A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

TRÁFEGO E TRÂNSITO MODOS DE TRANSPORTE URBANO CLASSIFICAÇÃO DOS MODOS DE TRANSPORTE URBANO PRIVADO OU INDIVIDUAL; PÚBLICO, COLETIVO OU DE MASSA; SEMIPÚBLICO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "TRÁFEGO E TRÂNSITO MODOS DE TRANSPORTE URBANO CLASSIFICAÇÃO DOS MODOS DE TRANSPORTE URBANO PRIVADO OU INDIVIDUAL; PÚBLICO, COLETIVO OU DE MASSA; SEMIPÚBLICO."— Transcrição da apresentação:

1 TRÁFEGO E TRÂNSITO MODOS DE TRANSPORTE URBANO CLASSIFICAÇÃO DOS MODOS DE TRANSPORTE URBANO PRIVADO OU INDIVIDUAL; PÚBLICO, COLETIVO OU DE MASSA; SEMIPÚBLICO PRIVADO OU INDIVIDUAL – ESCOLHE CAMINHO E HORÁRIO – PORTA A PORTA (A PÉ, BICICLETA, MOTOCICLETA, CARRO, TRAÇÃO ANIMAL PÚBLICO, COLETIVO OU DE MASSA – VEÍCULOS DE EMPRESA, ROTAS PREDEFINIDAS E HORÁRIOS FIXOS – NÃO É DE PORTA A PORTA, ELEVADO NÚMERO DE PASSAGEIROS (ÔNIBUS, BONDE, PRÉ-METRÔ, METRÔ E TREM SUBURBANO) SEMIPÚBLICO – VEÍCULO DE EMPRESA OU INDIVÍDUO (TÁXI, MOTOTÁXI, CARONA PROGRAMADA, LOTAÇÃO, FRETADO, ALUGADO) MODOS PRIVADOS OU INDIVIDUAIS A PÉ IMPORTANTE MODAL DE TRANSPORTE COMO COMPLEMENTAÇÃO DE OUTROS MODAIS OU PRÓPRIO. MECANISMOS DE APOIO: CALÇADÕES PASSARELAS, PASSAGENS SUBTERRÂNEASSEMÁFOROS, FAIXAS... BAIXAS TEMPERATURAS: VIAS SUBTERRÂNEAS, PASSAGENS AÉREAS ENTRE EDIFÍCIOS, INTERLIGAÇÃO COM ESTACIONAMENTOS DE CARROS E ESTAÇÕES DE TRANSPORTE PÚBLICO

2 TRÁFEGO E TRÂNSITO MODOS PRIVADOS OU INDIVIDUAIS A PÉ IMPORTANTE MODAL DE TRANSPORTE COMO COMPLEMENTAÇÃO DE OUTROS MODAIS OU PRÓPRIO MECANISMOS DE APOIO: CALÇADÕES PASSARELAS, PASSAGENS SUBTERRÂNEASSEMÁFOROS, FAIXAS... BAIXAS TEMPERATURAS: VIAS SUBTERRÂNEAS, PASSAGENS AÉREAS ENTRE EDIFÍCIOS, INTERLIGAÇÃO COM ESTACIONAMENTOS DE CARROS E ESTAÇÕES DE TRANSPORTE PÚBLICO

3 TRÁFEGO E TRÂNSITO BICICLETA E TRICICLOS MOTIVAÇÃO: BAIXO CUSTO DE AQUISIÇÃO E OPERAÇÃO, SÁUDE, TRADIÇÃO, OPÇÃO, ECONOMIA DE COMBUSTÍVEL, NÃO POLUENTE, NÃO CONSOME ENEGIA NÃO RENOVÁVEL – CLIMA E TOPOGRAFIA AJUDAM INCENTIVOS: CICLOFAIXAS, CICLOVIAS, ESTACIONAMENTOS COBERTOS COM SEGURANÇA, CICLOBUS

