A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Aula 04 Processo Administrativo Controle Estratégico, Tático e Operacional.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Aula 04 Processo Administrativo Controle Estratégico, Tático e Operacional."— Transcrição da apresentação:

1 Aula 04 Processo Administrativo Controle Estratégico, Tático e Operacional

2 Resumo das Aulas Ciclo PDCA P (Planejamento - Plan) D (Executar - DO) C (Controle) A (Action) Planejamento Estratégico Missão, Visão, Valores, Análise do Ambiente (matriz SWOT), Objetivos Estratégicos, Estratégia, Indicadores, Metas e Plano de Ação.

3 O planejamento como ferramenta de controle

4 Não se gerencia o que não se mede, não se mede o que não se define, não se define o que não se entende, não há sucesso no que não se gerencia. Edward Deming

5 Etapas do Processo Administrativo Planejamento Objetivos Informações Decisões Organização Métodos Recursos Racionalização Direção Comunicação Ação Treinamento OBJETIVOSOBJETIVOS CONTROLE Acompanhamento Correções Retorno Planejamento Organização Direção Controle

6 Controle é uma das funções que compõem o processo administrativo (PODC). processo administrativo A função controlar consiste em averiguar se as atividades efetivas estão de acordo com as atividades que foram planejadas.função atividadesplanejadas Controlar é comparar o resultado das ações com padrões previamente estabelecidos, com a finalidade de corrigi-las se necessário; padrões

7 O Controle é uma função do ciclo de gestão intimamente relacionado com o planejamento. Controlar significa monitorar, avaliar e melhorar as diversas atividades que ocorrem dentro de uma organização. É um processo de 6 (seis) etapas que envolve várias abordagens sistemáticas para garantir que padrões de desempenho sejam atingidos da forma mais eficiente possível. Controle

8 Etapas do Processo de Controle

9 Controle Passo 1 Passo (1) - Estabelecer padrões de desempenho. Proporcionam aos gestores uma ideia do que é esperado deles e diz-lhes como o seu desempenho está sendo avaliado. Isso é fundamental para manter o controle de gestão.

10 Passo (2) - Conduzir uma análise de trabalho. Dar feedback regularmente, dar avaliações de desempenho anual. Isso faz com que o gerente fique consciente de suas forças e fraquezas individuais. Controle - Passo 2

11 Passo (3) - Monitorar e medir o desempenho. Elaborar um novo plano de negócios e avaliar o desempenho atual contra as expectativas. Concentrar os esforços dos gestores, trabalhadores e partes interessadas, conforme necessário. Controle - Passo 3

12 Passo (4) Compare o desempenho medido contra padrões estabelecidos. Se o desempenho esperado está abaixo da média, tomar medidas corretivas preventivas para assegurar a observância de padrões de desempenho especificados antes de ocorrer um problema. Controle - Passo 4

13 Passo (5) Tomar medidas corretivas Este é um aspecto muitas vezes difícil da função de controle de gestão. Quando surgem problemas, deve-se lidar com as situações de forma rápida e eficiente. Ignorar uma difícil situação só piora as coisas. Controle - Passo 5

14 Passo( 6) Pratique métodos preventivos, a fim de evitar a ações corretivas. Medidas corretivas graves devem ser usadas somente em circunstâncias extremas. Controle - Passo 6

15 Níveis de controle Nível da Empresa Tipo de Controle Tempo Amplitude InstitucionalEstratégico Longo Prazo Aborda a empresa como uma totalidade, como um sistema. Intermediário Tático ou Gerencial Médio Prazo Aborda cada unidade da empresa (departamento) ou cada conjunto de recurdos isoladamente. Operacional Curto Prazo Aborda cada tarefa ou operação isoladamente.

16 1.Definido pela diretoria 2.Foco no longo prazo 3.Diretrizes gerais 4.Mede e avalia em função das metas esperadas, propondo correções de rumo quando necessário Institucional Intermediário Operacional Controle estratégico

17

18 Para que CONTROLAR? Padronizar o desempenho Padronizar a qualidade Proteger os bens organizacionais Limitar a autoridade Avaliar desempenho das pessoas Prevenir erros

19 Como CONTROLAR? Estabeleça critérios Avalie o desempenho Compare: esperado x realizado Corrija o que for necessário Exemplo: Modelo PDCA: Plan, Do, Check, Act

20 Tipos de Controles Estratégicos Governança Corporativa Desempenho Global da empresa Balanço contábil e relatórios financeiros Demonstração de perdas e lucros Análise do ROI (Return of Investiment) Balanço social – ética e responsabilidade organizacional

21 1. Governança Corporativa Relacionamento com stakeholders Objetivos estratégicos Estrutura de poderPráticas de gestão SISTEMA DE VALORES: 1.Transparência 2.Equidade (tratamento igualitário) 3.Prestação de contas 4.Responsabilidade corporativa GOVERNANÇA CORPORATIVA

22 2. Desempenho Global da Empresa Baseado em indicadores, a maioria financeiros. Medem adequação ao planejamento estratégico Fortemente baseados em sistemas de informação Voltados ao controle da organização CRÍTICA: existem muitas variáveis não financeiras que são importantes para o desempenho da empresa

23 3. Balanço Contábil e Relatórios Financeiros Foco nos ativos tangíveis da empresa: prédios, máquinas, dinheiro, etc. Desconsidera ativos INTANGÍVEIS, como: conhecimento, tecnologia, talentos humanos, valor da marca, etc.

24 4. Demonstrativo de Lucros e Perdas (L&P) Interessante pois pode ser utilizado para toda a empresa, ou para determinadas linhas de negócios, filiais, franquias, departamentos, etc. Fácil de utilizar Perspectiva reducionista da empresa

25 5. Análise do ROI Muito utilizado atualmente Mede o retorno sobre o investimento Permite comparar diferentes linhas (identificando as mais rentáveis) Baseado no GIRO e no LUCRO das vendas.

26 6. Balanço Social Tendência nas grandes empresas Além de indicadores financeiros mede o desempenho social: – Diálogo e respeito com o público interno – Gestão de impactos sobre o meio ambiente – Investimento nas gerações futuras – Critérios de seleção e apoio aos fornecedores – Dimensão social do consumo – Relações com a comunidade local – Transparência política – Influência social

27 Controle Tático ou Gerencial É o controle interno de cada departamento da empresa. Voltado ao médio prazo (1 ano) PDCA dentro do departamento Baseado em padrões: – Quantidade – Qualidade – Tempo – Custo Institucional Intermediário Operacional

28 Tipos de Relatórios Gerenciais: Relatórios narrativos: verbais ou escritos Relatórios estatísticos: quantitativos Relatórios periódicos: emitidos regularmente Relatórios de progresso: medem o andamento do projeto Relatórios especiais: tratam problemas específicos Controle orçamentário Controle Tático ou Gerencial

29 Controle Operacional É o controle das atividades operacionais da empresa. Metas definidas pelo supervisor Execução de responsabilidade da equipe Produção de acordo com os padrões Institucional Intermediário Operacional

30 Controle Operacional

31 O controle operacional é um processo cíclico e repetitivo uma vez que é composto de quatro fases e se repete indefinidamente. A medida que se repete, o controle tende a fazer com que as coisas controladas se aperfeiçoem e reduzam seus desvios em relação aos padrões estabelecidos. Quanto mais se repete, maior a tendência de corrigir gradativamente os erros ou desvios, graças a um processo de aprendizagem. Controle operacional


Carregar ppt "Aula 04 Processo Administrativo Controle Estratégico, Tático e Operacional."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google