento adequados a cada segmento, ênfase em gestão e inovação. Acesso dos clientes do Sebrae às oportunidades de negócios geradas por grandes eventos e investimentos. Consolidar melhorias no ambiente legal, ênfase na implementação efetiva da Lei Geral nos municípios. Tornar Sistema Sebrae referência no País em qualidade na gestão de recursos públicos.

25 / Obrigado! Luiz Barretto Presidente do Sebrae Nacional 25


Carregar ppt "0800 570 0800 / www.sebrae.com.br Políticas Públicas para o Desenvolvimento do Empreendedorismo 2º Fórum de Empreendedores Luiz Barretto, presidente do."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google