A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

COMO ELABORAR TRABALHOS DE PESQUISA. INTRODUÇÃO OBJETIVO DA AULA: esclarecer conceitos e algumas diretrizes que podem ser aplicadas na elaboração de qualquer.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "COMO ELABORAR TRABALHOS DE PESQUISA. INTRODUÇÃO OBJETIVO DA AULA: esclarecer conceitos e algumas diretrizes que podem ser aplicadas na elaboração de qualquer."— Transcrição da apresentação:

1 COMO ELABORAR TRABALHOS DE PESQUISA

2 INTRODUÇÃO OBJETIVO DA AULA: esclarecer conceitos e algumas diretrizes que podem ser aplicadas na elaboração de qualquer trabalho científico. O QUE É UMA PESQUISA CIENTÍFICA? É a realização de uma investigação planejada, desenvolvida e redigida de acordo com as normas da metodologia consagradas pela ciência. É o método de abordagem de um problema em estudo que caracteriza o aspecto científico de uma pesquisa.

3 PESQUISA CIENTÍFICA DO ETUDANTE UNIVERSITÁRIO Os primeiros trabalhos de pesquisa exigidos dos estudantes têm caráter didático-pedagógico, isto é, constituem meio de aprendizagem, ensinam, treinam e habilitam a refazer cientificamente caminhos já percorridos. Por outro lado, os cientistas já estão trabalhando com o intuito de promover o avanço da ciência para a Humanidade. Os estudantes universitários ainda estão trabalhando para o crescimento de sua ciência.

4 ESPÉCIES DE PESQUISA CIENTÍFICA Pesquisa Exploratória: usada quando um problema é pouco conhecido, ou seja, quando as hipóteses ainda não foram claramente definidas. Seu objetivo consiste na classificação e na caracterização inicial do problema. Mas, não tem por objetivo resolvê-lo de imediato. Pesquisa Teórica: tem por objetivo ampliar generalizações, definir leis mais amplas, estruturar modelos teóricos e gerar novas hipóteses.

5 Pesquisa Aplicada: toma certas leis ou teorias mais amplas como ponto de partida e tem por objetivo investigar, comprovar ou rejeitar hipóteses sugeridas pelos modelos teóricos.

6 PESQUISA DE CAMPO Muito usada na Sociologia, Psicologia, Política e Economia. Não é experimental no sentido de não produzir ou de não reproduzir os fatos que estuda. A pesquisa de campo consiste na observação dos fatos tal como ocorrem espontaneamente, na coleta de dados e no registro de variáveis para análises posteriores. Esta espécie de pesquisa não permite o isolamento e o controle das variáveis.

7 FASES DA PESQUISA DE CAMPO: 1.Realizar uma pesquisa bibliográfica sobre o assunto em questão (situação atual do problema e trabalhos já realizados). 2.Determinar as técnicas que serão utilizadas na coleta de dados e como registrá-los.

8 TÉCNICAS PARA A COLETA DE DADOS: 1) Entrevista diálogo com o objetivo de colher dados relevantes para a pesquisa em andamento. O entrevistador deve: Evitar ser importuno. Deixar muito à vontade o informante. Evitar que o diálogo se desvie dos propósitos da sua pesquisa. Coletar dados e não discutí-los com o entrevistado.

9 Registrar sumariamente as informações durante a entrevista. Após o diálogo, completar as anotações o mais breve possível. 2) Questionário o informante responde por escrito as questões elaboradas. Esta técnica tem a vantagem de poder ser aplicado simultaneamente a um grande número de informantes. É importante que: As questões sejam bem elaboradas.

10 Que haja explicações sobre a seriedade da pesquisa, sobre a importância da colaboração dos que foram selecionados como informantes e, principalmente, sobre a maneira correta de preencher o questionário e devolvê-lo. 3)Formulário é uma espécie de questionário que o próprio pesquisador preenche de acordo com as respostas do informante. Uma das vantagens é que pode ser aplicado em informantes analfabetos.

11 ANÁLISE DOS RESULTADOS: após a coleta de dados, resta o trabalho de elaboração de gráficos, tabelas, mapas, interpretações e conclusões de caráter indutivo.

12 PESQUISA DE LABORATÓRIO É uma pesquisa científica experimental que permite que o pesquisador repita e produza fenômenos nas mais rigorosas condições de controle das variáveis. EXERCER CONTROLE SOBRE AS CONDIÇÕES RELEVANTES EXPERIMENTAR OU REALIZAR EXPERIMENTOS

13 FASES DA PESQUISA DE LABORATÓRIO: 1.Realizar pesquisa bibliográfica. 2.Caracterizar cada um de seus passos, fases ou etapas (observação, hipótese, experimentação, indução ou ampliação da conclusão. Observação aplicar a atenção a um fenômeno ou problema, captá-lo e retratá-lo tal como se manifesta. A observação é realizada na fase inicial da pesquisa e durante todo o processo.

