A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

QUESTÕES CONTEMPORÂNEAS NA LIDERANÇA DE GRUPOS E EQUIPES Professora Andréia Vicente.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "QUESTÕES CONTEMPORÂNEAS NA LIDERANÇA DE GRUPOS E EQUIPES Professora Andréia Vicente."— Transcrição da apresentação:

1 QUESTÕES CONTEMPORÂNEAS NA LIDERANÇA DE GRUPOS E EQUIPES Professora Andréia Vicente

2 A Confiança na liderança A conança é um requisito cada vez mais exigido no contexto empresarial seja por parte do funcionário, seja por parte dos líderes e dirigentes, seja pela empresa como um todo. A conança é a expectativa positiva que uma pessoa tem sobre a outra de forma que haja um relacionamento baseado contribuições sinceras e autêntica e jamais oportunistas.

3 Frente às exigências de todas essas partes, a conança passa a ser um atributo essencial dos líderes. A conança passa a ser uma base, um princípio de sustentação. Ao se perder a conança, perde-se a credibilidade, o comprometimento e a dedicação. As consequências disso são danos muitas vezes irreversíveis ao desempenho e aos resultados organizacionais.

4 A conança pode ser classicada em três tipos distintos: Conança baseada na intimidação: baseada no medo de represálias no caso da quebra de conança. Por exemplo, uma relação de conança existe em entre um grupo e o seu líder, pois se essa conança for quebrada, haverá algum tipo de punição por isto.

5 Conança baseada no conhecimento: baseada no conhecimento que as partes possuem umas das outras. Normalmente essa conança é observada entre pessoas que já trabalham a um longo tempo juntas ou em empresas que possuem longos históricos de trabalhos em equipe. A conança nesse caso se dá pela relação natural de comportamentos e atitudes conhecidas que um componente tem do outro.

6 Conança baseada na identicação: baseada em um aprofundamento emocional das relações. Podemos considerar como uma evolução da conança baseada em identicação somada a atitudes mais profundas como a de contribuição, a de empatia, a de solidariedade e até mesmo a de amizade.

7 Liderança Carismática A liderança carismática é aquela em que ao líder são atribuídas qualidades e capacidades que podem ser heroicas, mitológicas ou, de alguma forma, extraordinárias. Um líder carismático em uma empresa pode se manifestar de inúmeras formas: pode ser aquele que abraça a todos e sempre tem um sorriso sincero nos lábios, pode ser aquele que está sempre predisposto a ajudar, pode ser aquele que tem experiências positivas fora da empresa como o de estimulador de alguma ação social ou pode ser aquele que simplesmente gosta de organizar eventos de confraternização com o grupo.

8 Liderança Transformacional São os líderes que provocam mudanças nos seus liderados a partir da percepção de suas atitudes, necessidades e desejos. São pessoas capazes de gerar inspiração (neste ponto se assemelhando à liderança carismática) tratando cada pessoa individualmente, aconselhando-o, orientando-o e acompanhando-o em seus problemas, diculdades ou conquistas.

9 Os líderes transformacionais precisam de conquistar a conança de seus liderados para que estes possam depositar a credibilidade em seu discurso que normalmente demonstra orgulho e autoestima.

10 Liderança Ética A despeito do papel de administrador que um líder pode possuir em uma organização empresarial, o conceito de liderança decorre dos atributos e qualidades da pessoa que é o líder, de sua capacidade de conduzir e inuenciar as outras pessoas.

11 Essa posição de liderança é, portanto, legítima e, por isso, é uma liderança natural que muitas vezes não está relacionada às ligações hierárquicas. Ou seja, quando falamos de ética na liderança, a ética é um conjunto de atitudes comportamentais de um líder que muitas vezes não tem um cargo de administrador, mas é um modelo para outras pessoas o que exige dele o exemplo e a responsabilidade pelas suas ações e comportamentos.

12 Uma pessoa pode conquistar a credibilidade de um grande contingente de pessoas e, desta forma, podemos dizer que ela se tornou um líder. Entretanto, quando ocorre alguma falha ética deste líder provocado por algum desvio como abusos, assédios, falta de coerência em suas decisões, ele perderá a conança de seus liderados e, automaticamente perderá a condição de líder, condição essa cuja reversão é muito difícil, onerosa, demorada e, em muitas situações, impossível.

13 Liderança on-line A liderança on-line é o mais recente desao dos líderes. Com o advento da tecnologia, cada vez mais as pessoas recorrem à comunicação on-line para a comunicação, para o trabalho e para as negociações. E esta comunicação on-line é marcada pelas características da fragmentação geográca dos grupos e do trabalho a qualquer momento, pois o trabalho usando a internet, por exemplo, normalmente não necessita de horários de expedientes, tudo está lá em qualquer momento.

14 A forma de comunicação desses líderes tem que ser adaptada, pois o contato pessoal já não existe tanto. Os instrumentos de trabalho devem ser adaptados, pois trabalhar on-line é diferente de estar sentado à mesa de um escritório. Os cuidados nos relacionamentos devem ser maiores, pois os sentimentos são expressos com diculdade em textos de ou nas linhas de chat. O equilíbrio entre vida pessoal e vida prossional se altera na medida em que se altera essa forma de trabalhar. Muitos funcionários passam a trabalhar no mesmo ambiente familiar, por exemplo, alternando o seu horário entre uma reunião na frente do computador que está na sala e a preparação do jantar para família na cozinha.

15 Este tipo de liderança parece ser o mais desaador na atualidade, pois envolve tanto questões tecnológicas quanto questões comportamentais que devem trabalhar em conjunto ou de forma integrada em um novo contexto cultural.


Carregar ppt "QUESTÕES CONTEMPORÂNEAS NA LIDERANÇA DE GRUPOS E EQUIPES Professora Andréia Vicente."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google