A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

RECURSOS HUMANOS Aplicada na Produção. HISTORIA DA A.R.H. Originalmente surgida no século 20 após a Revolução Industrial, denominada de Relações Industriais,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "RECURSOS HUMANOS Aplicada na Produção. HISTORIA DA A.R.H. Originalmente surgida no século 20 após a Revolução Industrial, denominada de Relações Industriais,"— Transcrição da apresentação:

1 RECURSOS HUMANOS Aplicada na Produção

2 HISTORIA DA A.R.H. Originalmente surgida no século 20 após a Revolução Industrial, denominada de Relações Industriais, tendo como objetivo mediar os conflitos entre as organizações e as pessoas. Por volta da década de 1950 sofreu algumas modificações em suas atuações passando a chamar Administração de Pessoal e além dos conflitos passou a administrar Pessoas de acordo com a legislação trabalhista vigente. Nova mudança na visão empresarial durante a década de 1960 fez com que esta administração de Pessoas se torna-se mais forte pois as organizações passaram a considerar as pessoas como recursos fundamentais para enfrentar os desafios devido ao grande crescimento das empresas A partir da década de 1970 surgiu o conceito de Administração de Recursos Humanos – ARH.

3 ORGANIZAÇÕES – CONCEITO Segundo Maximiano é um Sistema de recursos com a finalidade de alcançar um objetivo comum. Outra definição para Organização é a combinação de esforços individuais que tem uma finalidade de realizar propósitos coletivos. Ou seja, Organização nada mais é que os diversos tipos de empresas nos diversos segmentos de mercado compostas por seus recursos que são administrados de forma produtiva para atingir um objetivo pré-determinado.

4 A sociedade moderna é uma sociedade de organizações. Exemplos: Bancos, Supermercados, Hospitais Governos Cooperativas Agricultores Escolas Policias Contudo nenhuma organização existiria sem a presença fundamental das pessoas.

5 Devido a esta diversidade de segmentos onde atuam e conseqüentemente a diversidade humana existente no meio das organizações podemos afirmar que estas (organizações) são sistemas extremamente complexos, composto de atividades humanas em diversos níveis de análises. Personalidades, pequenos grupos, intergrupos, normas, valores, atitudes, etc, coexistindo sob um padrão complexo e multidimensional. E quanto maior a dimensão ou o tamanho da organização maior sua complexibilidade e dificuldades. Também é fato dizer que como as organizações dependem principalmente das pessoas as pessoas na sociedade atual são totalmente dependentes das organizações para satisfazer suas necessidades: trabalho, divertimento, comida, compras, estudo, capacitação, vestuário, saúde, religião etc.

6 DIFERENTES ERAS DAS ORGANIZAÇÕES Como na nossas vidas e no mundo sofremos mudanças em nosso modo de viver ou de pensar não seria diferente nas organizações. Sejam por motivos de atualizações tecnológicas ou por mudanças comportamentais humanas, seus anseios e desejos as organizações sofreram e ainda sofrerão grandes mudanças. Desde a revolução industrial as organizações passaram por três grandes fases distintas: a Era de Industrialização Clássica, a de Industrialização Neoclássica e a Era da Informação.

7 Vejamos cada uma delas: Era da Industrialização Clássica – 1900 a Teve inicio com a Revolução Industrial - Estrutura Organizacional típica e caracterizou-se pelo formato piramidal e centralizador - Departamentalização Funcional - Modelo Burocrático - Centralização das Decisões no Topo da Pirâmide - Estabelecimento de regras e regulamentos internos para disciplinar e padronizar o comportamento dos participantes

8 Modelo de Estrutura funcional de uma organiza ç ão Diretor financeiro Diretor financeiro Diretor de produção Diretor de produção Presidente Diretor de RH Diretor de RH Diretor de marketing Departamento financeiro Departamento financeiro Departamento orçamentos Departamento orçamentos Departamento contabilidade Departamento contabilidade Departamento tesouraria Departamento tesouraria Departamento fabricação Departamento fabricação Departamento manutenção Departamento manutenção Departamento qualidade Departamento qualidade Departamento compras Departamento compras Departamento de vendas Departamento de vendas Departamento propaganda Departamento propaganda Departamento de pesquisas Departamento de pesquisas Departamento assistência Departamento assistência Departamento de pessoal Departamento de pessoal Departamento de seleção Departamento de seleção Departamento de salários Departamento de salários Departamento treinamento Departamento treinamento

9 Comunicação precária entre os departamentos funcionais Resposta lenta às mudanças externas Responsabilidade parcial por problemas Péssima coordenação interdepartamental Visão limitada dos objetivos organizacionais Desvantagens Uso eficiente dos recursos e economia de escala Forte especialização de habilidades Progresso no encarreiramento interno Direção e controle pela cúpula Boa coordenação intradepartamental Boa solução de problemas técnicos Vantagens Vantagens e desvantagens da estrutura funcional

10 Principais Características: - Cultura Organizacional voltada para o passado e para a conservação das tradições e valores ao longo do tempo; - As pessoas eram consideradas recursos de produção como máquinas, equipamentos, dinheiro dentro da concepção dos três fatores tradicionais de produção: natureza, capital e trabalho Portanto a administração de pessoas, conhecida como Relações Industriais, tinha uma concepção de apenas mediar conflitos existentes entre os interesses industriais e os interesses individuais das pessoas. O homem era considerado apenas uma apêndice das máquinas. Período onde as mudanças era lentas, suaves, progressivas, paulatinas e até certo ponto previsíveis.

