A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

AULA 1: GESTÃO/COMPATIBILIZAÇÃO DE PROJETOS FEVEREIRO DE 2013 CONSTRUÇÃO CIVIL I.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "AULA 1: GESTÃO/COMPATIBILIZAÇÃO DE PROJETOS FEVEREIRO DE 2013 CONSTRUÇÃO CIVIL I."— Transcrição da apresentação:

1 AULA 1: GESTÃO/COMPATIBILIZAÇÃO DE PROJETOS FEVEREIRO DE 2013 CONSTRUÇÃO CIVIL I

2 MOTIVOS DAS FALHAS NA EXECUÇÃO DE UMA OBRA

3 PORQUÊ COMPATIBILIZAR?

4

5

6

7

8 OBJETIVOS DA COMPATIBILIZAÇÃO DE PROJETOS Identificar possíveis interferências existentes entre os projetos de concepção. Reduzir custos; Evitar erros devido a interferências entre projetos; Minimizar o retrabalho; Reduzir prazos de execução; Reduzir desperdício de materiais;

9 QUANDO COMPATIBILIZAR? A COMPATIBILIZAÇÃO deve acontecer em cada uma das etapas do projeto: estudos preliminares, anteprojeto, projetos legais e projeto executivo, indo de uma integração geral das soluções até as verificações de interferências geométricas das mesmas.

10 COMPATIBILIZAÇÃO DE PROJETOS

11 GESTÃO DE PROJETOS Planejamento, organização, direção e controle do processo de projeto, que envolve tarefas de natureza estratégica, tais como: *estudos de demanda ou de mercado; *prospecção de terrenos; *captação de investimento/ financiamento; *definição de características do produto; *formação das equipes de projeto; *contratação de projetistas; *prazos para etapas de projeto; *gestão da interface com os clientes.

12 GESTÃO E COORDENAÇÃO DE PROJETOS

13 GERENCIAMENTO DE PROJETOS Práticas do PMBOK-Project Management Body of Knowledge: É um conjunto de práticas em gestão de projectos ou gerenciamento de projetos

14

15 DIFICULDADES NA COMPATIBILIZAÇÃO DE PROJETOS * POR RESPONSABILIDADE DO CLIENTE: Postergação de decisões que influem no desenvolvimento dos projetos; Fornecimento de dados incorretos ou incompletos como base Para o desenvolvimento dos projetos; Falta de elemento capacitado para análise técnica dos diversos Projetos e tomadas de decisão.

16 DIFICULDADES NA COMPATIBILIZAÇÃO DE PROJETOS * POR RESPONSABILIDADE DO PROJETISTA: Desinteresse e ignorância sobre os demais projetos (sua fases e necessidades); Descomprometimento com a interação; Falta de normalização na troca de informações entre projetistas (documentação sem padronização; arquivos eletrônicos); Pouco conhecimento das técnicas executivas de obra.

17 PROJETOS - CONCEPÇÃO

18 COMO COMPATIBILIZAR???

19

20

21 ASPECTOS GERAIS

22

23 PROJETOS PARA PRODUÇÃO

24 COMPATIBILIZAÇÃO - Aplicação no mercado:

25 MODELO VISUAL 3D DO EDIFÍCIO. PERMITE DETECTAR ATECIPADAMENTE AS POSSÍVEIS INCOMPATIBILIDADES DE PROJETOS. BANCO DE DADOS COM INFORMAÇÕES MULTIDISCIPLINARES RELATIVAS A TODO CICLO DE VIDA DO EMPREENDIMENTO, DA CONCEPÇÃO AO PROJETO, ORÇAMENTO, PLANEJAMENTO, CONSTRUÇÃO E ATÉ A FASE DE USO. COMPATIBILIZAÇÃO OBJETIVOS DO BIM:

26 COMPATIBILIZAÇÃO - BIM

27 GANHO DE VELOCIDADE NOS PROJETOS. ERRA-SE MENOS. HÁ MENOS RETRABALHO. A EXECUÇÃO SAI MAIS RÁPIDA. DISPENDE DE RELATÓRIOS DE REVISÕES DE PROJETOS. COMPATIBILIZAÇÃO GANHOS GERADOS PELO BIM:

28 COMPATIBILIZAÇÃO METODOLOGIA DO DEPARTAMENTO DE PROJETOS: 1.ARQUITETURA; 2.ESTRUTURA; 3.COMPATIBILIZAÇÃO ENTRE ARQUITETURA E ESTRUTURA; 4.INSTALAÇÕES ELÉTRICAS; 5.COMPATIBILIZAÇÃO; 6.INSTALAÇÕES HIDRÁULICAS; 7.COMPATIBILIZAÇÃO. (INTERAÇÃO ENTRE AS DISCIPLINAS DO PROJETO) CONVENCIONAL (SEM O CONCEITO BIM):

29 COMPATIBILIZAÇÃO METODOLOGIA DO DEPARTAMENTO DE PROJETOS: (INTERAÇÃO ENTRE AS DISCIPLINAS DO PROJETO) COM O CONCEITO BIM: Projeto de Arquitetura Projeto Elétrico Projeto Hidrossanitário Projeto Estrutural Compatibilização INTERAÇÃO MAIS RÁPIDA E EFICIENTE.

30 COMPATIBILIZAÇÃO INVESTIMENTOS PARA IMPLANTAÇÃO DO BIM: LICENÇA DE SOFTWARES; TRABALHAR COM BIM DEMANDA TREINAMENTO E CUSTOMIZAÇÃO. IMPLANTAÇÃO DO CONCEITO NAS EMPRESAS PÚBLICA E PRIVADAS. ASSIM COMO QUALQUER NOVO PROCESSO, O APERFEIÇOAMENTO SE DÁ COM O USO – E O USO É RELATIVAMENTE RECENTE. SOFTWARES DE MESMA EXTENSÃO (FORMATO.ifc). INSERÇÃO DE UMA NOVA CULTURA DE TRABALHO

31 COMPATIBILIZAÇÃO Escritório de arquitetura SPBR, de São Paulo. Para desenvolver o projeto, o arquiteto Ângelo Bucci conta que implantou o sistema BIM há um ano. "Optamos pela nova tecnologia porque tínhamos folga no cronograma do projeto", revela o arquiteto. Ele afirma que, até o momento, não teve problemas de adaptação ao software. Atualmente no anteprojeto de arquitetura, as obras devem ter início no ano de 2009 e durar três anos. No entanto, a SPBR fará um vôo solo: não será possível integrar os projetos com outras áreas, porque a empresa é a única a usar a tecnologia no empreendimento. APLICAÇÃO DO CONCEITO BIM NO BRASIL:

32 COMPATIBILIZAÇÃO O edifício terá mais de 530 m de altura e será construído no terreno onde um dia existiram as torres gêmeas do World Trade Center, em Nova York, Estados Unidos. A SOM (Skidmore, Owings and Merril), escritório responsável pelos projetos de arquitetura, estrutura e instalações prediais da nova torre, decidiu desenvolvê-los de forma integrada sob a plataforma BIM. APLICAÇÃO DO CONCEITO BIM NOS EUA: Os construtores também utilizarão o banco de dados, importando os quantitativos para compor a planilha de custos.


Carregar ppt "AULA 1: GESTÃO/COMPATIBILIZAÇÃO DE PROJETOS FEVEREIRO DE 2013 CONSTRUÇÃO CIVIL I."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google