A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

3.2. PAISAGEM. OBJETIVOS DAS ATIVIDADES: Desenvolver a observação e identificação dos elementos da paisagem; Estabelecer correlações com os elementos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "3.2. PAISAGEM. OBJETIVOS DAS ATIVIDADES: Desenvolver a observação e identificação dos elementos da paisagem; Estabelecer correlações com os elementos."— Transcrição da apresentação:

1 3.2. PAISAGEM

2 OBJETIVOS DAS ATIVIDADES: Desenvolver a observação e identificação dos elementos da paisagem; Estabelecer correlações com os elementos identificados; Reconhecer os processos de produção da paisagem.

3 DESENVOLVIMENTO Sugere-se a utilização de HQS ligados à ficção científica ou de super-heróis como ponto de partida para a leitura da paisagem; ETAPA I TEMPESTADE CEREBRAL E DESCRIÇÃO Escolher uma página com o maior número de situações possíveis; Projetar a página para a classe sem as falas; Numa folha em branco, os alunos anotam todas as idéias, imagens, sons, palavras, sensações suscitadas pela observação; Em grupo de quatro componentes, solicita-se aos alunos que produzam frases, observando e descrevendo a paisagem da figura.

4

5 EXEMPLO DE MATERIAL QUE PODE SER UTILIZADO PELO PROFESSOR

6 Para que a descrição seja maximizada propõe- se o seguinte roteiro de questões: Como são as construções?Como são as construções? Que objetos aparecem (conhecidos e desconhecidos)?Que objetos aparecem (conhecidos e desconhecidos)? Como são as pessoas, seus aspectos físicos, suas roupas, o que estão fazendo, etc.?Como são as pessoas, seus aspectos físicos, suas roupas, o que estão fazendo, etc.? Que situações e atividades estão ocorrendo?Que situações e atividades estão ocorrendo? O que mais lhe chamou atenção?O que mais lhe chamou atenção? O que lhe causou estranhamento?O que lhe causou estranhamento?

7 ETAPA II LEVANTAMENTO DE QUESTÕES Os alunos devem ser orientados a levantar questões sobre aspectos que os intrigam; O professor anota todos os questionamentos feitos podendo acrescentar alguns, em consenso com a sala; OBS: Os alunos darão início a uma reflexão sobre o que pode estar por trás do que é visível, perceptível num primeiro momento; Possibilitando exemplos para a construção dos conceitos de paisagem.

8 ETAPA III ELABORAÇÃO DE HIPÓTESES E PREENCHIMENTO DOS BALÕES O professor distribui as perguntas levantadas anteriormente para que, em duplas, os alunos tentem responde-las, elaborando hipóteses; OBS: Nessa atividade os alunos desenvolverão habilidades de correlação e dedução sobre os elementos da paisagem. Posteriormente, distribui para cada dupla uma cópia da página, para preencherem os balões com diálogos levando em conta as hipóteses já levantadas. OBS: Essa atividade possibilita ao aluno perceber que as relações sociais têm estreita ligação com os processos materializados naquela paisagem.

9 ETAPA IV CONSTRUÇÃO DO CONCEITO DE PAISAGEM Os alunos devem expressar oralmente o que perceberam na ilustração e, devem dar a resposta para a descrição feita; O professor deverá anotá-las, abrindo um leque para cada aspecto descrito; Os alunos perceberão que determinados aspectos são aparentes (número de pessoas, suas roupas, o aspecto dos prédios, etc.). Além disso, cada aluno descreveu de uma forma e notou elementos diferentes; Enfim, o professor possibilitará a compreensão de que houve um trabalho com a paisagem geográfica.

10 ETAPA V CORRELAÇÃO ENTRE AS HIPÓTESES LEVANTADAS E O ROTEIRO Nesse momento propõe-se ler a revista como um todo. Dessa forma, os alunos poderão comparar o roteiro original com as hipóteses levantadas por eles; A atividade proposta pretende ser um “exercício” das habilidades de observação, descrição e levantamento de hipóteses sobre as paisagens; Dando prosseguimento, pode se partir para bairro ou a cidade que o aluno vive.

