A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CEAP:CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ DISCIPLINA:TEORIA E ENSINO DO JOGO PROF.ESP.SAMANDA NOBRE.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CEAP:CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ DISCIPLINA:TEORIA E ENSINO DO JOGO PROF.ESP.SAMANDA NOBRE."— Transcrição da apresentação:

1 CEAP:CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ DISCIPLINA:TEORIA E ENSINO DO JOGO PROF.ESP.SAMANDA NOBRE

2 JOGO E EDUCAÇÃO FÍSICA UNIDADE 3 O Valor e o Renascimento do Lúdico na Vida

3 O Valor do Lúdico na Vida e na Educação pulsão lúdica- Huizinga (1971) Potencialidades e Dimensões ( brincar) Estado lúdico- Schiller (1995) exercitamos trevas e luz (o bem e o mal). O contexto do jogo é o mais incrível laboratório de experimentação que o ser humano pode conceber. A brincadeira é o alimento da personalidade que está se formando. Apenas faltam oportunidades para brincar. Grajew Oded

4 mestre do Oriente, chamado Gautama – o Buda Deixou um ensinamento que compartilho com vocês: disse que os problemas podem ser vistos como uma dádiva. É a nossa oportunidade de lapidação. Apontou que os problemas existem porque necessitamos deles para aprender. Repare que aprender traz a possibilidade da sabedoria, e sábio é aquele que experimentou e aprendeu. Edgar Morin (1996)....somos seres aprendentes, temos a capacidade de computar. Ensinar e aprender são características presentes em nossas vidas, que nos qualificam a superar os problemas que surgem e que criamos.

5 Fundamentos do Jogo Roger Caillois (1990) indica que quanto mais nova é a criança mais as manifestações lúdicas tendem a paedia, e à medida que amadurecem tendem ao ludus. Para o autor, paedia e ludus são duas faces da mesma moeda.De um lado está o processo inicial e do outro o processo mais avançado de organização e complexidade do jogo.

6 livre: uma vez que, se o jogador fosse a ele obrigado, o jogo perderia de imediato a sua natureza de diversão atraente e alegre; Delimitada: circunscrita a limites de espaço e de tempo, rigorosa e previamente estabelecidos; Incerta: já que o seu desenrolar não pode ser determinado nem o resultado obtido previamente, e já que é obrigatoriamente deixada à iniciativa do jogador uma certa liberdade na necessidade de inventar; Improdutiva: porque não gera bens, nem riquezas nem elementos novos de espécie alguma; e, salvo alteração de propriedade no interior do círculo dos jogadores, conduz a uma situação idêntica à do início da partida. Regulamentada: sujeita a convenções que suspendem as leis normais e que instauram momentaneamente uma legislação nova, a única que conta; Fictícia: acompanhada de uma consciência específica de uma realidade outra, ou de franca irrealidade em relação à vida normal. Para Caillois (1990) o jogo pode ser encarado essencialmente como uma atividade:

7 TAREFA PASSO 2º CRIAR UM JOGO COM CARACTERÍSITICA Ilinx PASSO 1º CRIAR UM JOGO COM CARACTERÍSTICA MIMICRY

8 Etapa vencida, até a próxima!!!

9 REFERENCIAIS BIBLIOGRÁFICOS CAILLOIS, Roger. Os jogos e os homens: a máscara e a vertigem. Lisboa: Cotovia, HUIZINGA, Johan. Homo ludens. São Paulo: Perspectiva, 1971 KISHIMOTO, Tizuko (Org.). Jogo, brinquedo, brincadeira e a Educação. São Paulo: Cortez, 1996 OBRIGADOOOO!


Carregar ppt "CEAP:CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ DISCIPLINA:TEORIA E ENSINO DO JOGO PROF.ESP.SAMANDA NOBRE."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google