A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SIMPÓSIO DE BIOLOGIA ÁGUA:DESAFIOS DA DÉCADA Decio Tubbs Filho Departamento de Geociências UFRuralRJ04/09/2014.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SIMPÓSIO DE BIOLOGIA ÁGUA:DESAFIOS DA DÉCADA Decio Tubbs Filho Departamento de Geociências UFRuralRJ04/09/2014."— Transcrição da apresentação:

1 SIMPÓSIO DE BIOLOGIA ÁGUA:DESAFIOS DA DÉCADA Decio Tubbs Filho Departamento de Geociências UFRuralRJ04/09/2014

2 Legislação Básica  Decreto Presidencial nº 5.440, de 4 de maio de 2005, Estabelece definições e procedimentos sobre o controle de qualidade da água de sistemas de abastecimento  Portaria 2.914/11, Ministério da Saúde, Dispõe sobre os procedimentos de controle e de vigilância da qualidade da água para consumo humano e seu padrão de potabilidade.

3 “Novos Contaminantes”  Daughton (2004) Existem mais de 22 milhões de substâncias orgânicas e inorgânicas !!!! Existem mais de 22 milhões de substâncias orgânicas e inorgânicas !!!! Aproximadamente 6 milhões ainda são produzidas !!!! Aproximadamente 6 milhões ainda são produzidas !!!! Mais ou menos 200 são monitoradas regularmente pelas legislações relativas a qualidade de água !!! Mais ou menos 200 são monitoradas regularmente pelas legislações relativas a qualidade de água !!!

4 “Novos Contaminantes”  REEE ou Resíduos de Equipamentos Elétrico Eletrônicos ( Waste Electrical and Electronic Equipment ): substâncias halogenadas (CFC; PCB -bifenilas policloradas; PVC - )  PPCPs ou Produtos Farmacêuticos e de Higiene Pessoal ( Pharmaceuticals and Personal Care Products ): antibióticos, hormônios, anestésicos, anti-inflamatórios, etc  Organismos reemergentes; Cryptosporidium e Giárdia

5 Vinte capitais do país têm água contaminada por cafeína e produtos de limpeza Vinte capitais do país têm água contaminada por cafeína e produtos de limpeza  Instituto Nacional de Ciências e Tecnologias Analíticas Avançadas, UNICAMP, 2013)  O nível de cafeína na água foi usado como indicador da presença de contaminantes que têm ação estrógena, isto é, um efeito semelhante ao do hormônio feminino.

6 Plano de Bacia do Guandu (2006)  Detectar periodicamente a presença de substâncias químicas e de organismos, não analisados em programas convencionais de monitoramento de águas; monitorar a presença de substâncias de origem farmacêutica em águas superficiais e subterrâneas; monitorar a presença de organismos do tipo: Cryptosporidium e Giárdia COMPONENTE 1 - GERENCIAMENTO INTEGRADO DE RECURSOS HÍDRICOS Subcomponente 1. 5 – Estudos Programa Monitoramento de Substâncias Tóxicas e Organismos não Determinados em Monitoramento Convencional

7 Cafeína Poços Rasos (2004) Poço NO 3 (mg/l) Agosto /03* Bactérias Coli. Fecais Cafeína Agosto 03 NO 3 (mg/L) Nov. / 03** Cafeína Nov / 03 15,5imprópria+< ,1não analisada ,1apropriada ,2imprópria ,2imprópria ,2imprópria ,2imprópria ,7apropriada ,6imprópria+> ,6imprópria+> ,9não analisada+<5+

8  Índíce de Qualidade da Água (IQA)  Índice de Qualidade da Água Bruta para fins de Abastecimento Público (IAP)  Índice do Estado Trófico,( avalia a qualidade da água quanto ao enriquecimento por nutrientes e seu efeito relacionado ao crescimento excessivo das algas ou ao aumento da infestação de macrófitas aquáticas),  Índice de Contaminação por Tóxicos (IGM – MG),  Índice de Qualidade de Água em Reservatórios (IQAR) ( verifica a degradação da qualidade da água dos reservatórios) Índices de Qualidade

9 Métodos para verificar contaminação de sedimentos /água  Fator de enriquecimento (FE)  Fator ou grau de contaminação (FC)  Índice de Geoacumulação  Coeficiente de partição (Kd)  Coeficiente de migração aquosa (Kx)  Coeficiente de absorção biológica (BAC)  Fator de bioconcentração (BCF)  Fator ou coeficiente de bioacumulação (BAF)

10 BIOMONITORAMENTO INDICA POLUIÇÃO DO RIO GUANDU POR COMPOSTOS CANCERÍGENOS (2013) MAYRA MANSUR REIMANN ; NATALY MELO DOS SANTOS ; CRISTIANE ALBUQUERQUE FARINELLE ; ADRIANO ARNÓBIO ; CRISTIANE MARTINS CARDOSO DE SALLES ; JOÂO BOSCO DE SALLES  bifenilas policloradas (PCB) e dioxinas, que apresentam atividade cancerígena.  Tilápias  não recomendamos o consumo de peixes capturados no rio Guandu,

11 Pesquisa detecta hormônios nas águas dos rios Paraíba do Sul e Guandu, (2009) Amanda Cristina Vieira Dias, Marcia Dezotti (orientadora)  índice de atividade biológica hormonal que coloca em risco à saúde da população,  Segundo Dezotti, das 15 amostras de água tratada que foram coletadas no Guandu, apenas uma apresentou o equivalente a um estradiol por litro, indicando baixa atividade hormonal.  No entanto, o risco é iminente: oito das 15 amostras de água coletadas no mesmo rio, antes de passar pela central de tratamento, apresentaram atividades hormonais.

12 O QUE FAZER??? PROTEGER A QUALIDADE DA ÁGUA SUPERFICIAL E SUBTERRÂNEA !!!!

13 Plano de Saúde da Água PSA Planos Municipais de Saúde Planos de Bacia Planos de Saneamento Planos Diretores

14 PSA Características  Intersetoralidade do Processo  Visão Integrada do Processo, do início (manancial) ao Final (ponto de consumo) Objetivos  Minimizar fontes de contaminação pontual e difusa no manancial  Eliminar a contaminação durante o processo de tratamento  Prevenir a (re)contaminação da água durante o armazenamento e no sistema de distribuição

15 GRATO PELA ATENÇÃO !!


Carregar ppt "SIMPÓSIO DE BIOLOGIA ÁGUA:DESAFIOS DA DÉCADA Decio Tubbs Filho Departamento de Geociências UFRuralRJ04/09/2014."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google