A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Gestão Estratégica na Justiça do Trabalho CONSELHO SUPERIOR DA JUSTIÇA DO TRABALHO ASSESSORIA DE PLANEJAMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA – APGE Novembro de 2009.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Gestão Estratégica na Justiça do Trabalho CONSELHO SUPERIOR DA JUSTIÇA DO TRABALHO ASSESSORIA DE PLANEJAMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA – APGE Novembro de 2009."— Transcrição da apresentação:

1 Gestão Estratégica na Justiça do Trabalho CONSELHO SUPERIOR DA JUSTIÇA DO TRABALHO ASSESSORIA DE PLANEJAMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA – APGE Novembro de 2009 PAULO VANZETO

2 Constituição Federal Constituição Federal Código de Defesa do Consumidor Código de Defesa do Consumidor Qualidade e Norma ISO Qualidade e Norma ISO EC 19 - Reforma administrativa - princípios administrativos - LIMPE EC 19 - Reforma administrativa - princípios administrativos - LIMPE Lei de Responsabilidade Fiscal - limites Lei de Responsabilidade Fiscal - limites TCU IN 47 - avaliação de desempenho com base em indicadores e metas TCU IN 47 - avaliação de desempenho com base em indicadores e metas EC 45 - Criação dos Conselhos - CNJ, CNMP e CSJT EC 45 - Criação dos Conselhos - CNJ, CNMP e CSJT CNJ - Resolução 15 - Justiça em Números CNJ - Resolução 15 - Justiça em Números CNJ - Resolução 49 - Núcleo de Gestão Estratégica CNJ - Resolução 49 - Núcleo de Gestão Estratégica 2009 – CNJ – Resolução 70 – Planejamento e Gestão Estratégica - Poder Judiciário 2009 – CNJ – Resolução 70 – Planejamento e Gestão Estratégica - Poder Judiciário Ano da Gestão Pública Ano da Gestão Pública Legalidade Impessoalidade Moralidade Publicidade Eficiência

3 GESTÃO DE PESSOAS PASSAMOS A MAIOR PARTE DE NOSSAS VIDAS NO INTERIOR DA ORGANIZAÇÃO A NOSSA INSTITUIÇÃO PODE SER TUDO, MAS NADA SERÁ SE NÃO HOUVER PESSOAS A DEFINIR:. VISÃO E PROPÓSITO – COMO ESTAREMOS EM 2014.ESTRUTURAS ESTRATÉGICAS – FAZER MAIS COM MENOS/TRT 21ª REG. 6ª VARA.ADMINISTRAR RECURSOS FINANCEIROS – TRT 23ª.ESTABELECER METAS DE PRODUÇÃO – COTAS COMPROMETIMENTO – TRT 15ª NENHUM DIA A MAIS

4 O PLANEJAMENTO VISA SENSIBILIZAR OS SERVIDORES AO PROCESSO CORPORATIVO: ENFATIZAR A IMPORTÂNCIA DO ALCANCE DE RESULTADOS GERAR COMPROMETIMENTO ENVOLVIMENTO E COMPROMISSO MÚTUO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO - MÉRITO ALINHAMENTO CORPORATIVO TRANSFORMAR INTENÇÕES ESTRATÉGICAS EM AÇÕES EFETIVAS INTENÇÃO DA MUDANÇA MONITORAMENTO CONSTANTE MÉTODOLOGIA E GERENCIAMENTO VISANDO CUMPRIMENTO DA MISSÃO E DA ESTRATÉGIA DA ORGANIZAÇÃO EM UM CONJUNTO COMPREENSÍVEL E RAZOÁVEL DE MEDIDAS DE DESEMPENHO Direito Sanitário – saúde mental – direito ao lazer

5 GUIAR-SE POR SEUS VALORES E PELOS VALORES DA INSTITUIÇÃOGUIAR-SE POR SEUS VALORES E PELOS VALORES DA INSTITUIÇÃO PREPARAR AS PESSOAS PARA SITUAÇÕES ADVERSAS (FALTA DE SERVIDOR, FÉRIAS)PREPARAR AS PESSOAS PARA SITUAÇÕES ADVERSAS (FALTA DE SERVIDOR, FÉRIAS) COBRAR DESEMPENHOCOBRAR DESEMPENHO DESCOBRIR OS PONTOS FORTES DOS SERVIDORESDESCOBRIR OS PONTOS FORTES DOS SERVIDORES PERCEBER QUALIDADESPERCEBER QUALIDADES OS LÍDERESOS LÍDERES TER A VISÃO CLARA DOS OBJETIVOS E MAISTER A VISÃO CLARA DOS OBJETIVOS E MAIS SABER TRANSMITIRSABER TRANSMITIR

6 ENTENDER AS FRAQUEZAS ou o MOMENTO DESSAS FRAQUEZAS DE SEUS SERVIDORES(NÃO PODEM SER ETERNAS)ENTENDER AS FRAQUEZAS ou o MOMENTO DESSAS FRAQUEZAS DE SEUS SERVIDORES(NÃO PODEM SER ETERNAS) TER CORAGEM PARA TOMAR DECISÕESTER CORAGEM PARA TOMAR DECISÕES IMPORTANTEIMPORTANTE NÃO PODEMOS ESQUECER QUE ESTAMOS FALANDO DE PESSOAS ASSIM TEMOS QUE ESTIMULAR CONVENCER E TER LÍDERES VIBRANTES