4 TRÁFEGO E TRÂNSITO MOTOCICLETA, MOTONETAS OU LAMBRETAS MOTIVAÇÃO: RAZOÁVEL CUSTO DE AQUISIÇÃO E OPERAÇÃO, BAIXO CONSUMO DE COMBUSTÍVEL, BAIXA POLUIÇÃO POLUENTE, CLIMA AJUDA PROBLEMAS: SEGURANÇA, DESCONFORTO

5 TRÁFEGO E TRÂNSITO CARRO(VEÍCULO RODOVIÁRIO PARA TRANSPORTE PRIVADO DE PESSOAS) AUTOMÓVEL, PERUA E CAMIONETE MOTIVAÇÃO: CUSTO ACESSÍVEL, FLEXIBILIDADE NO TEMPO E ESPAÇO, PORTA A PORTA, CARREGAR CARGAS PEQUENAS, CONFORTO, PRIVACIDADE, SIMBOLO DE STATUS SOCIAL INVESTIMENTOS: SISTEMAS VIÁRIOS, VIADUTOS, PONTES, ESTACIONAMENTOS, CONTROLE DE TRÁFEGO COM COMPUTADORES, SENSORES SOFTWARES DE OTIMIZAÇÃO, CENTRAIS DE TRÁFEGO, INFORMAÇÃO ON-LINE.

6 TRÁFEGO E TRÂNSITO CENTRAIS DE CONTROLE DE TRÁFEGO: TEMPOS DOS SEMÁFOROS, PAINÉIS DIGITAIS COM CONDIÇÕES DE TRÁFEGO E PERCURSOS ALTERNATIVOS, ORDEM PARA SINALIZAÇÃO, SOCORRO DE FERIDOS, RETIRADA DE VEÍCULOS ACIDENTADOS LOS ANGELES: CRIARAM SISTEMA VIÁRIO ELEVADO – CONGESTIONOU, A SEGUIR INVESTIU NO TRANSPORTE COLETIVO, FUNCIONOU.

7 TRÁFEGO E TRÂNSITO TRAÇÃO ANIMAL CHARRETE OU CARRUAGENS OPÇÃO DE TRANSPORTE COLETIVO OU MODAL DE TRANSPORTE TURÍSTICO

8 TRÁFEGO E TRÂNSITO MODOS PÚBLICOS, COLETIVOS OU DE MASSA SUSTENTAÇÃO E DIRIGIBILIDADE: VEÍCULOS SOBRE PNEUS (ÔNIBUS) E SOBRE RODAS DE AÇO (BONDE E TREM) VANTAGENS DOS TRILHOS: MENOR CONSUMO DE ENERGIA, DIRIGIBILIDADE AUTOMÁTICA, MAIOR CONFORTO DOS PASSAGEIROS, MAIOR VIDA ÚTIL DO VEÍCULO DESVANTAGENS: ELEVADOS CUSTOS DE IMPLANTAÇÃO, IMPOSSIBILIDADE DE SAIR DA ROTA

9 TRÁFEGO E TRÂNSITO ENERGIA PARA LOCOMOÇÃO ÔNIBUS: ÓLEO DIESEL, ELETRICIDADE, GÁS NATURAL, ÁLCOOL, GASOLINA, BATERIAS ELÉTRICAS, CÉLULA DE HIDROGÊNIO, BIODIESEL SOBRE TRILHOS: ENERGIA ELÉTRICA

10 TRÁFEGO E TRÂNSITO TRAÇÃO ELÉTRICA VANTAGENS: NENHUMA POLUIÇÃO ATMOSFÉRICA, BAIXO RUÍDO, MAIOR ACELERAÇÃO, MAIOR DURABILIDADE, ENERGIA ELÉTRICA A PARTIR DE FONTES RENOVÁVEIS DESVANTAGENS: ELEVADOS CUSTOS DE IMPLANTAÇÃO MANUTENÇÃO DAS SUBESTAÇÕES E DA REDE, POLUIÇÃO VISUAL, PARALIZAÇÃO COM FALTA DE ENEGIA, NÃO SAÍDA DA ROTA EM ACIDENTES OU MANUTENÇÃO

