A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Zootecnia I Não Ruminantes João Paulo V. Alves dos Santos Eng° Agrônomo/ESALQ-USP

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Zootecnia I Não Ruminantes João Paulo V. Alves dos Santos Eng° Agrônomo/ESALQ-USP"— Transcrição da apresentação:

1 Zootecnia I Não Ruminantes João Paulo V. Alves dos Santos Eng° Agrônomo/ESALQ-USP

2 Aula 3. Avicultura: Sistemas de Produção – Alimentação - Instalações Antes de instalar um aviário: Fatores que podem comprometer o empreendimento Localização – Vias de acesso Distância do mercado consumidor Umidade Ventilação Temperatura

3 Aula 3. Avicultura: Sistemas de Produção – Alimentação - Instalações Produção e Postura Comercial: 1-) Aquisição de Poedeiras: Aves devem sempre ser adquiridas de incubatórios registrados no MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) Cuidados com doenças como: Micoplamoses Aspergilose Salmoneloses

4 Aula 3. Avicultura: Sistemas de Produção – Alimentação - Instalações Produção e Postura Comercial: 1-) Aquisição de Poedeiras: Devem ser vacinadas contra: Doença de Gumboro Bronquite Infecciosa das Galinhas Doença de Newcastle Encefalomielite Aviária

5 Aula 3. Avicultura: Sistemas de Produção – Alimentação - Instalações Produção e Postura Comercial: 1-) Aquisição de Poedeiras: Pintainhas na granja: Registro dos animais em fichas apropriadas Pintainhas devem estar saudáveis Olhos brilhantes Umbigo bem cicatrizado Tamanho e cor padronizada Canelas lustrosas e sem deformidades Plumagem seca, macia e sem sujidades aderidas à cloaca

6 Aula 3. Avicultura: Sistemas de Produção – Alimentação - Instalações Produção e Postura Comercial: 1-) Aquisição de Poedeiras: Pintainhas na granja: Transporte do incubatório até a granja deve ser efetuado em veículo especializado/climatizado Carga e empilhamento adequados Veículos devem ser limpos e higienizados a cada recarga Transporte interestadual de pintainhas deve ser acompanhado de GTA (Guia de Trânsito Animal – Inst. Normativa n° 18 de 18 julho de 2006)

7 Aula 3. Avicultura: Sistemas de Produção – Alimentação - Instalações Produção e Postura Comercial: 1-) Aquisição de Poedeiras: Pintainhas na granja: Produtor deve ter cuidados com local de recebimento: aquecedores, geradores, devem ser testados antes da chegada e ligados antecipadamente, também Bebedouros e comedouros devem ser previamente abastecidos (antes da chegada) Anotação de dados dos animais recém-chegados como peso e refugos (apartação) Após retirada das aves, incinerar material de transporte: caixas de papelão, forração

8 Aula 3. Avicultura: Sistemas de Produção – Alimentação - Instalações Produção e Postura Comercial: 2-) Instalações/Poedeiras: Mercado: grande variedade de equipamentos para cria e recria de frangas Instalações: podem ser diferentes (de acordo com produtor) Cuidados básicos: A-) Instalação de cortinas (plástico especial trançado, lona ou PVC) nas laterais do aviário B-) Vedação total das correntes de ar C-) Bebedouros de pressão do tipo pendular ou nipple automático D-) Comedouros de badeja tubulares ou automáticos

9 Aula 3. Avicultura: Sistemas de Produção – Alimentação - Instalações Produção e Postura Comercial: 2-) Instalações/Poedeiras: E-) Instalação de aquecedores a lenha, gás ou elétrico F-) Instalação de sistema de ventilação ou exaustão para climatização do ambiente Cuidados com Pinteiros: Funcionalidade, limpeza, desinfecção (caixas d´água, tubulações, comedouros) Acesso aos aviários: pedilúvios para desinfecção dos calçados Camas uniformes, com 10 cm de altura

10 Aula 3. Avicultura: Sistemas de Produção – Alimentação - Instalações Produção e Postura Comercial: 2-) Instalações/Poedeiras: Cuidado com uso de maravalha de indústria moveleira: resíduos químicos do tratamento da madeira Temperatura do Pinteiro: deve ser ajustada sempre para 32°C Atentar para a relação: n° de aves/disponibilidade de bebedoros e comedouros 5° Semana de idade: pesagens a cada 15 dias (monitorar crescimento + ajuste: ração) Manejar corretamente cortinas, janelas e ventilação para manter climatização adequada

