A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O FUTURO DAS AGÊNCIAS BANCÁRIAS Ana Carla Andressa Carolina Kraushe Deborah Soraya Pedro Ivo Novos Modelos de Empresas Novembro/2010.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O FUTURO DAS AGÊNCIAS BANCÁRIAS Ana Carla Andressa Carolina Kraushe Deborah Soraya Pedro Ivo Novos Modelos de Empresas Novembro/2010."— Transcrição da apresentação:

1 O FUTURO DAS AGÊNCIAS BANCÁRIAS Ana Carla Andressa Carolina Kraushe Deborah Soraya Pedro Ivo Novos Modelos de Empresas Novembro/2010

2 Matriz de Importância e Desempenho OBJETIVO DE DESEMPENHO DETALHAMENTOIMPORTÂNCIADESEMPENHO CUSTOAAluguel e manutenção das agências63 BFolha de pagamento para funcionários das agências34 CONFIABILIDADECMesmo serviço da agência (on-line)34 DSegurança de Informação25 FLEXIBILIDADEE Personalização no ambiente Web (com acessibilidade) 54 F Canal alternativo para momentos de indisponibilidade 85 QUALIDADEG 1- Otimização dos processos internos (administrativos) para manter os serviços 25 H2- Tecnológica - Sistemas que atendam ao cliente45 VELOCIDADEI1– Resposta as operações on-line35 J2- Solução de problemas de indisponibilidade35 CENÁRIO ATUAL

3 Matriz de Importância e Desempenho CENÁRIO ATUAL

4 Matriz de Importância e Desempenho OBJETIVO DE DESEMPENHO DETALHAMENTOIMPORTÂNCIADESEMPENHO CUSTOAAluguel e manutenção das agências23 B Folha de pagamento para funcionários das agências 34 CONFIABILIDADECMesmo serviço da agência (on-line)14 DSegurança de Informação25 FLEXIBILIDADEE Personalização no ambiente Web (com acessibilidade) 34 F Canal alternativo para momentos de indisponibilidade 45 QUALIDADEG 1- Otimização dos processos internos (administrativos) para manter os serviços 55 H Tecnológica - Sistemas que atendam ao cliente 15 VELOCIDADEIResposta as operações on-line35 JSolução de problemas de indisponibilidade 25 CENÁRIO 2020

5 Matriz de Importância e Desempenho CENÁRIO 2020

6 Matriz de Importância e Desempenho CENÁRIO 2020

7 CUSTO FLEXIBILIDADE CONFIABILIDADE QUALIDADE Aluguel e manutenção das agências Folha de pagamento para funcionários das agências Mesmo serviço da agência (on-line) Segurança de Informação Personalização no ambiente Web (com acessibilidade) Otimização dos processos internos (administrativos) para manter os serviços Canal alternativo para momentos de indisponibilidade Tecnológica - Sistemas que atendam ao cliente Pontos de objetivo e desempenho

8 Clientela – Atual Segmentação de clientes, a partir da avaliação de: Renda Mensal e Valor de Investimentos para Clientes PF Faturamento Anual para Clientes PJ Configura-se atualmente a seguinte divisão: Crédito ao Consumidor - Financeiras Varejo Itaú Uniclass Itaú Personnalité Itaú Negócios - Pequenas empresas Empresas 1, 2 e 3 - Médias empresas Clientes Institucionais Itaú Private Bank Grandes Corporações CLIENTES Clientela – Futura Manutenção e especialização das linhas de negócios para personificar o serviço prestada a cada segmento. Foco dos produtos que trazem maior resultado para cada um dos grupos de clientes. Sistemas diferenciados para atender a demanda de cada segmento pelo canais eletrônicos.