11 TRÁFEGO E TRÂNSITO OPÇÕES ENERGÉTICAS BIODIESEL: PURO OU MISTURADO AO DIESEL - ÓLEOS VEGETAIS – ALGODÃO, GIRASSOL, MAMONA, AMENDOIM, BURITI OU GORDURA ANIMAL VANTAGENS: REDUZ EMISSÃO DE CO2, É BIODEGRADÁVEL, NÃO CONTÉM ENXOFRE AUMENTA LUBRICIDADE

12 TRÁFEGO E TRÂNSITO OPÇÕES ENERGÉTICAS PROPULSÃO HÍBRIDA: MOTOR DIESEL OU GÁS ACIONA GERADOR ELÉTRICO – MOVIMENTA MOTOR ELÉTRICO E RESTANTE DA ENERGIA É ARMAZENADA EM BATERIAS (40% DE ECONOMIA DE COMBUSTÍVEL E REDUÇÃO DE 30% A 75% NOS POLUENTES – CO, NOX,HC, PARTICULADOS)

13 TRÁFEGO E TRÂNSITO ESPAÇO UTILIZADO NA LOCOMOÇÃO CLASSIFICAÇÃO: JUNTO COM O TRÁFEGO FAIXAS EXCLUSIVAS CANALETAS EXCLUSIVAS ISOLADAS SUBTERRÂNEAS EXCLUSIVAS ISOLADAS RUAS SÓ PARA TRANSPORTE COLETIVO OBJETIVO: AUMENTAR A VELOCIDADE DE DESLOCAMENTO)

14 TRÁFEGO E TRÂNSITO PREFERÊNCIA EM SEMÁFOROS LINHAS TRONCAIS (VEÍCULOS DE MAIOR TAMANHO) SENSORES ELETRÔNICOS

15 TRÁFEGO E TRÂNSITO TIPOS DE BILHETAGEM PAGAMENTO DE PASSAGENS: FORA DOS VEÍCULOS REDUZ TEMPO DE EMBARQUE E DESEMBARQUE, PRINCIPALMENTE COM PLATAFORMA ALINHADA

16 TRÁFEGO E TRÂNSITO TIPOS DE PARADA VÁRIAS BAIAS DE ESTACIONAMENTO PARA EMBARQUE/DESEMBARQUE REDUZ TEMPO NAS PARADAS

17 TRÁFEGO E TRÂNSITO OPERAÇÃO EM COMBOIO VÁRIOS CARROS ENGATADOS – METRÔ, TREM SUBURBANO, PRÉ- METRÔ ÔNIBUS: CORREDORES COM BAIAS ALINHADAS

18 TRÁFEGO E TRÂNSITO MODO ÔNIBUS VEÍCULOS – DIMENSÕES COMPATÍVEIS (LARGURA E RAIOS) ÔNIBUS SEM ARTICULAÇÃO: ENTRE 2,4 E 2,6 m DE LARGURA E 6,5 m A 8,5 m (MICROÔNIBUS) E 9 A 13 m DE COMPRIMENTO COM DOIS EIXOS, PODENDO CHEGAR ATÉ 15 m COM TRÊS EIXOS ÔNIBUS ARTICULADOS: 18 m DE COMPRIMENTO ÔNIBUS BIARTICULADOS: 24 m DE COMPRIMENTO

19 TRÁFEGO E TRÂNSITO MODO ÔNIBUS OUTRA SOLUÇÃO: ACOPLAR A UNIDADE INDEPENDENTE – CAVALO/REBOQUE – COBRANÇAS INDEPENDENTES – VANTAGEM: DESACOPLA QUANDO NECESSÁRIO DOUBLE-DECK: DESVANTAGEM – ALTURA DE 4,5 m CONTRA 3 m DOS DEMAIS, DIFICULDADE DE SUBIR PARA O SEGUNDO ANDAR