11 Aula 3. Avicultura: Sistemas de Produção – Alimentação - Instalações Produção e Postura Comercial: 2-) Instalações/Poedeiras: Fornecer fotoperíodo de acordo com a fase de desenvolvimento da pinta Variável de acordo com linhagem utilizada Atentar para necessidade de uso de lâmpadas para suplementar luz natural

12 Aula 3. Avicultura: Sistemas de Produção – Alimentação - Instalações Produção e Postura Comercial: 3-) Manejo dos Animais Debicagem: Redução de injúrias Evitar mortalidade por canibalismo Desvantagem: Percepção de dor ao redor da área debicada Comprometimento temporário da alimentação: capacidade da ave se alimentar – tempo de adaptação à nova morfologia do bico

13 Aula 3. Avicultura: Sistemas de Produção – Alimentação - Instalações Produção e Postura Comercial: 3-) Manejo dos Animais Cuidados na Debicagem: Ser feita somente por pessoas devidamente treinadas Equipamento adequado Cuidados com cauterização do bico Deve ser feita com aves entre 7 a 10 dias de idade

14 Aula 3. Avicultura: Sistemas de Produção – Alimentação - Instalações Produção e Postura Comercial: 3-) Manejo dos Animais Cuidados na Debicagem: 2 a 3 dias antes e depois da intervenção fornecer via bebedouros solução rica em K para facilitar coagulação Cuidados para ave não ficar desidratada após debicagem Monitorar consumo de água Havendo necessidade pode ser efetuada nova debicagem com 10 a 12 semanas de vida (somente se necessário)

15 Aula 3. Avicultura: Sistemas de Produção – Alimentação - Instalações Produção e Postura Comercial: 3-) Manejo dos Animais

16 Aula 3. Avicultura: Sistemas de Produção – Alimentação - Instalações Produção e Postura Comercial: 3-) Manejo dos Animais Aves mortas: Cuidados com destino Incineradores Compostagem (manter anaerobiose) Fossas Sépticas (manter anaerobiose)

17 Aula 3. Avicultura: Sistemas de Produção – Alimentação - Instalações Produção e Postura Comercial: 4-) Manejo dos Dejetos Objetivo: secagem rápida do esterco Gaiolas Remoção automática (esteiras) Sem remoção automática – devem ser instaladas grades logo abaixo das gaiolas para secagem mais rápida Esterco: não pode ser molhado – atenção aos beirais das coberturas

18 Aula 3. Avicultura: Sistemas de Produção – Alimentação - Instalações Produção e Postura Comercial: 4-) Manejo dos Dejetos Vegetação entre galpões deve ser rasteira para facilitar circulação de ar e permitir secagem rápida do esterco Após remoção do esterco o mesmo deverá ser levado para local coberto e seco Camas de aviário: Tamanho das partículas: quanto menor melhor a qualidade da cama Inspecionar bebedouros, evitar vazamentos (formação de placões que devem ser removidos)

19 Aula 3. Avicultura: Sistemas de Produção – Alimentação - Instalações Produção e Postura Comercial: 4-) Manejo dos Dejetos Camas de aviários: Deve ser prontamente removida após saída de animais

20 Aula 3. Avicultura: Sistemas de Produção – Alimentação - Instalações Produção e Postura Comercial: 5-) Manejo Sanitário: Sistema: Todas Dentro x Todas Fora Manter sempre lotes de uma mesma idade e procedência sempre num mesmo local (instalação) Sanidade: correlacionada com higiene Manutenção e limpeza de bebedouros e comedouros

21 Aula 3. Avicultura: Sistemas de Produção – Alimentação - Instalações Produção e Postura Comercial: 5-) Manejo Sanitário: Após saída de um lote de um determinado aviário: Retirar todos utensílios utilizados Passar vassoura de fogo sobre as camas para reduzir o n° de penas Remover toda a cama Lavar com água + pressão todos equipamentos utilizados Lavar com água + pressão todas as paredes, tetos e cortinas