11 Era da Industrialização Neoclássica – 1950 a Teve inicio com o final da Segunda Guerra Mundial - Departamentalização Funcional substituído por um modelo Matricial, proporcionando a a estrutura uma característica mais inovadora e dinâmica em busca de maior competitividade; - Descentralização das Decisões sendo estas tomadas pelos chefes: funcionais e divisionais; - Maior flexibilização e agilidade em mudanças tendo em vista que as decisões são tomadas pelas células;

12 Vendas Finanças Produção Diretor Organização Funcional Comparativo Estrutura Funcional e a Estrutura Matricial Finanças Vendas Produção RH Produto A Produto B Produto C Produto D Órgãos funcionais Órgãos divisionais Organização Funcional

13 Comunicação precária entre os departamentos funcionais Resposta lenta às mudanças externas Decisões concentradas no topo Responsabilidade parcial por problemas Péssima coordenação interdepartamental Visão limitada dos objetivos organizacionais Desvantagens Uso eficiente de recursos e economia de escala Forte especialização de habilidades Progresso no encarreiramento interno Direção e controle pela cúpula Boa coordenação intradepartamental Boa solução de problemas básicos Vantagens Vantagens e limita ç ões da estrutura matricial

14 Principais Características: - Cultura Organizacional deixou de privilegiar as tradições passadas e passou a concentrar-se no presente, enquanto o conservadorismo cedeu lugar a inovação; - As pessoas passaram a ser consideradas como recursos vivos e não como fatores inertes de produção. - A tecnologia passou por incrível e intenso desenvolvimento e começou a influenciar a vida dentro das organizações e as pessoas que delas participavam. Período onde as mudanças se tornaram muito mais velozes e rápidas e muito menos previsíveis. Portanto a velha concepção de Relações Industriais foi substituída por uma nova visão de Administração de Recursos Humanos

15 Era da Informação – a partir de Teve inicio no final da década de Mudanças de forma rápidas, imprevistas e inesperadas; - Tecnologia da Informação -Globalização e internacionalização das organizações - Mercados de Capitais extremamente volátil - Os processos organizacionais tornaram-se mais importantes do que os órgãos que constituem as organizações. - Clientes com hábitos mutáveis e exigentes - Organizações mais expostas as mudanças ambientais; - Surgimento das equipes multifuncionais - O recurso mais importante deixou de ser o capital financeiro e passou a ser o conhecimento

16 Principais Características: - A Cultura Organizacional sofreu forte impacto do mundo exterior e passou a privilegiar a mudança e a inovação voltadas para o futuro e para o destino da organização. - A principal mudança neste período foi a mudança cultural devido a tecnologia da informação, que nos trouxe a internet, a globalização, a diversificação de culturas. - Migração intensa do setor industrial para o setor de serviços, ou seja, trabalho manual substituído pelo trabalho mental; - Indicação de uma mudança de uma era pós-industrialização fundamentada no conhecimento e no setor terciário; Então a antiga Administração de Recursos Humanos cedeu lugar a uma nova abordagem: a Gestão de Pessoas

17 Industrialização Clássica Industrialização Neoclássica Era da Informação Período Após 1990 Estrutura Organizacional Predominante Funcional, burocrática, piramidal,centralizadora, rígida e inflexível, Ênfase nos órgãos Matricial enfatizando departamentalização por produtos/serviços ou unidades estratégicas Fluida e flexivel, totalmente descentralizada, redes de equipes multifuncionais Cultura Organizacional Teoria X. Foco no passado, nas tradições e nos valores. Ênfase na manutenção do status quo. Valor à experiência anterior. Transição. Foco no presente e no atual. Ênfase na adaptação ao ambiente Teoria Y. Foco no futuro e no destino. Ênfase na mudança e na inovação Valor ao conhecimento e à criatividade. Ambiente Organizacional Estático, previsível, poucas e gradativas mudanças. Poucos desafios ambientais Intensificação das mudanças e com maior velocidade Mutável, imprevisível, turbulento, com grandes e intensas mudanças Modo de Lidar com as Pessoas Pessoas como fatores de produção inertes e estáticos, sujeitos a regras e a regulamentos rígidos para serem controlados Pessoas como recursos organizacionais que precisam ser administrados Pessoas como seres humanos proativos dotados de inteligência e habilidades que devem ser impulsionados Denominação Relações Industriais Adminstração de Recursos Humanos Administração de Pessoas AS TRÊS ETAPAS DAS ORGANIZAÇÕES NO DECORRER DO SÉCULO XX

18 RECURSOS HUMANOS Aplicada na Produção


Carregar ppt "RECURSOS HUMANOS Aplicada na Produção. HISTORIA DA A.R.H. Originalmente surgida no século 20 após a Revolução Industrial, denominada de Relações Industriais,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google