A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Anemia Diretrizes para um diagnóstico Hospital de São Teotônio Medicina Interna (2) Director : Dr. Orlando Gaspar Orientador de Formação: Dr.ª Lúcia Rodrigues.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Anemia Diretrizes para um diagnóstico Hospital de São Teotônio Medicina Interna (2) Director : Dr. Orlando Gaspar Orientador de Formação: Dr.ª Lúcia Rodrigues."— Transcrição da apresentação:

1

2 Anemia Diretrizes para um diagnóstico Hospital de São Teotônio Medicina Interna (2) Director : Dr. Orlando Gaspar Orientador de Formação: Dr.ª Lúcia Rodrigues Maria do Céu de Moura Lourenço Internato Complemetar de Clínica Geral – 1º Ano 26/7/2002

3 Anemia Definição Uma condição de decréscimo na massa eritrocitária total corporal. Diz-se haver anemia (do grego, an = privação, haima = sangue) quando a concentração da hemoglobina sanguínea diminui aquém de níveis arbitrados pela Organização Mundial de Saúde em 13 g/dL para homens, 12 g/dL para mulheres, e 11 g/dL para gestantes e crianças entre 6 meses e 6 anos Ou

4 Anemia Apresentação Clínica AnorexiaIrregularidade intestinal Perda de pesoNáuseasHemorragia retiniana AsteniaPalpitaçõesGlossite ZumbidosSíncopeLinfoadenopatia CefaléiaAsteniaEsplenomegalia Hipersensibilidade ao frioTaquicardia da tolerância ao exercício físicoPalidez (Apesar de ter um cortejo de sintomas e sinais próprios, a anemia não é, em si, uma doença, mas uma síndrome, pois pode decorrer de uma extensa lista de causas)

5 Anemia Apresentação Clínico-laboratorial Com hemoglobina entre 9 e 11 g/dL há irritabilidade, cefaléia e astenia psíquica; nos idosos há fatigabilidade e podem ocorrer dores anginosas. Com hemoglobina entre 6 e 9 g/dL há taquicardia, dispnéia e fadiga aos menores esforços. Com hemoglobina abaixo de 6 g/dL a sintomatologia está presente mesmo em atividades sedentárias e quando abaixo de 3,5 g/dL a insuficiência cardíaca é iminente e toda a atividade impossível.

6 Anemia História Clínica Doador de sangue? Anemia na adolescência? História familiar? Perdas sanguíneas gastrintestinais? Doença ou cirurgia gastrintestinal? Do fluxo menstrual? Litíase vesicular?Icterícia? Uso de álcool ou medicação? Exposição à toxinas? Dieta pobre em Fe ou folato? Parestesias das extremidades?Alteração do estado mental? Patologia crônica:Hepática, renal, endócrina, inflamatória, neoplasia, infecção?

7 Anemia Tipos As anemias mais freqüentes e/ou de particular importância tanto médica quanto social são: Anemia da carência de ferro (anemia ferropênica) Anemia das carências de vitamina B12 (anemia perniciosa) e de ácido fólico Anemia das doenças crônicas Anemias por defeitos genéticos: - Anemia de células falciformes - Talassemias - Esferocitose - Deficiência de glicose-6-fosfato-desidrogenase (favismo) Anemias por agressão periférica aos eritrócitos: - Malária - Anemias hemolíticas imunológicas - Anemia por fragmentação dos eritrócitos Anemias decorrentes de doenças da medula óssea: - Anemia aplástica - Leucemias e tumores na medula Infecciosas Abscesso pulmonar Tuberculose Osteomielite Inflamatórias Artrite reumatóide LES Doença de crohn Hepatite Neoplásicas Carcinoma Sarcoma Linfoma

8 Anemia Classificação segundo a patogênese Produção inadequada de hemoglobina microcitose Produção inadequada de hemoglobina, seja por falta de ferro ou por defeito genético na síntese, o hemograma evidenciará a presença de eritrócitos menores que o normal, por faltar-lhes conteúdo. microcitose Inibição da proliferação eritróide macrocitose Inibição da proliferação eritróide, como na falta de vitamina B12, no uso de drogas antiblásticas (usadas no tratamento do cancro) ou em algumas doenças próprias da medula óssea, serão notados eritrócitos com volume médio superior ao normal macrocitose. Excesso de destruição periférica dos eritrócitos anemias hemolíticas Excesso de destruição periférica dos eritrócitos e nos dias que sucedem uma hemorragia, o hemograma mostrará aumento significativo dos reticulócitos, caracterizando a hiperregeneração reacional do tecido eritróide da medula óssea anemias hemolíticas. Acompanham as doenças crônicas Acompanham as doenças crônicas, infecciosas, reumáticas, renais, endócrinas, o hemograma caracteriza-se por não ser esclarecedor; devem ser procurados os sinais clínicos e os resultados de exames próprios de cada uma delas.

9 Anemia Classificação fisiopatológica 1. Anemias por Perdas Hemorrágicas: ( reticulócito), pode ser aguda (hemorragias volumosas) e crônicas (anemia por sangramento crônico, leva à deficiência de ferro) 2. Anemia por Falta de Produção de eritrócitos: ( reticulócitos ) pode ser por do tecido eritropoético (anemia aplástica - ação de agentes químicos ou físicos - Stem Cells da MO - aplasia de MO => tem pancitopenia), por de fatores de estímulo à medula óssea ( anemia da insuficiência renal crônica; doenças endócrinas; de eritropoetina), ou por invasão da medula óssea (anemias mielocíticas) ou por deficiência de elementos essenciais à eritroceto-formação (ferro - anemia hipocrômica microcítica; Vit B12 e ac. Fólico - anemia megaloblástica), síntese DNA e RNA. 3. Anemia por excesso de destruição dos eritrócitos ( de reticulócitos - hemólise); pode ser por: agressão aos eritrócitos ( direta); defeitos dos eritrócitos; sequestro excessivo das hemácias.