14 Qualidades que o observador deve ter: Sanidade e acuidade dos órgãos sensoriais. Formação e preparação específicas. Concentração e amor ao trabalho. Objetivo, imparcial e honesto. Hipótese representa a opinião do pesquisador à procura de evidências posteriores que a sustentem e comprovem.

15 NÃO BASTA OBSERVAR. O PESQUISADOR DEVE PONDERAR FATOS E RELACIONÁ-LOS, DEVE AINDA REFLETIR À PROCURA DE UMA EXPLICAÇÃO PROVÁVEL. ALÉM DISSO, O OBSEVADOR DEVE FORMULAR UMA HIPÓTESE DE SOLUÇÃO VERIFICÁVEL.

16 A hipótese tem a função de direcionar o cientista em suas pesquisas. Ela fixa uma diretriz capaz de impor ordem e finalidade a todo o processo de experimentação. Experimentações as hipóteses devem ser postas à prova, verificadas, aprovadas ou reprovadas pelos fatos. Ao trabalho orientado no sentido de verificar hipóteses, no caso da pesquisa de laboratório, denomina-se experimentação.

17 FAZER EXPERIMENTOS SIGNIFICA REPRODUZIR FENÔMENOS EM CONDIÇÕES DE RIGOROSO CONTROLE DAS VARIÁVEIS, COM O OBJETIVO DE IDENTIFICAR OS FATORES ANTECEDENTES RESPONSÁVEIS POR DETERMINADO EVENTO SUBSEQÜENTE.

18 A B C D VARIÁVES X (UM EVENTO) E F G Como consistirá a experimentação se a hipótese em processo de pesquisa estabeleceu que D é a variável causadora do evento X?

19 Indução parte do fenômeno para chegar à lei geral. Observa, experimenta, descobre a relação causal entre dois fenômenos e generaliza esta relação em lei.

20 ROTEIRO PARA O PLANEJAMENTO DE PESQUISA DE LABORATÓRIO: Determinação do assunto. Pesquisa bibliográfica prévia. Formulação de problemas. Formulação de hipóteses. Prever, conhecer e testar a precisão dos instrumentos que serão utilizados na manipulação e medição das variáveis.

21 Selecionar as técnicas convenientes para o caso. Provocar o fenômeno e controlar a relação entre as variáveis e os eventos, com o objetivo de testar a hipótese preestabelecida. Fazer predições baseadas na hipótese confimada. Repetir os experimentos para confirmar predições. RELATÓRIO DE PESQUISA DE LABORATÓRIO: deverá ser breve, claro e preciso, incuindo os elementos necessários para que outra pessoa possa repetí-lo.

22 PESQUISA BIBLIOGRÁFICA Qualquer espécie de pesquisa, em qualquer área, supõe e exige pesquisa bibliográfica prévia. Os trabalhos didático-pedagógicos solicitados durante os diversos cursos para desenvolvimento de determinadas partes dos programas, com maior participação dos alunos, constituem-se, em geral, em pequenas pesquisas bibliográficas. Nem todos os alunos farão pesquisa de campo ou de laboratório, mas todos farão pesquisa bibliográfica.

23 FASES DA PESQUISA BIBLIOGRÁFICA: 1.Escolha do assunto. 2.Documentação. 3.Trabalho com as fichas. 4.Redação final.

24 ESCOLHA DO ASSUNTO: É o primeiro passo a ser dado por aquele que se propõe a desenvolver uma pesquisa bibliográfica. A escolha do assunto é um fator decisivo para o bom desenvolvimento de uma pesquisa. Critérios para a escolha do assunto (da parte do pesquisador):

25 1)Tendências e preferências pessoais o pesquisador deve escolher um assunto correspondente a seu gosto pessoal e que esteja na linha de suas tendências. 2)Aptidão não basta gostar do assunto, é preciso ter formação cultural adequada ou experiência na área em que se situa assunto. 3)Tempo é importante considerar o tempo disponível e o necessário para desenvolver o trabalho.

