A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MARKETING & EDUCAÇÃO ANDRÉ PUGLIESE PAULA KARINI ANDRÉ PUGLIESE PAULA KARINI.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MARKETING & EDUCAÇÃO ANDRÉ PUGLIESE PAULA KARINI ANDRÉ PUGLIESE PAULA KARINI."— Transcrição da apresentação:

1 MARKETING & EDUCAÇÃO ANDRÉ PUGLIESE PAULA KARINI ANDRÉ PUGLIESE PAULA KARINI

2 BATE-PAPO MARKETING E PERSPECTIVAS

3 1954 FOCO:CONCEITO PROPOSIÇÕES: O MARKETING É A FUNÇÃO DISTINTA E SINGULAR DA ATIVIDADE COMERCIAL

4 1960 FOCO:CONCEITO PROPOSIÇÕES: AS ATIVIDADES COMERCIAIS DEVEM SE DESENVOLVER DE TRÁS PARA FRENTE, PARTINDO DAS NECESSIDADES DOS CLIENTES

5 1969 FOCO:ESFERA DE AÇÃO PROPOSIÇÕES: É UMA ATIVIDADE ABRANGENTE, APLICADA TANTO A POLÍTICOS, INSTITUIÇÕES BENEFICENTES E UNIVERSIDADE QUANTO A PRODUTOS O MARKETING DEVE SER LIMITADO ÀS AÇÕES DE MERCADO

6 1972 FOCO:ESFERA DE AÇÃO PROPOSIÇÕES: VOTAR, AMAR, CONSUMIR E LUTAR

7 1976 FOCO:ESFERA DE AÇÃO PROPOSIÇÕES: HUNT DECLARA A VITÓRIA DOS PARTIDÁRIOS DA AMPLIAÇÃO DA ESFERA DE AÇÃO DO MARKETING

8 1978* FOCO:CONCEITO PROPOSIÇÕES: O ÊXITO DO MARKETING NÃO OCORRE SÓ AO SE SATISFAZER AS NECESSIDADES DOS CLIENTES, MAS AO LHES PROPORCIONAR SATISFAÇÃO MAIOR DO QUE A OFERECIDA PELOS CONCORRENTES

9 1983 FOCO: ESFERA DE AÇÃO PROPOSIÇÕES: WORKMAN DIZ QUE O MARKETING É IRRELEVANTE EM EMPRESAS DE ALTA TECNOLOGIA E PODE ATÉ INIBIR A INOVAÇÃO

10 1989 FOCO: CONCEITO PROPOSIÇÕES: MARKETING TRATA DE TROCAS QUE SATISFAZEM TANTO CONSUMIDORES QUANTO FORNECEDORES – NÃO APENAS CONSUMIDORES

11 1990 FOCO: ESFERA DE AÇÃO PROPOSIÇÕES: NAVER E SLATER - O MARKETING NÃO SE APLICA AO MERCADO DE COMMODITIES. WENSLEY - O CONCEITO É FALHO NOS SETORES DE SERVIÇOS, ATIVIDADES NÃO-LUCRATIVAS E ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

12 1991 FOCO: CONCEITO PROPOSIÇÕES: KHEIR-EL-DIN - RELAÇÃO ENTRE SUCESSO EMPRESARIAL E ORIENTAÇÃO DADA PELO MARKETING. CHRISTOPHER E OUTROS - O MARKETING DEVE SE CONCENTRAR EM RELACIONAMENTOS DE LONGO PRAZO

13 1993 FOCO: ESFERA DE AÇÃO E CONCEITO PROPOSIÇÕES: MARKETING CHEGOU À MAIORIDADE E COM ALTA POPULARIDADE (HOOLEY E SAUNDERS) O MARKETING À BEIRA DE UMA SÉRIA CRISE INTELECTUAL (MARION, COVA E SVANFELDTS) O CONCEITO APENAS NÃO FUNCIONA EM ALGUNS PAÍSES, COMO OS DO LESTE EUROPEU (THOMAR)

