A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Como Conservar o Que Foi Ganho As 4 Crises Texto: Heriberto Peter Desenho: Iván Samojluk.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Como Conservar o Que Foi Ganho As 4 Crises Texto: Heriberto Peter Desenho: Iván Samojluk."— Transcrição da apresentação:

1

2 Como Conservar o Que Foi Ganho As 4 Crises Texto: Heriberto Peter Desenho: Iván Samojluk

3 “Os recém-chegados à fé devem receber um trato paciente e benigno, e é dever dos membros mais antigos da igreja cogitar meios e modos para prover auxílio, simpatia e instrução para os que se retiraram conscienciosamente de outras igrejas por amor da verdade, separando-se assim dos cuidados pastorais a que estavam habituados.” Evangelismo, p. 351

4 “Depois de as pessoas se haverem convertido à verdade, cumpre sejam cuidadas...novos conversos necessitam de ser atendidos - vigilante atenção, auxílio, animação. Não devem ser deixados a si mesmos, prêsa das mais poderosas tentações de Satanás; eles precisam ser instruídos com relação a seus deveres, ser tratados bondosamente, conduzidos e visitados, orando por eles. Essas almas necessitam do alimento aquinhoado a seu tempo a cada homem. Evangelismo, p. 351

5 Segundo o pastor Mark Finley o recém-convertido pode passar pelas Pode passar por uma ou por todas 4 crises do recém-chegado

6 A CRISE DO DESÂNIMO D E S C R I ÇÃO 1 Não pode cumprir seu compromisso público (batismo). Os velhos hábitos o assaltam. (vícios). Sua estima própria está baixa, acredita ser um hipócrita. Não consegue viver à altura das normas. Afasta-se, trata de fugir.

7 A CRISE DO DESÂNIMO S I N T O M A S 1 AUSENTISMO. FALTA DE ALEGRIA PELA VIDA CRISTÃ. FALTA O DESEJO DE PERMANECER MUITO TEMPO NA IGREJA. UMA PEQUENA DIFICULDADE E SUA DISPOSIÇÃO DIMINUI.

8 A CRISE DO DESÂNIMO S O L U Ç Õ E S 1 UMA CHAMADA TELEFÔNICA. UMA PALAVRA TRANQUILIZADORA. UMA ORAÇÃO. UMA BREVE. UMA VISITA PASTORAL. OUVI-LO SEM CONDENÁ-LO.

9 A CRISE DA INTEGRAÇÃO D E S C R I Ç Ã O 2 Não consegue substituir os antigos amigos pelos novos. Aceita as doutrinas, porém não se integra à sua estrutura social. Sente-se sozinho.

10 A CRISE DA INTEGRAÇÃO S I N T O M A S 2 COMEÇA A CHEGAR TARDE NA IGREJA. SAI IMEDIATAMENTE DEPOIS DO HINO FINAL. PODE SENTAR-SE SOZINHA. POUCAS ATIVIDADES SOCIAIS. POUCA ASSISTÊNCIA À ESCOLA SABATINA. POUCOS AMIGOS NA IGREJA.

11 A CRISE DA INTEGRAÇÃO S O L U Ç Õ E S 2 NECESSITA ATENÇÃO IMEDIATA E PESSOAL. AJUDÁ-LO A CONSEGUIR NOVOS AMIGOS. NECESSITA AMIZADES PROFUNDAS. UMA CARTA AMISTOSA. CONVIDÁ-LO A ALMOÇAR. MUITO AMOR.

12 A CRISE DO ESTILO DE VIDA D E S C R I Ç Ã O 3 Geralmente ocorre entre um ano e um ano e meio depois de seu batismo. Não consegue integrar-se ao novo estilo de vida. Não assiste com regularidade, não ora, não estuda a Bíblia, tem uma experiência superficial, segue divertindo-se como antes, não pode cortar, são seus vícios.

13 A CRISE DO ESTILO DE VIDA S I N T O M A S 3 COM FREQUÊNCIA, NÃO ASSISTE À ESCOLA SABATINA. POUCA ASSISTÊNCIA AOS CULTOS DE ORAÇÃO. NÃO LÊ LITERATURA DENOMINACIONAL. ADOTA POUCOS HÁBITOS TIPICAMENTE ADVENTISTAS.

14 A CRISE DO ESTILO DE VIDA S O L U Ç Õ E S 3 QUE PARTICIPE DE PEQUENOS GRUPOS. ASSEGURE-SE DE TER EM CASA LITERATURA ADVENTISTA.

15 A CRISE DA LIDERANÇA D E S C R I Ç Ã O 4 Geralmente ocorre logo após estar integrado. Começa a ter responsabilidades e descobre que nem todos são “Santos” Desanima-lhe o fato de pertencer a uma igreja composta e dirigida por seres humanos que se equivocam.

16 A CRISE DA LIDERANÇA S I N T O M A S 4 CRITICA. PARTICIPA DOS MEXERICOS. SENTE DESÂNIMO. REJEITA CARGOS. REVELA DECISÕES DAS COMISSÕES. SENTE ANSIEDADE.

17 A CRISE DA LIDERANÇA S O L U Ç Õ E S 4 APRESENTAR-LHE A ORIGEM DIVINA DA IGREJA. APRESENTAR A FRAGILIDADE HUMANA (ATÉ NOS DISCÍPULOS DE CRISTO). RESSALTAR O VALOR DAS DECISÕES DAS COMISSÕES ACIMA DAS OPINIÕES PESSOAIS.


Carregar ppt "Como Conservar o Que Foi Ganho As 4 Crises Texto: Heriberto Peter Desenho: Iván Samojluk."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google