A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Efeitos ambientais sobre o crescimento pré e pós-desmama de cabritos mestiços Boer Juliana Varchaki Portes (PIBIC Ações Afirmativas – Voluntária) Laila.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Efeitos ambientais sobre o crescimento pré e pós-desmama de cabritos mestiços Boer Juliana Varchaki Portes (PIBIC Ações Afirmativas – Voluntária) Laila."— Transcrição da apresentação:

1 Efeitos ambientais sobre o crescimento pré e pós-desmama de cabritos mestiços Boer Juliana Varchaki Portes (PIBIC Ações Afirmativas – Voluntária) Laila Talarico Dias (Orientadora) Rodrigo de A. Teixeira, André F. da Silveira, João G. Hill (Colaboradores) INTRODUÇÃO Dentre as raças caprinas especializadas para corte, a Boer tem grande importância na região sul do Brasil, visto o recente aumento no número de animais e criadores. Para melhorar a produção desta espécie, é necessário investir no manejo nutricional, sanitário, além de escolher adequadamente os animais que serão reprodutores. Porém, a identificação de genótipos superiores pode ser dificultada pelos efeitos ambientais que podem influenciar o crescimento dos animais. OBJETIVO Avaliar os efeitos de sexo, tipo de parto, peso da mãe e período de gestação sobre os pesos e ganhos de peso pré e pós-desmama de cabritos mestiços Boer. MATERIAL E MÉTODOS Foram utilizados dados do arquivo zootécnico pertencente ao Instituto Agronômico do Paraná (IAPAR, Pato Branco – Paraná). O arquivo contou com registros de pesos do nascimento aos 90 dias de idade de 134 cabritos mestiços Boer, nascidos entre julho e novembro de O modelo utilizado para análise pode ser representado por: Y ijkl =μ + Sexo i + TP j + PG k + PMãe l + PMãe l ² + e ijkl Em que: Y ijkl = variáveis dependentes (PN, P30, P60, P90, GPré ou GPós); μ = média da população; Sexo i = efeito do i-ésimo sexo; TP j = efeito do j-ésimo tipo de parto (simples, duplo ou triplo); PG k = efeito do l-ésimo período de gestação; PMãe l = efeito linear do k-ésimo peso da mãe; Pmãe l ² = efeito quadrático do k-ésimo peso da mãe; e ijkl = erro aleatório associado a cada observação. A análise dos dados foi realizada pelo método dos quadrados mínimos por meio do software SAS 9.2 (2008) pelo procedimento GLM. RESULTADOS E DISCUSSÃO As médias e os respectivos desvios-padrão, obtidos para os pesos ao nascer, aos 30, 60 e 90 dias de idade foram, respectivamente, 3,71 ± 0,55 kg, 9,26 ± 1,83 kg, 15,28 ± 2,99 kg e 18,75 ± 3,53 kg. Valores semelhantes foram reportados por Menezes et al. (2007) em animais ½ Boer e ¾ Boer. Para os ganhos de peso pré e pós-desmama as médias obtidas no presente estudo foram, respectivamente, 0,1928 ± 0,044 kg e 0,1158 ± 0,055 kg. O período de gestação médio observado foi de 149,69 ± 2,34 dias e a média obtida para o peso das mães ao parto foi de 53,92 ± 7,12 kg. Quanto a frequência dos tipos de parto, foi possível notar que 9,84% foram simples, 72,13% duplos e 18,03% triplos. CONCLUSÕES Os efeitos de sexo e tipo de parto devem ser considerados nos modelos para o estudo de efeitos genéticos para o peso ao nascer e aos 30 dias. Para os pesos aos 60 e 90 dias de idade e para ganho de peso pré-desmama o efeito do peso da mãe ao parto também deverá ser incluído no modelo estatístico. Tabela 2. Médias e desvios-padrão para os pesos e ganhos de peso pré e pós-desmama de cabritos mestiços Boer Médias seguidas de letras distintas diferiram pelo teste de Tukey (P<0,05). Na Tabela 1 estão apresentados os resultados obtidos na ANOVA para o estudo dos efeitos ambientais para as características de crescimento analisadas para caprinos cruzados Boer. Tabela 1. Resumo da ANOVA para os efeitos ambientais sobre os pesos e ganhos de peso pré e pós-desmama de cabritos mestiços Boer *** P < 0,0001; ** P < 0,01; * P < 0,05; NS: não significativo. TP = Tipo de parto; PM = Peso da mãe; PG = Período de gestação; PN = Peso ao nascer; P30 = Peso aos 30 dias; P60 = Peso aos 60 dias; P90 = Peso aos 90 dias; GP Pré = Ganho de peso pré-desmama; GP Pós = Ganho de peso pós-desmama. Na Tabela 2 estão apresentadas as médias para as características estudadas, em função do sexo e do tipo de parto.


Carregar ppt "Efeitos ambientais sobre o crescimento pré e pós-desmama de cabritos mestiços Boer Juliana Varchaki Portes (PIBIC Ações Afirmativas – Voluntária) Laila."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google