A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Superalimentação no período neonatal altera o consumo de alimentos palatáveis em resposta a um evento estressor agudo na vida adulta. Sheila de Castro.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Superalimentação no período neonatal altera o consumo de alimentos palatáveis em resposta a um evento estressor agudo na vida adulta. Sheila de Castro."— Transcrição da apresentação:

1 Superalimentação no período neonatal altera o consumo de alimentos palatáveis em resposta a um evento estressor agudo na vida adulta. Sheila de Castro Cardoso( bolsista BIC/UFRGS) Núcleo de Estudos da Criança e do Adolescente (NESCA) Programa de Pós-Graduação em Saúde da Criança e do Adolescente Universidade Federal do Rio Grande do Sul UFRGS Orientador:Helena Ayako Sueno Goldani Marcelo Zubaran Goldani Tese de doutorado de André Krumel Portella, MD MSc

2 Introdução Epidemia de Obesidade – Prevalência estável até 1980 – Crecimento importante desde então. – Também afeta menores de 2 anos de idade Causas Precoces Programação nutricional?

3 Introdução Preferência por alimentos saborosos estão relacionados à obesidade. Conhecimento escasso sobre o impacto da superalimentação no período neonatal sobre a vida adulta.

4 Introdução Programação nutricional pela superalimentação neonatal 4

5 Mesocorticolimbico Hipotálamo Introdução Hiperfagia – Excesso calórico – Porém: Qualidade também é importante – Saciedade específica (ex. sobremesa) Palatabilidade. Mecanismos semelhantes a adicção a drogas. Hipótese: Animais expostos a um protocolo de superalimentação neonatal terão uma preferência aumentada por alimento doce. Hipótese: Animais expostos a um protocolo de superalimentação neonatal terão uma preferência aumentada por alimento doce. 5

6 Objetivo Verificar o comportamento alimentar de ratos superalimentados, através de um modelo, sob diferentes situações. Correlacionar com a expressão de proteínas associadas com a atividade dopaminérgica no sistema mesocorticolimbico.

7 Metodologia 7 AclimatizaçãoCruzamento e Gravidez Nascimento e padronização Desmame e crescimento Experimentos PND0PND21 PND90 D02 Semanas ED23-24ED0 Desenho Geral (Experimental)

8 Metodologia Variáveis Biométricas e Metabólicas – Ganho de Peso – Composição corporal – Avaliação de Resistência à Insulina Teste de Resposta a Insulina e Leptina 8

9 Metodologia Vias Dopaminérgicas Mesocorticolimbicas -- VTA – Núcleo Accumben 9

10 Resultados Ratos RN estavam mais pesados que os CN e tinha aumento de gordura abdominal. Locomoção -distância total: sem diferença -permanência no centro(menor ansiedade; RN mais tempo(p=0,036).

11 Resultados Consumos: sem diferença entre CN e RN Consumo após estresse: RN apresentou maior consumo após o estresse (p=0,006).

12 * ns Resultados

13 Conclusão superalimentação neonatal Consumo de alimentos saborosos em resposta a um estímulo estressor agudo. induz obesidade induz hábito alimentar Ansiedade

14 OBRIGADO!!


Carregar ppt "Superalimentação no período neonatal altera o consumo de alimentos palatáveis em resposta a um evento estressor agudo na vida adulta. Sheila de Castro."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google