14 1994 FOCO: CONCEITO PROPOSIÇÕES: VÁRIOS AUTORES, COMO LYNCH, BROWNLINE E COLABORADORES, INSISTEM QUE O MARKETING CHEGOU AO SEU FIM

15 HOJE FOCO: ESFERA DE AÇÃO E CONCEITO PROPOSIÇÕES: A CRISE CONTINUA EM DEBATE, MAS O MARKETING DE RELACIONAMENTO COMEÇA A GANHAR FORÇA COMO POSSÍVEL SOLUÇÃO

16 O AMBIENTE DE MARKETING E AGORA...

17 veado

18 AMBIENTE EXTERNO DO MARKETING TUDO O QUE ENVOLVE E AFETA OS NEGÓCIOS TORNA-SE INEVITAVELMENTE PARTE DE SEU AMBIENTE

19 EM SEU PRÓPRIO AMBIENTE, A EMPRESA DEVE ESTAR CONSTANTEMENTE ALERTA PARA MUDANÇAS E PODE: AJUSTAR-SE AO AMBIENTE; SE EXISTIR A HABILIDADE, MUDAR O AMBIENTE. AMBIENTE EXTERNO DO MARKETING

20 AMBIENTE ECONÔMICO CICLOS DE NEGÓCIOS, RENDA DO CONSUMIDOR E PADRÕES DE GASTOS

21 AMBIENTE POLÍTICO E LEGAL LEIS, REGULAMENTAÇÕES E PRESSÕES SOCIAIS QUE AFETAM OS PROFISSIONAIS DE MARKETING

22 AMBIENTE SOCIAL CLIENTES ATUAIS E POTENCIAIS DE UMA ORGANIZAÇÃO EM TERMOS DE DEMOGRAFIA E VALORES

23 AMBIENTE SOCIAL DEORGANIZAÇÕES DA NATUREZA DE SI PRÓPRIO DA SOCIEDADE DO UNIVERSO DE OUTRAS PESSOAS VISÕES QUE EXPRESSAM VALORES VISÕES QUE EXPRESSAM VALORES

24 AMBIENTE SOCIAL AMBIENTE SOCIOCULTURAL AMBIENTE SOCIOCULTURAL PERSISTÊNCIA DOS VALORES CULTURAIS CENTRAIS EXISTÊNCIA DE SUBCULTURAS MUDANÇAS DOS VALORES CULTURAIS SECUNDÁRIOS

25 AMBIENTE NATURAL OS RECURSOS DE QUE AS ORGANIZAÇÕES NECESSITAM E QUE SÃO AFETADOS POR ELAS

26 AMBIENTE NATURAL NÍVEIS MAIS ALTOS DE POLUIÇÃO CUSTO MAIS ELEVADO DE ENERGIA ESCASSEZ DE MATÉRIAS- PRIMAS MUDANÇA NO PAPEL DOS GOVERNOS

27 AMBIENTE TECNOLÓGICO O CONHECIMENTO E AS FERRAMENTAS DISPONÍVEIS PARA A EXECUÇÃO DOS PLANOS ORGANIZACIONAIS E DE MERCADO

28 ACELERAÇÃO NO RITMO DAS MUDANÇAS ACELERAÇÃO NO RITMO DAS MUDANÇAS OPORTUNIDADES ILIMITADAS PARA INOVAÇÃO OPORTUNIDADES ILIMITADAS PARA INOVAÇÃO AMBIENTE TECNOLÓGICO VARIAÇÕES DOS ORÇAMENTOS DE P&D VARIAÇÕES DOS ORÇAMENTOS DE P&D REGULAMENTAÇÃO MAIS RIGOROSA

29 AMBIENTE COMPETITIVO TODAS AS ORGANIZAÇÕES COM O POTENCIAL DE SATISFAZER AS NECESSIDADES E DESEJOS DOS MERCADOS-ALVO DA ORGANIZAÇÃO

