A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Para Nérici (1987, p. 258), O método da mesa-redonda consiste em uma reunião de especialistas que sustentam posições divergentes e mesmo opostas a respeito.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Para Nérici (1987, p. 258), O método da mesa-redonda consiste em uma reunião de especialistas que sustentam posições divergentes e mesmo opostas a respeito."— Transcrição da apresentação:

1

2

3 Para Nérici (1987, p. 258), O método da mesa-redonda consiste em uma reunião de especialistas que sustentam posições divergentes e mesmo opostas a respeito de um tema. Propõem eles expor seus pontos de vista, diante de um auditório, sem finalidades polêmicas, mas tão somente se propondo a precisar posições e a fornecer esclarecimentos.

4 O número de participantes da mesa-redonda é variável de três a seis e os expositores são convidados à participação com base em suas opiniões divergentes, que se apresentam sob a direção de um coordenador. Cabe ao coordenador abrir e encerrar a sessão; apresentar, dar (ou cassar) a palavra a cada expositor; impedir excessos, evitando debates acalorados; levar os apresentadores a expor com clareza e objetividade seus pontos de vista; intervir com prudência e firmeza, quando a troca de ideias deixar de ser racional e assumir características de agressividade.

5 Os objetivos da mesa-redonda são os seguintes:  Esclarecer pontos de vista diferentes ou opostos, por meio de informações objetivas;  assumir atitude reflexiva;  formular discussões racionais e não emocionais;  aprofundar estudo de um tema;  saber ouvir, em atitude respeitosa, opiniões contrárias.

6 Os componentes da mesa-redonda são o Coordenador, os Expositores e o Auditório. Os expositores e o coordenador definem previamente as regras, lembrando que uma mesa- redonda não deve ultrapassar 60 minutos. Em regra geral, os participantes, no auditório, não fazem perguntas à mesa, porém, às vezes, os ouvintes participam, por escrito.

7

8 Consiste em desenvolver, na presença dos alunos, uma discussão informal entre um grupo de pessoas, selecionadas quer por serem autoridades na matéria em análise, quer por estarem interessadas ou afetadas pelo problema em questão, quer por apresentarem pontos de vistas antagônicos.

9 Segundo Miyamoto (1987, p. 21 apud SANTOS, 2001, p. 70) o painel é: um tipo de reunião derivada da mesa-redonda. A diferença entre o painel e a mesa-redonda está em que, no painel, os expositores debatem entre si o assunto em pauta, cabendo ao público assistente tão somente funcionar como espectador, sem direito a formular perguntas à mesa. É uma forma de reunião limitada a um pequeno número de especialistas. Além do presidente, o painel poderá ter um coordenador e um moderador.

10 Se analisarmos a maneira exposta da realização do painel, perceberemos que os participantes ficam numa situação passiva diante da exposição. Salientamos, contudo, que se desenvolvida essa modalidade, na academia, ficará distante de seu objetivo acadêmico, que é tornar os indivíduos mais críticos e conscientes de seu papel. Se o painel proporcionar o conhecimento mais aprofundado de um tema, por meio da discussão informal, implicando participação mais ativa do auditório, não ficando somente limitado a ouvir, a técnica é benéfica.

11 Utilidade do painel É uma forma ativa de apresentar um tema, já que um grupo de pessoas que discutem informalmente entre si desperta bem mais interesse nos alunos que uma só pessoa expondo. A finalidade fundamental do painel é que os participantes analisem os diversos aspectos de um tema ou problema. Não tem por finalidade chegar a uma solução completa, embora possa produzir conclusões que conduzam eventualmente a uma solução.

12 Organização do painel Definição do tema de acordo com os objetivos pretendidos. Selecionam-se um “moderador” ou coordenador de painel de quatro a seis membros do painel. Com o moderador, estudam-se a estratégia da definição do tempo que será atribuído entre “painelistas” e o tempo para perguntas do auditório. Na estratégia, define-se, também, se, ao começar o painel, cada membro fará uma breve exposição ou se p moderador começará os trabalhos fazendo uma pergunta geral.

13 Antes do dia do painel, o moderador reúne-se com os painelistas para tomarem conhecimento das estratégias a serem utilizadas: assunto geral, áreas de discussão, limites de tempo etc. O arranjo físico do painel deve facilitar a comunicação entre os painelistas.

