A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Manual de Elaboração de Documentos Escritos por psicólogos, decorrentes de avaliações psicológicas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Manual de Elaboração de Documentos Escritos por psicólogos, decorrentes de avaliações psicológicas."— Transcrição da apresentação:

1 Manual de Elaboração de Documentos Escritos por psicólogos, decorrentes de avaliações psicológicas

2 Dispões sobre os seguintes itens: I. Modalidades de documentos; II. Conceito, finalidade e estrutura; III. Validade dos documentos; IV. Princípios norteadores; V. Guarda dos documentos;

3 Regras Fundamentais Princípios técnicos da linguagem escrita: Redação bem estruturada e definida. Utilizar-se de uma linguagem que objetive clareza, concisão e harmonia; Princípios éticos e técnicos; A linguagem deve restringir-se pontualmente as informações que se fizerem necessárias;

4 Declaração Visa informar a ocorrência de fatos ou situações objetivas relacionados ao atendimento psicológico, tais como: A. Comparecimento do atendido ou do acompanhante; B. Acompanhamento psicológico do atendido; C. Informação sobre as condições de atendimento; Não deve ser feito o registro de sintomas ou estados psicológicos. Deve ser emitida em papel timbrado OU apresentar carimbo do psicólogo, com nome completo e CRP. Deve conter registro do nome e do sobrenome do solicitante. Local e data em que foi redigida a declaração.

5 Atestado Psicológico Certifica uma determinada situação ou estado psicológico com fins de : A. Justificar faltas ou impedimentos do solicitante; B. Justificar estar apto ou não para atividades específicas (após a realização de um processo de avaliação psicológica); C. Solicitar afastamento ou dispensa do solicitante;

6 Como redigir um atestado psicológico? Deve ser emitido em papel timbrado OU apresentar carimbo do psicólogo, com nome completo e CRP. Deve conter: 1. Nome e sobrenome do solicitante; 2. Finalidade do documento; 3. Registro do sintoma ou das condições psicológicas, podendo se utilizar de códigos de classificação internacional; 4. Deve ser redigido de forma corrida, ou seja, em um único parágrafo; 5. Registro do local e data em que foi confeccionado o documento;

7 Relatório Psicológico (Laudo Psicológico) É uma apresentação descritiva acerca de situações ou condições psicológicas, levando em conta suas determinações históricas, políticas e culturais. Deve se basear apenas em dados colhidos e analisados pelo instrumental técnico; Visa apresentar procedimentos e conclusões que são gerados pelo processo de avaliação psicológica, relatando sobre encaminhamento, intervenções, diagnóstico, prognóstico, evolução do caso e sugestão de projeto terapêutico;

8 Como estruturar um Laudo psicológico? Identificação: Autor, interessado, assunto ou finalidade. Descrição da demanda: naração das informações referentes à problemática e dos motivos que ocasionaram o pedido. Deve-se analisar a demanda para justificar o procedimento adotado. Procedimento: apresentação dos instrumentos técnicos utilizados e o respectivo referencial teórico que o embasa. Expor o número de encontros e de pessoas ouvidas. Análise: exposição descritiva, objetiva e fiel dos dados colhidos a partir do instrumental técnico escolhido. A escrita deve considerar a natureza dinâmica, não definitiva e não cristalizada de seu objeto de estudo. Conclusão: Exposição dos resultados e das considerações decorrentes da investigação.

9 Parecer psicológico Documento fundamentado e resumido sobre uma questão focal cujo resultado pode ser indicativo ou conclusivo. É uma resposta esclarecedora a uma consulta. Havendo quesitos o psicólogo deve respondê-los de forma sintética e convincente. Redigido da seguinte maneira: 1. Identificação; 2. Exposição de motivos: objetivo da consulta e dúvidas levantadas pelo solicitante. Não é necessária a descrição detalhada dos procedimentos; 3. Análise: deve ser feita minusciosamente a partir do referencial ético, técnico e teórico; 4. Conclusão: psicólogo apresenta seu posicionamento respondendo a questão levantada.

10 Validade e guarda do documentos Validade do conteúdo do documento: Segue legislação vigente; Se não houver legislação, fica a critério do psicólogo; Guarda de documentos e condições de guarda: Prazo mínimo de 5 anos Responsabilidade do psicólogo e da instituição na qual ocorreu a avaliação Extinção do serviço psicológico


Carregar ppt "Manual de Elaboração de Documentos Escritos por psicólogos, decorrentes de avaliações psicológicas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google