A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Natura – linha de maquiagem Introdução: Mercado cosmético no Mundo Mercado cosmético no Brasil Mercado de maquiagem no Brasil Grupo Ligia Jurado Daniela.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Natura – linha de maquiagem Introdução: Mercado cosmético no Mundo Mercado cosmético no Brasil Mercado de maquiagem no Brasil Grupo Ligia Jurado Daniela."— Transcrição da apresentação:

1 Natura – linha de maquiagem Introdução: Mercado cosmético no Mundo Mercado cosmético no Brasil Mercado de maquiagem no Brasil Grupo Ligia Jurado Daniela Ferreira Denise Rodrigues Ubiara Marfinati

2 Mercado cosmético no Mundo Em relação ao mercado mundial de HPPC (Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos) os dados da Euromonitor de 2012, os três principais países são: 1.Estados Unidos com 15,9% do mercado mundial; 2.Japão o segundo, com 10,9% do mercado mundial; 3.Brasil com com 9,6% do mercado mundial; Em 2013 este setor cresceu mundialmente 1,4%, sendo que quatro dos dez maiores mercados França, Rússia, Itália e Alemanha) registraram quedas.

3 Mercado cosmético no Brasil O Brasil representa 9,6% do mercado de cosméticos no mundo, sendo que a divisão das categorias mais representativas são: Em primeiro: perfumaria e desodorantes; Em segundo: produtos para cabelos, produtos para higiene oral, produtos para os públicos masculino e infantil e proteção solar; Em terceiro: maquiagem, Em quarto: depilatórios e produtos para a pele (ABIHPEC, 2012). A visão do presidente da Abihpec, João Carlos Basilio, é sobre o crescimento consecutivo deste setor acima dos dois dígitos nos últimos 17 anos: “Entre eles, o aumento da expectativa de vida, a expansão da classe C, a modernização das fábricas e os ganhos de tecnologia e consequente produtividade”. Basílio também ressaltou a importância dos investimentos da indústria em inovação e P&D: “Foram R$13,6 bilhões em Ativos, Pesquisa e Desenvolvimento e Fortalecimento de Marcas, um total 18% maior que em Em quatro anos dobramos os investimentos de R$6,6 milhões a R$13.6 milhões. São investimentos fortes”.

4 Mercado de maquiagem Segundo dados do Target Group Index (IBOPE Media) o consumo de maquiagem no Brasil tem aumentado em todas as classes socioeconômicas, principais capitais e regiões metropolitanas do país. De acordo com a consultoria Euromonitor, a categoria movimentou no Brasil US$ 2.6 bilhões em 2012, posicionando o País como o terceiro maior do mundo.

5 Mercado de maquiagem Segundo pesquisas da Kanthar World Panel, as mulheres brasileiras estão se maquiando com mais frequência e demandando produtos de maior qualidade. Além disso, apenas metade destas mulheres usam maquiagem. Diante destes dados é possível entender o grande investimento das empresas nacionais em novas linhas e na renovação das linhas antigas, bem como a grande movimentação de marcas internacionais.

6 Mercado de maquiagem No mundo a maquiagem é a terceira categoria em crescimento de vendas no período de 2001 a No Brasil, o mercado de maquiagem apresenta grande crescimento, mas ainda perde para outros produtos como tratamento para cabelos e pele:

7 Natura Indústria cosmética nacional fundada em 1969 por Luiz Seabra como a Indústria e Comércio de Cosméticos Berjeaout Ltda em sociedade com Jean Pierre Berjeaout, que viria a se chamar Natura em poucos meses, devido à participação de ativos vegetais na composição dos produtos. Em 2009, ao completar 40 anos, atingiu a marca histórica de 1 milhão de consultoras e consultores. Hoje conta com mais de 20 marcas, entre produtos para cabelo, pele, maquiagem, perfumaria dentre outros.

8 Natura - mercado de cosmético A atratividade do crescimento deste mercado faz com que sempre haja novos entrantes, nacionais e internacionais, em todos os canais de venda – varejo, franquia e vendas diretas. No entanto, mesmo com todo dinamismo apenas 6 empresas detém 52% do mercado total.

9 Natura - linha de maquiagem

10 CANVAS – linha de maquiagem Público feminino adolescente e adulto das Classes B e C Venda de produtos via consultoras (venda direta) - P&D e Marketing - Matéria-prima - Fabricação e Distribuição BEM ESTAR BEM: - Valorizar a beleza existente em toda mulher - Relação custo benefício - Tratamento cosmético junto com maquiagem Relação é a base modelo do negócio: consultoras conhecem produtos e clientes Venda direta Relacionamento de confiança com o cliente final através da consultora Produção, distribuição e venda de cosméticos - Fornecedores de insumos e embalagens - Comunidades que fornecem insumos sustentáveis - Consultoras de negócio - Fornecedores qualificados - Consultoras -Terceiros (fabricação) -P&D

11 Referências: articles/Olho-no-porta-a-porta consumo-de-maquiagem-entre-as-brasileiras.aspx dobrar-de-tamanho-no-brasil-em-tres-anos -cosmetica-promove-evento-sobre-o-mercado-de- maquiagem-no-brasil&id=4650 sob-ataque-de-rivais-natura-sinaliza-mudancas.shtml

12 Natura é campeã em construção de marca de-marca-veja-lista#2 A Natura é a empresa com melhor estratégia de construção de marca (branding), de acordo com pesquisa do Centro de Inteligência Padrão (CIP), consultoria que faz levantamentos ligados ao mercado do consumo. marcaconsumo O levantamento leva em consideração o quanto conhecida é a marca ou empresa e qual a sua imagem, considerando os quesitos: amor, preferência dos jovens, reputação e respeito. A consultoria escolheu 15 diferentes setores e considerou empresas brasileiras e internacionais para cada um.imagem Setor: cosméticos, higiene pessoal e perfumaria A brasileira não apenas liderou no setor de beleza e higiene como teve melhor desempenho geral, de acordo com a consultoria. Eleita como a marca mais valiosa do varejo brasileiro em 2013 pela Interbrand, a Natura investiu nas ideias de sustentabilidade e brasilidade para reforçar sua imagem.