22 Aula 3. Avicultura: Sistemas de Produção – Alimentação - Instalações Produção e Postura Comercial: 5-) Manejo Sanitário: Lavar caixas d´água e tubulações Aparar grama ao redor dos aviários Promover limpeza das calçadas ao redor do aviário

23 Aula 3. Avicultura: Sistemas de Produção – Alimentação - Instalações Produção e Postura Comercial: 5-) Manejo Sanitário: Vacinações: Uso somente de vacinas registradas e aprovadas pelo MAPA Programa de vacinação pode variar de região para região Deve seguir recomendações de médico veterinário Vacinação contra Doença de Newcastle (obrigatória)

24 Aula 3. Avicultura: Sistemas de Produção – Alimentação - Instalações Produção e Postura Comercial: 5-) Manejo Sanitário: Vacinações: Vacinar sempre em horário de temperaturas amenas Não vacinar animais doentes Funcionários treinados Poedeiras Comerciais: Doença de Marek, Varíola Aviária, Doença de Newcastle*, Gumboro e Bronquite Infecciosa (vacinas mais comumente aplicadas) *Obrigatória

25 Aula 3. Avicultura: Sistemas de Produção – Alimentação - Instalações Produção e Postura Comercial: 5-) Manejo Sanitário:

26 Aula 3. Avicultura: Sistemas de Produção – Alimentação - Instalações Produção e Postura Comercial: 5-) Manejo Sanitário: Vacinações: Durante cria e recria não são utilizadas amostras vacinais vivas Dados e registros sobre vacinações devem ser devidamente armazenados

27 Aula 3. Avicultura: Sistemas de Produção – Alimentação - Instalações Produção e Postura Comercial: 6-) Sistema de Gaiolas: Mercado consumidor – preocupação cada vez maior com bem estar animal União Européia – focada no bem estar animal para produção de ovos Gaiolas/Convencionais – 550 cm 2 /ave (U.E.) Brasil – ausência de legislação específica (Ex.: 375 cm 2 /ave*) *pode variar de acordo com fabricante de gaiola e fase de desenvolvimento das aves

28 Aula 3. Avicultura: Sistemas de Produção – Alimentação - Instalações Produção e Postura Comercial: 7-) Cuidados Sanitários: Aviários devem sempre ser mantidos livres de pássaros, roedores, animais silvestres ou domésticos Uso de tela, malha máxima = 2,5 cm

29 Aula 3. Avicultura: Sistemas de Produção – Alimentação - Instalações Produção e Postura Comercial: 7-) Cuidados Sanitários: Limpeza diária de bebedouros e comedouros Retirada de aves machucadas ou mortas Poeira de telas e lâmpadas deve ser removida pelo menos 1x/semana Limpeza de gaiolas e higienização após período de produção Antes de novo alojamento, respeitar mínimo de 20 dias (vazio sanitário da instalação)

30 Aula 3. Avicultura: Sistemas de Produção – Alimentação - Instalações Produção e Postura Comercial: 7-) Cuidados Sanitários: Monitoramento Sanitário do Plantel – estabelecido pelo médico veterinário responsável Atender normas específicas no: Regulamento de Defesa Sanitária Animal e no PNSA (Plano Nacional de Sanidade Avícola) Médico Veterinário Oficial – Responsável pela Fiscalização (vistorias) Monitoramento Sanitário – Salmonelose, Doença de Newcastle, Influenza Aviária – (Exames)

31 Aula 3. Avicultura: Sistemas de Produção – Alimentação - Instalações Produção e Postura Comercial: 8-) Cuidados com Alimentação: Água – Cuidados Qualidade x Quantidade (fatores primordiais) Deve ser captada por reservatório central para posteriormente ser distribuída

32 Aula 3. Avicultura: Sistemas de Produção – Alimentação - Instalações Produção e Postura Comercial: 8-) Alimentação: Água: deve ser monitorada quanto à sua qualidade Abundante Fresca Livre de patógenos Condições químicas – físicas – biológicas