10 Anemia Classificação Fisiológica (1) Hemograma Completo Contagem de Reticulócitos < 2,5% >=2,5% Morfologia dos eritrócitos N Hipoproliferativa Distúrbios da maturação Hemólise/Hemorragia Micro Macro

11 Anemia Classificação Fisiológica (2) VCM (Microcítica) Normal VCM (Normocítica) VCM (Macrocítica) reticulócitos Megaloblástica Não megaloblástica

12 Anemia Classificação Fisiológica (3) VCM (Microcítica) Deficiência de Fe Talassemia Hemoglobina E Anemia sideroblástica Normal VCM (Normocítica) reticulócitos Hemorragia aguda Esplenomegalia Anemia hemolítica reticulócitos Anemia crônica IRC Hepatopatia crônica Doença endócrina Anemia aplástica Anemia mielocítica Displasia dos eritrócitos

13 Anemia Classificação Fisiológica ( 4) VCM (Macrocítica) Megaloblástica Deficiência de VitaminaB12 Deficiência de Folato Drogas (fenitoína, fenobarbital, sulfasalazina,zidovudine) Não megaloblástica Álcool Miscelânia (hipotiroidismo, doença hepática crônica, pós esplenectomia, doença primária da medula óssea)

14 Anemia Classificação Citométrica Normocrômica-Normocítica (CHCM e VCM normais) Anemias de doença crônica Anemia hemolítica Anemia da hemorragia aguda Anemias aplásticas Hipocrômicas-microcíticas ( CHCM VCM) Anemia por deficiência Fe Talassemias Anemia das doenças crônicas Normocrômica-macrocítica (normal CHCM VCM) Deficiência de VitB12 Deficiência de folatos

15 Anemia Diretrizes para o diagnóstico (1) Hemograma completo Deficiência de Fe Sim Não Ferro Esfregaço Sickle Cells->HgSS, SC, S-talassemia Target Cells->HbC, SC, E,talassemias; hepatopatia Esquistócitos->Microangiopatia ou hemólise Burr Cells-> Insuficiência renal Spur Cells->Hepatopatia, abetalipoproteinemia, anorexia nervosa, hipotiroidismo, pós esplenectomia Tear-drop Cells->mielofibrose Esferócitos->Anemia hemolítica auto imune, esferocitose hereditária Heinz bodies->deficiência G6PD, hemoglobinopatias Macroovalócitos-> Deficiência em B12 e em folatos Stippling basófilos->talassemia, anemia sideroblástica e veneno Hb VCM Ferritina TIBC Eletroforese Hb HbE Talassemia

16 Anemia Diretrizes para o diagnóstico (2) Hemograma completo Hb - normal VCM % Reticulócitos Hemorragia aguda Esplenomegalia Anemia crônica; Insuficiência renal crônica Hepatopatia crônica; Doença endócrina LDH Teste de Coombs direto (+) Bilirrubina indireta Esfregaço anormal Haptoglobina Anemia hemolítica Ferro Saturação de transferrina /n Ferritina n/ TIBC Anemia aplástica Anemia mielocítica Displasia dos eritrócitos Biópsia medular –Pancitopenia Esfregaço medular - infiltração

17 Anemia Diretrizes para o diagnóstico (3) Hemograma completo Hb VCM Vitamina B12 Homocisteína Ácido metil malônico LDH Plaquetas e leucócitos Anemia por deficiência de Vit.B12 Homocisteína (n) Ácido metil malônico Anemia por deficiência de folato

18 Anemia Diretrizes para diagnóstico (resumo) Hemograma: Hb VCM VCM (N) VCM VCM VCM ferro, ferritina,TIBC, transferrina, biópsia medular biópsia medular LDH,bilirrubina indireta, haptoglobina, esfregaço Vit B12, LDH, ácido metilmalônico, homocisteína Esfregaço, eletroforese Hb Ferritina,TIBC, transferrina Normal Reticulócitos ferro

19 Bibliografia (1) Family Medicine Principles and Practice – RobertB. Taylor – fifth edition HarrisonPrinciples of Internal Medicine –15ª Ed. ANEMIA of CHRONIC DISEASE F.A. Rice, ART, CLS March 1, 1996 MICROCYTIC ANEMIA LABORATORY DIAGNOSIS SPECIAL PROCEDURES F.A. Rice, ART, CLS March 1, 1996

20 Bibliografia (2) Pathophysiologic Consequences, Classification, and Clinical InvestigationEd Uthman, MD Pathophysiologic Consequences, Classification, and Clinical InvestigationEd Uthman, MDEd Uthman, MDEd Uthman, MDhttp://www.healthteaching.com/anemia.htm Concentrado de Eritrócitos

21


Carregar ppt "Anemia Diretrizes para um diagnóstico Hospital de São Teotônio Medicina Interna (2) Director : Dr. Orlando Gaspar Orientador de Formação: Dr.ª Lúcia Rodrigues."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google