9 Concorrência: Atual – Futuro – Contexto - CONCORRENTES

10 CENÁRIO ECONÔMICO ATUAL: O Brasil está crescendo a um ritmo acelerado e devemos ressaltar que o motivo do desenvolvimento do Brasil, são as atuais condições macroeconômicas, os lucros das empresas e as avaliações dos mercados acionistas. Alguns dados importantes são o desenvolvimento do consumo interno brasileiro e o aumento das transações de cartões de crédito no Brasil, segundo ABECS Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços. Claro que para avaliar as principais questões econômicas, precisamos identificar outras características do mercado brasileiro, dentre elas, o aumento do poder aquisitivo do povo brasileiro que em 2009, foi da ordem de 2,54%, já descontada a inflação do período, O estoque de crédito no sistema financeiro nacional, incluído as operações livres, atingiu o valor de R$ 1,529 bilhões em junho, com aumento real de 2% no mês e 19,7% nos últimos doze meses, provocados pelo aquecimento da economia interna. O total de crédito representa 45,7% do PIB em Junho de O volume de créditos tenderá a crescer em virtude do desempenho de várias carteiras do BNDES, a entrada de capitais no setor produtivo e a expansão dos financiamentos habitacionais no país. FUTURO: Uma nova onda de concessões e privatizações é lançada na tentativa de remover gargalos e reanimar a economia, uma vez que o crédito e o consumo das famílias só crescem lentamente. No entanto, mesmo com a classificação de grau de investimento, o país não consegue alavancar muitos projetos em virtude da persistência de incertezas regulatórias. Os investimentos em tecnologia e inovação crescem de forma lenta porém persistente. O número de transações realizadas com cartão de crédito diminui pois perde espaço para as transações realizadas com o celular que passa a ser o meio mais utilizado para pagar contas, fazer compras, transferências e até como dispositivo de segurança etc. Neste cenário o crescimento da economia alcança patamares medianos.

11 CENÁRIO TECNOLÓGICO ATUAL: FUTURO:

12 CENÁRIO SOCIAL Projeção da População do Brasil

13 CENÁRIO SOCIAL

14

15

16 CENÁRIO POLÍTICO ATUAL: Cenário político com estabilidade do governo, impostos, regulamentações do comércio exterior e a política de bem-estar social. A influência dos impostos é algo que os consumidores conseguem sentir diretamente. FUTURO:

17 CENÁRIO AMBIENTAL ATUAL: A preocupação com a chamada responsabilidade social e ambiental das empresas no Brasil é resultado de uma moderna cultura corporativa, que vem ganhando força e progressiva projeção nos últimos anos. O setor financeiro também se insere nesse novo contexto e, como conseqüência natural, algumas instituições financeiras já adotam, na condução de seus negócios, políticas condizentes com elevados princípios de responsabilidade social e ambiental. A implantação do sistema de débito direto autorizado (DDA), por meio do qual os Bancos substituem os boletos bancários enviados pelo correio por cobranças eletrônicas, deve reduzir pela metade a impressão de documentos em um prazo de três anos. O principal custo do projeto foi o do desenvolver o sistema, feito pela Tivit. A empresa recebeu R$ 20 milhões pela implantação, que durou 11 meses, e pelo menos R$ 77 milhões serão desembolsados pela CIP (Câmara Interbancária de Pagamentos) nos próximos nove anos de contrato. Esse valor, no entanto, pode aumentar dependendo do volume de transações realizadas pelo sistema, afirma o presidente da Tivit, Luiz Mattar. FUTURO: Continuando nesta linha de raciocínio e aumentando cada vez mais o range de novas ideías e caminhos, ambientalmente responsáveis, para polpar nossos recursos naturais, será mister para as agências bancárias que atenderão nossos netos e ou nossos filhos uma correta, racional e por que não dizer alternativa, forma de utilização do papel, de utilização das energias e dos sistemas de comunicação.


Carregar ppt "O FUTURO DAS AGÊNCIAS BANCÁRIAS Ana Carla Andressa Carolina Kraushe Deborah Soraya Pedro Ivo Novos Modelos de Empresas Novembro/2010."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google