A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Universidade de Brasília FACE Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação Logística Empresarial Unidade.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Universidade de Brasília FACE Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação Logística Empresarial Unidade."— Transcrição da apresentação:

1 Universidade de Brasília FACE Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação Logística Empresarial Unidade 2 Grupo 08A Arthur Ramos Eduardo Galiano Everaldo B. M. Walter Marinho Mavungo

2 A gestão de estoques é um conceito que está presente em praticamente todo o tipo de empresas, assim como na vida cotidiana das pessoas. Desde o início da sua história que a humanidade tem usado estoques de variados recursos, de modo a suportar o seu desenvolvimento e sobrevivência, tais como ferramentas e alimentos

3 Uma das principais vantagens dos estoques é poderem ser usados para enfrentar uma situação de falta, de privação do que é necessário. Quando apesar de não se verificar uma produção constante, um estoque consegue satisfazer uma procura uniforme. Vantagens de Constituir Estoques

4 De modo a enfrentar variações ou balanços da procura, mesmo sendo essa procura mais ou menos constante. Possibilidade de se poder adquirir a baixos preços para se revender quando os preços são elevados. Evitar o desconforto devido a entregas e aquisições com elevada frequência Vantagens de Constituir Estoques.

5 Características Básicas de Controle de Estoque Existem certas características que são comuns a todos os problemas de controle de estoque, não importando se são matérias-primas, material em processo ou produtos acabados. É preciso entender esses traços básicos. Eles são os seguintes: a)Custos associados aos estoques; b)Objetivos do estoque; c)Previsão de incertezas

6 Custos Associados aos Estoques Excluindo o custo de aquisição da mercadoria, os custos associados aos estoques podem ser divididos em três categorias: 1. Custo de pedir: incluem os custos fixos administrativos associados aos processo de aquisição das quantidades requeridas para reposição do estoque - custo de preencher pedido de compra, processar o serviço burocrático, na contabilidade e no almoxarifado, e de receber o pedido e verificação contra a nota e a quantidade física. Os custos de pedir são definidos em termos monetários por pedido.

7 Custos Associados aos Estoques 2. Custos de manter estoque: estão associados a todos os custos necessários para manter certa quantidade de mercadorias por um período. São geralmente definidos em termos monetários por unidade, por período. 3. Custo total: é definido como a soma dos custos de pedir e de manter o estoque. Os custos totais são importantes no modelo do lote econômico, pois o objetivo deste é determinar a quantidade de pedido que os minimiza.

8 Objetivos do Estoque Estabelecer os níveis de estoque e sua localização é apenas parte do problema do controle de estoque. Considerando esse objetivo mais amplo, uma questão crítica é balancear os custos de manter e pedir estoques, porque esses custos tem comportamentos conflitantes. Quanto maiores as quantidades estocadas, maiores serão os custos de manutenção. O objetivo destas situações é encontrar um plano de suprimento que minimize o custo total.

9 Previsão de Incertezas Controlar o nível de estoque tem seus riscos associados. Nunca se tem certeza da quantidade a ser solicitada pelos clientes e da quantidade a ser enviada para armazenagem. Para complicar ainda mais a situação, não é possível prever com exatidão quando chegarão os suprimentos para iniciar a produção e abastecer os estoques. Uma das primeiras questões consideradas no controle de estoques é a previsão de vendas futuras, da demanda, bem como a estimativa do tempo de ressuprimento (lead time), desde a colocação do pedido no fornecedor, sua produção até a chegada do material em nossas instalações.

10 Gestão de estoques X controle de estoques

11 A visão tradicional é de que os produtos devem ser mantidos em estoque por diversas razões. Seja para acomodar variação nas demandas, seja para produzir lotes econômicos em volumes substancialmente superiores ao necessário, seja para não perder vendas. No entanto, essa visão acarreta para as empresas: Custos mais altos de manutenção de estoques; Falta de tempo na resposta ao mercado; Risco do inventário tornar-se obsoleto

12 Objetivos da gestão de estoques: -Um planejamento do estoque; -Um controle do estoque; -Um feedback sobre o plaanejamento. Conceitos e técnicas de gestão de estoque -Just In Time (JIT) -Fluxo Discontinuo de Material -Curva ABC -Balenceamento de Atividade

13 Gestão de Estoque na Cadeia de Logística Integrada Supply chain possui como umas de suas principais finalidades agregar valor ao cliente sob diversas formas. VALOR = Qualidade X Serviço ao Cliente Preço X Prazo de Entrega

14 Gestão de Estoque na Cadeia de Logística Integrada Agregar valor = proporcionar produtos ou serviços que têm um valor maior do que os oferecidos por concorrentes em mercados semelhantes.

15 Desafios da Inovação Sagacidade na implementação Diferenciar as diversas categorias Características intrínsecas à inovação Baixa complexidade

16 Desafios da Inovação Dois tipos de flexibilidade são requeridos dos sistemas que sustentam a coordenação entre organizações em cadeia de suprimentos: A habilidade de conexões interorganizacionais que permitam a flexibilidade da oferta; A habilidade de atualizar essas conexões de maneira a propiciar uma flexibilidade de parceria.


Carregar ppt "Universidade de Brasília FACE Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação Logística Empresarial Unidade."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google