33 Aula 3. Avicultura: Sistemas de Produção – Alimentação - Instalações Produção e Postura Comercial: 8-) Cuidados com Alimentação: Água: Havendo presença de coliformes fecais, deve ser tratada (Cl) Nas gaiolas – acesso para as aves = via nipple ou calha Reservatórios e caixas d´água devem estar alojados em locais sombreados e inacessíveis a animais Preferencialmente encanamentos soterrados (para evitar rachaduras e aquecimento da água) Caixas d´água devem ser limpas no mínimo, semestralmente

34 Aula 3. Avicultura: Sistemas de Produção – Alimentação - Instalações Produção e Postura Comercial: 8-) Cuidados com Alimentação: Rações: balanceadas de acordo com categoria Produção de rações na propriedade: devem seguir as normas BPF (Boas Práticas de Fabricação – SINDIRAÇÕES) Silos graneleiros (na granja) – devem ser limpos e higienizados adequadamente (vedado/evitar entrada de animais) Limpeza de silos – efetuada entre partidas de rações Sacarias e insumos – armazenados em locais adequados (secos e limpos)

35 Aula 3. Avicultura: Sistemas de Produção – Alimentação - Instalações Produção e Postura Comercial: 8-) Cuidados com Alimentação: Necessidade de controle diário do: Consumo Indicativo de problemas no lote Doença subclínica Alterações na cor/odor da ração Acompanhar condição corporal das aves e qualidade dos ovos

36 Aula 3. Avicultura: Sistemas de Produção – Alimentação - Instalações Produção e Postura Comercial: 9-) Controle de moscas: Controle efetivo de pragas - importante! Roedores Pássaros Insetos Moscas

37 Aula 3. Avicultura: Sistemas de Produção – Alimentação - Instalações Produção e Postura Comercial: 9-) Controle de moscas: Larvicidas e inibidores de crescimento de moscas via ração (uso alternado) Alternativas que não utilizam produtos químicos (devem ser encorajadas!) Camada de cal no piso abaixo das gaiolas (inibe crescimento de larvas no esterco liquefeito) Cuidado no manuseio de produtos químicos (toxicidade)

38 Aula 3. Avicultura: Sistemas de Produção – Alimentação - Instalações Produção e Postura Comercial: 10-) Coleta de Ovos: Manual: Pelo menos 4x/dia Evitar que poeira e sujidades se acumulem sobre a casca Mão de obra – mãos lavadas antes da coleta (mãos limpas)

39 Aula 3. Avicultura: Sistemas de Produção – Alimentação - Instalações Produção e Postura Comercial: 11-) Classificação de Ovos: Sala deve atender às normas vigentes Portaria n°1 (21 de fevereiro 1990 – ANVISA) Resolução RDC n° 275 (21 de outubro de 2002 – ANVISA) Portaria n° 368 (4 de setembro 1997 – MAPA)

40 Aula 3. Avicultura: Sistemas de Produção – Alimentação - Instalações Produção e Postura Comercial: 12-) Biossegurança: Local deve ser delimitado por cercas de segurança Único acesso de entrada Evitar trânsito livre Respeitar distância em relação a outros estabelecimentos avícolas: Aves de Postura Comercial Outros estabelecimentos avícolas com produção diferente

41 Aula 3. Avicultura: Sistemas de Produção – Alimentação - Instalações Produção e Postura Comercial: 12-) Biossegurança: Portaria n° 236, MAPA – 02 de junho de 2006: EstabelecimentosDistâncias Ao abaterdouro de qualquer finalidade3 km Ao estabelecimento de aves de postura comerciais500 m A granjas de linhas puras, bisavós, avós e qualquer tipo de incubatório 5 km Granja de matrizes3 km Ao estabelecimento de aves comerciais de corte3 km

42 Aula 3. Avicultura: Sistemas de Produção – Alimentação - Instalações Produção e Postura Comercial: 12-) Biossegurança: EstabelecimentosDistâncias Ao estabelecimento de criação de avestruzes ou ratitas 3 km Ao estabelecimento de criação de aves ornamentais3 km Às fábricas de ração de outra empresa produtora de ovos comerciais 500 m Às fábricas de ração de outra empresa de outra natureza 3 km Do galpão de postura comercial à estrada vicinal da propriedade 100 Do galpão de postura aos limites periféricos da propriedade 30 m