20 TRÁFEGO E TRÂNSITO MODO ÔNIBUS CARACTERÍSTICAS: COMPRIMENTO, SUSPENSÃO, CAIXA DE CÂMBIO, N° DE PORTAS, POSIÇÃO DO MOTOR SUSPENSÃO: MOLAS (CONVENCIONAL) E A AR COMPRIMIDO CAIXA DE CÂMBIO: COMUM OU AUTOMÁTICA

21 TRÁFEGO E TRÂNSITO MODO ÔNIBUS N° DE PORTAS: DUAS, TRÊS PORTAS OU MAIS FAIXAS SEGREGADAS (CANALETAS): PORTAS DO LADO ESQUERDO MOTOR NA FRENTE: MELHOR REFRIGERAÇÃO, PIORA CIRCULAÇÃO DE PASSAGEIROS, DESCONFORTO AO MOTORISTA E USUÁRIOS PRÓXIMOS PELO CALOR E RUÍDO. TENDÊNCIA MOTOR ATRÁS OU DO LADO

22 TRÁFEGO E TRÂNSITO MODO ÔNIBUS ALTURA DA PLATAFORMA MAIS BAIXA IMPLICA EM MAIOR CONFORTO E EMBARQUE/DESEMBARQUE. LINHAS TRONCAIS AS ALTURAS DAS PLATAFORMAS E ESTAÇÕES IGUAIS (CHAPA) ALGUNS: ABAIXAM A PLATAFORMA

23 TRÁFEGO E TRÂNSITO MODO ÔNIBUS CAPACIDADE: N° DE ASSENTOS + PESSOAS EM PÉ CÁLCULO: ÁREA DISPONIVEL x N° MÁXIMO DE PASSAGEIROS POR METRO QUADRADO TAXA MÁXIMA DE PASSAGEIROS EM PÉ: DEPENDE DA QUALIDADE DO TRANSPORTE

24 TRÁFEGO E TRÂNSITO MODO ÔNIBUS PAÍSES DESENVOLVIDOS: INFERIOR A 4 PASS/M2 PAÍSES EM DESENVOLVIMENTO: 5 PASS/M2 PODE-SE CHEGAR ATÉ: 7 PASS/M2

25 TRÁFEGO E TRÂNSITO MODO ÔNIBUS CAPACIDADES MICROÔNIBUS: 25 A 50 PASSAGEIROS ÔNIBUS COMUM: 60 A 105 PASSAGEIROS ÔNIBUS COM 15 m: ATÉ 140 PASSAGEIROS ÔNIBUS ARTICULADOS: 180 PASSAGEIROS ÔNIBUS BIARTICULADOS: ATÉ 240 PASSAGEIROS

26 TRÁFEGO E TRÂNSITO MODO ÔNIBUS MORROS: LIMITAÇÃO NO DESLOCAMENTO – PERUA/VANS EM GERAL: ÔNIBUS JUNTO COM O TRÁFEGO SEM PREFERÊNCIA

27 TRÁFEGO E TRÂNSITO MODO ÔNIBUS SOLUÇÕES PARA AUMENTAR A VELOCIDADE E CAPACIDADE: VEÍCULOS MAIORES SEM ARTICULAÇÃO, ARTICULADOS OU BIARTICULADOS, FAIXAS EXCLUSIVAS, CANALETAS OU RUAS PRÓPRIAS, PREFERÊNCIA EM SEMÁFOROS, BILHETAGEM FORA, PARADAS COM BAIAS DE ENTRADA E SAÍDA, OPERAÇÃO EM COMBOIO


Carregar ppt "TRÁFEGO E TRÂNSITO MODOS DE TRANSPORTE URBANO CLASSIFICAÇÃO DOS MODOS DE TRANSPORTE URBANO PRIVADO OU INDIVIDUAL; PÚBLICO, COLETIVO OU DE MASSA; SEMIPÚBLICO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google