11 3.3 O BRASIL NOS QUADRINHOS ESTRANGEIROS

12 OBJETIVOS: Analisar a representação do(s) espaço(s) geográfico(s) brasileiro(s); Identificar possíveis estereótipos ou informações equivocadas sobre o espaço geográfico brasileiro; Verificar e discutir a regionalização do espaço geográfico brasileiro.

13 DESENVOLVIMENTO a) a) CONTATO COM O MATERIAL: as revistas devem ser sugeridas pelos alunos de acordo com o interesse. Deve ser feita uma primeira leitura para que os alunos entrem em contato com a história. b)RESENHA DA HISTÓRIA b) RESENHA DA HISTÓRIA: Ao fazer a resenha da história, o aluno revê algumas passagens que não foram compreendidas. c)ANÁLISE DA PAISAGEM/ESPAÇO GEOGRÁFICO c) ANÁLISE DA PAISAGEM/ESPAÇO GEOGRÁFICO: Descrição dos elementos físicos (vegetação, clima, relevo, etc.) e humanos (construções, objetos, caracterização dos personagens, etc.).

14 d) CORRESPONDÊNCIA DOS ELEMENTOS DA PAISAGEM REPRESENTADA COM A PAISAGEM REAL (VERIFICAÇÕES DE INFORMAÇÕES EQUIVOCADAS OU CLICHÊS). e)CONTEXTUALIZAÇÃO DA HISTÓRIA/ DISCUSSÃO: e) CONTEXTUALIZAÇÃO DA HISTÓRIA/ DISCUSSÃO: A visão do Brasil correspondente à visão da sociedade em que a HQ foi produzida?

15

16 ARAÚJO, G. C. de C.et al. As histórias em Quadrinhos na educação: possibilidades de um recurso didático-pedagógico. A MARgem - Estudos, Uberlândia - MG, ano 1, n. 2, p , jul./dez Disponível em: Acesso em: Dezembro de BARBOSA, A. et al (Org.). Como usar as histórias em quadrinhos na sala de aula. 3. ed., 2ª reimpressão - São Paulo: Contexto, 2008-(Coleção como usar na sala de aula). BARBOSA, A. V. A. Histórias em quadrinhos sobre a História do Brasil em 1950: A narrativa dos artistas da EBAL e outras editoras. Universidade de São Paulo. Programa de Pós- graduação em Ciências da Comunicação. Tese Disponível em: Acesso em: 02/2011. CASTELLAR, S. ; VILHENAR, J. Ensino de Geografia. São Paulo. lengaze Learning, COSTA, R. M. da.; TONINI, I. M. As histórias em quadrinhos como construção da leitura geográfica. Anais XVI Encontro Nacional dos Geógrafos (ENG) realizado no período de 25 a 30 de Julho de 2010 em Porto Alegre. Disponível em: Acesso em: Dezembro de DEFFUNE, G. Relato de uma experiência de história em quadrinhos no ensino da geografia. Bol. geogr., Maringá, v. 28, n. 1, p , Disponível em: Acesso em: Dezembro de SILVA, E. I. A linguagem dos quadrinhos na mediação do ensino de geografia: charges e tiras de quadrinhos no estudo de cidade. Universidade de Goiás. Programa de Pós-graduação em Geografia.Tese Disponívelem: ttp://bdtd.ufg.br/tedesimplificado/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=1136. Acesso: 12/2010 e 01/2011. TUSSI, G. B. MARTINS, R. E. M. W. A história em quadrinho como prática pedagógica no ensino de Geografia. Disponível em:http://egal2009.easyplanners.info/area08/8313_Tussi_Graziela_Bergonsi.pdf. Acesso em: Dezembro de VACH, V. R. F. O ensino de geografia no Brasil: uma perspectiva histórica. In: VESENTINI, José William (Org.). O ensino de geografia no século XXI. São Paulo. Papirus Pág REFERÊNCIAS

17 Muito Obrigado pela Atenção!

18 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO DE MÉTODOS E TÉCNICAS DE ENSINO


Carregar ppt "3.2. PAISAGEM. OBJETIVOS DAS ATIVIDADES: Desenvolver a observação e identificação dos elementos da paisagem; Estabelecer correlações com os elementos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google