14 São atribuições do coordenador ou moderador:  abrir a sessão e apresentar os componentes do painel;  apresentar o tema do painel e o objetivo da discussão;  intervir na discussão, quando caminhar para a dispersão, sem comprometer o resultado pretendido;  explicar quanto tempo durará a discussão “interna” entre os painelistas, esclarecendo que, depois desse período, o público terá oportunidade de fazer perguntas;  levar a platéia à participação organizada, mediante perguntas pertinentes;  fazer uma síntese dos trabalhos;  agradecer aos componentes e encerrar a sessão.

15 Tipos de painel  Painel de interrogação: de uma a três especialistas são interrogados por um painel de participantes.  Painel de oposição ou debate: dois grupos de painelistas, frente a frente, enfrentam pontos de vistas sob a coordenação do moderador que regula o intercâmbio.  De pessoas interessadas no assunto.  De autoridade ou especialistas.  De posição antagônicas.

16

17 É um método de trabalho em grupo que envolve um orador especialista em determinado assunto, que fará sua exposição sem interrupção por parte do auditório, o início da exposição deve fazê-la de acordo com as regras preestabelecidas pelo coordenador do evento. Os trabalhos terão uma coordenação que conduzirá seu andamento. Após exposição do trabalho, os participantes do evento poderão formular questões a respeito do assunto abordado. Cabe ao coordenador decidir se as perguntas deverão ser realizadas oralmente ou por inscrito.

18 Esse evento possui uma característica positiva, que possibilita aos participantes questionar as exposições realizadas, contribuindo para o crescimento de aprendizagem de todos os envolvidos e interessados pelo tema em exposição.

19 Minicucci (1971, p. 208 apud PARRA FILHO, 2000, p. 164) diz que o fórum tem quatro finalidades principais:  permitir ao público maiores informações sobre problemas de seu interesse;  proteger o público contra a possibilidade de ser mal orientado por uma apresentação que possa criar impressão errônea, quando não estiver sujeita a perguntas;  permitir a apresentação de material que, de outro modo, poderia não ser incluído na discussão;  dar ao público a oportunidade de participar, o que constitui em si uma qualidade superior à demais.

20

21 Em reuniões científicas, encontros, congressos incluem- se em suas programações muitas realizações de simpósio. O que seria então um Simpósio?

22 Segundo Nérici (1987, p. 230 apud ANDRADE, 1999, p. 92): O simpósio é o método pelo qual duas ou mais pessoas, versadas em determinado ramo do conhecimento, sob a direção de um coordenador, expõem um tema de sua especialidade, cada qual apresentando uma parte deste ou focalizando-o de pontos de vista diferentes, com a participação do auditório, no final da sessão, por meio de perguntas aos expositores.

23 Consiste em uma série de breves apresentações de diversas pessoas sobre diferentes aspectos de um mesmo tema ou problema. O simpósio pode ser realizado durante um mesmo dia ou durante vários dias. Objetivos do simpósio  tratar de um assunto observando os vários pontos de vista;  discutir informações variadas, bem estruturadas e atualizadas;  esclarecer aspectos do assunto discutido sem ter o caráter de concluir nenhuma idéia.

24 Organização do evento Deverá ser escolhido um coordenador do evento que terá as seguintes funções:  definir os diversos aspectos do tema;  marcar o limite do tempo para cada exposição;  apresentar os expositores e dar a palavra a cada um deles;  definir as regras para apresentação;  orientar a participação dos integrantes (auditório), conduzindo o processo de perguntas e respostas;  evitar debates paralelos e, quando ocorrerem, conduzir da melhor forma a volta ao tema exposto.

25 Considerações importantes No simpósio ocorre a exposição global de um tema, proporcionando uma visão mais ampla sobre ele; por isso, existem vários expositores sobre o tema sem, contudo, ter um caráter de divergência entre os apresentadores. Não caracteriza o papel do simpósio os expositores defenderem posições antagônicas. Ao final do simpósio, abre-se o debate geral de todos os temas.


Carregar ppt "Para Nérici (1987, p. 258), O método da mesa-redonda consiste em uma reunião de especialistas que sustentam posições divergentes e mesmo opostas a respeito."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google