7 MOTIVAÇÃO -MOTIVAÇÃO - Motivação no trabalho hoje é fundamental para que as pessoas produzam com todo o seu potencial (está no nosso mapa estratégico) ORIGEM NO INTERIOR DA CADA PESSOAORIGEM NO INTERIOR DA CADA PESSOA TEORIA DE ABRAHAM HAROLD MASLOW (1970)TEORIA DE ABRAHAM HAROLD MASLOW (1970) CONSTRUIU UMA TEORIA NA QUAL AS NECESSIDADES OBEDECIAM UMA HIERARQUIA CONSTRUIU UMA TEORIA NA QUAL AS NECESSIDADES OBEDECIAM UMA HIERARQUIA NECESSIDADES FISIOLÓGICAS – água – comida –ar- sexo-NECESSIDADES FISIOLÓGICAS – água – comida –ar- sexo- NECESSIDADES DE SEGURANÇA – fugir dos perigos-NECESSIDADES DE SEGURANÇA – fugir dos perigos- NECESSIDADE DE AMOR (sociais) – ser querido pelos outros -NECESSIDADE DE AMOR (sociais) – ser querido pelos outros - NECESSIDADE DE AUTOESTIMA – você gostar de si – dar valor a si próprioNECESSIDADE DE AUTOESTIMA – você gostar de si – dar valor a si próprio HETERO-ESTIMA – reconhecimento externo - HETERO-ESTIMA – reconhecimento externo - E AUTO-REALIZAÇÃO – alcançar a sua meta -E AUTO-REALIZAÇÃO – alcançar a sua meta - OBS: SERÁ QUE ACIMA DA AUTO-REALIZAÇÃO NÃO CABERIA A NECESSIDADE ESPIRITUAL?OBS: SERÁ QUE ACIMA DA AUTO-REALIZAÇÃO NÃO CABERIA A NECESSIDADE ESPIRITUAL?

8 REPAREM QUE NECESSIDADES SOCIAIS ESTÁ INSERIDO EM DOIS FATORES

9

10 Para antecipar e garantir o futuro. Planejar é decidir hoje algo para o futuro. TEREMOS A CERTEZA DO RESULTADO? Então, porque planejar? NENHUM DIA A MAIS

11 Perseguindo os 5 Es Eficiência – fazer mais com menos Eficiência – fazer mais com menos Eficácia – fazer a coisa certa, da primeira vez Eficácia – fazer a coisa certa, da primeira vez Efetividade – obter os resultados esperados Efetividade – obter os resultados esperados Excelência – servir de exemplo para a administração pública Excelência – servir de exemplo para a administração pública Esperança – ver 2014 chegar com as metas alcançadasEsperança – ver 2014 chegar com as metas alcançadas E como fazemos isto?

12 Para prestar o melhor serviço possível ao nosso cliente, o cidadão, o jurisdicionado, ou seja, a nossa AMEAÇA. Tudo isto, para quê? Maior qualidade Menor prazo Menor custo Maior imagem (confiança)

13 Estabelecer senso de urgência, a partir de comunicação efetiva; Estabelecer senso de urgência, a partir de comunicação efetiva; Coalizão e comprometimento COM A liderança; Coalizão e comprometimento COM A liderança; Desenvolver a visão e estratégia de longo prazo; Desenvolver a visão e estratégia de longo prazo; Comunicar a visão da mudança; Comunicar a visão da mudança; Desenvolver cultura de medição e orientação a resultados, por meio de metas desafiadoras; Desenvolver cultura de medição e orientação a resultados, por meio de metas desafiadoras; Delegar poder às pessoas para realização das ações; Delegar poder às pessoas para realização das ações; Gerar vitórias de curto prazo, com benefícios para as pessoas; Gerar vitórias de curto prazo, com benefícios para as pessoas; Consolidar os ganhos para produzir mudanças ainda maiores; Consolidar os ganhos para produzir mudanças ainda maiores; Incorporar as mudanças à cultura da organização. Incorporar as mudanças à cultura da organização. O amadurecimento para a mudança

14 Estratégia Estratégia Gestão orçamentária Gestão orçamentária Processos Processos Pessoas Pessoas TEMOS UMA TENDÊNCIA À VERTICALIZAÇÃOTEMOS UMA TENDÊNCIA À VERTICALIZAÇÃO O grande desafio - ALINHAR

15 A solução? Está nas pessoas! Melhoria contínua em benefício das pessoas

16 OBRIGADO! FINALIZO COM UM PENSAMENTO DE VELEJADOR: o vento nunca é favorável para aqueles que não sabem para onde vão


Carregar ppt "Gestão Estratégica na Justiça do Trabalho CONSELHO SUPERIOR DA JUSTIÇA DO TRABALHO ASSESSORIA DE PLANEJAMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA – APGE Novembro de 2009."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google