13 crescimento-em-balanco crescimento-em-balanco E-commerce | 12/02/ :37 Natura vai expandir site, mas manterá crença porta a porta O site apresenta uma nova forma de se relacionar com a Natura e comprar com os consultores, já que cada um deles possui seu próprio "Espaço Natura" na internet.site A marca continuará seguindo suas raízes de integração entre consultor e cliente, já que a Rede Natura seria uma maneira de integrar o consumidor diretamente no processo de escolha e compra. 35% das entregas online são atualmente feitas em até 48 horas, e o plano é expandir esse número para até 60 a 70% dos pedidos. A capacidade logística da Natura poderia elevar o número até 90%, mas, essa meta não valeria a pena considerando-se custos envolvidos.

14 COMMERCE%20PARA%20NATURA,%20AVON%20E%20O%20BOTIC%C3%81RIO COMMERCE%20PARA%20NATURA,%20AVON%20E%20O%20BOTIC%C3%81RIO 20/08/ POR DANIELA ALMEIDA O DILEMA DO E-COMMERCE PARA NATURA, AVON E O BOTICÁRIO “A estratégia de negócios de O Boticário é sempre em parceria com os nossos franqueados", afirmou Osvaldo Moscon, diretor de Desenvolvimento de Canais e Franchising de O Boticário por meio de . "Por isso, todas as iniciativas são concretizadas em conjunto com eles, por exemplo, o e-commerce. A presença no comércio online vem da necessidade de estarmos presentes em vários canais e cada vez mais perto do consumidor. E, justamente por isso, o formato de vendas virtual não anula os outros, mas complementa. Afinal, muitos consumidores entram online para conhecer produtos, buscar informações e compram em lojas físicas. Além disso, o diferencial entre os modelos está na experiência - enquanto o e-commerce oferece a praticidade, fácil acesso e outras vantagens no que diz respeito ao consumo, já a vivência e experimentação dos produtos na loja é insubstituível." O setor de franquias, modelo de negócios de O Boticário, vem crescendo em ritmo intenso e encerrou 2012 com aumento de 16,2% no faturamento. Ao todo, as redes movimentaram R$ 103,3 bilhões, frente aos mais de R$ 88,8 bilhões de Já a venda direta, modelo adotado por outras duas gigantes, Avon e Natura, fechou 2011 com um volume de R$ 27,2 bilhões, segundo a Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas (ABEVD). Em 2010 foram R$ 25,8 bilhões (os dados de 2012 ainda não foram divulgados).

15 A venda direta representa um desafio para Avon e Natura, que têm em suas representantes e consultoras a base de seu negócio – e não trabalham com franquias. O e-commerce poderia ser uma saída, não representasse um risco ao principal canal de vendas das companhias. A Avon, que tem no Brasil uma das suas principais operações em faturamento, mantém um site que funciona como folheto online, no qual é possível criar uma lista e enviar para uma revendedora de preferência, ou encontrar por meio de uma ferramenta com CEP, a representante mais próxima. Comprar e receber em casa, como um bom e tradicional site de e-commerce, não é possível. A empresa lançou, ainda, em outubro do ano passado, um aplicativo para iPad que é, na verdade, um catálogo. Assim como a página da empresa na internet, é possível colocar produtos em uma cesta, mas o pedido final é encaminhado a uma revendedora Avon. Em comunicado oficial enviado à Época NEGÓCIOS, a empresa afirmou acreditar “que o relacionamento é o principal elo do negócio da venda direta, por isso o e- commerce deve sempre estar associado ao trabalho das revendedoras”. Para bom entendedor, e-commerce sem revendedora, não.site que funciona como folheto online

16 Com 1,2 milhão de consultoras no Brasil e um total de 1,5 milhão de consultoras no mundo, a Natura mantém uma loja em parceria com o portal Submarino. A página tem uma área onde o internauta pode encontrar uma consultora. Mas quem prefere fazer o pedido e receber em casa, tem essa opção. Chegar até a loja, no entanto, não é tão fácil. O link na página oficial da Natura, por exemplo, direciona o internauta para uma página inexistente. A Natura confirma que não promove a loja online e diz que seu projeto de e-commerce seria a Rede Natura, que está mais para uma rede social, onde o pedido também é efetuado por meio das consultoras da marca. “Vislumbramos um futuro no qual a relação entre consultoras e consumidores será ainda mais estreita e apoiada por alta tecnologia de informação e pelas redes sociais”, afirmou a Natura, por meio de um comunicado.loja em parceria com o portal SubmarinoRede Natura

17 Cosméticos | 27/01/ :10 M.A.C quer dobrar de tamanho no Brasil em três anos tres-anos a M.A.C vai inaugurar seu serviço de e-commerce no Brasil. A jogada é uma das estratégias adotadas pela grife de maquiagens para dobrar seus negócios no Brasil em três anos.e-commercemaquiagens Além de investir na internet, a marca da gigante de cosméticos da Estée Lauder pretende, até 2016, dobrar o número de lojas físicas no país, que hoje estão perto de 30.cosméticos “É a primeira vez na história da marca que baixamos os preços, o que mostra como o Brasil é importante para nós",


Carregar ppt "Natura – linha de maquiagem Introdução: Mercado cosmético no Mundo Mercado cosmético no Brasil Mercado de maquiagem no Brasil Grupo Ligia Jurado Daniela."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google