26 4)Recursos materiais consideremos ainda a existência ou não de material bibliográfico disponível. Critérios para a escolha do assunto (da parte do próprio assunto): 1)Relevância procurar assuntos que possam trazer amadurecimento cultural e alguma contribução ao esclarecer um problema, ao cobrir uma lacuna, ao corrigir uma falsa interpretação, ao promover o aprofundamento sobre um tema relevante.

27 Fontes de assuntos: 1)Vivência nossas leituras e nossas dúvidas e também a maneira de questionarmos os problemas representa uma vivência capaz de suscitar assuuntos que merecem análise e aprofundamento. 2)Polêmicas um assunto se torna polêmico quando tem alguma importância e/ou quando as hipóteses não estão suficientemente comprovadas.

28 3)Reflexão suscita dúvidas que definem e delimitam um problema que pode ser esclarecido. Delimitação do assunto: qualquer problema apresenta diversos aspectos sob os quais pode ser estudado. Após a escolha do assunto, é necessário determinar o aspecto particular sob o qual será focalizado.

29 FUNÇÃO DA SUPERAPRENDIZAGEM NO ESQUECIMENTO A SUPERAPRENDIZAGEM CAUSA ESQUECIMENTO FUNÇÃO DA SUPERAPRENDIZAGEM NO ESQUECIMENTO DE CRIANÇAS SUBNORMAIS LIMÍTROFES

30 DOCUMENTAÇÃO: É o acervo de textos decisivos para esclarecimento ou demonstração do problema escolhido como tema pelo pesquisador. A leitura da documentação deverá ser criteriosa e seletiva. Não é necessário ler tudo que um autor escreveu, mas é preciso ler com atenção necessária para distinguir o fundamental do secundário e o relevante do irrelevante. Cada livro, artigo, documento ou texto deverá ser lançado em ficha (ficha bibliográfica).

31 Plano de leitura: iniciar a leitura pelas obras mais gerais, como enciclopédias, manuais didáticos e livros e só depois ir caminhando para tratados especializados. Além disso, a leitura deve ser iniciada pelas obras mais atuais.

32 Como elaborar fichário de documentação: 1) Quando o material não é do pesquisador: as passagens mais relevantes devem ser transcritas fielmente em fichas apropriadas, nas quais devem constar os seguintes elementos: autor, título e subtítulo, indicação bibliográfica completa, com indicação da página ou das páginas de onde se extraiu o texto e, a seguir, transcrever fielmente, sempre entre aspas.

33 2) Quando o material é do pesquisador: mesmo neste caso é recomendável a transcrição de passagens em fichas de documentação. Entretanto, pode-se elaborar fichas de resumos pessoais para transcrição direta por ocasião da redação final do trabalho. 3) O pesquisador também deve ir registrando suas críticas, confrontos entre os autores e possíveis lacunas encontradas (Fichário de Sínteses Pessoais).

34 TRABALHO COM AS FICHAS: 1)Reler o material para descobrir lacunas e para reagrupar textos. 2)Programar novas pesquisas para cobrir lacunas. 3)No caso de repetições de documentos semelhantes, selecionar o mais representativo. 4)Deixar o rascunho e todo o material em ordem para a redação final.

35 REDAÇÃO FINAL: Qualquer trabalho obedece a divisão em três partes: introdução, corpo de desenvolvimento e conclusão. Introdução: tem por finalidade apresentar o problema que se vai estudar, acenar para o seu estágio de desenvolvimento e para a relevância da pesquisa. Deve conter os seguintes itens:

36 1)Apresentação do assunto mediante referência a tudo o que já se escreveu sobre ele. 2)Referências às possibilidades da contribuição da pesquisa em questão, sem enunciar soluções ou conclusões a que se chegou. 3)Enfoque da idéia central e delimitação clara do campo da pesquisa.

37 Corpo: constitui a parte mais extensa da pesquisa e tem por objetivo analisar a idéia principal. Analisar significa desmembrar, desdobrar, reduzir o todo em suas partes. Divisão do corpo do trabalho: deve ser dividido em partes, cada parte em capítulos, cada capítulo em subtítulos. NÃO EXISTE UMA NORMA DE DIVISÃO VÁLIDA PARA TODOS OS TRABALHOS.

38 Conclusão: tem por finalidade reafirmar a idéia principal, ressaltar o alcance e as conseqüências dos esclarecimentos prestados pela pesquisa e o possível mérito de seus achados, com indicações e aberturas para novas pesquisas.


Carregar ppt "COMO ELABORAR TRABALHOS DE PESQUISA. INTRODUÇÃO OBJETIVO DA AULA: esclarecer conceitos e algumas diretrizes que podem ser aplicadas na elaboração de qualquer."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google