A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A televisão é um meio de comunicação audiovisual que utiliza a transmissão eléctrica de imagens visuais e sonoras por condutores e estas em ondas electromagnéticas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A televisão é um meio de comunicação audiovisual que utiliza a transmissão eléctrica de imagens visuais e sonoras por condutores e estas em ondas electromagnéticas."— Transcrição da apresentação:

1

2 A televisão é um meio de comunicação audiovisual que utiliza a transmissão eléctrica de imagens visuais e sonoras por condutores e estas em ondas electromagnéticas para a sua irradiação através do espaço. Os primórdios da televisão remontam a 1883, logo a seguir à descoberta do telefone.

3 A câmara electrónica capta as imagens e converte os sinais luminosos em sinais eléctricos, num tratamento do tipo de circuito fechado. A televisão é frequentemente considerada como um produto das últimas duas ou três décadas, mas existem indícios de que em 1890 já eram conhecidos aparelhos para transmissão de imagens a longa distância.

4 A emissão de televisão em Portugal iniciou-se em Setembro de 1956 com as primeiras emissões experimentais, prosseguindo dois meses depois já a partir dos estúdios do Lumiar, a cargo da RTP (Rádio Televisão Portuguesa).

5 Abertura – Texto de poucas linhas dito pelo apresentador para introduzir uma reportagem. Este deve indicar a actualidade do assunto, o ângulo escolhido, o nome do primeiro interlocutor, se iniciar por uma entrevista, e o nome do repórter. Ângulo – Ponto de vista escolhido por um jornalista para tratar um tema. É abordado um único aspecto de fundo e dado um panorama global do assunto. Background – Conjunto de informações cujo conhecimento é necessário para compreender um acontecimento.

6 Cabina de som – Pequeno compartimento insonorizado, equipado com um microfone e um monitor, no qual o jornalista lê um comentário sobre a imagem. Fazer uma cabina – Escrever e gravar um comentário sobre a imagem em directo durante o jornal televisionado. Camcorder – Câmara portátil de vídeo com gravador integrado. Contracampo – Plano filmado no sentido contrário ao de um outro plano. Coordenador de edição – Jornalista encarregado, sob a autoridade do chefe de redacção, de levar a cabo e de coordenar o trabalho dos técnicos e dos jornalistas durante a preparação de uma emissão, e depois assegurar-se do seu correcto desenvolvimento durante a transmissão. Dead-line (Prazo Final) – Hora limite de entrega de um elemento destinado a uma emissão de informação.

7 Decibel – Unidade de potência sonoro (dB). “Dica” – Informação importante não fornecida por um jornalista ou uma redacção. Direito de insistência (reformulação) – Possibilidade que todos os jornalistas têm de colocar uma questão após uma resposta que julga insatisfatória. Dossier – Reportagem de informação que precede um acontecimento. ENG – Sigla de “Electronic News Gathering”. Traduz- se em português por JET “Jornalismo Electrónico de Televisão”, e refere-se a qualquer reportagem em vídeo ligeiro nas estações de televisão. A sigla JET pode substituir o termo reportagem. Enquadramento – Espaço cujos pontos são captados pela câmara. Feedback – Informações sobre o modo como foi recebida uma emissão.

8 Flash (ou Flash noticioso) – Notícia breve transmitida com prioridade. Edição curta, que faz o ponto da actualidade em horário fixo, ou anunciando em qualquer momento um acontecimento importante. Furo (ou Cacha) – Informação exclusiva e importante que a televisão é a primeira a tornar pública. Insert (TV) – Qualquer imagem introduzida após a montagem final. Jornalista Repórter de Imagens – Jornalista especializado na filmagem. Deve possuir as capacidades técnicas necessárias para manipular o equipamento e as qualidades de iniciativa e de avaliação do jornalista. Lead – Primeiro parágrafo de um despacho de agência, resumindo num mínimo de palavras a informação principal. Legenda – Texto que aparece sob a imagem, composto através de um teclado de computador.

9 Locução – Texto falado que acompanha imagens. Locução no final – Peça dita por um jornalista perante a a câmara. Locução off – Comentário sobre a imagem lido por um jornalista presente no plateau do jornal televisionado. Mesa de montagem – Cadeia de aparelhos para a montagem vídeo: dispositivos de leitura, de gravação e monitores. Off the record – Informação fornecida confidencialmente. Se for tornada pública, o informador não deve ser identificável. Peça- Texto dito por um jornalista, perante a câmara, descrevendo ou explicando um acontecimento. Plano – Registo de imagem efectuado sem interrupção. Após a montagem, designa as imagens seleccionadas entre dois cortes. Plano de fundo – Plano situado para lá da cena principal, mais distanciado da vista do espectador. Plateau – Estúdio onde é gravado o telejornal. Pool – Agrupamento ocasional de jornalistas que pertencem a órgãos de comunicação diferentes, no qual alguns recolhem a informação para todos.

10 Pré-montagem – Plano de uma reportagem no qual são indicadas as sequências e os planos a registar pela ordem da sua difusão. Relançamento – Intervenção do apresentador no decurso de um «papel» ou de um plateau que permite a progressão do tema. Retorno – Envio para o local de reportagem por uma estação de televisão do som ou da imagem difundido pela antena. Rodapé – Últimas palavras de uma notícia ou reportagem dando o toque final de forma concisa e efectiva. Sinopse – Descritivo em algumas linhas de uma reportagem, indicando o ângulo escolhido, os interlocutores entrevistados, os locais de rodagem, os meios técnicos necessários e a duração prevista. Sonora – Reportagem televisiva limitada a uma entrevista. Spot – Pequeno projector portátil que permite uma iluminação focalizada; fixa-se sobre a câmara. Superlead – Primeiras palavras de uma reportagem ou de uma entrevista que tocam o aspecto mais vivo do assunto e captam a atenção do público.

11 Time code – Codificação arbitrária das imagens em função do tempo. VCR – Sigla de “Video Cassette Recorder”, expressão em inglês para videogravador, VHF – Sigla de “Very High Frequency”, banda de altas frequências sobre a qual são transmitidos, por exemplo, a RTP 1 e as rádios em frequência modulada (FM). Videoteca – Serviço especializado no arquivo e conservação das imagens vídeo. Visionamento – Verificação e anotação das imagens registadas antes de qualquer montagem.

12 O mundo da televisão exige muito trabalho por parte de todos que o compõem. Por detrás de tudo o que vemos todos os dias existem imensas pessoas empenhadas em fazer o seu melhor trabalho para que tudo esteja perfeito e para agradar ao telespectador. Espero que depois desta apresentação compreenda um pouco mais do mundo da televisão e das expressões usadas diariamente, às quais não temos acesso. Trabalho elaborado por: Joana Ramos n.º9 11.ºB


Carregar ppt "A televisão é um meio de comunicação audiovisual que utiliza a transmissão eléctrica de imagens visuais e sonoras por condutores e estas em ondas electromagnéticas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google