30 AMBIENTE COMPETITIVO TIPOS DE CONCORRÊNCIA PURA MONOPOLÍSTICA OLIGOPÓLIO MONOPÓLIO

31 GESTÃO DE MARKETING

32 EVOLUÇÃO DO MARKETING

33 ORGANIZANDO O MARKETING PESQUISA SEGMENTAÇÃO PÚBLICO ALVO POSICIONAMENTO PRODUTOS PREÇOS PRAÇA/DISTR. COMUNICAÇÃO EXECUÇÃO CONTROLE AVALIAÇÃO

34 PROCESSO DE MARKETING ANALISAR A OPORTUNIDADE, PESQUISANDO E SELECIONANDO MERCADOS-ALVO, DELINEANDO ESTRATÉGIAS, PLANEJANDO PROGRAMAS E ORGANIZANDO, IMPLEMENTANDO E CONTROLANDO O ESFORÇO DE MARKETING

35 PESQUISA DE MERCADO PONTO DE PARTIDA A BASE DAS DECISÕES ESTÁ NA BASE DAS INFORMAÇÕES AUXILIA NO LEVANTAMENTO DAS INFORMAÇÕES EXTERNAS E INTERNAS DA EMPRESA

36 PESQUISA DE MERCADO AS DECISÕES DE MARKETING PARTEM DO FOCO DO CLIENTE E NÃO DO FOCO DA EMPRESA FOCO DO CLIENTE IMPLICA NECESSARIAMENTE EM CONHECÊ-LO E OUVÍ-LO

37 SEGMENTAÇÃO PÚBLICO ALVO IDENTIFICAR GRUPOS DE CLIENTES E MERCADOS COM CARACTERÍSTICAS SEMELHANTES ESTABELECER O PÚBLICO ALVO

38 PÚBLICO ALVO PÚBLICO-ALVO = PÚBLICO-FOCO = PÚBLICO DE INTERESSE =STAKEHOLDERS

39 POSICIONAMENTO DE MERCADO COMO MARCAR PRESENÇA?

40 POSICIONAMENTO DE MERCADO CONSTRUÇÃO DA ESTRATÉGIA DE POSICIONAMENTO

41 POSICIONAMENTO DE MERCADO DEFINIÇÃO DOS DIFERENCIAIS QUE SERÃO CONSTRUÍDOS, COMUNICADOS E OFERTADOS

42 mercedes

43 MIX DE MARKETING DEFINIÇÃO DAS ESTRATÉGIAS DE MARKETING P RODUTO P REÇO P ROMOÇÃO P RAÇA

44 máquina

45 AVANÇO: 4Ps -> 4Cs C LIENTE C USTO C OMUNICAÇÃO C ONVENIÊNCIA

46 PRODUTO PREÇO PROMOÇÃO PRAÇA CLIENTE CUSTO COMUNICAÇÃO CONVENIÊNCIA VISÃO PARA DENTRO VISÃO PARA FORA EMPRESAEMPRESA

47 IMPLEMENTAÇÃO DE MARKETING ESTRATÉGIA: O QUÊ E O PORQUÊ IMPLEMENTAÇÃO: O QUE, ONDE, QUANDO, COMO?

48 IMPLEMENTAÇÃO DE MARKETING PLANO DE MARKETING DETALHADO EFETIVA NECESSIDADE DA EMPRESA

49 IMPLEMENTAÇÃO DE MARKETING CONDIÇÕES AMBIENTAIS DO MERCADO INTERESSE DO GESTOR, PROPRIETÁRIO OU DIRETOR

50 IMPLEMENTAÇÃO DE MARKETING RECURSOS MATERIAIS E FINANCEIROS ORÇADOS E DISPONÍVEIS PESSOAS PARA AJUDAR, ACOMPANHAR E AVALIAR

51 CONTROLE E AVALIAÇÃO

52 NÃO EXISTEM BONS VENTOS PARA QUEM NÃO SABE PARA ONDE VAI!

53 CONCLUSÃO FAZER MARKETING NÃO É SOMENTE FAZER PROPAGANDA

54


Carregar ppt "MARKETING & EDUCAÇÃO ANDRÉ PUGLIESE PAULA KARINI ANDRÉ PUGLIESE PAULA KARINI."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google