43 Aula 3. Avicultura: Sistemas de Produção – Alimentação - Instalações Produção e Postura Comercial: 12-) Biossegurança: EstabelecimentosDistâncias Entre galpões de postura de ovos comerciais de mesma finalidade Igual à largura do galpão Entre núcleo de Aves de Postura Comercial de aves de Cria/Recria e núcleos de produção 200 m

44 Aula 3. Avicultura: Sistemas de Produção – Alimentação - Instalações Produção e Postura Comercial: 13-) Instalações: Diferença entre Postura e Recria: Postura: gaiolas possuem aparador de ovos Dimensionamento de aviários: projetado de acordo com largura das gaiolas e corredores de circulação Implantação: cuidados com Meio Ambiente (Código Florestal, Legislação Ambiental, Código Sanitário)

45 Aula 3. Avicultura: Sistemas de Produção – Alimentação - Instalações Produção e Postura Comercial: 13-) Instalações: Buscar sempre maximização da ventilação natural (projeto) Evitar local com excessiva incidência de radiação solar Facilidade de deslocamento Acesso: Insumos CONAMA: Política Nacional de Recursos Hídricos + Legislação Estadual vigente (Ex.: DAEE)

46 Aula 3. Avicultura: Sistemas de Produção – Alimentação - Instalações Produção e Postura Comercial: 13-) Instalações: Pé direito: mínimo 3 m Comprimento: não ultrapassar 140 m (problemas de terraplanagem, instalação de equipamentos e manejo) Largura: de acordo com gaiolas selecionadas

47 Aula 3. Avicultura: Sistemas de Produção – Alimentação - Instalações Produção e Postura Comercial: 13-) Instalações: Estrutura: Pré-Moldada (Concreto) Métálica Madeira Mista Desde que atenda as exigências da carga de telhado (cobertura) a ser recebida

48 Aula 3. Avicultura: Sistemas de Produção – Alimentação - Instalações Produção e Postura Comercial: 13-) Instalações: Piso: Concreto = Opcional – Recomendado Vantagens: Melhor higienização Melhor Sanidade Cobertura/Telhado: procurar o melhor custo benefício x isolamento térmico

49 Aula 3. Avicultura: Sistemas de Produção – Alimentação - Instalações Produção e Postura Comercial: 13-) Instalações: Vão livre superior a 8 m largura: projetar com lanternim na cumeeira, com tela nas aberturas para evitar entrada de pássaros

50 Aula 3. Avicultura: Sistemas de Produção – Alimentação - Instalações Produção e Postura Comercial: 14-) Resíduos Gerados: Camas Ovos descartados Esterco Camas, Penas, Restos de Ração Resíduos de lavagens Aves mortas Resíduos gerados em escritórios, vestiários, banheiros, refeitórios

51 Aula 3. Avicultura: Sistemas de Produção – Alimentação - Instalações Produção e Postura Comercial: 14-) Resíduos Gerados: Necessidade de implantação de sistema de coleta de lixo Coleta seletiva Tríplice lavagem de embalagens de defensivos Esgotos – conduzidos para sistemas de tratamento Destino do lixo não reciclável (buscar alternativa: coleta)

52 Aula 3. Avicultura: Sistemas de Produção – Alimentação - Instalações Produção e Postura Comercial: 14-) Resíduos Gerados: Armazenamento de dejetos: cuidados com poluição do solo e contaminação do lençol freático Opções: Biodigestores (obtenção de biogás) Lagoas de tratamento Compostagem

53 Aula 3. Avicultura: Sistemas de Produção – Alimentação - Instalações Produção e Postura Comercial: 15-) Funcionários: Necessidade de treinamento de todos que tenham contato com as aves Procedimento de higiene e segurança para garantir Biosseguridade Uso de uniforme e acessórios adequados Boa apresentação (cabelos, barba, unhas aparadas) Cumprimento rígido das normas pré-estabelecidas

54 Aula 3. Avicultura: Sistemas de Produção – Alimentação - Instalações Produção e Postura Comercial: 15-) Cuidados com visitantes e veículos: Troca de roupa: dentro da granja somente roupas previamente desinfetadas Uso de pedilúvios Uso de rodolúvios


Carregar ppt "Zootecnia I Não Ruminantes João Paulo V. Alves dos Santos Eng° Agrônomo/ESALQ-USP"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google